Juke 1.2 DIG-T - Página 2

Página 2 de 2 PrimeiraPrimeira 12
A mostrar resultados 31 para 47 de 47

Título: Juke 1.2 DIG-T

  1. #31
    Pedestre LGrr's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2017
    Posts
    23

    Por Defeito

    ElvinoMarqs, viva!
    Obrigado pela sua resposta.

    Confesso que ainda não fiz esse cálculo, com os dados reais, em vez de confiar no computador de bordo.
    Tenho adiado isso porque o entretanto os consumos passaram a ser mais aceitáveis. Em cidade fica-se abaixo dos 9 (Coimbra tem muito sobe e desce) em auto-estrada, a 130 kmh, anda pelos 7,2, mas em estrada nacional em andamento de 90/100 chegou a fazer média abaixo de 6. Era uma estrada propícia pelo centro de Espanha, de rectas intermináveis com pequenas elevações e descidas onde é possível manter a velocidade sem esforço.

    Quando começar o frio temo que os valores voltem a subir.

    Tenho tentado confirmar com outros utilizadores deste motor qual o comportamento do computador de bordo quando o carro segue sem aceleração. Por isso pergunto-lhe qual é o consumo instantâneo quando não há carga no acelerador, por exemplo, a descer em 6ª velocidade? O meu marca 1,9. No seu Juke também?

    Uma vez mais agradeço a sua resposta

    Cumps


  2. #32
    Piloto de Provas de Perícia veterano's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2009
    Localização
    S. Cosme Gondomar
    Posts
    896

    Por Defeito

    Bom dia

    Lamento só agora falar sobre o motor Nissan/Renault 1.2 DIG-T tenho um Nissan Pulsar com este motor que neste momento tem 7.700 klm...
    Acelerem o motor (carro parado) até ás 2.500/3.000 RPM.... quando atingirem estas rotações tirem rápido o pé do acelerador e ouçam com atenção se o motor faz um (txec/tak) quando as rotações chegam ás 1.000/1500 RPM ...o meu faz não me parece grave como já disse neste forum...entretanto espero resposta em relação a este ruido.

  3. #33
    Piloto de Provas de Perícia veterano's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2009
    Localização
    S. Cosme Gondomar
    Posts
    896

    Por Defeito

    Bom dia ElvinoMarqs
    Por favor acelera o teu motor até ás 2.550/2.700 +- RPM (Carro parado) e ouve se faz um ruído (chek) ou parecido...só ouves em desaceleração até ao Relenty ou seja quando o motor das 2.500 rpm vem de imediato para as 800/1.000 o ruido é bastante aúdivel....
    Se fizer volto a contactar-te..
    obrigado

  4. #34
    Piloto de Provas de Perícia veterano's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2009
    Localização
    S. Cosme Gondomar
    Posts
    896

    Por Defeito

    Bom dia ElvinoMarqs
    Por favor acelera o teu motor até ás 2.550/2.700 +- RPM (Carro parado) e ouve se faz um ruído (chek) ou parecido...só ouves em desaceleração até ao Relenty ou seja quando o motor das 2.500 rpm vem de imediato para as 800/1.000 o ruido é bastante aúdivel....
    Se fizer volto a contactar-te..
    obrigado

  5. #35
    Pedestre
    Data de Registo
    Apr 2017
    Posts
    16

    Por Defeito

    Boa tarde,
    Exactamente o mesmo com o meu Juke 1.2 DIG-T, que foi adquirido em Abril, matrícula SU. Consumos de um exagero total, só lhe tenho a dizer, que estou profundamente "irritado" com o dito. Os consumos, não são nada daquilo que os manuais indicam. Primeiro na Nissan, tinham-me dito, que deixasse passar os primeiros 5000 kms, que iria verificar a veracidade dos manuais. Todavia, a viatura está perto dos 7000 Kms e ainda não via nada de redução de consumos. A média estrada/cidade, (mais estrada) não baixa dos 7 litros. Só cidade vai para os 9 litros e tal. A relação peso/potência é péssima. Lá mais para a frente vou provavelmente passá-lo para gás.

    Cts,
    João Alegria


  6. #36
    Pedestre
    Data de Registo
    Apr 2017
    Posts
    16

    Por Defeito

    Caro Sr.,
    Boa tarde,
    Em relação ao Nissan Juke equipado com o motor 1.2 DIG-T, só lhe tenho a dizer, que estou profundamente "irritado" com o dito. Os consumos, não são nada daquilo que os manuais indicam. Primeiro, na Nissan, tinham-me dito, que deixasse passar os primeiros 5000 kms, que iria verificar a veracidade dos manuais. Todavia, o meu Juke, que é de Abril deste ano, está perto de 7000 Kms e ainda não via nada de redução de consumos. A média estrada/cidade, (mais estrada) não baixa dos 7 litros. Só cidade vai para os 9 litros e tal. A relação peso/potência é péssima. Lá mais para a frente vou provavelmente passá-lo para gás.
    Quanto a esse teste do motor, vou experimentar acelerá-lo com o carro parado entre as 2.500/3.000 RPM e depois tiro rápidamente o pé do acelerador e vou "ouvir" qualquer coisa. Depois coloco aqui no Forum.
    Cts,
    João Alegria

  7. #37
    Pedestre
    Data de Registo
    Apr 2017
    Posts
    16

    Por Defeito

    ...já agora e o depósito de combustível do Juke 1.2 DIG-T 115 CV, 46 Litros? Nunca consegui "meter" mais de 38 litros e já com o painel a piscar por todo o lado, para me dirigir à bomba para abastecer. Quando abro a tampa do depósito para abastecer, dá-me a impressão, que sai ar de lá dentro e com certa pressão. Quando fizer a primeira revisão, vou ter que questionar a Salvador Caetano com muita coisa, como por exemplo o cruise control, não me entendo nada com aquelas instruções.

  8. #38
    Piloto de Provas de Perícia carlosrs's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2013
    Localização
    Portugal
    Posts
    927

    Por Defeito

    Gastar menos de 7 litros nesse carro/motor é praticamente impossível...

  9. #39
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Mar 2009
    Localização
    Loures
    Posts
    5,470

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MrJoy Ver Post
    Boa tarde,
    Exactamente o mesmo com o meu Juke 1.2 DIG-T, que foi adquirido em Abril, matrícula SU. Consumos de um exagero total, só lhe tenho a dizer, que estou profundamente "irritado" com o dito. Os consumos, não são nada daquilo que os manuais indicam. Primeiro na Nissan, tinham-me dito, que deixasse passar os primeiros 5000 kms, que iria verificar a veracidade dos manuais. Todavia, a viatura está perto dos 7000 Kms e ainda não via nada de redução de consumos. A média estrada/cidade, (mais estrada) não baixa dos 7 litros. Só cidade vai para os 9 litros e tal. A relação peso/potência é péssima. Lá mais para a frente vou provavelmente passá-lo para gás.

    Cts,
    João Alegria
    De facto esses consumos não me parecem nada normais tenho um Captur com um motor parecido a esse o 1.2 de 120cv´s e praticamente faço só cidade e a media tem me variado sempre em 7,2/7,3L não percebo o porque desse gastar tanto

  10. #40
    Piloto de Provas de Perícia veterano's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2009
    Localização
    S. Cosme Gondomar
    Posts
    896

    Por Defeito

    Boa noite Elvino
    Eu tenho um Nissan Pulsar com o mesmo motor 1.2 DIG-T....Já ouviste um ruido (CLAKC) em desaceleração? ao trocar de velocidade em baixas rotações...ou carro parado e acelerar até ás 1.800/ 1900 R.P.M retirar de imediato o pé do acelerador e vais ouvir um Ruido...abre a janela do lado direito ou ambas para ouvir melhor....podes tambem ver comentários meus sobre este problema nas Boxes.
    De momento a oficina onde coloquei o problema não resolveram...estou á espera de solução.
    Sendo o teu motor igual ao Pulsar penso que tambem faz.
    abraço
    Última edição por veterano : 29-12-17 às 18:04:46

  11. #41
    Piloto de Provas de Perícia veterano's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2009
    Localização
    S. Cosme Gondomar
    Posts
    896

    Por Defeito

    Amigo Mr Joy
    Boa noite
    Já ouviste se o teu motor faz um ruido em desaceleração,ou seja quando trocas de velocidade a baixas rotações? 1.500/2.000 R.P.M
    Abre os vidros de ambas as portas conduz devagar e é natural que ouças um (CLAKE) tambem faz com a viatura parada acelerando e retirando o pé do acelerador...bastante audivel....o meu Nissan Pulsar faz esse ruido e o motor é um 1.2 DIG-T...igual ao teu e ao QQ....estou á espera que o Entreposto me resolva o problema..pois não é normal.
    Última edição por veterano : 11-01-18 às 19:24:57

  12. #42
    Pedestre ElvinoMarqs's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Posts
    11

    Por Defeito

    """AVISO A TODOS O PROPRIETÁRIOS NISSAN JUKE 1.2 DIG-T - PROBLEMA QUE DEVEM RESOLVER"""

    Venho contar o que se passou com o meu Juke e pelo que vejo aqui é um problema para muitos proprietários deste veículo, que se queixam de com consumos exagerados.
    O meu carro é de 2014 comprei-o novo, os consumos ao longo destes quase 5 anos nunca baixaram, o consumo mais baixo que consegui fazer foi 6.7L/100 a descer em autoestrada, aqui em cidade nas voltas com um pouco de autoestrada à mistura o normal é 8.2L/100 e se me esticasse mais um pouco, facilmente passava dos 9L/100.
    Na semana passada estava a ler umas notícias e eis que leio a seguinte notícia.

    "Motores 1.2 TCe modelo H5FT, defeituosos construídos na fábrica da Renault em Valladolid, que afectam 600.000 motores, em modelos como Renault, Dacia, Nissan e até Mercedes-Benz
    A informação está a ser avançada pelos franceses “Le Monde” e “Le Figaro”. Pelo menos 600 mil motores de 1,2 litros de cilindrada, a gasolina, conhecido como 1.2 TCe, fabricados na fábrica da Renault em Valladolid, Espanha, entre 2012 e 2016, podem apresentar defeitos.
    As mesmas fontes adiantam que os problemas ocorrem principalmente em áreas urbanas e se houver um consumo excessivo de combustível/Oleo do motor. A longo prazo pode causar avarias mais graves.
    O motor em causa pode ser encontrado em vários modelos da Renault como o Clio, Captur, Megane, Scénic, Kadjar e Kangoo (Renault); mas também na Dacia (Duster, Lodgy e Dokker), Nissan (Qashqai, Juke e Pulsar), e até algumas versões da Mercedes-Benz derivadas do Renault Kangoo, como o Citan.
    Segundo o “Le Monde”, cerca de 340.000 veículos equipados com o motor 1.2 TCe foram vendidos em França, entre 2012 e 2018, dos quais 160.000 foram vendidos até 2016."

    Após ler isto fiz uma reclamação à Nissan para o email portugal@nissan-services.eu e passado um dia recebo um e-mail da Nissan a dizer o seguinte, passo a transcrever:

    "Obrigado por contactar o Serviço de Apoio ao Cliente Nissan.
    Em relação ao seu e-mail, informamos que existe uma campanha em vigor para o seu veículo.

    Campanha PG6BP - Módulo de Controlo do Motor (ECM)
    Deverá entrar em contacto com um dos concessionários autorizados Nissan e agendar a intervenção sem qualquer custo para si.
    Caso necessite de ajuda para encontrar o concessionário Nissan mais próximo de si, por favor consulte a seguinte página na internet".

    Após uma pesquisa na internet vejo num Fórum espanhol que já em 2017, há dois anos atrás, a Nissan substituiu este ECM em alguns Jukes dos proprietários de referido fórum.

    Hoje desloquei-me ao concessionário e no acto de entrega do veículo, para mudar a minha ECM, questionei o gerente da oficina Nissan sobre a noticia que me levou a fazer a reclamação, disse que até ao momento (só) tinha recebi 3 Nissan Juke com pistões/segmentos a deixar passar óleo, mas não tinha recebido nenhum com o motor gripado.
    Questionei-o que alterações fazia ao motor esta nova ECM (centralina),respondeu-me que não sabia concretamente o que alterava, pois que a Nissan não divulga esse tipo de informação às oficinas. Será que não ???
    Fui levantá-lo há duas horas atrás e quais as diferenças que notei logo nestes 11km que fiz.
    1- A potência "Bruta" no arranque e modo Sport, desapareceu, testei os outros 2 modos e aconteceu o mesmo, se bem que a maior diferença é a do modo Sport, agora o arranque é bem mais suave a potência Bruta dos arranques anteriores desapareceu, mas o trabalhar é mais certinho, agora não sinto os "solavancos" entre acelerações e desacelarações que sentia antes.
    2 - A Caixa de velocidades também me parece mais suave, fruto possivelmente da quebra de potência instantânea.
    E AGORA A GRANDE NOVIDADE, MEUS AMIGOS
    3 - Os Consumos baixaram para valores nunca vistos.
    Em 11 km em autoestrada até casa com cruise control ligado a 90km, veio a fazer entre 3.9 e e 4.2L/100 inédito, este ECM mexeu mesmo na gestão do carro, durante 5 anos gastei litros a mais de combustível desnecessários por culpa duma ECM mal programada.
    Agora se tem este tipo de motor aconselho ou a fazerem reclamação para a vossa MARCA, para substituirem gratuitamente a ECM.
    AVISO que dificilmente os concessionários não vos vão avisar, pois o ECM é dispendioso e eles não querem saber se o vosso motor vai gripar ou não, a solução é a reclamação. Pelo menos no meu caso não me avisaram.

    Cumprimentos, qualquer coisa disponham


  13. #43
    Pedestre ElvinoMarqs's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Posts
    11

    Por Defeito

    """AVISO A TODOS O PROPRIETÁRIOS NISSAN JUKE 1.2 DIG-T - PROBLEMA QUE DEVEM RESOLVER"""

    Venho contar o que se passou com o meu Juke e pelo que vejo aqui é um problema para muitos proprietários deste veículo, que se queixam de com consumos exagerados.
    O meu carro é de 2014 comprei-o novo, os consumos ao longo destes quase 5 anos nunca baixaram, o consumo mais baixo que consegui fazer foi 6.7L/100 a descer em autoestrada, aqui em cidade nas voltas com um pouco de autoestrada à mistura o normal é 8.2L/100 e se me esticasse mais um pouco, facilmente passava dos 9L/100.
    Na semana passada estava a ler umas notícias e eis que leio a seguinte notícia.

    "Motores 1.2 TCe modelo H5FT, defeituosos construídos na fábrica da Renault em Valladolid, que afectam 600.000 motores, em modelos como Renault, Dacia, Nissan e até Mercedes-Benz
    A informação está a ser avançada pelos franceses “Le Monde” e “Le Figaro”. Pelo menos 600 mil motores de 1,2 litros de cilindrada, a gasolina, conhecido como 1.2 TCe, fabricados na fábrica da Renault em Valladolid, Espanha, entre 2012 e 2016, podem apresentar defeitos.
    As mesmas fontes adiantam que os problemas ocorrem principalmente em áreas urbanas e se houver um consumo excessivo de combustível/Oleo do motor. A longo prazo pode causar avarias mais graves.
    O motor em causa pode ser encontrado em vários modelos da Renault como o Clio, Captur, Megane, Scénic, Kadjar e Kangoo (Renault); mas também na Dacia (Duster, Lodgy e Dokker), Nissan (Qashqai, Juke e Pulsar), e até algumas versões da Mercedes-Benz derivadas do Renault Kangoo, como o Citan.
    Segundo o “Le Monde”, cerca de 340.000 veículos equipados com o motor 1.2 TCe foram vendidos em França, entre 2012 e 2018, dos quais 160.000 foram vendidos até 2016."

    Após ler isto fiz uma reclamação à Nissan para o email portugal@nissan-services.eu e passado um dia recebo um e-mail da Nissan a dizer o seguinte, passo a transcrever:

    "Obrigado por contactar o Serviço de Apoio ao Cliente Nissan.
    Em relação ao seu e-mail, informamos que existe uma campanha em vigor para o seu veículo.

    Campanha PG6BP - Módulo de Controlo do Motor (ECM)
    Deverá entrar em contacto com um dos concessionários autorizados Nissan e agendar a intervenção sem qualquer custo para si.
    Caso necessite de ajuda para encontrar o concessionário Nissan mais próximo de si, por favor consulte a seguinte página na internet".

    Após uma pesquisa na internet vejo num Fórum espanhol que já em 2017, há dois anos atrás, a Nissan substituiu este ECM em alguns Jukes dos proprietários de referido fórum.

    Hoje desloquei-me ao concessionário e no acto de entrega do veículo, para mudar a minha ECM, questionei o gerente da oficina Nissan sobre a noticia que me levou a fazer a reclamação, disse que até ao momento (só) tinha recebi 3 Nissan Juke com pistões/segmentos a deixar passar óleo, mas não tinha recebido nenhum com o motor gripado.
    Questionei-o que alterações fazia ao motor esta nova ECM (centralina),respondeu-me que não sabia concretamente o que alterava, pois que a Nissan não divulga esse tipo de informação às oficinas. Será que não ???
    Fui levantá-lo há duas horas atrás e quais as diferenças que notei logo nestes 11km que fiz.
    1- A potência "Bruta" no arranque e modo Sport, desapareceu, testei os outros 2 modos e aconteceu o mesmo, se bem que a maior diferença é a do modo Sport, agora o arranque é bem mais suave a potência Bruta dos arranques anteriores desapareceu, mas o trabalhar é mais certinho, agora não sinto os "solavancos" entre acelerações e desacelarações que sentia antes.
    2 - A Caixa de velocidades também me parece mais suave, fruto possivelmente da quebra de potência instantânea.
    E AGORA A GRANDE NOVIDADE, MEUS AMIGOS
    3 - Os Consumos baixaram para valores nunca vistos.
    Em 11 km em autoestrada até casa com cruise control ligado a 90km, veio a fazer entre 3.9 e e 4.2L/100 inédito, este ECM mexeu mesmo na gestão do carro, durante 5 anos gastei litros a mais de combustível desnecessários por culpa duma ECM mal programada.
    Agora se tem este tipo de motor aconselho ou a fazerem reclamação para a vossa MARCA, para substituirem gratuitamente a ECM.
    AVISO que dificilmente os concessionários não vos vão avisar, pois o ECM é dispendioso e eles não querem saber se o vosso motor vai gripar ou não, a solução é a reclamação. Pelo menos no meu caso não me avisaram.

    Cumprimentos, qualquer coisa disponham

  14. #44
    Piloto de Provas de Perícia
    Data de Registo
    Mar 2017
    Posts
    992

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ElvinoMarqs Ver Post
    """AVISO A TODOS O PROPRIETÁRIOS NISSAN JUKE 1.2 DIG-T - PROBLEMA QUE DEVEM RESOLVER"""

    Venho contar o que se passou com o meu Juke e pelo que vejo aqui é um problema para muitos proprietários deste veículo, que se queixam de com consumos exagerados.
    O meu carro é de 2014 comprei-o novo, os consumos ao longo destes quase 5 anos nunca baixaram, o consumo mais baixo que consegui fazer foi 6.7L/100 a descer em autoestrada, aqui em cidade nas voltas com um pouco de autoestrada à mistura o normal é 8.2L/100 e se me esticasse mais um pouco, facilmente passava dos 9L/100.
    Na semana passada estava a ler umas notícias e eis que leio a seguinte notícia.

    "Motores 1.2 TCe modelo H5FT, defeituosos construídos na fábrica da Renault em Valladolid, que afectam 600.000 motores, em modelos como Renault, Dacia, Nissan e até Mercedes-Benz
    A informação está a ser avançada pelos franceses “Le Monde” e “Le Figaro”. Pelo menos 600 mil motores de 1,2 litros de cilindrada, a gasolina, conhecido como 1.2 TCe, fabricados na fábrica da Renault em Valladolid, Espanha, entre 2012 e 2016, podem apresentar defeitos.
    As mesmas fontes adiantam que os problemas ocorrem principalmente em áreas urbanas e se houver um consumo excessivo de combustível/Oleo do motor. A longo prazo pode causar avarias mais graves.
    O motor em causa pode ser encontrado em vários modelos da Renault como o Clio, Captur, Megane, Scénic, Kadjar e Kangoo (Renault); mas também na Dacia (Duster, Lodgy e Dokker), Nissan (Qashqai, Juke e Pulsar), e até algumas versões da Mercedes-Benz derivadas do Renault Kangoo, como o Citan.
    Segundo o “Le Monde”, cerca de 340.000 veículos equipados com o motor 1.2 TCe foram vendidos em França, entre 2012 e 2018, dos quais 160.000 foram vendidos até 2016."

    Após ler isto fiz uma reclamação à Nissan para o email portugal@nissan-services.eu e passado um dia recebo um e-mail da Nissan a dizer o seguinte, passo a transcrever:

    "Obrigado por contactar o Serviço de Apoio ao Cliente Nissan.
    Em relação ao seu e-mail, informamos que existe uma campanha em vigor para o seu veículo.

    Campanha PG6BP - Módulo de Controlo do Motor (ECM)
    Deverá entrar em contacto com um dos concessionários autorizados Nissan e agendar a intervenção sem qualquer custo para si.
    Caso necessite de ajuda para encontrar o concessionário Nissan mais próximo de si, por favor consulte a seguinte página na internet".

    Após uma pesquisa na internet vejo num Fórum espanhol que já em 2017, há dois anos atrás, a Nissan substituiu este ECM em alguns Jukes dos proprietários de referido fórum.

    Hoje desloquei-me ao concessionário e no acto de entrega do veículo, para mudar a minha ECM, questionei o gerente da oficina Nissan sobre a noticia que me levou a fazer a reclamação, disse que até ao momento (só) tinha recebi 3 Nissan Juke com pistões/segmentos a deixar passar óleo, mas não tinha recebido nenhum com o motor gripado.
    Questionei-o que alterações fazia ao motor esta nova ECM (centralina),respondeu-me que não sabia concretamente o que alterava, pois que a Nissan não divulga esse tipo de informação às oficinas. Será que não ???
    Fui levantá-lo há duas horas atrás e quais as diferenças que notei logo nestes 11km que fiz.
    1- A potência "Bruta" no arranque e modo Sport, desapareceu, testei os outros 2 modos e aconteceu o mesmo, se bem que a maior diferença é a do modo Sport, agora o arranque é bem mais suave a potência Bruta dos arranques anteriores desapareceu, mas o trabalhar é mais certinho, agora não sinto os "solavancos" entre acelerações e desacelarações que sentia antes.
    2 - A Caixa de velocidades também me parece mais suave, fruto possivelmente da quebra de potência instantânea.
    E AGORA A GRANDE NOVIDADE, MEUS AMIGOS
    3 - Os Consumos baixaram para valores nunca vistos.
    Em 11 km em autoestrada até casa com cruise control ligado a 90km, veio a fazer entre 3.9 e e 4.2L/100 inédito, este ECM mexeu mesmo na gestão do carro, durante 5 anos gastei litros a mais de combustível desnecessários por culpa duma ECM mal programada.
    Agora se tem este tipo de motor aconselho ou a fazerem reclamação para a vossa MARCA, para substituirem gratuitamente a ECM.
    AVISO que dificilmente os concessionários não vos vão avisar, pois o ECM é dispendioso e eles não querem saber se o vosso motor vai gripar ou não, a solução é a reclamação. Pelo menos no meu caso não me avisaram.

    Cumprimentos, qualquer coisa disponham
    Acho que não há necessidade de andares a postar em múltiplos tópicos, bem como repostar todos os dias...

    Quem não usa a Nissan habitualmente faz bem em passar lá e informar-se, se bem que normalmente escrevem para casa a dar conta dos recalls;

    Quem ainda usa a nissan para revisões terá obviamente a informação para fazer o recall, nem que seja apenas quando lá se deslocar.

    Os recalls são gratuitos, esteja o carro ainda na garantia ou não - recalls há frequentemente em todas as marcas.

  15. #45
    Pedestre
    Data de Registo
    Feb 2019
    Posts
    3

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por LGrr Ver Post
    Saudações!
    Comprei recentemente um Nissan Juke com o motor a gasolina 1.2 DIG-T, o qual penso ser o TCe 1.2 da Renault..

    Sucede que o carro faz consumos muito exagerados: em auto-estrada anda pelos 7,7L a 120km/h (portanto sem pressas) e em cidade chega a passar os 11L

    Gostaria de saber se há alguém no fórum com o mesmo motor que possa resumir o perfil de consumo do carro.

    Outra situação que me deixa apreensivo, é o facto do computador de bordo nunca apresentar consumo instantâneo igual zero, quando o carro segue por inércia e sem carga no acelerador (por exemplo, numa descida e com a 6ª engrenada). Todos os carros que já experimentei com computador de bordo apresentam zero nas circunstâncias que descrevo e o que me relatam amigos é que nos seus carros isso também acontece. Sei que este comportamento se deve ao sistema de corte de injecção de combustível instalado obrigatoriamente em todos os motores a partir de meados ou finais da década de 90.

    Ora, no meu Juke o consumo instantâneo não desce de 1,9 nessas situações. Não sei se isto é normal ou se é um defeito do carro e eventualmente se estará relacionado com o consumo absurdo que apresenta. A marca diz para eu fazer quilómetros e é evasiva nas respostas...

    Por isso gostaria de comparar com a vossa experiência.

    Obrigado a todos!

    Boas.
    Eu tenho um Juke 1.2 Dig-T de 2015.
    Quanto aos consumos não há muito a fazer, a média anda entre os 7/7,5L misto de cidade e autoestrada, em cidade chega aos 9/10L muito facilmente.
    Em AE se mantiver uma velocidade entre os 80/100 km/h não gasta praticamente nada, já cheguei a fazer 30 km de AE e começar com uma autonomia de 180 km e chegar a casa com uma autonomia de 207 km, vale o que vale mas realmente se não puxar por ele e se não levar o A/C ligado acaba por não fazer grandes consumos, a partir do momento em que se carrega no pedal é para esquecer.
    A partir dos 120km/h começa a berber... então se for no modo Sport nem vale a pena... sente-se realmente a força do turbo e dá algum prazer, mas é ver o combustível a voar, a aerodinâmica não ajuda, o peso não ajuda ( mesmo pesando praticamente o mesmo que o Pulsar ), nada ajuda.
    O motor eu já me informei, é um motor HRA2DDT, é fabricado pela Nissan e aplicado em alguns Renaults com outra designação, possivelmente foi desenvolvido entre as duas marcas mas é original da Nissan.
    O vendedor de peças da Nissan perto de mim também me confirmou quando lhe coloquei a questão, dizendo que o motor pertence à Nissan, não descartou que possa ter componentes Renault mas é fabricado pela Nissan foi a resposta dele.
    https://www.engine-specs.net/nissan/hra2ddt-h5ft.html
    Este link confirma isso, é a designação do motor.
    Espero ter ajudado a esclarecer esta questão.
    Grande abraço e boas viagens.

  16. #46
    Piloto de Testes SalvadorP's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2018
    Posts
    4,100

    Por Defeito

    O carro a 120 estáveis gasta o mesmo no modo Sport, normal, eco, etc.

  17. #47
    Piloto de Testes midnightblack's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2014
    Posts
    3,861

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Deisler26 Ver Post
    Boas.
    Eu tenho um Juke 1.2 Dig-T de 2015.
    Quanto aos consumos não há muito a fazer, a média anda entre os 7/7,5L misto de cidade e autoestrada, em cidade chega aos 9/10L muito facilmente.
    Em AE se mantiver uma velocidade entre os 80/100 km/h não gasta praticamente nada, já cheguei a fazer 30 km de AE e começar com uma autonomia de 180 km e chegar a casa com uma autonomia de 207 km, vale o que vale mas realmente se não puxar por ele e se não levar o A/C ligado acaba por não fazer grandes consumos, a partir do momento em que se carrega no pedal é para esquecer.
    A partir dos 120km/h começa a berber... então se for no modo Sport nem vale a pena... sente-se realmente a força do turbo e dá algum prazer, mas é ver o combustível a voar, a aerodinâmica não ajuda, o peso não ajuda ( mesmo pesando praticamente o mesmo que o Pulsar ), nada ajuda.
    O motor eu já me informei, é um motor HRA2DDT, é fabricado pela Nissan e aplicado em alguns Renaults com outra designação, possivelmente foi desenvolvido entre as duas marcas mas é original da Nissan.
    O vendedor de peças da Nissan perto de mim também me confirmou quando lhe coloquei a questão, dizendo que o motor pertence à Nissan, não descartou que possa ter componentes Renault mas é fabricado pela Nissan foi a resposta dele.
    https://www.engine-specs.net/nissan/hra2ddt-h5ft.html
    Este link confirma isso, é a designação do motor.
    Espero ter ajudado a esclarecer esta questão.
    Grande abraço e boas viagens.

    Caso o teu vendedor de peças da Nissan se quiser informar...o motor 1.2 Dig-T e o 1.2TCe são o mesmo motor...numa marca tem um código na outra marca tem outro...é simples...para poderem ter serviços de peças diferentes usam códigos diferentes.
    O motor até pode ser feito pela Nissan mas o problema não é na montagem é na qualidade das peças...que são as mesmas.

    Mais que enfiar a cabeça na areia e assobiar para o lado o conselho é sempre verificar tudo antes das coisas correrem mal a sério.

    Os alertas em relação ao 1.2 turbo a gasolina existem e como os franceses são picuinhas é só pesquisar...
    E foram rápidos se em Março de 2016 assumiram o problema na Renault a Nissan assumiu o mesmo problema um mês depois e menos de 6 meses depois sai um novo 1.3 com potência semelhante ao 1.2...

    https://fr.wikipedia.org/wiki/Moteur...cite_note-:0-5

    https://www.largus.fr/actualite-auto...e-8196384.html

    https://www.auto-moto.com/marques-au...an-211938.html

    É verificar se o veiculo já sofreu algum recall oficial...numa primeira fase nova parametrização da unidade de cálculo de gestão do motor (traduzido à letra...complicados os francius) que dizemos centralina... e numa segunda fase a substituição dos segmentos...mas cá em portugal duvido...

    Problèmes en série sur les moteurs 1.2 TCE Renault - 1.2 TCE : Cass ...

    Mas em todo lado surge que os motores podem ter potencialmente o problema (sem certezas) e que a reparação à partida resolve o problema... já os consumos exagerados de combsutível não é problema é feitio....

    Estranho é os modos de condução diferentes manterem o mesmo consumo de combustível.

Página 2 de 2 PrimeiraPrimeira 12

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

O Motorguia . não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.
Contactos e Publicidade Motorguia.net | Carta por Pontos Usados Motorguia