Duvida Mégane GT Line

A mostrar resultados 1 para 25 de 25

Título: Duvida Mégane GT Line

  1. #1
    Piloto de Testes camadusa's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Lisboa, Portugal
    Posts
    1,359

    Por Defeito Duvida Mégane GT Line

    boa noite pessoal, desta vez venho solicitar mais uma vez a vossa ajuda acerca do Megane, mais propriamente da versão 1.5 dci GT Line, estou a pensar em comprar um megane usado de 2011-2012, e pelo que andei a ver e daí a minha duvida existe várias alterações no equipamento da versão GT line, por exemplo, a partir de que ano é que trazem luzes diurnas, já vi vários formatos dos leds, os interiores tambem variam? a jantes tem que ser de 17"? o gps já reparei que o lcd pode variar em qualidade, enfim uma cronologia do modelo, prós e contras do 1.5 dci 110cv.
    obrigado


  2. #2
    Piloto de Testes tiagoadcosta's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2013
    Localização
    behind the wheel/enfiado num rail
    Posts
    3,838

    Por Defeito

    Este tipo de modelos sempre me causaram alguma confusão... Por um lado de facto o carro fica mais bonito e apelativo e com aspecto desportivo. Mas depois o motor não consegue acompanhar o aspecto que o carro transmiteo que acaba por ser um pouco chato. As jantes sobredimensionadas neste pequeno motor só servem para diminuir a performance e aumentar um pouco os consumos. Há tempos entrei numa dessas (carrinha) e o dono queixava-se mesmo disso dos consumos. No CB penso que acusava uns 7 ou perto disso.

    Concluindo acho que para este motor, casa bem melhor uma versão mais discreta, especialmente com rodas mais pequenas para ajudar no conforto e reduzir nos consumos.

    EDIT: Ainda há bocado vi um pequeníssimo Toyota IQ com umas jantes de 16" e não pude deixar de pensar no quão descenessário isso era, quando o meu ex Peugeot 106GTi usava apenas jantes de 14" e pneus bem mais finos.
    Última edição por tiagoadcosta : 26-08-13 às 22:22:01

  3. #3
    Piloto de Testes camadusa's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Lisboa, Portugal
    Posts
    1,359

    Por Defeito

    concordo contigo acerca das jantes, são exageradas, as de 16" seriam as indicadas, mas a minha duvida é os upgrades que fizeram em 2011-2012-2013 tem a ver com o que já referi ledes exteriores uns não tem outros tem abaixo da optica outros na parte baixo do para choques, o quadrante, uns são digitais, outros manuais em preto com conta rotações a branco, sensores estacionamento é só atrás? acho um pouco confuso.

  4. #4
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Aug 2010
    Localização
    FeijóCity
    Posts
    1,301

    Por Defeito

    eu tenho uma gt line de 2010, não trás leds, penso que foi a partir de 2012 mas posso estar enganado. As jantes são 17 e ficam bem em termos estéticos. Neste momento tem 26k km e o cb acusa 6l/100, não ando propriamente a pisar ovos com utilização acima dos 50% em autoestrada.
    o quadrante é analógico com o conta rotações em branco e o ponteiro do velocímetro é difícil de ver durante o dia, não faz bem o contraste...
    trás sensores atrás (o único opcional que pedi foi a pintura metalizada pelo que não tenho gps).
    no que concerne ao motor não sou grande fã... anda bem mas tens de dar uso à caixa.

  5. #5
    Piloto de Testes camadusa's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Lisboa, Portugal
    Posts
    1,359

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por TRLOURENCO Ver Post
    eu tenho uma gt line de 2010, não trás leds, penso que foi a partir de 2012 mas posso estar enganado. As jantes são 17 e ficam bem em termos estéticos. Neste momento tem 26k km e o cb acusa 6l/100, não ando propriamente a pisar ovos com utilização acima dos 50% em autoestrada.
    o quadrante é analógico com o conta rotações em branco e o ponteiro do velocímetro é difícil de ver durante o dia, não faz bem o contraste...
    trás sensores atrás (o único opcional que pedi foi a pintura metalizada pelo que não tenho gps).
    no que concerne ao motor não sou grande fã... anda bem mas tens de dar uso à caixa.
    Eu hoje experimentei uma GT line de 2011 tem sensores atras , quadrante parece ser igual ao teu, jante 17", e o consumo acho estar na média cerca de 40km e auto-estrada ,vinha a gastar cerca de 4,7lt a 130km/h, fiquei agradado com a média, já agoraa versão de 2012 é igual ou já tem alguma alteração, j+a vi fotos com um friso a vermelho no tablier, os led´s que falo são estes






    Última edição por camadusa : 26-08-13 às 23:08:34


  6. #6
    Banido Drifter's Avatar
    Data de Registo
    May 2006
    Localização
    Lista negra do Miguel Macedo
    Posts
    19,462

    Por Defeito

    Quanto à carrinha, os maiores defeito que lhe posso apontar:

    - Espaço atras é curto, deve ser das minha acanhadas para os ocupantes de tras, o que numa carrinha é algo desagradavel.
    - Materiais com boa aparentecia, mas com queda para ruidos parasitas, apesar de estar melhor que a Megane II neste capitulo.
    - Continua com a direcçao algo artificial e travagem esponjosa (eficiente, mas o pedal tambem algo esponja, mas sem grande feeling).
    - O motor podia ser mais linear e responsivo em baixas.

    De resto... os problemas dos 1.5 ja passaram e neste momento é um motor com a fiabilidade igual aos restantes do segmento.


    Citação Originalmente Colocado por tiagoadcosta Ver Post
    Este tipo de modelos sempre me causaram alguma confusão... Por um lado de facto o carro fica mais bonito e apelativo e com aspecto desportivo. Mas depois o motor não consegue acompanhar o aspecto que o carro transmiteo que acaba por ser um pouco chato. As jantes sobredimensionadas neste pequeno motor só servem para diminuir a performance e aumentar um pouco os consumos. Há tempos entrei numa dessas (carrinha) e o dono queixava-se mesmo disso dos consumos. No CB penso que acusava uns 7 ou perto disso.

    Concluindo acho que para este motor, casa bem melhor uma versão mais discreta, especialmente com rodas mais pequenas para ajudar no conforto e reduzir nos consumos.

    EDIT: Ainda há bocado vi um pequeníssimo Toyota IQ com umas jantes de 16" e não pude deixar de pensar no quão descenessário isso era, quando o meu ex Peugeot 106GTi usava apenas jantes de 14" e pneus bem mais finos.

    Jantes sobredimensionadas e motor pequeno? Ja viste algum Megane III?

    Jantes de 16: 205/55R16
    Jantes de 17: 205/50R17

    As da versao Confort sao 195/60R15

    Quanto ao motor pequeno: conduz uma e depois diz se é pequeno e se nao chega perfeitamente para mover o carro agradavelmente. Dizer que o motor da Megane é pequeno é um bocado falta de noçao das suas performance.

    Aumentar os consumos das jantes Na minha Focus passei de 205/55R16 para as 205/50R17 da versao Titanium, aumento 0 na media (feita à mao). Podes comparar as medias anunciadas e veras que entre a GT Line a Confort com a diferença de medida de pneus, a media é a mesma. Ha que ver o peso da jante e do pneu para ver se interfere com as medias, e duvido que a diferença de peso entre 16 e 17 seja relevante.

    Se disseres que a diferença de custo entre pneus de 16 e 17 é maior que os benefícios do menor perfil... concordo. Mas aumentar os consumos e perda de performance nao é de todo verdade. E eu sei porque ja fiz o mesmo com a minha Focus e nao notei nada do outro mundo, medias dos 0-100 continuaram na mesma, medias de consumo tambem, peso da direcçao tambem. Senti foi menos adorno da carroçaria em curvas e a direcçao ligeiramente mais... rapida.

    Medias de 7 tambem faço na minha Focus, e nada tem haver com as jantes, tem haver com a minha conduçao.
    Última edição por Drifter : 27-08-13 às 01:43:55

  7. #7
    Piloto de Testes nyox's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2011
    Localização
    Behind the wheel
    Posts
    2,083

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Drifter Ver Post
    Jantes sobredimensionadas e motor pequeno? Ja viste algum Megane III?

    Jantes de 16: 205/55R16
    Jantes de 17: 205/50R17

    As da versao Confort sao 195/60R15

    Quanto ao motor pequeno: conduz uma e depois diz se é pequeno e se nao chega perfeitamente para mover o carro agradavelmente. Dizer que o motor da Megane é pequeno é um bocado falta de noçao das suas performance.

    Aumentar os consumos das jantes Na minha Focus passei de 205/55R16 para as 205/50R17 da versao Titanium, aumento 0 na media (feita à mao). Podes comparar as medias anunciadas e veras que entre a GT Line a Confort com a diferença de medida de pneus, a media é a mesma. Ha que ver o peso da jante e do pneu para ver se interfere com as medias, e duvido que a diferença de peso entre 16 e 17 seja relevante.

    Medias de 7 tambem faço na minha Focus, e nada tem haver com as jantes, tem haver com a minha conduçao.
    Quando o ponto de comparação é de um carro uns bons anos mais velho que o mégane actual que usa jante 14, não há grande coisa que se diga. Sim, ficaria mais rápido e mais poupado com jantes pequenas, mas agora os carros são todos assim (grande maioria deles). Por essa ordem de ideias um ferrari f40 trazia jante de 17, portanto tudo o que tenha metade da potência tem obrigatoriamente de andar com roda de triciclo

    Quanto ao mégane , as mudanças deram-se em 2012. As versões normais tem os leds diurnos incorporados no farol, o gt line tem mais abaixo, na zona dos faróis de nevoeiro

  8. #8
    Piloto de Provas de Perícia pikota's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2011
    Localização
    Viana do Castelo
    Posts
    819

    Por Defeito

    Já agora posta os valores e quilometragem da mesma para avaliar o negócio.

  9. #9
    Piloto de Testes camadusa's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Lisboa, Portugal
    Posts
    1,359

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por nyox Ver Post
    Quando o ponto de comparação é de um carro uns bons anos mais velho que o mégane actual que usa jante 14, não há grande coisa que se diga. Sim, ficaria mais rápido e mais poupado com jantes pequenas, mas agora os carros são todos assim (grande maioria deles). Por essa ordem de ideias um ferrari f40 trazia jante de 17, portanto tudo o que tenha metade da potência tem obrigatoriamente de andar com roda de triciclo

    Quanto ao mégane , as mudanças deram-se em 2012. As versões normais tem os leds diurnos incorporados no farol, o gt line tem mais abaixo, na zona dos faróis de nevoeiro
    era isso que queria saber , então a partir de 2012, qual o mês? saiu com novas alterações, e estou esclarecido com os leds diurnos

  10. #10
    Piloto de Testes camadusa's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Lisboa, Portugal
    Posts
    1,359

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por pikota Ver Post
    Já agora posta os valores e quilometragem da mesma para avaliar o negócio.
    Isso vou colocar brevemente, dai a minha duvida acerca da versão GT line e alterações que teve.

  11. #11
    Piloto de Provas de Perícia pikota's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2011
    Localização
    Viana do Castelo
    Posts
    819

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por camadusa Ver Post
    Isso vou colocar brevemente, dai a minha duvida acerca da versão GT line e alterações que teve.
    Eu acho que as alterações que existem é mesmo ao nível exterior.
    A nível interior umas variam para as outras mediante a cor escolhida.
    Penso que nos últimos modelos é possível colocar por exemplo como extra a comera que no inicio não era.

  12. #12
    Piloto de Testes andantedodia's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2009
    Posts
    2,130

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Drifter Ver Post
    Aumentar os consumos das jantes Na minha Focus passei de 205/55R16 para as 205/50R17 da versao Titanium, aumento 0 na media (feita à mao). Podes comparar as medias anunciadas e veras que entre a GT Line a Confort com a diferença de medida de pneus, a media é a mesma. Ha que ver o peso da jante e do pneu para ver se interfere com as medias, e duvido que a diferença de peso entre 16 e 17 seja relevante.
    Aumentaste o tamanho da jante mas mantiveste a largura do pneu... nesse caso é normal que a diferença não seja muito notória visto que só introduziste mais peso no conjunto.

    A diferença para o 1.5 DCI no A AMG em termos de consumos é enorme devido às jantes 18 e aos pneus bem largos.

  13. #13
    Piloto de Testes camadusa's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Lisboa, Portugal
    Posts
    1,359

    Por Defeito

    encontrei este texto

    Renault Mégane Collection 2012 : le plein d

    aqui fica o que eu pretendia e para consulta , traduzido e com as alterações que eu procurava
    05 janeiro de 2012 | ID: 31114 Renault introduziu alterações em qualidade gama Mégane flagship da marca com o lançamento da "Coleção 2012" o modelo do line-up.

    • aparência Front-end foram feitas graças mais contemporâneos à incorporação de LED de luzes diurnas, enquanto a impressão de qualidade foi realçada ainda mais pela adição de preto brilhante e detalhes cromados estilo que simbolizam melhorias gerais do line-up.


    • Mégane Coleção 2012 também destaca-se como o carro mais eficiente de combustível em seus agradecimentos classe para a introdução de três novos motores: Energy dCi 110, dCi 130 Energia eo novo 115 cavalos de potência Energia TCe 115. O último é o motor a gasolina de 1.2 litros mais potente do mercado, mas ele retorna excepcionalmente baixo consumo de combustível em ciclo combinado (5,3 litros/100 km, o equivalente a 119g de CO2/km), fornecendo esta versão do Mégane, com um alcance de cerca 1,000 km para colocá-lo em pé de igualdade com os modelos a diesel.


    • Para maior conforto e segurança, Mégane coleção 2012 apresenta motorista auxiliares como Visio System ® e Hill Start Assist, que se tornou disponível para a coleção 2012 versões do Scénic.


    • Mégane Coleção 2012 estarão à venda a partir de março na Europa, em seguida, no decorrer do ano no resto do mundo (nomeadamente a Turquia, Israel, Marrocos, Argélia, Tunísia, África do Sul, Rússia e Argentina).

    Mais modernos olhares front-end

    Coleção Mégane 2012 passou por uma série de pequenas mudanças de estilo em comparação com linhas originais do modelo que se mostrou um sucesso tão grande com os clientes. A parte frontal tem um toque mais moderno, enquanto o LED de luzes diurnas fornecer uma assinatura de iluminação novo distintivo. O pára-choque possui um acabamento preto brilhante com detalhes cromados, ea seleção de rodas foi totalmente revisto. A soma dessas modificações reflete a atenção que tem sido dada à qualidade, uma área que Renault vê como uma prioridade. Enquanto isso, a cabine vem com novos acabamentos interiores, incluindo um de dois tons de couro / Alcantara pacote disponível em três opções de acabamento (dependendo do mercado) A versão Bose é agora um nível de equipamento em seu próprio direito, enquanto que a personalidade do específico GT e acabamentos GT-Line foi reforçada graças à específica 'luzes LED boomerang' em forma visível, vermelho estofos costura e um volante esportivo incorpora descansa polegar, além de Renault Sport-badged protetores de soleira de porta e painel tira guarnição que servem como um lembrete que as versões GT e GT-Line pertencem à família Renault Sport. Last but not least, a lista de cores de carroçaria disponíveis para Mégane Coleção 2012 foi ampliada com a adição de Majorelle azul e branco perolado.


    Mégane Coleção 2012: poder "Energia" sob o capô

    Coleção Mégane 2012 é o primeiro modelo Renault para estar disponível com três motores novos de energia que combinam tanto prazer automobilismo e eficiência de combustível. Eles são o fruto da redução de nova geração e chamar a experiência da Renault na F1 para formar pacotes tecnológicos sem precedentes para este nível de gama, incluindo o Stop & Start completo com desaceleração / travagem recuperação de energia (ver Energia barra lateral). Graças à sua acústica cuidadosamente afinados, estes motores produzem um som amortecido discreto, com níveis de ruído para metade em comparação com os motores que substituem.



    • Renault Energia TCe 115 - o retorno dos motores a gasolina: o Renault Energia TCe 115 é o primeiro motor a gasolina Renault a apresentar injeção direta de combustível e turbocompressor para o desempenho eficiente de combustível. Este novo bloco de 1.198 cc está pronto para substituir os 1.6 16V e possui tanto poder extra (até 5hp a 115hp) e torque máximo até 40Nm para 190Nm, com 90 por cento deste valor disponível a partir de 1.650 rpm. A sua flexibilidade e aceleração a baixas rotações são consequentemente semelhantes aos de um motor diesel. Além de ser melhor desempenho motor a gasolina de 1.2 litros do mercado, a Renault Energia TCe 115 é particularmente eficiente de energia, com um consumo de combustível até 25 por cento. As versões do Mégane Coleção 2012 Powered por este motor consome apenas 5,3 litros/100 km (ciclo NEDC), uma economia de cerca de 1,5 litros/100 km e um recorde para um carro a gasolina nesta classe. Emissões de CO2 são de 119g/km para baixo, enquanto o alcance do carro ultrapassa 1,000 km, que é semelhante às distâncias associadas aos modelos a diesel.
    Coleção Mégane 2012 também estará disponível com os dois melhores motores a diesel em sua classe, sendo que ambos combinam prazer de condução com menor consumo de combustível do mercado.

    • Novo diesel Energia dCi 110: best-seller motor dCi da gama Mégane 1.5 sofreu uma metamorfose significativa com a introdução da tecnologia introduzida pela primeira vez em 2011 sobre a Energia dCi 130, para não mencionar registro baixo consumo de combustível, que foi reduzido em quase 12 por cento, menos de 3,8 litros/100 km. Isto é equivalente a emissões de CO2 inferiores a 95g/km e faz Mégane um dos três melhores modelos do seu segmento em termos de eficiência energética. Não houve nenhuma correspondente queda da performance, no entanto, uma vez que o pico de torque é até 20Nm a 260m, a qual está disponível a partir de tão baixo como 1.750 rpm.


    • Energia Renault dCi 130: este motor diesel de 1,6 litros oferece 130 cv de potência e 320 Nm de torque, tornando-se o mais poderoso motor do mercado para o seu tamanho. É também um prazer de condução, graças ao desempenho de aceleração nítida de tão baixo quanto 1,750 rpm. Sob o capô do Mégane, ele retorna NEDC consumo de combustível em ciclo combinado de apenas 4,0 litros/100 km, o que representa uma poupança de 20 por cento em comparação com o antigo motor 1.9 dCi 130. As emissões de CO2 estão a 104g/km, o que lhe permite qualificar-se para o "subsídio eco 'disponível na França.

    Tecnologias úteis e acessíveis para uma condução ainda mais reconfortante

    Mais do que nunca, aumentando a segurança todos os dias, tornando a condução mais fácil e maximizando o conforto de viajar são vistos como prioridades para a Renault.
    Como Renault Scénic e Grand Scénic, Mégane Coleção 2012 podem ser encomendados com o sistema Visio ® que inclui uma câmera fixada no pára-brisas atrás do espelho retrovisor. Ele melhora a visão noturna e ajuda a manter a motorista de vigilância graças a duas funções que ele é o primeiro sistema deste tipo de recurso.



    • muda automaticamente de faróis principais-a de médios: chamadas de condução nocturna de vigilância total, especialmente quando se trata de otimizar a iluminação, a fim de beneficiar de uma visibilidade máxima, sem ser um obstáculo para os outros utentes. A câmera Visio System ® melhora a visão noturna, verificando permanentemente na estrada. Sempre que a iluminação natural ou rua é pobre, e quando não há outros veículos são detectados, ele muda automaticamente para faróis de feixe completo a velocidades de mais de 45kph. Lembrando-se de voltar para os médios não é mais um constrangimento eo sistema Visio ® permite ao motorista para beneficiar faróis de feixe completo entre quatro e cinco vezes mais do que no caso sem o sistema. Visibilidade é reforçada (100 metros em vez de 30 metros) e há menos risco de colisão com um obstáculo.


    • aviso de saída da faixa: a câmera emite um aviso se ele acredita que o veículo tenha involuntariamente mudou pistas, uma ocorrência com freqüência devido a uma queda na vigilância do maquinista, e uma das principais causas de acidentes, especialmente nas auto-estradas. Se marcações de pista são cruzados sem os indicadores terem vindo a ser ativado, avisos visuais e sonoros são ativados automaticamente.
    Comfort foi reforçada por um novo Começo de Colina função Assist. Esta característica é combinado com o travão de estacionamento electrónico e mantém os travões sob pressão durante alguns segundos, dando o controlador de tempo suficiente para se afastar sem que o veículo em marcha atrás. Enquanto isso, os indicadores de modo auto-estradas facilitam a condução: um leve toque da haste indicadora dispara três flashes para avisar os outros utentes da estrada que o motorista está prestes a mudar de pista. Para auxiliar as manobras de estacionamento, uma câmera localizada na parte traseira fornece uma imagem precisa do entorno imediato do veículo e retrata sua trajetória para ajudar os motoristas a ajustar sua linha. Last but not least, o controle climático automático dual-zone está agora equipado com um sensor de toxicidade que monitora a qualidade do ar da cabine e ativa automaticamente o modo de reciclagem de ar sempre que necessário.

    Coleção Mégane 2012 continua a embalar as tecnologias que têm contribuído para o sucesso do modelo. O novo R-Plug & Radio + faixa de áudio está agora equipado com Bluetooth ® telefone mãos-livres, conectividade e audio-streaming, bem como Plug & Music conectividade e entradas USB / jack que permitem que a música armazenada em dispositivos móveis a ser controlado pelo volante do veículo -volante dedo. Também estão disponíveis navegação Carminat TomTom ® completa com serviços LIVE (HD Traffic, informações de tráfego em tempo real, etc) e som sob medida engenharia Bose ® surround.


    Renault Mégane: o carro-chefe da "Qualidade Renault Feito 'campanha

    Coleção Mégane 2.012 carros são fabricados em Palencia, Espanha, e beneficiar de normas rigorosas de produção para garantir a qualidade impecável. O modelo apresentado recentemente em uma campanha de mídia promoção da qualidade "à la française" e está destinado a servir como um porta-estandarte global para a experiência do grupo Renault neste domínio em toda a gama, desde o projeto inicial até o showroom.

    Jean-Pierre Vallaude (Senior Vice-Presidente, Qualidade): "Mégane é um embaixador credível para a qualidade dos veículos Renault, graças à sua excelente confiabilidade e qualidade percebida que têm melhorado a cada evolução do modelo. Mégane está destinado a tornar-se referência mundial de qualidade para todos os veículos Renault ... "

    Como o modelo mais vendido da marca Renault, com vendas superiores a 235 mil unidades em todo o mundo em 2011 e 730 mil unidades desde o seu lançamento no final de 2008, o Mégane hoje se destaca como um dos carros mais confiáveis ​​em seu segmento. Esta confiabilidade é reconhecida pelos meios de comunicação (por exemplo, L'Automobile Magazine Confiabilidade Top 100) e tem sido sublinhado por organismos independentes, como ADAC alemão que colocou no topo das respectivas classificações.

    Seguindo a promessa de continuar a melhorar feita pela Renault em 2003, o Mégane III viu um 40 por cento de redução em incidentes relacionados com a confiabilidade do carro durante um primeiro ano na estrada em comparação com o seu antecessor.

    Mégane III beneficiou, desde a concepção armado e processos de validação que levam a durabilidade e envelhecimento em conta. Na fase de design, por exemplo, uma lista de 100 pontos específicos, foi levado em conta para garantir a confiabilidade impecável e melhorar a execução e aparência durabilidade em relação ao Mégane II. Foi dada especial atenção à redução do ruído, vedação e melhorando a confiabilidade de componentes eletrônicos.




    Mégane R.S. Coleção 2012: potência extra e mais torque para desempenho ainda punchier

    Mégane R.S. R.S. da coleção 2012 Gestão Dinâmica oferece 15 cavalos de potência extra e 20Nm de torque adicional. Ao selecionar o modo Sport, o motorista pode se beneficiar de potência de pico de 265hp/195kW e até 360Nm de torque (edição limitada versão Trophy), mesmo para resposta de aceleração mais nítidas. Graças a esta Renault Sport inovação, é possível usar o potencial do Mégane RS ao máximo, nomeadamente sobre trilhos. Ao mesmo tempo, o som produzido pelo motor do Mégane RS foi revisto para garantir o passo satisfatório em todas as rotações, graças um projeto escape mais aberto e um cano de som reforçado.

    Em termos de aparência, o front-end é mais expressiva, enquanto que a lâmina dianteira ao estilo F1, que é uma característica dos modelos Renault Sport apresenta duas fileiras de seis LEDs e faróis esporte preto rodeia. O centro do novo design rodas de liga leve de 18 polegadas (acabamento acetinado ou preto fosco) eo existente jantes do recurso versão Trophy logotipo um "RS", e uma nova opção é o RS Red Pack Design que compreende vermelho pin-striping para a lâmina frontal, saias laterais e difusor. Um novo acabamento interno foi introduzido, com visíveis costuras em vermelho para o volante, punho da alavanca de engrenagem, engrenagem fole da alavanca e painel em bom estado. O novo distintivo cinza claro em dois tons e estofamento de couro de carvão também pode ser especificado como uma opção, assim como tecido ou couro bancos Recaro e um ambiente predominantemente amarela. Outros detalhes esportivos incluem um acabamento de laca preta para a consola central e saída de ar envolve, além de um acabamento efeito do carvão vegetal para os painéis das portas.

    Graças às suas qualidades dinâmicas excepcionais, Mégane RS destaca-se como best-seller coupé de alto desempenho do segmento C. Ele ganhou mais de 12.500 compradores de todo o mundo desde o seu lançamento europeu em janeiro de 2010, bem como na Rússia, Argentina, Chile, Austrália, Japão e África do Sul. Em junho de 2011, estabeleceu um novo recorde de 8mins 8secs para uma volta de Nürburgring, tornando-o o mais rápido carro de tração dianteira já volta a "Nordschleife". Aclamado pela imprensa mundial, Mégane R.S. ganhou quatro prêmios e é freqüentemente comparado com os super carros de maior prestígio para as sensações de condução que proporciona. Renault Sport também tem mostrado o potencial do Mégane RS no automobilismo com a produção baseada em Mégane RS N4, que venceu em sua categoria nos campeonatos de rali belga e Alemanha.





    Motores de energia: a excelência tecnológica da Renault na F1 transportados para os motores dos carros de estrada para o benefício de todos os motoristas

    "F1 nos proporciona um campo de provas extraordinárias para testar novas tecnologias em condições extremas", disse Carlos Tavares, Chief Operating Officer da Renault. "Nosso compromisso de 30 anos para o esporte nos permitiu desenvolver a nossa experiência downsizing, combate atrito e resfriamento de controle, todos os que contribuem para a melhoria da eficiência energética dos nossos veículos sem estragar o prazer de condução."

    Com dez títulos mundiais de Construtores ao seu nome, Renault chamado no talento do mundo da Formula 1 para transitar pela excelência tecnológica adquirida na pista de corrida para o desenvolvimento da sua nova gama de motores de Energia. Philippe Coblence e Jean-Philippe Mercier, os homens por trás do sucesso do V10 da Renault, na década de 1990, foi confiada a engenharia de desenvolvimento da nova energia dCi 130 e Energia TCe 115 motores. Sua habilidade beneficiou carros de estrada, levando o conceito de redução de novos limites graças às soluções experimentadas e testadas na F1. Motores de energia possuem um pacote tecnológico sem precedentes para este nível de gama e levaram a economia no consumo de combustível de até 25 por cento em comparação com os motores que substituem.
    Última edição por camadusa : 27-08-13 às 14:29:35

  14. #14
    Piloto de Provas de Perícia pikota's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2011
    Localização
    Viana do Castelo
    Posts
    819

  15. #15
    Banido Drifter's Avatar
    Data de Registo
    May 2006
    Localização
    Lista negra do Miguel Macedo
    Posts
    19,462

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por andantedodia Ver Post
    Aumentaste o tamanho da jante mas mantiveste a largura do pneu... nesse caso é normal que a diferença não seja muito notória visto que só introduziste mais peso no conjunto.

    A diferença para o 1.5 DCI no A AMG em termos de consumos é enorme devido às jantes 18 e aos pneus bem largos.
    Neste caso é a mesma coisa, de 16 para 17 muda o perfil, nada mais, resto a largura é a mesma. Acho mais relevante falar de custos de pneu vs benefício que consumos ou perda de potência, que a existir, duvido que algum note.

    Já passar das 17 da Megane para as 18 do A Class, aí sim vai-se notar e concordo que não faz muito sentido o tamanho do pneu para o motor.

  16. #16
    Piloto de Testes camadusa's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Lisboa, Portugal
    Posts
    1,359

    Por Defeito

    a partir de 2012 fase 2 ,o motor 1.5dci 110cv s/stop tambem foi revisto e passou a consumir menos, é mesmo assim?

  17. #17
    Piloto de Provas de Perícia pikota's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2011
    Localização
    Viana do Castelo
    Posts
    819

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por camadusa Ver Post
    a partir de 2012 fase 2 ,o motor 1.5dci 110cv s/stop tambem foi revisto e passou a consumir menos, é mesmo assim?
    É bem provável.
    A tendência destes restyling é melhorar.

    Quando puderes posta valores e os dados do veiculo.

  18. #18
    Piloto de Troféu Ccorreia's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2006
    Localização
    Lisboa, , Portugal.
    Posts
    6,491

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por camadusa Ver Post
    a partir de 2012 fase 2 ,o motor 1.5dci 110cv s/stop tambem foi revisto e passou a consumir menos, é mesmo assim?
    houve uma altura apos o restyling que passou a consumir menos, mas como mexeram nas relações de caixa (mais longas) o motor 1.5 dci perdeu "parte" do seu encanto e resposta homogénea que apresentava em todas as mudanças (deve ter sido em 2012/2013 esta alteração)

  19. #19
    Piloto de Testes camadusa's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Lisboa, Portugal
    Posts
    1,359

    Por Defeito

    a partir de que mès de 2012 é que tem o sistema start and stop, , o desligamento automático após breves segundos parado?

  20. #20
    Piloto de Testes camadusa's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Lisboa, Portugal
    Posts
    1,359

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por pikota Ver Post
    É bem provável.
    A tendência destes restyling é melhorar.

    Quando puderes posta valores e os dados do veiculo.
    GT Line Maio de 2012, 110 cv 1.5dci, ja com o ultimo restyling, sistema visio, bluethoot, usb, gps, caixa automatica etc etc quanto vale?
    Última edição por camadusa : 11-09-13 às 18:49:18

  21. #21
    Piloto de Troféu diogomsl's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2012
    Localização
    Porto
    Posts
    5,297

    Por Defeito

    Não estive a ler o tópico todo, respondo apenas ao user que colocou as dúvidas.
    A Renault Mégane teve o facelift em finais de abril de 2012 (ainda saíram com letras MU algumas), mas o "grosso" foi mesmo em maio, com letra MV.
    As alterações da GT Line pré para pós facelift, no exterior, dizem respeito às DRL em forma de boomerang no para-choques e a grelha ligeiramente retocada. No que diz aspecto ao interior, incorporação de uma risca vermelha ao longo de todo o tablier, costuras vermelhas nos bancos, e o rádio com leitura USB e Bluetooth de origem.
    Traz jantes de 17' de origem, como já foi dito.
    Diferenças da GT Line para a Mégane "convencional" diz respeito à moldura do GPS, que na "convencional" é lacada a preto e as DRL que se encontram incorporadas nos faróis (isto assim de repente).
    O que foi discutido acerca das jantes de 17': não é isso que piora o conforto da carrinha! O que piora, aliado às jantes, são os pneus de baixo perfil e a suspensão rebaixada, que aliado aos bancos em posição baixa, faz-nos estar mais "perto do chão", e mais desconfortável. Em paralelo é durinha. A minha Focus tem jante de 17', e a nível de conforto está melhor que a GT Line.
    Em relação à última pergunta que fizeste: essa carrinha, e dependendo dos kms, talvez 22000€ seja um preço aceitável (e aposto que é superior o valor que pedem).
    Mais alguma dúvida podes colocar ;)

  22. #22
    Piloto de Testes camadusa's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Lisboa, Portugal
    Posts
    1,359

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por diogomsl Ver Post
    Não estive a ler o tópico todo, respondo apenas ao user que colocou as dúvidas.
    A Renault Mégane teve o facelift em finais de abril de 2012 (ainda saíram com letras MU algumas), mas o "grosso" foi mesmo em maio, com letra MV.
    As alterações da GT Line pré para pós facelift, no exterior, dizem respeito às DRL em forma de boomerang no para-choques e a grelha ligeiramente retocada. No que diz aspecto ao interior, incorporação de uma risca vermelha ao longo de todo o tablier, costuras vermelhas nos bancos, e o rádio com leitura USB e Bluetooth de origem.
    Traz jantes de 17' de origem, como já foi dito.
    Diferenças da GT Line para a Mégane "convencional" diz respeito à moldura do GPS, que na "convencional" é lacada a preto e as DRL que se encontram incorporadas nos faróis (isto assim de repente).
    O que foi discutido acerca das jantes de 17': não é isso que piora o conforto da carrinha! O que piora, aliado às jantes, são os pneus de baixo perfil e a suspensão rebaixada, que aliado aos bancos em posição baixa, faz-nos estar mais "perto do chão", e mais desconfortável. Em paralelo é durinha. A minha Focus tem jante de 17', e a nível de conforto está melhor que a GT Line.
    Em relação à última pergunta que fizeste: essa carrinha, e dependendo dos kms, talvez 22000€ seja um preço aceitável (e aposto que é superior o valor que pedem).
    Mais alguma dúvida podes colocar ;)
    obrigado pelo esclarecimento e confirmo agora o que dissestes, e é carro , não carrinha.

  23. #23
    Piloto de Troféu diogomsl's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2012
    Localização
    Porto
    Posts
    5,297

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por camadusa Ver Post
    obrigado pelo esclarecimento e confirmo agora o que dissestes, e é carro , não carrinha.
    A comparação é feita da mesma maneira.
    Falei da carrinha porque na altura o meu caso foi esse.
    Se primas o conforto, aconselhava-te a procurares um Mégane Dynamique S (isto desconsiderando o factor subjectivo da beleza, em que a GT Line está uns furinhos acima na minha opinião)

  24. #24
    Piloto de Testes camadusa's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Lisboa, Portugal
    Posts
    1,359

    Por Defeito

    consumos da caixa auto?

  25. #25
    Piloto de Testes camadusa's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Lisboa, Portugal
    Posts
    1,359

    Por Defeito

    Vou experimentar um 1.5 dci 110cv EDC auto depois coloco as minhas impressoes



Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •