água ferve no balão da água - Página 2

Página 2 de 2 PrimeiraPrimeira 12
A mostrar resultados 31 para 37 de 37
Like Tree24Likes

Título: água ferve no balão da água

  1. #31
    ejS
    ejS está offline
    Pedestre
    Data de Registo
    Jun 2019
    Posts
    45

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por CL Ver Post
    São os únicos onde eu ponho as mãos a 300 metros do lume...

    É a British Car... agora são agentes da Peugeot/Citroen e também reparam tudo o que lá aparecer... não te admires se não vires lá muitos Rover/MG... mas algum Ferrari ou Jaguar será mais habitual.

    Quem percebe de Rovers... mexe em qq coisa que tenha rodas!


    Vê também o João na Bosch de Algés... ele conhece a coisa (mas aí eu ponho as minhas mãos ainda mais longe da fogueira!). Nunca lá fui para essas questões... não penso lá ir! Vou onde conheço que (mal e porcamente...) vão fazendo o "state of the art". E têm as máquinas dedicadas e o know-how para esmifrar mais uns 2-3cv daquilo... ou 10 ou 8...


    Há um gajo muito jeitoso no Montijo, mas eu não sei se ele terá tempo para esse carro... é um gajo muito competente mas que está normalmente sempre assoberbado com outros carros para problemas múltiplos... é uma questão de falares com todos e decidires por algum...
    Agradeço a resposta. Só hoje é que a pude ler, e por isso também só hoje é que pude agradecer. Os seus conselhos e ideias são realmente valiosos e estou a aprender bastante sobre automóveis!


  2. #32
    ejS
    ejS está offline
    Pedestre
    Data de Registo
    Jun 2019
    Posts
    45

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por petrus Ver Post
    Se for o pior cenário tipo os 800 euros desfaz-te já do carro.
    Com 1000 euros e um pouco de sorte já se comptavalgo catita.
    Um amigo comprou para a filha como primeiro carro um saxo 1.1 por esse valor e ela já anda com ele há mais de 1 ano e uns bons km e nem uma lâmpada queimou...
    Bem, realmente seria uma boa opção desfazer-me do carro e comprar um novo usado em condições, mas claro que eu gostaria de ver o meu arranjado!

  3. #33
    ejS
    ejS está offline
    Pedestre
    Data de Registo
    Jun 2019
    Posts
    45

    Por Defeito

    Boa tarde a todos aqueles que esclareceram as minhas dúvidas. Agradeço também à eblase pela sua simpatia. Tenho novidades sobre a reparação do meu carro que gostaria de partilhar convosco.
    O carro esteve sempre a trabalhar bem mas só o utilizei neste período para pequenas deslocações de cerca de 3 kilómetros, claro que não ia arriscar uma viagem grande com ele nestas condições! Finalmente, pude levá-lo a uma oficina. O mecânico apenas encontrou um problema na tampa do depósito da água. De facto foi uma possibilidade de que nós não tínhamos falado, mas ainda tenho que ir ler melhor as respostas. Ou seja a tampa não estava boa. E este facto leva-me a pensar que a ter-se dado a avaria devido a uma tampa do depósito da água defeituosa é um facto de lamentar. Essa tampa tinha sido substituída como sendo nova e causou-me desde logo problemas. Enfim, acabou por dar neste resultado da água a entrar para o motor.
    Resumindo, vamos ao mais importante que é a reparação do carro. O mecânico decidiu mudar apenas a tampa do depósito da água e disse que assim ele não iria avariar. A tampa é boa, e de facto é a melhor que tive no carro que não está a gastar água absolutamente nenhuma. No entanto a água continua no motor. Eu tenho andado com o carro, mas não acredito que ele não avarie assim. O que é que acham?

  4. #34
    Piloto de Testes Mat1977's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2016
    Posts
    1,136

    Por Defeito

    Afinal como ficamos em relação a este tópico em baixo?

    https://forum.motorguia.net/auto-aju...or-gripar.html

  5. #35
    Piloto de Fórmula 1 rca33's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2006
    Localização
    I'll see you on the Dark Side of the Moon
    Posts
    18,986

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ejS Ver Post
    Boa tarde a todos aqueles que esclareceram as minhas dúvidas. Agradeço também à eblase pela sua simpatia. Tenho novidades sobre a reparação do meu carro que gostaria de partilhar convosco.
    O carro esteve sempre a trabalhar bem mas só o utilizei neste período para pequenas deslocações de cerca de 3 kilómetros, claro que não ia arriscar uma viagem grande com ele nestas condições! Finalmente, pude levá-lo a uma oficina. O mecânico apenas encontrou um problema na tampa do depósito da água. De facto foi uma possibilidade de que nós não tínhamos falado, mas ainda tenho que ir ler melhor as respostas. Ou seja a tampa não estava boa. E este facto leva-me a pensar que a ter-se dado a avaria devido a uma tampa do depósito da água defeituosa é um facto de lamentar. Essa tampa tinha sido substituída como sendo nova e causou-me desde logo problemas. Enfim, acabou por dar neste resultado da água a entrar para o motor.
    Resumindo, vamos ao mais importante que é a reparação do carro. O mecânico decidiu mudar apenas a tampa do depósito da água e disse que assim ele não iria avariar. A tampa é boa, e de facto é a melhor que tive no carro que não está a gastar água absolutamente nenhuma. No entanto a água continua no motor. Eu tenho andado com o carro, mas não acredito que ele não avarie assim. O que é que acham?
    Ou eu estou a perceber mal, ou há aí algo que não faz sentido nenhum!

    A "água" apenas pode circular dentro do motor pelos canais a isso destinados, e qualquer mistura de água com o óleo tem de existir passagens internas por onde não deviam (junta da cabeça, uma cabeça ou bloco rachado, etc).

    Ou seja, num motor "são" nunca pode existir mistura entre óleo e anticongelante.

    Em trajectos de 3km (ainda por cima partindo de frio) podes não ver o nível a descer visivelmente, mas é um intervalo de tempo de motor em funcionamento que não serve de grande barómetro, pois só fugas grandes vão fazer com que isso baixe de nível em tão pouco tempo.

    Se a "água" conseguisse ir parar ao óleo e depois parar de o fazer (o que seria um milagre dos grandes), bastaria mudar óleo e filtro.
    Mas se ele tiver mesmo água lá dentro, tens aí uma passagem e colocar óleo novo é para estragar 100km depois, pois vai garantidamente ficar contaminado pela passagem interna existente.

    Tu foste a um mecânico ou a um mechânico?
    É que se foste ao segundo caso, daqui já parece pouco fantástico!!


    Em todo o caso, e não querendo desanimar, essa motorização sempre foi uma desgraça precisamente por queimar juntas (tive um novo que aos 120.000 km também levou a sua), com a agravante de que a maioria das reparações feitas neles não duram muito.

    Quando a junta queima nesse motor a reparação exige muito mais peças e mão-de-obra do que em motores similares, e a maioria dos mecânicos não conhece essas exigências adicionais.
    E mesmo os que as conhecem vão ter de apresentar um orçamento elevado ao cliente, que provavelmente vai preferir a opção mais low-cost possível para o despachar a outro dono o quanto antes.


    Em resumo, se se confirmar que tens a junta da cabeça queimada tens 3 hipóteses:

    1. Esquecer o carro;
    2. Mandar reparar pelo valor mais baixo e despachar o quanto antes;
    3. Ir a uma casa que os conheça bem (como a British Car acima mencionada) e reparar como deve ser;


    Com toda a honestidade e vindo de quem fez 200.000km num, jamais escolheria a opção 3.
    Mat1977 gosta disto.


  6. #36
    ejS
    ejS está offline
    Pedestre
    Data de Registo
    Jun 2019
    Posts
    45

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por rca33 Ver Post
    Ou eu estou a perceber mal, ou há aí algo que não faz sentido nenhum!

    A "água" apenas pode circular dentro do motor pelos canais a isso destinados, e qualquer mistura de água com o óleo tem de existir passagens internas por onde não deviam (junta da cabeça, uma cabeça ou bloco rachado, etc).

    Ou seja, num motor "são" nunca pode existir mistura entre óleo e anticongelante.

    Em trajectos de 3km (ainda por cima partindo de frio) podes não ver o nível a descer visivelmente, mas é um intervalo de tempo de motor em funcionamento que não serve de grande barómetro, pois só fugas grandes vão fazer com que isso baixe de nível em tão pouco tempo.

    Se a "água" conseguisse ir parar ao óleo e depois parar de o fazer (o que seria um milagre dos grandes), bastaria mudar óleo e filtro.
    Mas se ele tiver mesmo água lá dentro, tens aí uma passagem e colocar óleo novo é para estragar 100km depois, pois vai garantidamente ficar contaminado pela passagem interna existente.

    Tu foste a um mecânico ou a um mechânico?
    É que se foste ao segundo caso, daqui já parece pouco fantástico!!


    Em todo o caso, e não querendo desanimar, essa motorização sempre foi uma desgraça precisamente por queimar juntas (tive um novo que aos 120.000 km também levou a sua), com a agravante de que a maioria das reparações feitas neles não duram muito.

    Quando a junta queima nesse motor a reparação exige muito mais peças e mão-de-obra do que em motores similares, e a maioria dos mecânicos não conhece essas exigências adicionais.
    E mesmo os que as conhecem vão ter de apresentar um orçamento elevado ao cliente, que provavelmente vai preferir a opção mais low-cost possível para o despachar a outro dono o quanto antes.


    Em resumo, se se confirmar que tens a junta da cabeça queimada tens 3 hipóteses:

    1. Esquecer o carro;
    2. Mandar reparar pelo valor mais baixo e despachar o quanto antes;
    3. Ir a uma casa que os conheça bem (como a British Car acima mencionada) e reparar como deve ser;


    Com toda a honestidade e vindo de quem fez 200.000km num, jamais escolheria a opção 3.
    Boa tarde, quanto à pergunta a água não continua a passar para o motor e tanto assim é que o nível no balão está constante. No entanto e pelo ruído que vem do motor quando faço alguma subida um pouco mais acentuada eu percebo logo que ele está um pouco mais quente do que é habitual e desejável. Agradeço também os conselhos. O que me dizes então é que pode ter havido uma passagem de água para o motor mas que ela pode não voltar a acontecer? E também dizes que se houver de facto anticongelante misturado com o óleo o motor vai logo queimá-lo? Ou seja assim não vale a pena mudar o óleo e o filtro?

  7. #37
    CL
    CL está offline
    Banido CL's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2003
    Localização
    Entre Torres Vedras e Algarve... é de dias!
    Posts
    10,303

    Por Defeito

    Amigo, se o anticongelante já passou entre os 2 circuitos água/óleo, então não será por algum milagre que vai deixar de passar. Não uses daquelas pastas milagreiras para tapar fugas porque são apenas temporárias e podem até colmatar algumas passagens de água que, nesses motores, não vieram muito perfeitas da fundição.

    Vão ficar perfeitas (até bem maiores!) quando esse motor for cuidado por quem saiba o que está a fazer, não são os azeiteiros do costume...

    Isso ainda vai acabar num 1.6 com 120cv ... acredita!
    ejS gosta disto.

Página 2 de 2 PrimeiraPrimeira 12

Etiquetas para este tópico

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •