Seguradora não assume actos de vandalismo - Página 2

Página 2 de 3 PrimeiraPrimeira 123 ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 31 para 60 de 65
Like Tree2Likes

Título: Seguradora não assume actos de vandalismo

  1. #31
    Piloto Lendário Nuno156's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    AO90? MCSA? Se não te responder já sabes porquê: IGNORE LIST
    Posts
    30,881

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Mazda3HB Ver Post
    Oh Nuno convinha é que fosses mais acertivo na explicação, se a questao é os plasticos partidos , eu no mesmo ataque partiram uma das valvulas e furaram outro pneu do lado da paragem passadeira...
    Continuas a falar do teu caso.


  2. #32
    Piloto de Provas de Perícia
    Data de Registo
    Feb 2016
    Localização
    Sintra
    Posts
    544

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Nuno156 Ver Post
    Continuas a falar do teu caso.
    E queres partilhar conosco quais as tuas desconfiancas para que eles estejam a rejeitar? Não percebo o porque de estares a ser evasivo.

    A questao da Psp está posta de parte, se soubessem quem tinha sido ja tinha sido informado do mesmo e o caso seguia para tribunal caso o queixoso quissesse, caso fosse o proprio utilizador a fazer isto a propria viatura a companhia ia agir judicialmente contra ele nao tenhas duvidas.

    Fazendo fé no que o utilizador disse quem tem que o provar é a seguradora, a Psp não tem competência para especular, tem competência para investigar e apurar com provas.

    Pergunto o relatorio da Psp esta disponivel na esquadra que foi feito a queixa?

  3. #33
    Piloto de Testes ChiragG's Avatar
    Data de Registo
    May 2013
    Posts
    1,135

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por DeCeIi Ver Post
    Deve ser a Logo...
    Bingo! Como chegaste lá?

    Citação Originalmente Colocado por Nuno156 Ver Post
    Tu não suspeitas.
    E a polícia? O que consta no auto que foi enviado para a seguradora?
    Eu fiz o auto na polícia, não sei se o auto que foi para a seguradora é igual.

    Citação Originalmente Colocado por Mazda3HB Ver Post
    E queres partilhar conosco quais as tuas desconfiancas para que eles estejam a rejeitar? Não percebo o porque de estares a ser evasivo.

    A questao da Psp está posta de parte, se soubessem quem tinha sido ja tinha sido informado do mesmo e o caso seguia para tribunal caso o queixoso quissesse, caso fosse o proprio utilizador a fazer isto a propria viatura a companhia ia agir judicialmente contra ele nao tenhas duvidas.

    Fazendo fé no que o utilizador disse quem tem que o provar é a seguradora, a Psp não tem competência para especular, tem competência para investigar e apurar com provas.

    Pergunto o relatorio da Psp esta disponivel na esquadra que foi feito a queixa?
    Sim, o relatório haverá estar disponível, pois eu fiz a participação e levantei o auto.

  4. #34
    Piloto Lendário Nuno156's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    AO90? MCSA? Se não te responder já sabes porquê: IGNORE LIST
    Posts
    30,881

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ChiragG Ver Post
    Bingo! Como chegaste lá?
    Eu fiz o auto na polícia, não sei se o auto que foi para a seguradora é igual.
    Sim, o relatório haverá estar disponível, pois eu fiz a participação e levantei o auto.
    Fizeste a participação. Depois foste levantar o quê para entregar na seguradora?
    O comprovativo do registo da participação, ou o relatório do que a polícia apurou?

    Interessa saber é quais foram as conclusões a que a polícia chegou.
    Se a polícia identificou alguém, é esse alguém que tem de pagar, e não a seguradora.

  5. #35
    Piloto de Testes ChiragG's Avatar
    Data de Registo
    May 2013
    Posts
    1,135

    Por Defeito

    Meramente entreguei o auto, de resto não sei mais nada.

    A polícia não me ligou, daí não identificou ninguém.


  6. #36
    Piloto Lendário Nuno156's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    AO90? MCSA? Se não te responder já sabes porquê: IGNORE LIST
    Posts
    30,881

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Mazda3HB Ver Post
    E queres partilhar conosco (...)
    Tudo o que tinha a dizer ao Chirag já disse.

    Que não tenhas percebido, ou que andes com teorias da conspiração e imagines coisas que eu não escrevi, ou que continues a levar para o teu caso pessoal, ou algo do género que nada tem que ver com o caso do Chirag, ou qualquer especulação ridícula que andes a congeminar, não tenho a culpa.

    Tudo o que tenho a dizer está escrito.
    Se não percebeste à primeira, lê as vezes que forem necessárias.
    Obrigado.

  7. #37
    Piloto Lendário Nuno156's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    AO90? MCSA? Se não te responder já sabes porquê: IGNORE LIST
    Posts
    30,881

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ChiragG Ver Post
    Meramente entreguei o auto, de resto não sei mais nada.
    A polícia não me ligou, daí não identificou ninguém.
    Por essa lógica, ainda não teriam chegado a nenhuma conclusão... afinal ainda não te ligaram a informar que concluíram a investigação...
    No entanto, a seguradora parece saber mais que tu, uma vez que para eles já foi possível chegar a uma conclusão...

    Provavelmente deverias ir à polícia saber como estão as coisas, não?

  8. #38
    Piloto de Provas de Perícia carlosrs's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2013
    Localização
    Portugal
    Posts
    939

    Por Defeito

    Seguros Low Cost. What else?

    Já as seguradoras normais colocam entraves em tudo e mais alguma coisa...nas low cost devem ser espetaculares...

  9. #39
    Piloto de Provas de Perícia
    Data de Registo
    Feb 2016
    Localização
    Sintra
    Posts
    544

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Nuno156 Ver Post
    Tudo o que tinha a dizer ao Chirag já disse.

    Que não tenhas percebido, ou que andes com teorias da conspiração e imagines coisas que eu não escrevi, ou que continues a levar para o teu caso pessoal, ou algo do género que nada tem que ver com o caso do Chirag, ou qualquer especulação ridícula que andes a congeminar, não tenho a culpa.

    Tudo o que tenho a dizer está escrito.
    Se não percebeste à primeira, lê as vezes que forem necessárias.
    Obrigado.
    Oh Nuno vai lá ler o post 20 deste topico...que foi escrito por ti, criaste um exemplo / especulação, e eu fui objetivo na resposta, ao que respondeste que estaria a levar para o meu caso pessoal e que o dele é diferente, pois é, o meu já aconteceu ha uns anos e foi pago sem dramas. E o dele não está resolvido.

    Andaste mais uns post a frente sempre a dar a mesma resposta que o caso dele era diferente mas não acrescentavas mais nada no final acabas por me dar razão, caso tenhas dúvidas vê o que respondi no post 21...

    Tu deves ter a mania da perseguição...eu a criar especulações lool quem trouxe o exemplo da namorada que foi traida? Quando o user ja tinha dito que não desconfia de ninguem...

    Ate fui com calma quando te perguntei pq estavas a ser evasivo...enfim

    Se calhar o teu último conselho adequa se a ti...

    Vim para ajudar um Alfista, eu considero me um, tenho pena é de estar a responder desta maneira a outro alfista...

    De nada...

  10. #40
    Piloto Lendário Nuno156's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    AO90? MCSA? Se não te responder já sabes porquê: IGNORE LIST
    Posts
    30,881

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Mazda3HB Ver Post
    Oh Nuno vai lá ler o post 20 deste topico... (...)
    Eu ofereci ao Chirag uma interpretação do que a seguradora disse.
    E tu começaste um interrogatório como se eu fosse a seguradora ou estivesse a defender a seguradora.
    E pegaste no teu caso, como se fossem dois casos iguais (sem informação nenhuma que te possa levar a presumir isso).

    Estou aqui a tentar ajudar o Chirag a perceber o que se está a passar, a tomar acções que permitam perceber a posição adoptada pela seguradora, e a agir por forma a resolver o problema dele.

    Não tenho interesse nenhum em discutir se as seguradoras são santas ou diabólicas, ou o que mais te indigna.

    Inté.

  11. #41
    Piloto de Testes Viriauto's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2013
    Localização
    Red River City
    Posts
    1,831

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ChiragG Ver Post
    Solicitei essas provas e responderam sem nada.

    Ou seja o que vou fazer é falar com os meus vizinhos que tiveram também os carros vandalizados para os apresentar com o testemunhas de que a eles aconteceu.

    A protecção jurídica não funciona nesses casos.

    Caso a entidade dos seguros não faça nada terei que avançar com isso.

    Estamos ainda a aguardar.
    Foi averiguado? Falaste com algum perito averiguador?
    Em caso afirmativo, não te pediu testemunhas? Não indicaste esses vizinhos?

    Esses atos de vandalismo aos teus vizinhos foram no mesmo dia/noite?

  12. #42
    Piloto de Provas de Perícia
    Data de Registo
    Feb 2016
    Localização
    Sintra
    Posts
    544

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Nuno156 Ver Post
    Eu ofereci ao Chirag uma interpretação do que a seguradora disse.
    E tu começaste um interrogatório como se eu fosse a seguradora ou estivesse a defender a seguradora.
    E pegaste no teu caso, como se fossem dois casos iguais (sem informação nenhuma que te possa levar a presumir isso).

    Estou aqui a tentar ajudar o Chirag a perceber o que se está a passar, a tomar acções que permitam perceber a posição adoptada pela seguradora, e a agir por forma a resolver o problema dele.

    Não tenho interesse nenhum em discutir se as seguradoras são santas ou diabólicas, ou o que mais te indigna.

    Inté.
    Nuno poderás ter entendido como um confronto/interrogatório/etc, para mim não foi nada disso mas é a tua interpretação mas não houve nem há vontade da minha parte de andar aqui a trocar galhardetes, já basta as guerrinhas que por ca andam... e acho que estamos todos a tentar ajudar o Chirag

    Agora voltando à conversa quem passou pelo processo e correu bem ou mal para mim é sempre bom contribuir, e dando o seu exemplo tambem ajuda a perceber desde os danos ate aos passos e a final resolução.

    Onde insesti e volto a insestir é que num ato de vandalismo a automóveis na rua, nao ha uma verdadeira investigação, esta é a realidade pura,por isso não lhe vao ligar. Basicamente fazem só relatam, nem vão ver o carro.

    É claro que existem casos de vandalismo como colocar fogo posto, mas isso ja e da competência da judiciária.

    Ja agora fica a pergunta para quem ativou o seguro contra atos de vandalismo alguem da policia ligou ?

    Só lhe ligavam no caso de a propria policia tivesse identificado no local a pessoa a cometer o crime, identificavam a pessoa e o carro da pessoa lesada e o user era chamado á esquadra para tomar conhecimento e se quer ou não apresentar queixa. Tenho um caso destes com um colega de trabalho.

    A questão não é diabolizar a seguradora, agora se eles lhe dão uma resposta vaga, tem que apresentar provas ou uma explicacao concreta, a melhor coisa ir à esquadra tentar sacar alguma info, se te disserem que está tudo bem para mim é apertar com a seguradora.

  13. #43
    Chefe de Equipa Ecoflex's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Localização
    Depende dos dias
    Posts
    27,680

    Por Defeito

    Imaginemos o cenário de se saber, fruto das averiguações da PSP, quem tinha vandalizado do carro. Não deveria ser a seguradora a pagar a reparação e depois exercer o direito de regresso ao autor do crime?

  14. #44
    Piloto Lendário Nuno156's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    AO90? MCSA? Se não te responder já sabes porquê: IGNORE LIST
    Posts
    30,881

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Ecoflex Ver Post
    Imaginemos o cenário de se saber, fruto das averiguações da PSP, quem tinha vandalizado do carro. Não deveria ser a seguradora a pagar a reparação e depois exercer o direito de regresso ao autor do crime?
    Do que julgo saber, isso aplica-se ao seguro de responsabilidade civil.
    Exemplo: bates embriagado, o tua seguradora paga aos lesados, e exerce o direito de regresso sobre ti (é o que a legislação obriga).

    Tenho dúvidas que isso se aplique em actos de vandalismo no seguro do lesado. Eventualmente terá de haver um julgamento, e a seguradora poderá vir a ser chamada à responsabilidade caso o agente do acto não possa pagar, ou algo assim.

  15. #45
    Piloto Lendário Nuno156's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    AO90? MCSA? Se não te responder já sabes porquê: IGNORE LIST
    Posts
    30,881

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Mazda3HB Ver Post
    (...)
    Onde insesti e volto a insestir é que num ato de vandalismo a automóveis na rua, nao ha uma verdadeira investigação, esta é a realidade pura,por isso não lhe vao ligar. Basicamente fazem só relatam, nem vão ver o carro.
    (...)
    A questão é o que foi feito na polícia:
    Participação simples?
    Ou queixa contra desconhecidos?

    Seja como for, é claro que investigam. Não é uma coisa tipo CSI Las Vegas, mas investigam. Nomeadamente, estabelecem ligações com outros ilícitos ocorridos na zona.
    Muitas vezes são elementos já referenciados na polícia, e por isso fáceis de identificar como presumíveis autores dos ilícitos verificados.

    Consequentemente, há que perceber o que foi apresentado (participação ou queixa) e o que foi apurado pela polícia (caso tenha sido apresentada uma queixa).

    Para saber da seguradora, é pedir cópia do processo e fundamentação da decisão por escrito, ou arranjar um advogado que trate disso.

  16. #46
    Piloto de Provas de Perícia
    Data de Registo
    Feb 2016
    Localização
    Sintra
    Posts
    544

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Nuno156 Ver Post
    A questão é o que foi feito na polícia:
    Participação simples?
    Ou queixa contra desconhecidos?

    Seja como for, é claro que investigam. Não é uma coisa tipo CSI Las Vegas, mas investigam. Nomeadamente, estabelecem ligações com outros ilícitos ocorridos na zona.
    Muitas vezes são elementos já referenciados na polícia, e por isso fáceis de identificar como presumíveis autores dos ilícitos verificados.

    Consequentemente, há que perceber o que foi apresentado (participação ou queixa) e o que foi apurado pela polícia (caso tenha sido apresentada uma queixa).

    Para saber da seguradora, é pedir cópia do processo e fundamentação da decisão por escrito, ou arranjar um advogado que trate disso.
    Tenho ideia que será sempre uma queixa contra desconhecidos, a policia pergunta se desconfiamos de alguém no momento da queixa , etc...

    No meu caso, passado +/- 2 meses depois recebi o fecho do inquérito por falta de provas por assim dizer e que não foi apurado quem foi o causador.

    É dos crimes mais difíceis de resolver,ou tens sistema vigilância regulado e tens acesso as imagens legalmente ou tens duas testemunhas, uma só por vezes nao chega ou sao apanhados pela policia em flagrante. Estes crimes tem uma percentagem enorme de ficarem sem resolução.

    E a Policia num relatório não pode presumir, tem de ter provas conclusivas.

    Quanto ao seguro,o processo desenrola-se e não ficam á espera do fim do inquérito ,é escolhida a oficina, o perito vai lá para decidir que peças e que painéis são arranjados pintados dá o ok e siga.

    É nesta visão que eu acho que o seguro está a tentar fugir.

  17. #47
    Chefe de Equipa Ecoflex's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Localização
    Depende dos dias
    Posts
    27,680

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Nuno156 Ver Post
    Do que julgo saber, isso aplica-se ao seguro de responsabilidade civil.
    Exemplo: bates embriagado, o tua seguradora paga aos lesados, e exerce o direito de regresso sobre ti (é o que a legislação obriga).

    Tenho dúvidas que isso se aplique em actos de vandalismo no seguro do lesado. Eventualmente terá de haver um julgamento, e a seguradora poderá vir a ser chamada à responsabilidade caso o agente do acto não possa pagar, ou algo assim.
    Responsabilidade civil?

    Há 3 anos caíram sobre a minha carrinha os azulejos de uma fachada de um prédio. Chamei a polícia, fiz a participação à seguradora (não low-cost, mas mesmo assim tentou e insistiu para que eu não fizesse a participação porque se o condomínio não pagasse, teria que me ser atribuída a culpa e iria agravar o seguro - eu respondi, completamente surpreso, se pago um seguro de DP há anos e quando preciso que ele funcione me dizem para não o usar, de que é que vale? E segui com a participação), e tive a peritagem feita rapidamente (1600 € de reparação), mas para levantar o carro da oficina tive que pagar a franquia.

    Depois seguiu-se um processo algo demorado, em que quase 1 ano depois ligo para a gestora de sinistros a saber do caso e estava tudo na mesma, ou seja, nada de pagamento do condomínio, apesar de (supostamente) já ter sido feita pressão sobre o mesmo. Activei a protecção jurídica e voilá, resolveu-se, e nessa altura devolveram-me a franquia.

    Aqui neste caso do Chirag o que me faz confusão são várias coisas:

    1 - Definição de vandalismo. Pelo que percebi se fosse um acto premeditado só no carro dele e não aleatório em vários carros já não é considerado vandalismo. Não entendo como não...
    2 - Como é que chegaram à conclusão que não seria um acto de vandalismo aleatório?
    3- Independentemente disso e tendo em conta a conclusão a que chegaram, num seguro de DP, como é que não reparam o carro e agravam o prémio? Não são obrigados a isto, por lei?

  18. #48
    Piloto de Testes ChiragG's Avatar
    Data de Registo
    May 2013
    Posts
    1,135

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Nuno156 Ver Post
    Por essa lógica, ainda não teriam chegado a nenhuma conclusão... afinal ainda não te ligaram a informar que concluíram a investigação...
    No entanto, a seguradora parece saber mais que tu, uma vez que para eles já foi possível chegar a uma conclusão...

    Provavelmente deverias ir à polícia saber como estão as coisas, não?
    Realmente irei à polícia saber se há algum avanço. Obrigado pela tua contribuição Nuno.

    Citação Originalmente Colocado por carlosrs Ver Post
    Seguros Low Cost. What else?

    Já as seguradoras normais colocam entraves em tudo e mais alguma coisa...nas low cost devem ser espetaculares...
    A seguradora faz parte do grupo da LOGO. Não é directamente a LOGO, mas pelo que li em várias queixas pela DECO e Portal da Queixa, agem da mesma forma, infelizmente.

    Citação Originalmente Colocado por Viriauto Ver Post
    Foi averiguado? Falaste com algum perito averiguador?
    Em caso afirmativo, não te pediu testemunhas? Não indicaste esses vizinhos?

    Esses atos de vandalismo aos teus vizinhos foram no mesmo dia/noite?
    Foi averiguado e o averiguador disse que o processo passaria a definitivo na semana em que veio ver o carro, houve 2 peritagens, uma inicial a última de averiguação.

    Desde então o perito averiguador não atendeu mais às minhas chamadas.

    Aos meus vizinhos foram antes do meu carro, um deles Honda Civic novo com 4 pneus em baixo.

    Outra questão que me faz repensar é que a seguradora não tinha qualquer resposta, e o gabinete de peritagem não tinha entregue o relatório de peritagem até eu não fazer pressão, mal fiz pressão veio esta resposta.

    A resposta era sempre igual. Estamos a aguardar o relatório final. Certo dia chateei-me, e depois chegara a definição de responsabilidade.

    Citação Originalmente Colocado por Nuno156 Ver Post
    A questão é o que foi feito na polícia:
    Participação simples?
    Ou queixa contra desconhecidos?

    Seja como for, é claro que investigam. Não é uma coisa tipo CSI Las Vegas, mas investigam. Nomeadamente, estabelecem ligações com outros ilícitos ocorridos na zona.
    Muitas vezes são elementos já referenciados na polícia, e por isso fáceis de identificar como presumíveis autores dos ilícitos verificados.

    Consequentemente, há que perceber o que foi apresentado (participação ou queixa) e o que foi apurado pela polícia (caso tenha sido apresentada uma queixa).

    Para saber da seguradora, é pedir cópia do processo e fundamentação da decisão por escrito, ou arranjar um advogado que trate disso.
    Foi feita uma participação simples, visto que não tenho sequer ideia de quem tenha sido a fazer o acto.

    O processo está entregue à ASF. Veremos o que fazem.

  19. #49
    Piloto Lendário Nuno156's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    AO90? MCSA? Se não te responder já sabes porquê: IGNORE LIST
    Posts
    30,881

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Ecoflex Ver Post
    Responsabilidade civil?

    Há 3 anos caíram sobre a minha carrinha os azulejos de uma fachada de um prédio. Chamei a polícia, fiz a participação à seguradora (não low-cost, mas mesmo assim tentou e insistiu para que eu não fizesse a participação porque se o condomínio não pagasse, teria que me ser atribuída a culpa e iria agravar o seguro - eu respondi, completamente surpreso, se pago um seguro de DP há anos e quando preciso que ele funcione me dizem para não o usar, de que é que vale? E segui com a participação), e tive a peritagem feita rapidamente (1600 € de reparação), mas para levantar o carro da oficina tive que pagar a franquia.

    Depois seguiu-se um processo algo demorado, em que quase 1 ano depois ligo para a gestora de sinistros a saber do caso e estava tudo na mesma, ou seja, nada de pagamento do condomínio, apesar de (supostamente) já ter sido feita pressão sobre o mesmo. Activei a protecção jurídica e voilá, resolveu-se, e nessa altura devolveram-me a franquia.

    Aqui neste caso do Chirag o que me faz confusão são várias coisas:

    1 - Definição de vandalismo. Pelo que percebi se fosse um acto premeditado só no carro dele e não aleatório em vários carros já não é considerado vandalismo. Não entendo como não...
    2 - Como é que chegaram à conclusão que não seria um acto de vandalismo aleatório?
    3- Independentemente disso e tendo em conta a conclusão a que chegaram, num seguro de DP, como é que não reparam o carro e agravam o prémio? Não são obrigados a isto, por lei?

    Fonix... que confusão que para aí vai...


    Primeiro:
    Estás a confundir direito de regresso com IDS (Indemnização Directa ao Segurado).
    O que tu fizeste nesse caso que relataste foi accionar a cláusula de danos próprios com IDS.
    Isso não tem nada que ver com o direito de regresso que falaste no outro post.
    O direito de regresso é usado pela seguradora sobre (contra) o próprio segurado.
    O IDS é um acordo entre duas seguradoras em que um segurado com danos próprios (ou com limitações caso não tenha danos próprios, como limite de valor, apenas dois envolvidos, DAAA assinada, etc.) pode activar, passando a seguradora a poder ser ressarcida caso a responsabilidade seja do terceiro.
    No teu caso, activaste os danos próprios para avançar com a reparação, enquanto a tua seguradora resolvia a situação com a seguradora do prédio, e que deu origem ao reembolso à tua seguradora por parte da outra (bem como da tua franquia por a tua seguradora ter sido ressarcida).

    Segundo:
    1- A definição de vandalismo é irrelevante para essa situação. O ponto é haver alguma identificação de um presumível agente do acto. Se houver, há que procurar primeiro obter uma condenação, e assim ser ressarcido por o eventual culpado. O que a seguradora disse leva a crer que isto não tem nada a ver com uma definição de actos de vandalismo, mas sim de haver conhecimento de algo que não estão a dizer.
    2- Não chegaram a conclusão nenhuma que não seria aleatório. Lê com atenção: "(...) se constatou a existência de um conjunto de irregularidades que nos levam a concluir que o sinistro não terá ocorrido de uma forma aleatória, súbita e/ou imprevista (...)". O que eles estão a pretender aqui alegar é que não terá sido um acto de vandalismo por não se enquadrar no risco (aleatório, súbito e/ou imprevisto). Portanto, dizem houve qualquer coisa que dizem ter verificado (irregularidades), que faz com que a pretensão seja indeferida por não se enquadrar na cláusula de actos de vandalismo da apólice. Eventualmente haver conhecimento do risco, ou algo do género (como o exemplo que eu dei de alguém que engana a namorada e de ser expectável que se fosse vingar no carro).
    3- O ChiragG accionou a cláusula de Actos de Vandalismo, e não a de Danos Próprios. A seguradora faz o que pediram. Não pediram danos próprios, não faz danos próprios. Onde é que está a dúvida?


    Volto a referir, sem perceber exactamente a razão pela qual a seguradora alega que o risco não era "aleatório, súbito e/ou imprevisto", não será possível argumentar que estão errados.
    Ou há algum relatório da polícia que identificou alguma coisa, ou então é necessário que a seguradora entregue uma cópia do processo com a alegação.
    Última edição por Nuno156 : 08-09-19 às 01:28:08 Razão: mais detalhes sobre IDS

  20. #50
    Piloto Lendário Nuno156's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    AO90? MCSA? Se não te responder já sabes porquê: IGNORE LIST
    Posts
    30,881

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ChiragG Ver Post
    (...)
    Foi feita uma participação simples, visto que não tenho sequer ideia de quem tenha sido a fazer o acto.
    (...)
    Não tens de saber quem praticou o ilícito para formalizar queixa.
    Poderias ter feito queixa contra desconhecidos (é assim que se faz).

    Não sei até que ponto isso não poderá ter influência no processo.
    Provavelmente nem estarás em condições de saber o estado de uma eventual investigação porque nem queixoso és (não serás parte interessada no processo).



    Quanto à questão dos teus vizinhos terem sido "antes"...
    Provavelmente será essa a justificação para o "aleatória, súbita e/ou imprevista"...
    Ou seja, eventualmente estarão a alegar que existiria um historial de vandalismo no local onde deixaste o carro, e que tu conhecias esse historial, ainda assim terás optado por lá deixar o carro, ignorando o risco ("IMPREVISTO"). Ou seja, provavelmente estarão a alegar que, sabendo o que tu sabias, seria PREVISÍVEL que tal pudesse acontecer (não sendo por isso um "imprevisto").


    Tens de tentar obter mais informação.
    Vê se consegues uma cópia do processo como eu te disse na página anterior (do departamento jurídico).
    Da polícia, só se já tiverem informação de quem é o vândalo (provavelmente um vizinho que acha que aquele é o lugar dele). Mas provavelmente terás de fazer queixa contra desconhecidos (aliás, mesmo que julgues saber quem é, o ideal é queixa contra desconhecidos, e não contra alguém em particular, a menos que tenhas a certeza absoluta de quem é, e absoluta é mesmo absoluta), para que possas ter algum tipo de informação sobre o assunto.
    Jack47 gosta disto.

  21. #51
    Piloto de Testes Jack47's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2011
    Posts
    1,029

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Nuno156 Ver Post
    Quanto à questão dos teus vizinhos terem sido "antes"...
    Provavelmente será essa a justificação para o "aleatória, súbita e/ou imprevista"...
    Ou seja, eventualmente estarão a alegar que existiria um historial de vandalismo no local onde deixaste o carro, e que tu conhecias esse historial, ainda assim terás optado por lá deixar o carro, ignorando o risco ("IMPREVISTO"). Ou seja, provavelmente estarão a alegar que, sabendo o que tu sabias, seria PREVISÍVEL que tal pudesse acontecer (não sendo por isso um "imprevisto").
    É como uma pessoa ter a feliz ideia de deixar o carro à noite estacionado por baixo de uma árvore que ameaça cair já há tempos. Fazê-lo numa noite de ventos fortes, na expectativa de perda total e de receber o valor do carro em novo, quando este já tem por exemplo 18 meses.

    A diferença, é que a situação do Chirag é completamente diferente. Ele genuinamente (e muito obviamente) não desejou nem haviam motivos para desejar que isto lhe acontecesse.

    Mesmo assim, no exemplo do carro por baixo da árvore, será fácil provar que o dono da viatura tinha conhecimento/noção do perigo de deixar ali o carro? Sempre me custou perceber como podem provar tal coisa. Uma coisa é suspeitarem fortemente de que a pessoa tinha conhecimento, mas em tribunal nenhum suspeito é condenado enquanto se mantiver como suspeito. Mesmo que tenha aparecido na TV e nos jornais noticia de que a árvore está a ameaçar cair, as pessoas não são obrigadas a ver TV e ler jornais.

    Mas claro, eu compreendo que na prática é assim, muito provavelmente eles estão-se a proteger com base naquilo que o Nuno156 explicou. Só não compreendo é que consigam esquivar-se às suas responsabilidades se o Chirag levar isto até às últimas consequências.

    -

  22. #52
    Chefe de Equipa Ecoflex's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Localização
    Depende dos dias
    Posts
    27,680

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Nuno156 Ver Post
    Fonix... que confusão que para aí vai...


    Primeiro:
    Estás a confundir direito de regresso com IDS (Indemnização Directa ao Segurado).
    O que tu fizeste nesse caso que relataste foi accionar a cláusula de danos próprios com IDS.
    Isso não tem nada que ver com o direito de regresso que falaste no outro post.
    O direito de regresso é usado pela seguradora sobre (contra) o próprio segurado.
    O IDS é um acordo entre duas seguradoras em que um segurado com danos próprios (ou com limitações caso não tenha danos próprios, como limite de valor, apenas dois envolvidos, DAAA assinada, etc.) pode activar, passando a seguradora a poder ser ressarcida caso a responsabilidade seja do terceiro.
    No teu caso, activaste os danos próprios para avançar com a reparação, enquanto a tua seguradora resolvia a situação com a seguradora do prédio, e que deu origem ao reembolso à tua seguradora por parte da outra (bem como da tua franquia por a tua seguradora ter sido ressarcida).
    Posso (podia) não saber muita coisa, como p.e., que o direito de regresso só pode ser aplicado ao segurado (pensei que pudesse ser a qualquer dos intervenientes), mas não fiz, de todo, confusão com o IDS.

    No meu caso não havia seguro no prédio, teve que ser o condomínio a pagar. Eu é que pensava que isto também se enquadrava no direito de regresso, mas já percebi que não. Obrigado pelo esclarecimento.

  23. #53
    Piloto Lendário Nuno156's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    AO90? MCSA? Se não te responder já sabes porquê: IGNORE LIST
    Posts
    30,881

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Ecoflex Ver Post
    Posso (podia) não saber muita coisa, como p.e., que o direito de regresso só pode ser aplicado ao segurado (pensei que pudesse ser a qualquer dos intervenientes), mas não fiz, de todo, confusão com o IDS.

    No meu caso não havia seguro no prédio, teve que ser o condomínio a pagar. Eu é que pensava que isto também se enquadrava no direito de regresso, mas já percebi que não. Obrigado pelo esclarecimento.
    O direito de regresso (do CC) é aplicável a qualquer tipo de situação.

    A questão não é sobre o direito de regresso no código civil, é sobre o que é o conceito de direito de regresso no âmbito dos seguros.

    Em termos de seguros existem duas situações:
    — seguro de responsabilidade civil obrigatório
    — seguros facultativos

    No seguro obrigatório (responsabilidade civil) a legislação obriga a que a seguradora indemnize sempre o lesado directamente, usando depois o direito de regresso no caso de o segurado estar alcoolizado (por exemplo). Ou seja, a seguradora recorre ao direito de regresso porque está obrigada por lei a indemnizar o lesado directamente.

    No caso dos seguros facultativos não existe nenhuma obrigação legal para que a seguradora adiante os pagamentos para que posteriormente tente exercer o direito de regresso (por ser eventualmente um risco, e ter custos para o conseguir). O IDS foi uma convenção voluntária entre as seguradoras para implementar algo que era prática com algumas seguradoras para segurados com danos próprios (o segurado accionava os danos próprios, e quando se resolvesse a responsabilidade do acidente, se o segurado fosse o lesado, a seguradora exigiria o direito de regresso da outra seguradora). Mas isto é porque as seguradoras aceitavam este tipo de prática, e não porque a tal estejam obrigadas.

    Portanto, sim, no teu caso a seguradora terá eventualmente usado do direito de regresso do CC. Mas, a menos que a cláusula de danos próprios da apólice assim o preveja, não estaria obrigada a aceitar e procurar restituição de terceiros. Quando activas os danos próprios, o que basicamente estás a dizer é que o responsável pelos danos foste tu (ou que não há terceiros aos quais imputar a responsabilidade). Isto é diverso de uma cláusula de actos de vandalismo, onde dizes que há terceiros responsáveis, mas desconhecidos.

    No entanto, geralmente no âmbito dos seguros, quando se fala em direito de regresso, é no contexto de um seguro de responsabilidade civil em que a seguradora acciona o direito de regresso sobre o segurado (ou seja, por força do mecanismo legal que obriga a seguradora a indemnizar os terceiros, para evitar que os lesados fiquem anos em tribunais à espera de receber indemnização directamente dos responsáveis).

    Isto é, em contexto de seguros, quando se fala de direito de regresso é o expresso no art. 27.º do DL n.º 291/2007, e não no art. 519.º do CC.
    Ecoflex gosta disto.

  24. #54
    Moderador Vanquish's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Localização
    AML
    Posts
    38,155

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ChiragG Ver Post
    A seguradora faz parte do grupo da LOGO. Não é directamente a LOGO...
    Ok, LOGO, Tranquilidade, ou Açoreana (já extinta, esta marca).

    Se, de facto, estás de consciência tranquila, avança com tudo, pois é a seguradora que tem que provar que não são atos de vandalismo, não és tu que tens que provar que são!

    Infelizmente, cada vez ouço mais situações do tipo "disparar primeiro, e só depois perguntar quem é" por parte deste grupo...

    E, mais uma vez:

    Tranquilidade /Açoreana / LOGO / e em breve Generali (que comprou as Seguradoras Unidas ao Grupo Apolo)

    Seguro Directo / Ageas

    Fidelidade / OK Teleseguros / Seguros Continente

    Têm plataformas de gestão/peritagem únicas, não havendo diferenças de gestão entre seguradoras do mesmo grupo, sejam, ou não low cost!

    As diferenças cingem-se a questões comerciais, capitais seguros, por exemplo, onde se deve ter atenção na subscrição!

  25. #55
    Piloto de Testes ChiragG's Avatar
    Data de Registo
    May 2013
    Posts
    1,135

    Por Defeito

    O que já fiz foi a queixa ao ASF, que foi recomendado por vários mediadores, mas basta ver as reclamações que há relacionadas com este tipo de assunto.

    Parece que tentam sempre fugir.

    Não tenho nada a temer, mas pus me a pensar e há uns tempos um outro carro próximo (família) também tinha sido vandalizado, onde o domicílio é igual, só muda o nome do tomador.

    Será que estão a pegar por aí?

    Na semana anterior ao sinistro também foi pedido para trocar o vidro pois levou uma pedrada.

  26. #56
    Moderador Vanquish's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Localização
    AML
    Posts
    38,155

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ChiragG Ver Post
    O que já fiz foi a queixa ao ASF, que foi recomendado por vários mediadores, mas basta ver as reclamações que há relacionadas com este tipo de assunto.

    Parece que tentam sempre fugir.

    Não tenho nada a temer, mas pus me a pensar e há uns tempos um outro carro próximo (família) também tinha sido vandalizado, onde o domicílio é igual, só muda o nome do tomador.

    Será que estão a pegar por aí?

    Na semana anterior ao sinistro também foi pedido para trocar o vidro pois levou uma pedrada.
    Quase de certeza que sim!

  27. #57
    Piloto Lendário Nuno156's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    AO90? MCSA? Se não te responder já sabes porquê: IGNORE LIST
    Posts
    30,881

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ChiragG Ver Post
    O que já fiz foi a queixa ao ASF, que foi recomendado por vários mediadores, mas basta ver as reclamações que há relacionadas com este tipo de assunto.
    Parece que tentam sempre fugir.
    Não tenho nada a temer, mas pus me a pensar e há uns tempos um outro carro próximo (família) também tinha sido vandalizado, onde o domicílio é igual, só muda o nome do tomador.
    Será que estão a pegar por aí?
    Na semana anterior ao sinistro também foi pedido para trocar o vidro pois levou uma pedrada.
    Não ganhas nada em especular.
    Tens de saber a fundamentação que usaram, e não aquela que se especula que tenham usado.

  28. #58
    Piloto de Testes ChiragG's Avatar
    Data de Registo
    May 2013
    Posts
    1,135

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Nuno156 Ver Post
    Não ganhas nada em especular.
    Tens de saber a fundamentação que usaram, e não aquela que se especula que tenham usado.
    A questão é que eles não me dizem, não me apresentam factos da decisão que apresentaram.

  29. #59
    Piloto Lendário Nuno156's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    AO90? MCSA? Se não te responder já sabes porquê: IGNORE LIST
    Posts
    30,881

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Vanquish Ver Post
    Quase de certeza que sim!
    E têm por onde pegar? Ou seja, aguenta-se em tribunal?

  30. #60
    Piloto Lendário Nuno156's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    AO90? MCSA? Se não te responder já sabes porquê: IGNORE LIST
    Posts
    30,881

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ChiragG Ver Post
    A questão é que eles não me dizem, não me apresentam factos da decisão que apresentaram.
    Se não consegues sozinho, constitui advogado.

Página 2 de 3 PrimeiraPrimeira 123 ÚltimaÚltima

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

O Motorguia . não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.
Contactos e Publicidade Motorguia.net | Carta por Pontos Usados Motorguia