Motorguia: :
Página 2 de 65 PrimeiraPrimeira 12312 ... ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 31 para 60 de 1927

Título: Tópico dos carros eléctricos

  1. #31
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Mar 2012
    Posts
    1,132

    Por Defeito

    Os incentivos em França são bestiais.

    6300€ para compra de EV + 4000€ se entregar um carro a diesel com mais de 10 anos.
    10300€ de desconto oferecido pelo estado, belo negócio.

    se o Ampera-E sair a 35k fica por 24700€...


  2. #32
    Piloto de Testes Rosmano's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2014
    Localização
    Lisboa
    Posts
    3,650

    Por Defeito

    http://www.carscoops.com/2016/09/peu...e-plug-in.html

    A Peugeot vai lançar variantes eléctricas do 208 e 2008. Provávelmente da próxima geração.

  3. #33
    Piloto de Testes ricomini's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2010
    Localização
    Coimbra
    Posts
    1,819

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por staticx Ver Post
    Os incentivos em França são bestiais.

    6300€ para compra de EV + 4000€ se entregar um carro a diesel com mais de 10 anos.
    10300€ de desconto oferecido pelo estado, belo negócio.

    se o Ampera-E sair a 35k fica por 24700€...
    Vai-se la comprar carros usados enquanto o estado nao taxar os eletricos com ISV

  4. #34

  5. #35
    Piloto de Testes ricomini's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2010
    Localização
    Coimbra
    Posts
    1,819

    Por Defeito


    TÊm muitos modelos

    Não deixa de ser uma excelente noticia

  6. #36
    Piloto de Testes Rosmano's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2014
    Localização
    Lisboa
    Posts
    3,650

  7. #37
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jul 2015
    Posts
    1,010

    Por Defeito

    Alemanha vai banir carros a gasolina e gasóleo

    O parlamento alemão aprovou uma lei que impede a comercialização, no mercado local, de automóveis novos movidos por motores de combustão, a gasolina ou a gasóleo. A partir de 2030.

    A notícia é avançada pelo Der Spiegel: o parlamento germânico aprovou uma resolução que vai mudar radicalmente o panorama do mercado automóvel, daqui a pouco mais de uma década. A ideia é impedir a venda de carros novos, movidos por motores a combustão interna, no mercado local, a partir de 2030. O parlamentar do partido Greens, Oliver Krischer, é peremptório:

    Se o acordo de Paris, para reduzir as emissões de poluentes e o aquecimento global, for levado a sério, não há como serem permitidos carros novos com motor a combustão nas estradas depois de 2030.”


    Segundo a Forbes, os parlamentares germânicos deverão incentivar os seus pares de outros países membros da União Europeia em Bruxelas, a fim de chegar a um consenso acerca dos incentivos fiscais, canalizando-os em exclusivo para veículos eléctricos a partir de 2030.

    Esta pretensão está em linha com as intenções já anunciadas por alguns países da Europa, e fora dela, de acabar com as vendas de veículos de propulsão “convencional” a curto prazo. É o caso da Noruega e da Holanda, sendo que até a Índia já se está a preparar para vir a ser o primeiro grande mercado mundial a disponibilizar só e apenas automóveis eléctricos a partir de 2035.

    E se for mesmo assim?

    A avançarem estas démarches, o que muda na economia? Na Alemanha, o impacto não afectará tanto os construtores automóveis – o core business mantém-se, o produto proposto ao cliente é que se altera –, mas sim a cadeia de fornecedores que depende da propulsão a combustão. É que um motor deste tipo tem bielas, velas, pistões, cambotas, bloco, enfim, toda uma série de componentes que um motor eléctrico não precisa. Além de que este exige um décimo do pessoal para produzir um. Ou seja, haverá milhares de postos de trabalho em risco.

    Em contrapartida, a aposta na mobilidade eléctrica abre uma janela de oportunidade para empresas produtoras de alumínio, fibra de carbono, lítio e outros materiais especiais utilizados no fabrico de baterias, células de iões de lítio, módulos electrónicos, entre outros.

    E não se pense que a indústria do petróleo será a única a ficar em maus lençóis. É que da mesma forma que os carros eléctricos não precisam de gasóleo ou de gasolina, também dispensam os óleos e lubrificantes.
    Última edição por rrrfff : 10-10-16 às 22:07:31

  8. #38
    Piloto de Fórmula 1 XlPower's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    Num carro trihibrido, gasolina, eléctrico e GPL.
    Posts
    17,980

    Por Defeito

    Acho bem, e provavelmente já não vamos a tempo de evitar uma catástrofe e nível global devido ao aquecimento do planeta.

  9. #39
    Piloto de Testes Rosmano's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2014
    Localização
    Lisboa
    Posts
    3,650

    Por Defeito

    Essa "lei" é não vinculativa. Ou seja, não é lei nenhuma mas mais uma declaração de intenções.
    Mas por acaso li noutro dia que transporte marítimo contribui muito mais para emissões de CO2 que o sector automóvel. A contribuição do sector automóvel é bem menos dramática do que o que muita gente julga.
    Mais importante que isso é mudar o mix de produção energético de carvão para solar e eólicas.

  10. #40
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jul 2015
    Posts
    1,010

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por XlPower Ver Post
    Acho bem, e provavelmente já não vamos a tempo de evitar uma catástrofe e nível global devido ao aquecimento do planeta.
    O CO2 é só uma das emissões e não é nocivo para a nossa saúde.

    O pior são os NOx e micro-partículas que saem dos tubes de escape directamente para o ar que respiramos.

    O maior benefício dos eléctricos vai sentir-se ao nível do ar nas cidades, e do silêncio.

  11. #41
    Piloto de Testes Rosmano's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2014
    Localização
    Lisboa
    Posts
    3,650

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por rrrfff Ver Post
    O CO2 é só uma das emissões e não é nocivo para a nossa saúde.

    O pior são os NOx e micro-partículas que saem dos tubes de escape directamente para o ar que respiramos.

    O maior benefício dos eléctricos vai sentir-se ao nível do ar nas cidades, e do silêncio.
    Sim, mas ele está a referir-se ás emissões de CO2, que são as que contribuem para o aquecimento global e não ás de NOx e micro-partículas que afectam a saúde pública mas não causam efeito de estufa.

  12. #42
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Sep 2010
    Posts
    2,017

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por rrrfff Ver Post
    também dispensam os óleos e lubrificantes.

    Óbvio que precisam, tudo o que tem peças moveis sempre continuará, tanto para lubrificação ou transferência de calor.

  13. #43
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Jul 2009
    Posts
    266

    Por Defeito

    Parece que pretendem criar uma directiva europeia para "obrigar", a partir de 2019, que todas as novas casas tenham um ponto de carregamento de veículos eléctricos:

    https://www.theguardian.com/sustaina...europe-renault

  14. #44
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jul 2015
    Posts
    1,010

    Por Defeito

    PAN quer que Estado só use carros eléctricos

    O partido esteve reunido com o ministro das Finanças e defendeu uma meta para o fim de carros a gasolina e gasóleo no Estado.

    O partido Pessoas Animais Natureza (PAN) tem alguns “contributos” a dar para o Orçamento do Estado que passam por reforçar o investimento na agricultura biológica e por exigir uma “meta” ao Estado para que deixe de ter carros que se movam a gasóleo e gasolina.

    O PAN foi o primeiro dos partidos que não faz parte do Governo a reunir-se com os representantes do Governo e o deputado André Silva diz que não foram abordados temas de “fiscalidade”. Ou seja, nada foi falado sobre a sobretaxa ou sobre outras medidas.

    O deputado contou que teve um “diálogo aberto” com Mário Centeno e o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, sobre “algumas preocupações como a economia portuguesa”, o “desequilíbrio da balança comercial” e alguns “investimentos obsoletos” como no sector do leite.

    Nas propostas que levava na mão, o deputado salientou duas: o investimento na agricultura biológica e a maior utilização de veículos eléctricos. “O Governo tem de dar um sinal na mobilidade eléctrica”, disse aos jornalistas no final da reunião. A intenção, afirmou, passa por instituir “uma meta” para que “a frota do Estado” passe a ser eléctrica “substituindo carros com combustíveis fósseis por carros eléctricos”.

    Esta medida insere-se na discussão da Cimeira do Paris. Ainda esta semana, a Alemanha aprovou uma resolução para que até 2030 se deixem de usar veículos a gasóleo e gasolina. O deputado confirmou ainda que se falou na reunião “dos benefícios ao nível do passe social”, não confirmando em que moldes. Esta semana o PÚBLICO dava conta da intenção do Governo de criar um incentivo fiscal à utilização de transportes públicos.

  15. #45
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jul 2015
    Posts
    1,010

    Por Defeito

    RENAULT ZOE PASSA DE 200 PARA 400 QUILÓMETROS DE AUTONOMIA

    A mais recente versão do ZOE da Renault permite uma autonomia até 400 quilómetros, que é o dobro do que tinha até agora. Tudo graças à nova bateria «Z.E. 40».

    Para além disso, o modelo 100% elétrico da Renault passa a beneficiar de novos serviços conectados e de evoluções dos níveis de acabamento. A nova oferta ZOE está disponível para venda a partir de agora e as primeiras unidades equipadas com a nova bateria estarão a circular antes do final do ano.

    Ver artigo completo.

  16. #46
    Piloto de Troféu Scutar's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2011
    Posts
    7,369

    Por Defeito

    300km reais...ainda assim o sistema de aluguer das baterias mata o desejo de ter algum Renault elétrico.

  17. #47
    afc
    afc está offline
    Piloto de Testes afc's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2013
    Posts
    4,784

    Por Defeito

    Esse sistema de aluguer das baterias na Renault vai acabar em 2017

  18. #48
    Piloto de Provas de Perícia marcopns's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2016
    Localização
    Aveiro
    Posts
    643

    Por Defeito

    A Renault dá as 2 opções neste novo Zoe, aluguer ou compra.
    São cerca de 35 000€ na opção de compra, um valor desajustado face ao segmento onde se insere

  19. #49
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jul 2015
    Posts
    1,010

    Por Defeito

    Carros elétricos vão começar a pagar abastecimento na via pública

    Os carros elétricos começam a pagar para abastecer. As regras vão entrar em vigor até ao final do primeiro semestre de 2017.

    Os pontos de carregamento na via pública deixam de ser pagos pelo Estado. Vão ser concessionados a privados.

    O anúncio da medida acontece numa altura em que a venda de veículos ecológicos aumentou 110 por cento.

    Ver artigo completo.

  20. #50
    Piloto de Provas de Perícia marcopns's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2016
    Localização
    Aveiro
    Posts
    643

    Por Defeito

    Nada de novo nesta notícia. O prazo apontado do final do primeiro semestre há muito que é falado.
    É bom que se comece a pagar, porque com a rede gratuita ao abandono e sem fiabilidade não vamos a lado nenhum.

  21. #51
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jul 2015
    Posts
    1,010

    Por Defeito

    Eu acho que o conceito era criar uma rede de postos de carregamento e depois privatizar/concessionar. Faz sentido.

    No entanto o que me parece é que nunca chegaram a criar uma rede decente e agora estão simplesmente a abandonar o projecto.

  22. #52
    Piloto de Fórmula 1 XlPower's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    Num carro trihibrido, gasolina, eléctrico e GPL.
    Posts
    17,980

    Por Defeito

    Foi mais um projecto do grande-burlão-pinócrates.
    A única coisa que o estado devia fazer era criar uma lei que obrigasse certos sitios a disponibilizarem carregadores rápidos. Começavam pelas áreas de serviços das AE's, depois parques de estacionamento pagos a partir de uma certa dimensão, depois postos de combustivel nas cidades. Não era preciso gastar um tostão do pobre contribuinte.

  23. #53
    Piloto de Kart andreacfc's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2015
    Posts
    72

    Por Defeito Elétricos: carregamento na rede pública vai deixar de ser gratuito

    A partir de 2017, os vários pontos de carregamento para modelos elétricos espalhados pelo país deixam de ser pagos pelo Estado.

    A partir do próximo ano, a rede de carregamento pública para veículos elétricos vai passar a ser concessionada por privados, deixando por isso de ser gratuita. Com esta alteração, os condutores passarão a ter um contrato com o operador e a conta da eletricidade consumida é descontada no final de cada mês. De acordo com o Ministério do Ambiente, a medida será implementada até ao final do primeiro semestre de 2017.O Governo está atualmente a investir quase oito milhões de euros na expansão e modernização desta rede, com a instalação de 50 postos de carregamento rápidos, capazes de carregar 80% da bateria em 15 a 20 minutos, e que deverão entrar em funcionamento também no próximo ano.Desde que foi lançada, a rede pública gerida pela sociedade Mobi.e ofereceu 1,2 gigawatts de potência, suficientes para percorrer 7,2 milhões de quilómetros.
    Ainda no que toca a veículos elétricos, o Orçamento do Estado para 2017 prevê o fim dos benefícios no ISV. Por outro lado, o governo propõe uma redução para metade do incentivo à aquisição de veículos plug-in híbridos.

  24. #54
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jul 2015
    Posts
    1,010

    Por Defeito

    Tesla à prova. Fizemos 350 km (quase) sem mãos no volante


    Percorremos uma distância equivalente a uma ida de Lisboa ao Porto, confiando no Autopilot em 12 situações com que os automobilistas lidam habitualmente. Saiba o que funciona bem e o que nem por isso.

    Ver artigo completo.

  25. #55
    Piloto de Provas de Perícia
    Data de Registo
    Nov 2010
    Posts
    952

    Por Defeito

    Facelift do Nissan leaf




  26. #56
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Apr 2016
    Posts
    4,839

    Por Defeito

    Não conseguem fazer mais feio?

  27. #57
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    Tugalândia
    Posts
    20,593

    Por Defeito

    Isso não é nenhum facelift.
    É apenas um protótipo com base Leaf para demonstração das tecnologias da Nissan para veículos autónomos.
    Nissan Leaf 100% novo deverá aparecer para o ano.

  28. #58
    Piloto de Provas de Perícia
    Data de Registo
    Dec 2011
    Posts
    823

    Por Defeito


  29. #59
    Piloto de Testes Rosmano's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2014
    Localização
    Lisboa
    Posts
    3,650

    Por Defeito

    Mais informação e fotos espia do novo Nissan Leaf.





    Platform: The 2018 Nissan Leaf is built on an evolution of the current Leaf’s platform. Structural changes will allow a modular battery-pack architecture to be used, and fresh approaches to managing power flow and battery temperature will better serve the needs of customers in extreme climates. Otherwise, packaging will remain about the same; there’s no push toward a crossover-aping tall-roof, high-seat design here. Nissan has been proactive about DC fast charging, and we expect at least the top version to be compatible with speedier 150-kW fast chargers, something that could give the Leaf an advantage over the Bolt EV. Look for highway-travel-oriented ProPilot self-driving technology to be included, along with a suite of attendant active-safety features.


    Powertrain: The electric motor/generator will provide about the same amount of power as seen in the outgoing car, which has 107 horsepower and 187 lb-ft of torque, and the Leaf will again be front-wheel drive. What will be different is that there will be a choice between two—and possibly three—battery packs, starting at 40 kWh of capacity and likely topping out at 60 kWh. Those packs won’t be much if any heavier than the 30-kW unit in the outgoing model, so performance likely will remain in the same ballpark: perky at low city speeds, merely adequate everywhere else, and not particularly inspiring.
    Se vier de facto com estas características vai ser o eléctrico mais interessante do mercado juntamente com o Model 3 pois será maior que o Bolt/Ampera-e e vai ter a opção de 60Kwh de bateria. Isso vai-lhe garantir uma autonomia acima dos 300km.
    E o design parece ser bem mais atractivo do que o do velho Leaf que é feio que dói.
    Última edição por Rosmano : 14-02-17 às 11:19:59

  30. #60
    eu
    eu está offline
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    , , .
    Posts
    21,123

    Por Defeito

    Até que enfim, um Leaf com aspeto de carro normal.

Página 2 de 65 PrimeiraPrimeira 12312 ... ÚltimaÚltima

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

O Motorguia . não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.