Se isto não é violência fiscal, então não sei que nome terá! - Página 5

Página 5 de 5 PrimeiraPrimeira ... 45
A mostrar resultados 121 para 138 de 138
Like Tree85Likes

Título: Se isto não é violência fiscal, então não sei que nome terá!

  1. #121
    dfp
    dfp está offline
    Banido
    Data de Registo
    Feb 2012
    Posts
    1,193

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Ecoflex Ver Post
    No último post eu referi que a bitola que falei tinha a ver com o aumento brutal das situações e não a ver com isto que colocaste. Todo a revolta gira em que um imposto triplica após 2 pagamentos desfasados do prazo limite. Devia haver um sistema mais tolerante para estas situações, ainda que penalizando o infractor. Da mesma forma (e eu sei que o que eu vou dizer nada tem a ver com isto) que o Estado quando não paga a tempo e horas (infelizmente parece ser prato comum), não lhe são imputadas coimas nem afins. O tema é a violência fiscal e parece acertado, pelo menos na minha opinião.
    se com este sistema, que tu achas pouco tolerante, existem abusos atrás de abusos então imagina com um mais tolerante...
    Simpleman gosta disto.


  2. #122
    Piloto Lendário Ecoflex's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Localização
    Depende dos dias
    Posts
    31,701

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por dfp Ver Post
    se com este sistema, que tu achas pouco tolerante, existem abusos atrás de abusos então imagina com um mais tolerante...
    Tal como o Estado não pagar a horas, esta questão que levantas também é outro assunto. Entramos no capitulo da fiscalização (até agora parca e lenta). Como contribuinte com as contas em dia, não gosto de ver espertos a fugir às suas obrigações, mas gosto ainda menos, que o sistema "permita" isso com relativa facilidade. Espero que nestes dias e com estas imposições que o País está a ser sujeito, esta fiscalização esteja a mudar para melhor. Vamos ver.

  3. #123
    Chefe de Equipa MrsX's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2007
    Posts
    29,584

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Ecoflex Ver Post
    No último post eu referi que a bitola que falei tinha a ver com o aumento brutal das situações e não a ver com isto que colocaste. Todo a revolta gira em que um imposto triplica após 2 pagamentos desfasados do prazo limite. Devia haver um sistema mais tolerante para estas situações, ainda que penalizando o infractor. Da mesma forma (e eu sei que o que eu vou dizer nada tem a ver com isto) que o Estado quando não paga a tempo e horas (infelizmente parece ser prato comum), não lhe são imputadas coimas nem afins. O tema é a violência fiscal e parece acertado, pelo menos na minha opinião.
    Mais tolerante?? O estado está a ser tolerante aplicando uma redução do montante mínimo da coima previsto na lei para os pagamentos voluntários. Quanto mais te atrasas, pior!

    E não se ponham a pau que não é preciso... é que o OE de 2012 alterou o montante mínimo da coima para 25€.

  4. #124
    Piloto de Rallye
    Data de Registo
    Apr 2007
    Localização
    Aonde? em Vila do Conde
    Posts
    11,146

    Por Defeito

    o estado é extremamente tolerante, pessoa de bem e merece todo o nosso respeito
    viva o estado
    morte aos pagadores fora de prazo de impostos de circulação de carros que nem circulam
    Simpleman e Ecoflex gostam disto.

  5. #125
    Piloto Lendário Ecoflex's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Localização
    Depende dos dias
    Posts
    31,701

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MrsX Ver Post
    Mais tolerante?? O estado está a ser tolerante aplicando uma redução do montante mínimo da coima previsto na lei para os pagamentos voluntários. Quanto mais te atrasas, pior!

    E não se ponham a pau que não é preciso... é que o OE de 2012 alterou o montante mínimo da coima para 25€.
    Juro que é o meu último post neste tópico, até porque já expus o meu ponto de vista (não consensual por sinal), mas de uma vez só digo:

    GOSTAVA QUE ESTADO TIVESSE O MESMO GRAU DE TOLERÂNCIA PARA OS SEUS DEVEDORES, ASSIM COMO OS SEUS CREDORES TÊM QUE TER PARA COM ELE.
    Simpleman gosta disto.


  6. #126
    Piloto de Fórmula 1 rca33's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2006
    Localização
    I'll see you on the Dark Side of the Moon
    Posts
    18,986

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MrsX Ver Post
    Verdade, caraças!! Já não se pode fazer uma infracçãozita que, bolas, vêm logo chatear por estarmos a infringir a lei! São mesmo picuinhas!
    Não li mais para a frente nem vou ler, porque está tudo dito aqui!

    Eu paguei mais de 100€ em multas destas de 15€, basicamente porque me c**** para o prazo limite de pagamento em 3 viaturas durante 3 anos. Como "pagando pelo site das finanças não havia multa" e 2 dos veículos nem andam todas as semanas (quanto mais dias), os esquecimentos foram óbvios.

    Se eu reclamo por ter pago 1xx euros em multas?

    Não! Passei foi a ter cuidado com as datas destas coisas, para depois não pagar mais, ou seja, a dar a atenção que dou a todas as minhas outras contas (fiscais ou não).

    Nestas multas, eu tive situações de IUC que paguei 2 ou 3 dias depois...

    ...mas paguei fora do prazo, e a culpa é minha!

    Simples!

  7. #127
    Piloto de Fórmula 1 rca33's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2006
    Localização
    I'll see you on the Dark Side of the Moon
    Posts
    18,986

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Ecoflex Ver Post
    Juro que é o meu último post neste tópico, até porque já expus o meu ponto de vista (não consensual por sinal), mas de uma vez só digo:

    GOSTAVA QUE ESTADO TIVESSE O MESMO GRAU DE TOLERÂNCIA PARA OS SEUS DEVEDORES, ASSIM COMO OS SEUS CREDORES TÊM QUE TER PARA COM ELE.
    Então aí é que estava tudo lixado!

    Se com pouca tolerância já as contas andam assim, imagina com muita...

  8. #128
    Two
    Two está offline
    Piloto de Troféu Two's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2006
    Localização
    , , .
    Posts
    9,650

    Por Defeito

    Violência é ter que pagar o IUC.
    Ecoflex gosta disto.

  9. #129
    Piloto Lendário Ecoflex's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2011
    Localização
    Depende dos dias
    Posts
    31,701

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por rca33 Ver Post
    Então aí é que estava tudo lixado!

    Se com pouca tolerância já as contas andam assim, imagina com muita...
    Pois está certo, mas a intenção era mais interpretar ao contrário, apesar de má formação de frase (reconheço). Do tipo, os credores do Estado a aplicar multas que sobem exponencialmente com os atrasos de pagamento.
    Aliás este é o tema do autor do tópico e não o facto de ter de pagar (uma vez que passou o prazo limite), mas sim o facto de uns dias de atraso em 2 notificações, o imposto ter triplicado.

    P.S. Já desrespeitei a minha vontade de me abster de postar aqui.

  10. #130
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Aug 2006
    Localização
    , , .
    Posts
    1,877

    Por Defeito

    Mas que violencia é esta que recebi hoje ???


  11. #131
    Piloto de Testes Stratos's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2007
    Localização
    Vila Nova de Gaia
    Posts
    1,022

    Por Defeito

    O estado já falhou n vezes para comigo e nunca me retribui juros de mora ou outras multas, ao contrário sim, já paguei multas, juros de mora e o ca****o... outra coisa, tenho selo pagos, fora do prazo ok, mas veio multa e o valor do selo para pagar e custas administrativas, fui lá com a carta e o comprovativo do pagamento, resposta: "Tem de pagar e fazer um pedido de reembolso para análise." pergunto eu "E devolvem-me o dinheiro?" resposta "Se for decidido favorável sim, mas pode ser decidido desfavorável..." preenchi o pedido? Pedi? nem me dei ao trabalho...

    Outra falha das finanças... nunca tinha recebido nenhuma carta de nada e numa visita, para tratar de outro assunto, já tinha o meu carro penhorado por €36, sim... por €36 tinha o meu carro penhorado, que na altura valia cerca de €7000. Não percebi esses €36, nem nunca percebi, ainda hoje.. na altura paguei a porcaria dos €36.

    E não.. as Leis não são para todos, cada vez mais chego a uma conclusão, o contribuinte que tenta ser certinho lixa-se, o que é certinho um dia vai-se lixar, os que não são certos e que são os coitadinhos, são os beneficiados da sociedade, ou por favores políticos ou porque são os chamados desfavorecidos. As Leis portuguesas é boa para as burlas e sugar quem ainda vai trabalhando e tem algum rendimento. Para finalizar vou dizer o que tenho dito a amigos meus "Eu pago... um dia que a minha sobrevivência sentir-se ameaçada, dou ao frosque para outro pais. E quem quiser que mantenha isto tudo"

    Eu fui certinho até um dia que as finanças criaram multas de coisas com muito tempo passado, o meu maior erro foi pagar, agora de vez enquando lá vem uma e eu sem perceber o que é, nunca percebi, vou lá contesta-los? Eles fazem orelhas moucas e vêm com penhoras e destroem a nossa vida num fechar de olhos, sem dar-mos por ela....
    luissousa6 gosta disto.

  12. #132
    Chefe de Equipa Omega's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Posts
    28,088

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por civismo Ver Post
    mas que violencia é esta que recebi hoje ???

    "ver legenda ... No verso ..."

  13. #133
    Piloto de Testes vindaloo's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2009
    Posts
    2,565

    Por Defeito

    Eu tenho um processo com a brisa pendente há cerca de 3 anos em que me enviaram após cancelamento de uma via verde, em que alegavam que passei com o carro em duas situações pela faixa da VV em que eu sei que não aconteceu. Um troço qq em Braga outro em Torres Novas. Essas viagens não foram feitas de todo.

    Enviei nota a contestar o pagamento e a solicitar uma revisão dos factos dado que efectivamente o carro não tinha passado naquele troço nem noutro qualquer, e efectivamente, relativamente a um dos troços recebi um pedido de desculpa e o cancelamento da factura, mas mantiveram um troço de leiria-torres novas como pagamento em falta.

    Na altura era-me difícil provar (como se a obrigação fosse minha...) que não tinha passado com o carro lá embora o soubesse e novamente solicitei o envio de imagens/prova dessa passagem até porque poderia ser um caso de burla/matrículas trocadas etc.

    Foi-me respondido que essas imagens existiam, e que o pagamento ainda se encontrava em falta. Após uma guerra de e-mails e constantes ameaças de processo legal e o contínuo envio de facturas que me tenho recusado a pagar com o valor cada vez mais alto, recebi recentemente uma nota de penhora das finanças e não da brisa num valor perto de 1500€. Esse troço custava na altura talvez 7€.

    O que aqui sinceramente não está certo, e uma empresa privada como a brisa ter as costas quentes das finanças desta maneira. Mais ainda, nunca me foi apresentada qualquer prova de que o meu carro fez esse troço na altura - algo que eu sei impossível de provar. Nem sequer de qualquer outro. Isto é jogo sujo até porque esse carro em causa até é relativamente particular e muito provavelmente se houve um erro leitura de matricula, alguém com matrículas falsas etc eu lavava daí as minhas mãos.

    Após consulta com o meu advogado que até então sempre me foi dizendo para não me preocupar mesmo que o processo fosse a julgamento, em não havendo essa prova nunca iria sair a perder - me diz agora que me aconselha a pagar este valor para poupar o vexame de ver algum dos meus bens penhorado, e de imediato solicitar restituição do valor em carta registada às finanças.

    Mais do que a escalada exponencial do valor em falta e de ser um roubo, choca-me e deixo esta reflexão sobre o porque de sem ser apresentada prova, sem ter existido um processo legal em que houvesse uma atribuição de culpa efectiva. Como é que uma empresa como a brisa consegue activar e atirar as finanças para cima de mim?Como é que isto pode ser constitucional sem sequer falar na ética da situação? Como é que alguém pode vir a minha casa buscar as minhas coisas, se nunca me provaram culpado?

    Eu se soubesse o que sei hoje, teria pago os 7 ou 8€ mesmo sabendo que estava a ser roubado descaradamente, mas tinha-me poupado muita dor de cabeça.

    Que hoje em dia, quando nos acusam de algo nós é que temos que provar inocência já é mais ou menos comum, mas a escala a que estes assuntos galopam é desprovido de bom senso ou qualquer sentido de justiça.

    Eu até sou um gajo que tento agir correctamente e ter ética nestas pequenas m€rdas, nunca tive nenhum esquema com a vv como muita gente tem que até sei como fazer, nunca aldrabei uma portagem, as duas multas que tive (uma velocidade, uma estacionamento) sempre as paguei na hora e embora muitas vezes desse para contornar, sempre assumi os meus erros ou despesas duma maneira transparente. Só tenho a dizer que esses gajos da brisa não respondem na mesma moeda e fizeram com que ficasse com (mais uma vez) um sentimento de revolta sobre como os assuntos são tratados em Portugal. Então e em jeito de desabafo, deixo aqui um «vão pó caral...» bem alto para esses senhores.
    Última edição por vindaloo : 01-01-13 às 04:41:33

  14. #134
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Aug 2006
    Localização
    , , .
    Posts
    1,877

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por vindaloo Ver Post
    Eu tenho um processo com a brisa pendente há cerca de 3 anos em que me enviaram após cancelamento de uma via verde, em que alegavam que passei com o carro em duas situações pela faixa da VV em que eu sei que não aconteceu. Um troço qq em Braga outro em Torres Novas. Essas viagens não foram feitas de todo.

    Enviei nota a contestar o pagamento e a solicitar uma revisão dos factos dado que efectivamente o carro não tinha passado naquele troço nem noutro qualquer, e efectivamente, relativamente a um dos troços recebi um pedido de desculpa e o cancelamento da factura, mas mantiveram um troço de leiria-torres novas como pagamento em falta.

    Na altura era-me difícil provar (como se a obrigação fosse minha...) que não tinha passado com o carro lá embora o soubesse e novamente solicitei o envio de imagens/prova dessa passagem até porque poderia ser um caso de burla/matrículas trocadas etc.

    Foi-me respondido que essas imagens existiam, e que o pagamento ainda se encontrava em falta. Após uma guerra de e-mails e constantes ameaças de processo legal e o contínuo envio de facturas que me tenho recusado a pagar com o valor cada vez mais alto, recebi recentemente uma nota de penhora das finanças e não da brisa num valor perto de 1500€. Esse troço custava na altura talvez 7€.

    O que aqui sinceramente não está certo, e uma empresa privada como a brisa ter as costas quentes das finanças desta maneira. Mais ainda, nunca me foi apresentada qualquer prova de que o meu carro fez esse troço na altura - algo que eu sei impossível de provar. Nem sequer de qualquer outro. Isto é jogo sujo até porque esse carro em causa até é relativamente particular e muito provavelmente se houve um erro leitura de matricula, alguém com matrículas falsas etc eu lavava daí as minhas mãos.

    Após consulta com o meu advogado que até então sempre me foi dizendo para não me preocupar mesmo que o processo fosse a julgamento, em não havendo essa prova nunca iria sair a perder - me diz agora que me aconselha a pagar este valor para poupar o vexame de ver algum dos meus bens penhorado, e de imediato solicitar restituição do valor em carta registada às finanças.

    Mais do que a escalada exponencial do valor em falta e de ser um roubo, choca-me e deixo esta reflexão sobre o porque de sem ser apresentada prova, sem ter existido um processo legal em que houvesse uma atribuição de culpa efectiva. Como é que uma empresa como a brisa consegue activar e atirar as finanças para cima de mim?Como é que isto pode ser constitucional sem sequer falar na ética da situação? Como é que alguém pode vir a minha casa buscar as minhas coisas, se nunca me provaram culpado?

    Eu se soubesse o que sei hoje, teria pago os 7 ou 8€ mesmo sabendo que estava a ser roubado descaradamente, mas tinha-me poupado muita dor de cabeça.

    Que hoje em dia, quando nos acusam de algo nós é que temos que provar inocência já é mais ou menos comum, mas a escala a que estes assuntos galopam é desprovido de bom senso ou qualquer sentido de justiça.

    Eu até sou um gajo que tento agir correctamente e ter ética nestas pequenas m€rdas, nunca tive nenhum esquema com a vv como muita gente tem que até sei como fazer, nunca aldrabei uma portagem, as duas multas que tive (uma velocidade, uma estacionamento) sempre as paguei na hora e embora muitas vezes desse para contornar, sempre assumi os meus erros ou despesas duma maneira transparente. Só tenho a dizer que esses gajos da brisa não respondem na mesma moeda e fizeram com que ficasse com (mais uma vez) um sentimento de revolta sobre como os assuntos são tratados em Portugal. Então e em jeito de desabafo, deixo aqui um «vão pó caral...» bem alto para esses senhores.
    Bem, você está mesmo revoltado , ao ponto de escrever um texto desses as 4 e tal da manha

    Mas faz bem mandar tudo cá para fora

    Se um dia houver uma milicia popular contra isto, já vi que você irá no pelotão da frente

  15. #135
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Aug 2006
    Localização
    , , .
    Posts
    1,877

    Por Defeito

    Tive uma ideia: Bora criar um movimento chamado "Eu quero pagar o que devo" ;)

  16. #136
    Piloto de Testes BoraLaMarina's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2009
    Localização
    República das bananas
    Posts
    3,665

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por vindaloo Ver Post
    Eu tenho um processo com a brisa pendente há cerca de 3 anos em que me enviaram após cancelamento de uma via verde, em que alegavam que passei com o carro em duas situações pela faixa da VV em que eu sei que não aconteceu. Um troço qq em Braga outro em Torres Novas. Essas viagens não foram feitas de todo.

    Enviei nota a contestar o pagamento e a solicitar uma revisão dos factos dado que efectivamente o carro não tinha passado naquele troço nem noutro qualquer, e efectivamente, relativamente a um dos troços recebi um pedido de desculpa e o cancelamento da factura, mas mantiveram um troço de leiria-torres novas como pagamento em falta.

    Na altura era-me difícil provar (como se a obrigação fosse minha...) que não tinha passado com o carro lá embora o soubesse e novamente solicitei o envio de imagens/prova dessa passagem até porque poderia ser um caso de burla/matrículas trocadas etc.

    Foi-me respondido que essas imagens existiam, e que o pagamento ainda se encontrava em falta. Após uma guerra de e-mails e constantes ameaças de processo legal e o contínuo envio de facturas que me tenho recusado a pagar com o valor cada vez mais alto, recebi recentemente uma nota de penhora das finanças e não da brisa num valor perto de 1500€. Esse troço custava na altura talvez 7€.

    O que aqui sinceramente não está certo, e uma empresa privada como a brisa ter as costas quentes das finanças desta maneira. Mais ainda, nunca me foi apresentada qualquer prova de que o meu carro fez esse troço na altura - algo que eu sei impossível de provar. Nem sequer de qualquer outro. Isto é jogo sujo até porque esse carro em causa até é relativamente particular e muito provavelmente se houve um erro leitura de matricula, alguém com matrículas falsas etc eu lavava daí as minhas mãos.

    Após consulta com o meu advogado que até então sempre me foi dizendo para não me preocupar mesmo que o processo fosse a julgamento, em não havendo essa prova nunca iria sair a perder - me diz agora que me aconselha a pagar este valor para poupar o vexame de ver algum dos meus bens penhorado, e de imediato solicitar restituição do valor em carta registada às finanças.

    Mais do que a escalada exponencial do valor em falta e de ser um roubo, choca-me e deixo esta reflexão sobre o porque de sem ser apresentada prova, sem ter existido um processo legal em que houvesse uma atribuição de culpa efectiva. Como é que uma empresa como a brisa consegue activar e atirar as finanças para cima de mim?Como é que isto pode ser constitucional sem sequer falar na ética da situação? Como é que alguém pode vir a minha casa buscar as minhas coisas, se nunca me provaram culpado?

    Eu se soubesse o que sei hoje, teria pago os 7 ou 8€ mesmo sabendo que estava a ser roubado descaradamente, mas tinha-me poupado muita dor de cabeça.

    Que hoje em dia, quando nos acusam de algo nós é que temos que provar inocência já é mais ou menos comum, mas a escala a que estes assuntos galopam é desprovido de bom senso ou qualquer sentido de justiça.

    Eu até sou um gajo que tento agir correctamente e ter ética nestas pequenas m€rdas, nunca tive nenhum esquema com a vv como muita gente tem que até sei como fazer, nunca aldrabei uma portagem, as duas multas que tive (uma velocidade, uma estacionamento) sempre as paguei na hora e embora muitas vezes desse para contornar, sempre assumi os meus erros ou despesas duma maneira transparente. Só tenho a dizer que esses gajos da brisa não respondem na mesma moeda e fizeram com que ficasse com (mais uma vez) um sentimento de revolta sobre como os assuntos são tratados em Portugal. Então e em jeito de desabafo, deixo aqui um «vão pó caral...» bem alto para esses senhores.

    Caro Vindaloo,

    Compreendo na integra a sua TOTAL indignação pela situação a que é sujeito... pois também já vou tendo na minha pele 1 ou 2 processos desagradáveis com funções públicas / estados / governos / e demais aldrabões com algum poder.

    No que coloquei a BOLD no seu post:

    Na 1ª frase a bold, a empresa consegue essa colaboração das finanças graças à autorização e participação que tem do governo. São chul*s como do tipo daquele das olheiras e da voz baixinha; do outro que é tudo por equivalências; etc. que fazem essas leis do açambarcamento máximo de receita para deixar o cidadão na miséria;

    Na 2ª frase a bold, é graças à qualidade MUITO RELES de muitos juizes que temos no nosso país que fazem parte deste sistema corrupto que é o actual estado.
    Pois de facto parece-me realmente anti-constitucional o que refere, mas provavelmente para isso acontecer já algum juiz o deu como culpado sem o ter ouvido, no caso de pior cenário um destes juizes poderá decidir contra o "elo mais fraco", como é habitual.

    Assim não é de admirar que funcionários públicos, empregados das finanças, seguranças, notários, médicos, etc sejam cada vez mais alvo de agressão e ofensas por parte do público, como aparece nas notícias.
    O que refere é de facto mais uma forma de violência por parte do estado / governo, mas os corruptos é melhor abrirem os olhos, pois como é sabido "violência gera violência" e cada vez menos a sociedade tem paciência para isto.

    Quanto aos que vierem criticá-lo não faça caso, pois se um dia lhes cair uma situação dessas em cima aposto que acusam logo.
    Desejo que consiga resolver a sua situação pelo melhor. Cumprimentos.
    Última edição por BoraLaMarina : 01-01-13 às 15:54:18

  17. #137
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Aug 2006
    Localização
    , , .
    Posts
    1,877

    Por Defeito

    Estive a pensar hoje de manhã na essencia destas cartas que recebi da vialivre ...

    Se alguem chegasse ao pé de vocês e dissesse que está metido num negócio em que consegue transformar 4.75€ em 149.90€ , em que tipo de negócio achariam que essa pessoa estaria envolvida ???

    Narcotráfico seria certamente a resposta que saltaria logo em primeiro lugar

    Com a diferença que um narcotraficante tem uma elevada probabilidade de se ver punido pela lei , mas neste negócio maravilhoso das portagens acontece precisamente o contrário: é a lei (finanças) que vai assegurar-se que o milagre da multiplicação dos 4.75€ em 149.90€ realmente ocorre !!

    Está partilhada a minha conclusão sobre este assunto.

    Liguei para a liga de apoio da vialivre na qual fui informado que podia (de acordo com o ponto 3.2) enviar uma carta para o instituto INIR ( Institudo de infra estrutoras Rodoviarias) a expor o meu ponto de vista e a pedir uma redução do valor a pagar.
    Alguém já fez isto ? E vale a pena , ou mais vale não perder tempo por não dar em nada ?

  18. #138
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Aug 2006
    Localização
    , , .
    Posts
    1,877

    Por Defeito

    Acabei de pagar os quase 90€ à Vialivre. Estou com uma azia do caraças.
    Vou fazer a reclamação para o INIR, mas como o esquema está montado, provavelmente não servirá de nada.

    Hoje sinto-me menos civico e sou um contribuinte / utilizador revoltado.

    Sempre que puder evitarei estradas da ascendi / vialivre.

Página 5 de 5 PrimeiraPrimeira ... 45

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •