Seat Alhambra 2.0 TDi | FAP/regenerações

Página 1 de 2 12 ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 1 para 30 de 58
Like Tree17Likes

Título: Seat Alhambra 2.0 TDi | FAP/regenerações

  1. #1
    Pedestre
    Data de Registo
    Jan 2018
    Posts
    27

    Por Defeito Seat Alhambra 2.0 TDi | FAP/regenerações

    Boa tarde,

    Comprei recentemente uma Seat Alhambra (usada, 2014) e tenho reparado que depois de algumas viagens as ventoinhas do radiador ficam a trabalhar durante uns 5 minutos depois de desligar a ignição.
    O carro esteve recentemente numa oficina da minha confiança (a fazer um check-up pós compra), e depois de ouvir esta minha descrição o mecânico disse-me que podiam ser as regenerações do FAP. Contudo depois de ligado à máquina acusou 0% de obstrução no filtro.

    Pelo que tenho lido convém os carros com estes filtros fazerem percursos mais longos (de AE) acima das 2500 rpm estáveis para fazerem a regeneração passiva do filtro.

    Tenho algumas questões: quanto tempo (ou km) deve durar esse percurso acima das 2500rpm? De quanto em quanto tempo deve ser feito?

    E quando me apercebo que está a ser feita uma regeneração (pelo que percebi pelo facto de o consumo parado ser de 0.9lt/1lt e não 0.6lt e as rotações em 1000rpm e não 700 rpm) não devo desligar o carro, é isso? Conseguem sempre fazer isso? Nem sempre é simples fazer isso.. E quais as consequências de não o fazer sempre?

    Obrigado!


  2. #2
    Piloto Lendário Ecoflex's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Localização
    Depende dos dias
    Posts
    31,778

    Por Defeito

    Antes de mais, parabéns pela nova montada.

    Se acusou 0% de saturação do FAP, então tudo está a funcionar bem, o que são boas notícias.

    Os ciclos de regeneração são variáveis, dependendo especialmente do tipo de percursos que se fazem. Um carro a fazer muitos percursos curtos vai ter ciclos mais frequentes do que um carro que faça estrada. Tu é que poderás estar atento para notares qual a frequência do teu.

    Em relação ao tempo de regeneração, também depende das condições que lhe dás. Imagina que estás em AE, colocas o carro a 120 em 5ª e a coisa dá-se rapidamente (cerca de 10 minutos). Mas se estiveres em cidade no pára-arranca pode demorar 2 a 3 vezes mais e por vezes abortar o ciclo, iniciando mais tarde.

    Tens outro sinal que te pode ajudar que é o som mais grave/rouco do motor. Quem tem esta sensibilidade de ouvido, consegue aperceber-se em andamento e para confirmar é só embraiar e verificar as rpms perto das 1000.

    Não é grave abortares uma regeneração de vez em quando, desligando o carro. Grave é fazê-lo constantemente e especialmente no mesmo ciclo, de tal forma que aí pode aparecer o aviso do filtro de partículas para ires dar uma volta maior até apagar. Ao ralenti não faz a regeneração, por isso mais vale desligares o carro (sabendo que irá recomeçar na próxima vez que lhe pegares) ou então ires dar uma volta para fazeres a regeneração correctamente.

    As regenerações habitualmente contaminam o óleo do motor com o gasóleo não queimado para o efeito. Se abortares regenerações, mais o óleo do motor fica contaminado, levando a um aumento do nível e a uma pior lubrificação do motor e degradação precoce do óleo. Muitas vezes uma substituição do óleo e filtro entre revisões pode ser uma boa opção para preservares a mecânica.
    eu, mpereira and Mashahiro like this.

  3. #3
    Piloto de Troféu PauloJorge's Avatar
    Data de Registo
    May 2012
    Localização
    Alverca
    Posts
    8,455

    Por Defeito

    Melancia, apresento-te FAP.
    FAP- apresento-te Melancia.

  4. #4
    Piloto de Testes Mashahiro's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2010
    Localização
    Por ai...atras de ti !!
    Posts
    4,158

    Por Defeito

    Here we go again....

  5. #5
    Pedestre
    Data de Registo
    Jan 2018
    Posts
    27

    Por Defeito

    Antes de mais muito obrigado pela explicação Ecoflex

    Ontem, para ver se fazia uma regeneração completa e com isso deixar de ter o comportamento de ventoinhas a trabalhar quando desligo o carro em casa, fiz cerca de 50km em AE sempre a 2500-3000rpm.

    Hoje fiz um percurso urbano de cerca de 5km e quando cheguei a casa... 5 min de ventoinhas a trabalhar
    Última edição por melancia : 14-12-20 às 22:28:30


  6. #6
    Pedestre
    Data de Registo
    Jan 2018
    Posts
    27

    Por Defeito

    Antes de mais muito obrigado pela explicação Ecoflex

    Ontem, para ver se fazia uma regeneração completa e com isso deixar de ter o comportamento de ventoinhas a trabalhar quando desligo o carro em casa, fiz cerca de 50km em AE sempre a 2500-3000rpm.

    Hoje fiz um percurso urbano de cerca de 5km e quando cheguei a casa... 5 min de ventoinhas a trabalhar

  7. #7
    Piloto Lendário Ecoflex's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Localização
    Depende dos dias
    Posts
    31,778

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por melancia Ver Post
    Antes de mais muito obrigado pela explicação Ecoflex

    Ontem, para ver se fazia uma regeneração completa e com isso deixar de ter o comportamento de ventoinhas a trabalhar quando desligo o carro em casa, fiz cerca de 50km em AE sempre a 2500-3000rpm.

    Hoje fiz um percurso urbano de cerca de 5km e quando cheguei a casa... 5 min de ventoinhas a trabalhar
    Isso significa que não regenerou ontem. Aliás só regenera quanto o filtro satura, por isso não é por estares a fazer percursos com condições que o FAP vai regenerar.

    Da próxima vez que pegares no carro, já sabes que vai regenerar. O FAP destes carros não costuma dar raia, mas um dos sensores é que costuma entregar a alma ao criador precocemente. Portanto daqui por uns tempos (anos?) se vires que o aviso do filtro de partículas te começa a aparecer muitas vezes, não te stresses, pode ser só o sensor, que é barato.

    Não te preocupes tanto com isso, não há necessidade. Quando te acontecer chegares e as ventoinhas ficarem a trabalhar, decides se vais dar uma volta de 10 minutos para terminar o ciclo, ou na viagem seguinte completas o ciclo. Desfruta o carro.

  8. #8
    Pedestre
    Data de Registo
    Jan 2018
    Posts
    27

    Por Defeito

    Eu estou extremamente satisfeito com o carro e tenho confiança no meu mecânico que me disse que o carro estava ótimo. Mas que me faz confusão esta coisa das ventoinhas sempre a trabalhar faz... Hoje quando cheguei a casa da pequena volta urbana lá ficaram elas a trabalhar... E chegar a casa com a família e dizer, "bem agora como está a fazer regeneração tenho de ir ali dar uma voltinha" nem sempre é simples. O meu receio é essencialmente estar a fazer algo mal ao desligar o carro quando as ventoinhas ficam ali n tempo a trabalhar...

  9. #9
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jan 2011
    Posts
    1,436

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por melancia Ver Post
    Eu estou extremamente satisfeito com o carro e tenho confiança no meu mecânico que me disse que o carro estava ótimo. Mas que me faz confusão esta coisa das ventoinhas sempre a trabalhar faz... Hoje quando cheguei a casa da pequena volta urbana lá ficaram elas a trabalhar... E chegar a casa com a família e dizer, "bem agora como está a fazer regeneração tenho de ir ali dar uma voltinha" nem sempre é simples. O meu receio é essencialmente estar a fazer algo mal ao desligar o carro quando as ventoinhas ficam ali n tempo a trabalhar...
    Idealmente deves evitar desligar o carro quando está a regenerar, mas tira me aqui uma dúvida, quando desligas o carro e as ventoinhas ficam a trabalhar já reparaste se o carro está nas 1000 rpm? Acho estranho estar a regenerar assim tantas vezes seguidas, pelo que me apercebi aconteceu 2 vezes no espaço de 2 dias? Mesmo em condições de utilização exclusivamente urbano deveria fazer sempre pelo menos uns 300km entre regeneracoes

  10. #10
    Piloto de Rallye petrus's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Cabecinha.
    Posts
    10,634

    Por Defeito

    Pode nem sequer estar a regenerar. As ventoinhas estarem ligadas pode ser simplesmente por temperatura elevada do motor, de acordo com os parâmetros do fabricante...

    De qualquer modo, vai-te habituando a ires "passear o cãoseat" muitas vezes! O kai-kai lá de casa adora isso e costuma ser quase sempre a chegar a casa! A patroa diz que é certinho e direitinho!!!

  11. #11
    Piloto de Rallye
    Data de Registo
    Feb 2007
    Posts
    12,621

    Por Defeito

    Tenho uma Caddy 2.0 TDI de 2019, Euro6. 2 e por norma regenera a cada 300 kms. Ultimamente com este tempo mais frio e sem saídas ao fim-de-semana tem regenerado a cada 200/250 kms. De quando em vez quando detecto que começou a regenerar, venho para casa por AE e nos 20 kms que faço faz a regeneração. Basta vir normalmente a 100/120 km/h. Não é necessário vir às 3000 rpms como já tenho lido.

    Hoje ao sair da empresa notei que começou uma regeneração. S&S desactivado, relanti nas 1000 rpms e entrei na AE. Saí da AE e ainda não tinha terminado. Algo que não é normal mas, nos 3 ou 4 kms que faço da saída da AE até casa, acabou o processo.

    De resto, nestes 33.000 kms não tive problemas. Nem luzes acesas, nem aumento do nível de óleo.

  12. #12
    Pedestre
    Data de Registo
    Jan 2018
    Posts
    27

    Por Defeito

    Só "aprendi" esta coisa das 1000rpm recentemente e destas 2 últimas vezes estava sim nas 1000rpm e com consumo de 0.9lts. Também acho muuuito estranho estar a fazer 2 regenerações em dias seguidos....

    Citação Originalmente Colocado por rtxs Ver Post
    Idealmente deves evitar desligar o carro quando está a regenerar, mas tira me aqui uma dúvida, quando desligas o carro e as ventoinhas ficam a trabalhar já reparaste se o carro está nas 1000 rpm? Acho estranho estar a regenerar assim tantas vezes seguidas, pelo que me apercebi aconteceu 2 vezes no espaço de 2 dias? Mesmo em condições de utilização exclusivamente urbano deveria fazer sempre pelo menos uns 300km entre regeneracoes

  13. #13
    Pedestre
    Data de Registo
    Jan 2018
    Posts
    27

    Por Defeito

    Só "aprendi" esta coisa das 1000rpm recentemente e destas 2 últimas vezes estava sim nas 1000rpm e com consumo de 0.9lts. Também acho muuuito estranho estar a fazer 2 regenerações em dias seguidos....

    Quando dizes evitar desligar não basta deixar ligado, parado, certo? Tem mesmo de ser a andar é isso?

    Citação Originalmente Colocado por rtxs Ver Post
    Idealmente deves evitar desligar o carro quando está a regenerar, mas tira me aqui uma dúvida, quando desligas o carro e as ventoinhas ficam a trabalhar já reparaste se o carro está nas 1000 rpm? Acho estranho estar a regenerar assim tantas vezes seguidas, pelo que me apercebi aconteceu 2 vezes no espaço de 2 dias? Mesmo em condições de utilização exclusivamente urbano deveria fazer sempre pelo menos uns 300km entre regeneracoes

  14. #14
    Pedestre
    Data de Registo
    Jan 2018
    Posts
    27

    Por Defeito

    Acho estranho ser por temperatura, o tempo nem está quente por estes dias e os percursos são curtos e sem grandes paragens (nem semáforos há quase e a única paragem é à espera que o portão da garagem abra...)

    Citação Originalmente Colocado por petrus Ver Post
    Pode nem sequer estar a regenerar. As ventoinhas estarem ligadas pode ser simplesmente por temperatura elevada do motor, de acordo com os parâmetros do fabricante...

    De qualquer modo, vai-te habituando a ires "passear o cãoseat" muitas vezes! O kai-kai lá de casa adora isso e costuma ser quase sempre a chegar a casa! A patroa diz que é certinho e direitinho!!!

  15. #15
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jan 2011
    Posts
    1,436

    Por Defeito

    Possivelmente a 2 vez a regenerar seria para completar a primeira regeneração falhada no dia anterior

    O ideal seria mesmo circular com o carro pois parado iria demorar uma eternidade para completar a regeneração

    Sendo de 2014 caso tenhas um leitor obd por Bluetooth podes verificar com a app vag dpf se está a regenerar bem como à quantos km ocorreu a último regeneração, nível de fuligem etc
    midnightblack gosta disto.

  16. #16
    Piloto de Sofás nmyguel's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2007
    Localização
    .........
    Posts
    22,809

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por melancia Ver Post
    Só "aprendi" esta coisa das 1000rpm recentemente e destas 2 últimas vezes estava sim nas 1000rpm e com consumo de 0.9lts. Também acho muuuito estranho estar a fazer 2 regenerações em dias seguidos....

    Quando dizes evitar desligar não basta deixar ligado, parado, certo? Tem mesmo de ser a andar é isso?

    Podes estar parado, mas tens que acelerar o carro ali a rondar as 2000rpm para a regeneração se fazer.

  17. #17
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Dec 2013
    Posts
    149

    Por Defeito

    ?! Tem de ser mais rotação +- 3000 rpms para aquecer mais rapido e queimar a temperaturas mais altas o que está no FAP.

    Cada um sabe de si, mas essas generações a 2000 RPM's a fazer limpezas /queimas parciais não me parecem melhor opção a longo prazo. Isso e usar diesel simples.

    Cps

  18. #18
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jan 2011
    Posts
    1,436

    Por Defeito

    Pessoal não compliquem, o fap começa a regenerar a partir de um certo nível de fuligem, a partir daí andar a mais ou menos rotação apenas vai diferir no tempo que a regeneração demora a ocorrer
    Se o filtro não atingir o nível de fuligem necessário podem andar a 3mil rpm 4 mil o que quiserem que a regeneração não vai ocorrer

  19. #19
    eu
    eu está offline
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    , , .
    Posts
    23,629

    Por Defeito

    Parar uma regeneração a meio não é grave, desde que na próxima vez que se ligue o carro seja para fazer uma viagem de pelo menos 15 minutos.

    Caso contrário, se a próxima viagem for curta, o melhor é ir "passear o cão" antes de desligar o carro.

    Eu tenho um A4 com esse motor e de facto já levou o tal sensor que mencionaram no tópico. Verifica se não será esse sensor avariado.
    Ecoflex gosta disto.

  20. #20
    Piloto Lendário Ecoflex's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Localização
    Depende dos dias
    Posts
    31,778

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por rtxs Ver Post
    Possivelmente a 2 vez a regenerar seria para completar a primeira regeneração falhada no dia anterior

    O ideal seria mesmo circular com o carro pois parado iria demorar uma eternidade para completar a regeneração

    Sendo de 2014 caso tenhas um leitor obd por Bluetooth podes verificar com a app vag dpf se está a regenerar bem como à quantos km ocorreu a último regeneração, nível de fuligem etc
    Parado ao ralenti não termina o ciclo. Vai ficar em processo de regeneração e depois aborta, dando a sensação que terminou, mas não.

    Para se conseguir evitar isso, pode-se colocar o carro nas 2500 rpms, que irá completar, mas demora mais tempo que se fosse em andamento. Pessoalmente já o fiz algumas vezes, mas prefiro mesmo desligar e dar condições na vez seguinte que pegar no carro.

    O processo de regeneração precisa de ter alguma rotação para se fazer em condições, porque ao fazeres em AE a baixa rotação, irá fazer o ciclo, é certo, mas além de demorar mais, ficará mais gasóleo por queimar, com a consequente maior contaminação do óleo. Quando me apercebo em AE rolo sempre nas 2500 rpms para contrariar esta tendência de contaminação.

    O motores 2.0 tdi, por norma até gastam um pouco de óleo, pelo que será difícil veres o óleo subir, a não ser que abortes muitas regenerações. No entanto, a contaminação está lá na mesma.

  21. #21
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jan 2011
    Posts
    1,436

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Ecoflex Ver Post
    Parado ao ralenti não termina o ciclo. Vai ficar em processo de regeneração e depois aborta, dando a sensação que terminou, mas não.

    Para se conseguir evitar isso, pode-se colocar o carro nas 2500 rpms, que irá completar, mas demora mais tempo que se fosse em andamento. Pessoalmente já o fiz algumas vezes, mas prefiro mesmo desligar e dar condições na vez seguinte que pegar no carro.

    O processo de regeneração precisa de ter alguma rotação para se fazer em condições, porque ao fazeres em AE a baixa rotação, irá fazer o ciclo, é certo, mas além de demorar mais, ficará mais gasóleo por queimar, com a consequente maior contaminação do óleo. Quando me apercebo em AE rolo sempre nas 2500 rpms para contrariar esta tendência de contaminação.

    O motores 2.0 tdi, por norma até gastam um pouco de óleo, pelo que será difícil veres o óleo subir, a não ser que abortes muitas regenerações. No entanto, a contaminação está lá na mesma.
    Nunca experimentei fazer parado, mas também não vou de preposito à AE para completar a regeneração, basta ir circulando numa velocidade abaixo para dar mais um pouco de rotação ao motor, em vez de ir a uma quarta às 1900rpm ir numa terceira às 2500

  22. #22
    Piloto Lendário Ecoflex's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Localização
    Depende dos dias
    Posts
    31,778

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por rtxs Ver Post
    Nunca experimentei fazer parado, mas também não vou de preposito à AE para completar a regeneração, basta ir circulando numa velocidade abaixo para dar mais um pouco de rotação ao motor, em vez de ir a uma quarta às 1900rpm ir numa terceira às 2500
    Exactamente a minha postura.

    Eu tento sempre ver a questão com bom senso (acho que todos somos assim). Se me apercebo de uma regeneração a chegar a casa (morando ao pé de acessos de vias rápidas) e no dia seguinte vou fazer trajectos curtos, então perco mais 10 minutos e termino o ciclo. Se no dia a seguir vou sair para fazer o habitual quotidiano (média de 100 kms/dia) então não me preocupo com isso e no dia seguinte lá irá terminar.
    rtxs gosta disto.

  23. #23
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Aug 2020
    Localização
    Torres Vedras
    Posts
    137

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por melancia Ver Post
    Boa tarde,

    Comprei recentemente uma Seat Alhambra (usada, 2014) e tenho reparado que depois de algumas viagens as ventoinhas do radiador ficam a trabalhar durante uns 5 minutos depois de desligar a ignição.
    O carro esteve recentemente numa oficina da minha confiança (a fazer um check-up pós compra), e depois de ouvir esta minha descrição o mecânico disse-me que podiam ser as regenerações do FAP. Contudo depois de ligado à máquina acusou 0% de obstrução no filtro.

    Pelo que tenho lido convém os carros com estes filtros fazerem percursos mais longos (de AE) acima das 2500 rpm estáveis para fazerem a regeneração passiva do filtro.

    Tenho algumas questões: quanto tempo (ou km) deve durar esse percurso acima das 2500rpm? De quanto em quanto tempo deve ser feito?

    E quando me apercebo que está a ser feita uma regeneração (pelo que percebi pelo facto de o consumo parado ser de 0.9lt/1lt e não 0.6lt e as rotações em 1000rpm e não 700 rpm) não devo desligar o carro, é isso? Conseguem sempre fazer isso? Nem sempre é simples fazer isso.. E quais as consequências de não o fazer sempre?

    Obrigado!
    Acho estranho tantas regenerações seguidas, bom, o meu carro faz muitas mas tem obviamente um problema...
    As ventoinhas a trabalhar pode ser N coisas, não tem de ser necessariamente uma regeneração.
    Normalmente o carro faz a regeneração quando o FAP atinge uma determinada % de fuligem (geralmente ronda os 45%), chegando aí, não sei como funciona o teu, mas no caso do meu carro, a ECU inicia o processo de regeneração injetando gasóleo para aumentar a temperatura que se eleva a valores entre os 500 e os 600 graus iniciando então o processo de regeneração, este não depende de muita velocidade ou muita rotação sendo que a 1500 rpms faz perfeitamente a regeneração,
    O facto de se andar muito depressa ou a uma rotação muito alta também obriga o motor a queimar mais gasóleo e por consequência também a depositar mais fuligem no FAP e mais rapidamente, não sei como é o caso do teu carro mas por exemplo no meu (Hyundai I30 de 2018) nada interessa para a conclusão do processo, desde que eu não o desligue e me mantenha em andamento, ele regenera sempre.
    O que precisas, acima de tudo é controlar o processo, saber quando ele está a regenerar e quando acaba, assim evitas as regenerações abortadas e o consequente aumento de gasóleo no óleo do motor.
    Há diversas ferramentas que te permitem fazer isso, por exemplo eu uso o car scanner pro e sei sempre quando ocorrem regenerações e quando terminam.
    Cumprimentos

  24. #24
    Piloto de Rallye midnightblack's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2014
    Posts
    11,076

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por melancia Ver Post
    Boa tarde,

    Comprei recentemente uma Seat Alhambra (usada, 2014) e tenho reparado que depois de algumas viagens as ventoinhas do radiador ficam a trabalhar durante uns 5 minutos depois de desligar a ignição.
    O carro esteve recentemente numa oficina da minha confiança (a fazer um check-up pós compra), e depois de ouvir esta minha descrição o mecânico disse-me que podiam ser as regenerações do FAP. Contudo depois de ligado à máquina acusou 0% de obstrução no filtro.

    Pelo que tenho lido convém os carros com estes filtros fazerem percursos mais longos (de AE) acima das 2500 rpm estáveis para fazerem a regeneração passiva do filtro.

    Tenho algumas questões: quanto tempo (ou km) deve durar esse percurso acima das 2500rpm? De quanto em quanto tempo deve ser feito?

    E quando me apercebo que está a ser feita uma regeneração (pelo que percebi pelo facto de o consumo parado ser de 0.9lt/1lt e não 0.6lt e as rotações em 1000rpm e não 700 rpm) não devo desligar o carro, é isso? Conseguem sempre fazer isso? Nem sempre é simples fazer isso.. E quais as consequências de não o fazer sempre?

    Obrigado!
    Por vezes compensa procurar mecânicos com competências técnicas superiores...

    Pode ser do FAP, mas também pode não ser...

    O FAP na máquina deu obstrução 0%...? 0% num carro de 2014?
    Iria verificar se não tens nenhuma alteração eletrónica de parâmetros...uma dita reprogramação que afete essa componente...

    Tens a certeza que o teu FAP tem recheio? Não eras o primeiro a ter o fap oco no local e manter o mapa de origem...isso dá origem a erros da centralina....

    Verifica lá bem o histórico da tua máquina se conseguires.

    Pode ter levado FAP novo e ter a admissão "suja" do anterior...
    eu gosta disto.

  25. #25
    eu
    eu está offline
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    , , .
    Posts
    23,629

    Por Defeito

    Atenção que nunca se deve fazer a regeneração com o carro imobilizado, pois o filtro e toda a zona de escape ficam extremamente quentes.

    A regeneração deve ser sempre feita em movimento.

  26. #26
    eu
    eu está offline
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    , , .
    Posts
    23,629

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por midnightblack Ver Post

    O FAP na máquina deu obstrução 0%...? 0% num carro de 2014?
    De facto, esse valor é impossível.

  27. #27
    Piloto Lendário Ecoflex's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Localização
    Depende dos dias
    Posts
    31,778

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por eu Ver Post
    Atenção que nunca se deve fazer a regeneração com o carro imobilizado, pois o filtro e toda a zona de escape ficam extremamente quentes.

    A regeneração deve ser sempre feita em movimento.
    É uma verdade, especialmente quando se está sobre algo que possa desencadear um incêndio. E também não convém nada ser num espaço fechado como uma garagem.

    Citação Originalmente Colocado por eu Ver Post
    De facto, esse valor é impossível.
    Eu já tive, mas foi quando limparam o FAP com aditivo próprio e no final fizeram uma regeneração forçada. Foi lido na máquina 0%, mas numa utilização normal isso não acontece, efectivamente (pelo menos que eu tenha conhecimento).

  28. #28
    Piloto Lendário Ecoflex's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Localização
    Depende dos dias
    Posts
    31,778

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Psalcedas Ver Post
    Acho estranho tantas regenerações seguidas, bom, o meu carro faz muitas mas tem obviamente um problema...
    As ventoinhas a trabalhar pode ser N coisas, não tem de ser necessariamente uma regeneração.
    Normalmente o carro faz a regeneração quando o FAP atinge uma determinada % de fuligem (geralmente ronda os 45%), chegando aí, não sei como funciona o teu, mas no caso do meu carro, a ECU inicia o processo de regeneração injetando gasóleo para aumentar a temperatura que se eleva a valores entre os 500 e os 600 graus iniciando então o processo de regeneração, este não depende de muita velocidade ou muita rotação sendo que a 1500 rpms faz perfeitamente a regeneração,
    O facto de se andar muito depressa ou a uma rotação muito alta também obriga o motor a queimar mais gasóleo e por consequência também a depositar mais fuligem no FAP e mais rapidamente, não sei como é o caso do teu carro mas por exemplo no meu (Hyundai I30 de 2018) nada interessa para a conclusão do processo, desde que eu não o desligue e me mantenha em andamento, ele regenera sempre.
    O que precisas, acima de tudo é controlar o processo, saber quando ele está a regenerar e quando acaba, assim evitas as regenerações abortadas e o consequente aumento de gasóleo no óleo do motor.
    Há diversas ferramentas que te permitem fazer isso, por exemplo eu uso o car scanner pro e sei sempre quando ocorrem regenerações e quando terminam.
    Cumprimentos
    Há umas coisas que não concordo contigo, desculpa.

    Obviamente que a 1500 rpms vai regenerar na mesma (ninguém disse o contrário), mas vai demorar muito mais tempo e pode eventualmente ter implicações na % final de saturação. Quando falei em 2500 rpms como uma bitola para o FAP, não é um valor da minha cabeça só porque sim. Em tempos li uma explicação de algum técnico da área que referia aquilo que já disse neste tópico: é preciso queimar todo o combustível que é injectado para a regeneração e 1500 rpms são insuficientes, fazendo com que mais combustível escorra pelos cilindros para o cárter juntando-se com o óleo do motor. Não são só as regenerações abortadas que contaminam o óleo, temos que nos mentalizar disso...

    Se vais com mais rpms, tens as vantagens de:

    - dar melhores condições para a regeneração
    - diminuir o tempo da regeneração, prolongando com isso, a vida do próprio filtro de partículas
    - menor grau de contaminação do óleo do motor

    A velocidade é, de facto, irrelevante, a partir de certa marca. Agora as rpms sim, até o próprio manual de alguns carro faz referência a deixar o carro acima das 2 mil rpms e acima de X velocidade quando a luz acende. Por algum motivo será.
    LinoMarques gosta disto.

  29. #29
    CO2
    CO2 está offline
    Banido
    Data de Registo
    Apr 2016
    Posts
    5,258

    Por Defeito

    O meu conselho é, antes de desligar, ver se o ponteiro está perto das 1000rpm, se sim é ir passear o bobi até acabar a regeneração. É assim que faço.

    Evitar abortar as regenerações e evitar fazer as mesmas com o carro parado.
    Última edição por CO2 : 17-12-20 às 22:26:26
    eu e LinoMarques gostam disto.

  30. #30
    Pedestre
    Data de Registo
    Jan 2018
    Posts
    27

    Por Defeito

    Boa tarde, obrigado a todos pelas ajudas
    Agora que conhecendo o carro já sei como saber, quando está parado se está (consumo 0.7lt/rotações quase nas 1000rpm) ou não (consumo 0.5lt/rotações nas 700rpm). Ontem quando cheguei a casa e parei para abrir o portão da garagem vi que estava a regenerar e como tinha tempo fui dar uma volta... Fiz cerca de 25km em AE e IC sempre entre as 2500 e as 3000rpm (o percurso demorou uns 20min; com apenas uma paragem para inverter marcha numa saída com rotunda) e quando voltei a chegar a casa ainda estava com o mesmo comportamento (consumo 0.7lt/rotações quase nas 1000rpm) e quando o desliguei lá fiquei com as ventoinhas a trabalhar...
    Não percebo como pode não ter sido suficiente?

    Uns posts acima falaram num sensor, poderá ser esse sensor avariado?

    Também refeririam acima que têm um módulo OBD por Bluetooth para saber quando está a regenerar e qual a % de obstrução do filtro. Onde compro essa peça? Qual a app que devo instalar e onde se introduz o módulo no carro?
    É com esse módulo que sabem, em AE e sem ralenti, que o carro está a regenerar?

    Não tenho acesso a qualquer histórico do carro, só mesmo a revisão que o meu mecânico fez, acham que isto pode ser, para além do eventual problema no sensor, algum "defeito" no FAP ou mesmo a sua ausência?

Página 1 de 2 12 ÚltimaÚltima

Etiquetas para este tópico

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •