Manter Carro para a vida - Página 2

Página 2 de 5 PrimeiraPrimeira 123 ... ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 31 para 60 de 122

Título: Manter Carro para a vida

  1. #31
    Banido AlexKarelin's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2015
    Posts
    6,087

    Por Defeito

    Se há dificuldades económicas pode ser uma alternativa, mas um carro vai envelhecendo e vai-se desactualizando a todos os níveis, nomeadamente segurança.

    Poupar quando é uma necessidade é imperioso se for uma forretisse pode ser um disparate.


  2. #32
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    Branca Albergaria-a-Velha
    Posts
    3,027

    Por Defeito

    O meu pai tinha essa ideia de manter o Fiat Uno 60SX, até fim de vida, dele/carro. Um dia um jipe despistou-se e partiu o carro todo, no estacionamento onde estava.
    O conselho que te dou, é, aguenta o carro, enquanto não te der muitos problemas graves, e enquanto sintas fiabilidade na segurança, e não te deixar apeado. Quando isso começar a acontecer, está na hora de pensar noutro, e podes na mesma ficar com esse.

  3. #33
    Piloto de Testes ASOT's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2013
    Posts
    2,705

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por marcopns Ver Post
    Na subida do estádio do dragão provocava filas atrás de mim, parecia um trator a trabalhar
    Essa subida em carros fracos, é para ser feita com bom embalo ou 4a a fundo

  4. #34
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Jun 2015
    Posts
    261

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por AlexKarelin Ver Post
    Se há dificuldades económicas pode ser uma alternativa, mas um carro vai envelhecendo e vai-se desactualizando a todos os níveis, nomeadamente segurança.

    Poupar quando é uma necessidade é imperioso se for uma forretisse pode ser um disparate.
    Sou da mesma opinião.

  5. #35
    Piloto de Troféu 3pelos's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2008
    Localização
    Lisboa
    Posts
    5,762

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Goncaloibiza Ver Post
    O meu pai tinha essa ideia de manter o Fiat Uno 60SX, até fim de vida, dele/carro. Um dia um jipe despistou-se e partiu o carro todo, no estacionamento onde estava.
    O conselho que te dou, é, aguenta o carro, enquanto não te der muitos problemas graves, e enquanto sintas fiabilidade na segurança, e não te deixar apeado. Quando isso começar a acontecer, está na hora de pensar noutro, e podes na mesma ficar com esse.
    Concordo e por isso mantenho o meu charuto de 98...


  6. #36
    Piloto de Testes ANTONIO850's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2015
    Localização
    França
    Posts
    1,937

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por capio Ver Post
    Porque haveria de avaria se for trocando as coisas?
    Nos próximos meses vou trocar amortecedores + molas + braço + discos + calços. O arranjo ficará a +/- 400€ mas fico com muito material pronto para durar mais uns bons anos. Todos os líquidos são novos,todos os filtros estão novos. Troquei as tubagens nem há um ano atrás. O motor está bom, nível de compressão normal, não está a misturar nada, nem está a perder óleo. Todos os sensores funcionam, tive os a desengordurar ainda há umas semanas.Ventilação funciona. Porque não manter o bicho se ele está com a mecânica boa?
    O carro está com 170.000 km. Faço cerca de 1.000 Km mensais.
    trocar as molas ? so' se forem as molas do colchão

    se o carro està em bom estado , a tua ideia não é ruim

    até te aconselhei atràs a comprar outro carro igual ao teu se tiveres uma boa oportunidade ( q ficaria para peças )

    um familiar , alem de ter casas , carros com menos de 10 000 kms e carros de coleção , tem tb um PEUGEOT com 23 anos a gasoleo , anda com ele na cidade TODOS os dias e vai com ele pro' trabalho ( o carro està um pouco lixado pq não lhe liga nenhuma e em 12 anos gastou 400 euros nele , ainda ontem troquei uma vela nele ( meti uma vela q jà tinha servido ) e toca a andar
    normal q não vai para auto-estrada , nem anda com ele a mais de 100 km/h

    no teu carro nunca vais ter o conforto como num carro moderno , nem ter a segurança mas muitos aqui esquecem de dizer q actualmente os carros q vão para a sucata envolvidos em acidentes são carro modernos ( normal os carros mais velhos hà menos ou andam mais devagar )
    cada vez os carros travam melhor e cada vez se vê mais os cromos a quererem lamber o rabo do carro da frente ( isto não acontecia tanto hà anos atràs ) e quando se descuidam là ficam com a frente espetada

    portanto com o teu carro , tens q adaptar a velocidade à tecnologia do carro , nada mais ( muita gente com carros modernos esquecem isso )


    abre um topico com o teu carro e manutenção q fizeste e vais fazendo , vais supreender mais q um
    fazes tu o q podes , de resto vais a um mecanico

    este topico està engraçado , vou acompanhar

    o carbook fala em desvalorização , não tem nenhum sentido pq o teu carro jà não vale nada , portanto nada vais perder

    o 1975 diz q tem os carros em perfeita condições mas baterias fracas.......

    o ASTONMARTINS a falar de carros electricos ( electricos por 1000 euros ( o preço do teu ) dà para comprar um carro electrico de radiomodelismo ).....

  7. #37
    Piloto de Testes SharpandSafe's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2003
    Localização
    Distrito de Portalegre
    Posts
    1,248

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por 3pelos Ver Post
    Concordo e por isso mantenho o meu charuto de 98...
    De 1998 não é velho. Eu tenho um Primera de 1993 guardado numa garagem e não acho q seja velho. Segurança passiva é que nada.

  8. #38
    Piloto de Troféu AstonM's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2006
    Posts
    5,378

    Por Defeito

    O post original fala em manter um carro 30 ou 40 anos. Que carros com 40 anos circulam no dia-a-dia nas nossas estradas? Eu não costumo ver ninguém hoje a andar diariamente num Morris 1300, com Volvos 144, com Carochas 1302 ou com BMW 1502. Esses carros tem 40 anos hoje (são da década de 70). Ter (no futuro) um Punto com 40 anos será a mesma coisa que circular hoje, em 2017, no dia-a-dia, com um Simca.
    Não estamos a falar de carros com 20 anos (i.e. de 1997), o tópico é sobre manter um carro 30 ou 40 anos!
    Última edição por AstonM : 26-02-17 às 16:10:07

  9. #39
    Pedestre
    Data de Registo
    Jan 2016
    Posts
    40

    Por Defeito

    Andei durante uns tempos com um land cruiser Bj45 de 1981no dia a dia enquanto o meu carro esteve na oficina para reparação.
    A única razão de queixa era as manobras de estacionamento sem direcção assistida, consumos e o desconforto mas em fiabilidade tenho quase a certeza que ia dar menos chatices. Vantagens de motores sem electrónicas e egrs/faps etc etc

  10. #40
    Piloto de Testes neoalfa's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2007
    Posts
    3,811

    Por Defeito

    Manter o carro vai ser fácil.
    Daqui a uns anos vão sair uns kits de conversão para elétrico a bom preço.

    Até as lojas dos chineses os vão vender...

  11. #41
    Piloto de Troféu 3pelos's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2008
    Localização
    Lisboa
    Posts
    5,762

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por SharpandSafe Ver Post
    De 1998 não é velho. Eu tenho um Primera de 1993 guardado numa garagem e não acho q seja velho. Segurança passiva é que nada.
    Já é quase clássico eheheh A segurança principal sou eu ao volante, tem air bags e abs, não dá problemas, felizmente com os seus quase 220.000kms só vai à oficina mudar óleo e filtros. À coisa de 2anos gastei cerca de 750eur numa revisão/manutenção geral e tá a andar. Não vai ser carro pra toda a vida, mas enquanto o motor estiver vivo não o despacho.

  12. #42
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Feb 2015
    Posts
    1,247

    Por Defeito

    Eu também tinha ideia em manter um Suzuki Grand Vitara para oferecer como 1º carro ao meu filho.

    Uma avaria de +-3500€ mudou-me logo de ideia.

    E estava impecavelmente mantido...

  13. #43
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Oct 2005
    Localização
    Viseu
    Posts
    366

    Por Defeito

    Eu continuo a andar com o meu uno de 1990 . Satisfaz as minhas necessidades claro que não posso andar colado ao carro da frente, os travões são fracos e tenho que fazer as curvas com calma. De resto a nível de gastos nada de especial. E coloquei-lhe um auto-radio actual com BT e da para atender chamadas na boa. Não posso investir em carros novos há outras prioridades 😉

    Enviado do meu ALE-L21 através de Tapatalk

  14. #44
    Piloto de Kart aerodinamico's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2017
    Posts
    187

    Por Defeito

    aqui é igual. Ando num Punto 55 com 21 anos diariamente. Também sinto falta de mais conforto e segurança, mas tento adaptar a minha condução ás limitações do carro. Como de momento não dá para mais, vou-me aguentando com este até porque a manutenção é muito barata e sou eu que faço as reparações...

    Ficar com ele para o resto da vida para poupar dinheiro é que não sei... só se eu tiver uma vida curta...

  15. #45
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Jul 2009
    Posts
    9,553

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por marcopns Ver Post
    Eu acho que os 400€ de estimativa da manutenção está baixa. É que há sempre algo a avariar...
    O carro mais velho que tive foi um Peugeot 106 D com 15 anos. O motor era fiável mas só isso... havia sempre algo a avariar! Na subida do estádio do dragão provocava filas atrás de mim, parecia um trator a trabalhar, o fecho central não funcionava, entrava água pelo tecto de abrir, e já tinha folgas na suspensão, tinha vários pontos de ferrugem... se eu arranjasse o que era necessário, não gastava só 400€ por ano, gastava mais.
    Isto!

    Eu tive um saxo com o mesmo motor, e revejo-me completamente no teu texto.
    O motor até que era confiável, especialmente para os km que tinha. Muito por culpa da peça entre o banco e o volante, os consumos nunca foram os que apregoam (os percursos não ajudavam, também), e apesar de funcionar bem, era desagradável, barulhento e lentooo!
    Quanto ao resto, em 6 anos levou rolamentos, 2 baterias, embraiagem, uma fechadura e quando o troquei tinha a caixa partida. Ainda fiquei mais 2 vezes apeado, uma por causa de uma polia na correia do alternador, e outra com avaria no sistema de injecção de combustível.
    Quando o vendi tinha ainda uma entrada de água pela zona da antena, chovia lá dentro . tinha a fechadura do pendura empenada por causa dum assalto, e a da mala deixou de fechar. Ainda lucrei uma pintura nova quando o comprei, devido a uma situação caricata, e e resto não me lembro de muito mais, tirando as questões de folgas e desgasta normal de uso.

    Tudo bem que foi barato quando o comprei, mas acabei por despender muito dinheiro na resolução de avarias, e além de comprometer a minha segurança bastava um pequeno acidente para ficar sem ele!

  16. #46
    Piloto de Testes xtrusion's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2013
    Posts
    1,366

    Por Defeito

    Eu vou ficar de olho.
    Isto porque, o ano passado também comprei um Punto HLX para a minha namorada e como tal dava jeito saber os custos que se vai tendo ao longo dos anos (embora já tenha alguma ideia).

    A título de exemplo, ainda nem um ano passou e eis os custos:
    50€ óleo e filtros
    30€ anticongelante (estava lá água e já tive de fazer duas mudas)
    120€ seguro (ainda válido por 6 meses)
    35€ IUC
    40€ Bateria

    Aqui já vão quase 300€ de custos, a que se junta:
    Quase certo que vai mudar a linha de escape
    Tenho um orçamento de 120€ que ainda quero comparar em mais sítios

    E se correr tudo bem na inspeção (eu sei que o que vou dizer agora não faz muito sentido ser depois da inspeção mas...):
    Amortecedores
    Pastilhas e discos novos
    Líquido dos travões novo

    E volta tudo ao início outra vez para mais uma revisão

    Ou seja, não sei se estás a ser um pouco otimista nos 400€ ano, especialmente ao continuares a fazer essa quilometragem vai chegar o dia em que, irremediavelmente, algo como a caixa ou o motor vai partir e a fatura vai ser elevada.

  17. #47
    Piloto de Testes ANTONIO850's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2015
    Localização
    França
    Posts
    1,937

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por AstonM Ver Post
    O post original fala em manter um carro 30 ou 40 anos.


    O post original fala : " Hà jà uns tempos que penso manter o meu carro até aos 30-40 anos dele "
    quer dizer no MINIMO 30 anos de idade do carro , isso não é nada excepcional nem fica caro para o carro em questão

    mas quem compra hoje novo e TENTAR andar com um carro durante 30 anos e chegar là , pode jogar na lotaria pq é sortudo

    em Portugal parece q é vergonha andar com carro velho

    pior é quem compra carro no qual não pode fazer a manutenção q lhe pertence , como se vê muitos exemplos pelo forum

  18. #48
    Piloto Lendário caditonuno's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2004
    Localização
    Vem viver a vida, amor, que o tempo que passou não volta não...
    Posts
    65,593

    Por Defeito

    o meu é de 92 e praticamente gastei 0 em 5 anos, tirando pneus, velas (2x) e uma bateria. deu problemas numa rela em que paguei 40€, mas fui roubado, aquilo resolvia-se, fora a mão de obra, com 20 cêntimos. o problema é que tem a caixa a partir há ano e meio ou dois anos e anda pouco, se calhar a média dá 3 mil kms por ano nestes 5 anos (embora no primeiro ano tenha andado cerca de 8 mil), mas ainda em setembro levei-o a 350kms de distância numa viagem de mais de meia dúzia de horas para ir trabalhar, tendo-o trazido há algumas semanas. por lá fazia 5kms por dia tirando à sexta e domingo, quando ia para o comboio e fazia 12 para cada lado.

    ia trocá-lo este verão, mas como de motor está bastante bom, ao contrário do aspeto geral, vou deixálo andar mais 1 ano e depois vendo-o para peças ou coisa que o valha. não me dão mais que 250€ por ele. pensei em trocá-lo 1 ou 2 anos depois de mo terem dado, mas acabei por ficar com ele porque simplesmente não dava despesas. agora aguentá-lo até onde der, não obrigado!

  19. #49
    Pedestre
    Data de Registo
    Nov 2016
    Posts
    48

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por capio Ver Post
    ...
    Tem alguém daqui que tenha feito o mesmo? Mantido um carro por 30-40 anos?
    ...
    mas tive a fazer as contas e faz muito sentido numa ótica económica.
    ...
    Eu comprei o meu 1º (e único) carro em 1993 (novo) e não estou a pensar trocar. Ainda "só passaram" 24 anos e para além das revisões e das substituições do inevitável, é só meter gasolina e andar.
    Estou de acordo no que diz respeito à cena da economia. Francamente não percebo esta tendência de se estar sempre a trocar de automóvel. Gasta-se dinheiro e na volta ficamos mais mal servidos.
    Se eu fosse vender o meu carro agora (Honda Civic LSI) com o dinheiro que obtivesse na venda não comprava nada melhor. Teria sempre de ser um carro em 2ª mão e provavelmente sem saber ao certo o historial do carro. Assim sei com o que posso contar.

  20. #50
    Piloto de Testes blakke's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2012
    Localização
    France
    Posts
    2,609

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ANTONIO850 Ver Post
    O post original fala : " Hà jà uns tempos que penso manter o meu carro até aos 30-40 anos dele "
    quer dizer no MINIMO 30 anos de idade do carro , isso não é nada excepcional nem fica caro para o carro em questão

    mas quem compra hoje novo e TENTAR andar com um carro durante 30 anos e chegar là , pode jogar na lotaria pq é sortudo

    em Portugal parece q é vergonha andar com carro velho

    pior é quem compra carro no qual não pode fazer a manutenção q lhe pertence , como se vê muitos exemplos pelo forum
    Vem aqui ao 25 e vais ver o monte de BMW's e audis na speedy e na feuvert

  21. #51
    Piloto de Testes ANTONIO850's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2015
    Localização
    França
    Posts
    1,937

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por blakke Ver Post
    Vem aqui ao 25 e vais ver o monte de BMW's e audis na speedy e na feuvert
    não preciso de ir ao 25 pq tb là estou

    sei do q falas , jà te digo q não compraria carro usado a quem faz a " manutenção " por là

  22. #52
    Piloto de Testes blakke's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2012
    Localização
    France
    Posts
    2,609

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ANTONIO850 Ver Post
    não preciso de ir ao 25 pq tb là estou

    sei do q falas , jà te digo q não compraria carro usado a quem faz a " manutenção " por là
    A sorte é que agora é fácil descobrir, uma vez que os gajos também já carimbam o livro de revisões da marca

  23. #53
    Piloto de Troféu AstonM's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2006
    Posts
    5,378

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ANTONIO850 Ver Post
    O post original fala : " Hà jà uns tempos que penso manter o meu carro até aos 30-40 anos dele "
    Certo, mas o post original também diz:
    Citação Originalmente Colocado por capio Ver Post
    Tem alguém daqui que tenha feito o mesmo? Mantido um carro por 30-40 anos?
    Eu estava convencido que iam aparecer por aqui relatos de pessoas que andam com os seus carros de 1975 a 1985, mas a maior parte dos casos que aqui tem aparecido já são da década de 90 para a frente, ou seja, carros com menos de 27 anos.
    O motivo de não aparecer aqui malta que conduza no dia-a-dia um Datsun 1200 ou um Fiat 127 parece-me evidente...

  24. #54
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jul 2004
    Posts
    1,032

    Por Defeito

    Eu tenho um carro há 28 anos, comprado novo, mas actualmente é apenas de "colecção". Gosto de andar nele, mas só de vez em quando. Tem uma condução muito envolvente mas que por isso mesmo se torna cansativa se o usar muitos dias seguidos. Em comparação com um carro moderno é menos confortável e seguro, gasta mais e sobretudo fico com o "coração nas mãos" em certas situações pois se me batem nele não há peças de substituição para o reparar.

    Quem olhar pelas coisas apenas pelo ponto de vista económico penso que fica melhor servido se comprar usado com poucos anos e vender quando as peças começarem a escassear ou a dar muitos problemas. Manter indefinidamente a certa altura torna-se caro e trabalhoso, só mesmo por "amor". ;)

  25. #55
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Mar 2014
    Posts
    361

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por 00bjz00 Ver Post
    Eu também tinha ideia em manter um Suzuki Grand Vitara para oferecer como 1º carro ao meu filho.

    Uma avaria de +-3500€ mudou-me logo de ideia.

    E estava impecavelmente mantido...

    Tenho um charuto com o mesmo motor 2.0 da mazda de 87cv(mas com menos eletrónica que o teu GV). Comprei-o novo em maio de 97 e tem agora 254K.

    Avariou uma vez ao fazer 3 anos, nabice do concessionário, mas foi pelas próprias rodas para a oficina.

    Desde então subiu uma vez ao reboque com embraiagem nas couves, e outra vez não pegou com morte súbita de bateria.

    Em 20 anos não teve mais nada (que me lembre) e só levou peças de desgaste/prevenção:
    Correias de distribuição e acessórios (não tenho fatura de nenhuma bomba de água, não sei se é possível), baterias, algumas lâmpadas mas poucas, amortecedores (não sei se os 4 se apenas atrás) e material de travagem.... há cerca de um mês avariou o radiador da sofagem... anulei-o até ser substituído. Não sendo uma peça de desgaste... esta podia ser considerada a primeira avaria.

    De resto é manutenção adequada e substituição atempada de todos os fluidos. O líquido de refrigeração está com a mesma cor com que lá entrou há 3 anos.
    Faz agora cerca de 7000 Km por ano, pelos arredores da capital, e gasta sempre à volta de 8L. Uma vez por outra faz uma viagem de 500Km e baixa aos 7,5.

    Não o passo à descendência porque sendo jipe é bastante inseguro para o que consegue andar. Quando tenho que o esticar em AE (e agora com os novos radares é mais arriscado) vou sempre a rezar aos anjinhos. Cismo que tem falta de amortecedores mas quer o mecânico quer no IPO dizem que estão bons.

    Vou continuar a cuidar dele, enquanto ele for cuidando de mim.

  26. #56
    Piloto de Kart sonoro's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2016
    Posts
    350

    Por Defeito

    Eu única cena que vejo aqui é mandares restaurar o carro todo e ver quanto te fica esse restauro , se compensa ou não!

    Existem muitos programas la fora que o fazem , desconheço se em portugal o fazem ou porque preço!

    Ai ficas com uma ideia se vale a pena cada restauro que faças 2 ou 3 anos.. Se ficar sempre mais barato que a hipotetica compra de novo, então é uma escolha tua.

    Quantos km pensas que motor original vai durar?

    O que ninguém falou aqui foi naqueles velhinhos que andam com carros da idade da pedra mas estimados, que andam nos 50km de velocidade e que empatam muito o transito! Estes também so compraram uma vez, chama se isto por dinheiro debaixo do colchao , para mais tarde la chegar o burlão dos euros e levar lhes o dinheiro todo
    É com esses que te deves identificar , eles conseguem tu poderás também conseguir!

    Isso e tudo uma questão de números e prioridades , como ja viste aqui tens numero ilimitado de opinioes , agora analisa tu quanto te fica essa brincadeira.

    Eu a meu ver se andares devagar tipo velhito consegues faze lo durar muito tempo, convem ter amigos de restauro ou bons mecanicos que te ajudem e não te enganem.

    Faz tambem as contas ao carro todo as peças para ver quanto vale cada uma delas e junta a mão de obra a isso.

    Mete tudo no excel , nesse momento vais ter a noção total dos números envolvidos.

    Podes tambem começar ja comprar peças as mais caras para eventualidade de vires a precisar delas, mas é como tudo se usamos estraga ,caso não uses também ira estragar.

  27. #57
    Banido
    Data de Registo
    Apr 2016
    Posts
    5,759

    Por Defeito

    40 anos é muito tempo, podem acontecer muitas coisas, conheço quem tenha carros com mais de 20 anos e se calhar a gastar menos em manutenção que carros novos...

    Acho que desde 2003 ou por ai, houve uma grande evolução em termos de segurança que ficou mais ou menos estavel, nos últimos 10-15 anos não se viu grandes evoluções alem da performance dos motores, pelo que quem tem carros dessa altura já com uns 15 anos acho que se mantem relativamente actuais e possivelmente não há grande necessidade de mudar. Já quem tem carros da decada de 90 em termos de segurança se for possivel faz sentido mudar.

  28. #58
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Jul 2009
    Posts
    9,553

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por johndeamon Ver Post
    40 anos é muito tempo, podem acontecer muitas coisas, conheço quem tenha carros com mais de 20 anos e se calhar a gastar menos em manutenção que carros novos...

    Acho que desde 2003 ou por ai, houve uma grande evolução em termos de segurança que ficou mais ou menos estavel, nos últimos 10-15 anos não se viu grandes evoluções alem da performance dos motores, pelo que quem tem carros dessa altura já com uns 15 anos acho que se mantem relativamente actuais e possivelmente não há grande necessidade de mudar. Já quem tem carros da decada de 90 em termos de segurança se for possivel faz sentido mudar.
    Em parte concordo. Acho que a grande evolução dos últimos anos se prende com a introdução de tecnologia e gadgets, mais para uso do condutor e ocupantes do que propriamente o carro. Depois em termos de segurança também se nota alguma evolução, especialmente face aos carros dos anos 90. Em motores e performance, no que toca aos diesel a grande evolução deu-se à já alguns anos, agora está-se mais na fase de maturação, onde as diferenças para à 10 anos atrás não são assim tão grandes, já nos carros a gasolina o mercado ainda está a evoluir com o downsizing de motores e a introdução dos turbos pela parte de quase todas as marcas, desde os comuns 1.0 e 1.0 até aos Ferrari!
    Em termos estéticos acho que é precisamente onde a coisa pouco ou nada tem evoluído. As soluções utilizadas poderiam perfeitamente sê-lo à 10 anos atrás que não se iria notar muito, em alguns casos têm-se revelado apenas uma alternativa diferente, noutros até regrediu. Uma nota também para a volumetria e peso, que se têm mantido estáveis neste mesmo período, com oportunidades de emagrecimento, mas nada de muito acentuado.

    Em suma, quem vê os carros novos a passar na rua parece que nada evoluíram, mas basta entrar lá dentro e começar a usar que não é bem assim, e aí se percebe que tem mudado bastantes coisas, não são é tão visíveis.
    Estou curioso pelo rumo que se pode levar com a entrada dos carros eléctricos, pois um compartimento com este formato para o motor não será necessário, bem como a quantidade de grelhas destinadas a ventilação e errefecimento do motor, e em contrapartida é preciso espaço para baterias, e um aumento drástico do peso dos carros.
    A condução autónoma também tem uma palavra a dizer nesta questão funcional e volumétrica, e ainda mais quando estiver a funcionar correctamente e provavelmente os acidentes sejam quase inexistentes. Provavelmente vamos assistir ao surgimento de formatos nunca antes vistos, pois os actuais estão associados a um determinado tipo de funcionamento.
    Outra coisa que questiono é até que ponto um carro actual não estará daqui a 40 anos como os carros dos anos 20/40 para os 40 anos imediatamente a seguir, uma vez que houve mudanças radicais no formato e se tornaram "disfuncionais"

  29. #59
    Banido
    Data de Registo
    Apr 2016
    Posts
    5,759

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por brunomeleiro Ver Post
    Em parte concordo. Acho que a grande evolução dos últimos anos se prende com a introdução de tecnologia e gadgets, mais para uso do condutor e ocupantes do que propriamente o carro. Depois em termos de segurança também se nota alguma evolução, especialmente face aos carros dos anos 90. Em motores e performance, no que toca aos diesel a grande evolução deu-se à já alguns anos, agora está-se mais na fase de maturação, onde as diferenças para à 10 anos atrás não são assim tão grandes, já nos carros a gasolina o mercado ainda está a evoluir com o downsizing de motores e a introdução dos turbos pela parte de quase todas as marcas, desde os comuns 1.0 e 1.0 até aos Ferrari!
    Em termos estéticos acho que é precisamente onde a coisa pouco ou nada tem evoluído. As soluções utilizadas poderiam perfeitamente sê-lo à 10 anos atrás que não se iria notar muito, em alguns casos têm-se revelado apenas uma alternativa diferente, noutros até regrediu. Uma nota também para a volumetria e peso, que se têm mantido estáveis neste mesmo período, com oportunidades de emagrecimento, mas nada de muito acentuado.
    ....
    Houve algumas coisas que mudaram, mas por exemplo pegas num Golf V 1.9 tdi 105cv de 2004 e um Golf actual 1.6 tdi, tens 13 anos de diferença e mais coisa menos coisa não mudou nada que faça a diferença até em performance e consumos é semelhante. Já se andares para trás 13 anos e entrares num GOlf III 1.6 gtd e há não tem nada a ver a todos os níveis.

    Eu em 2010 troquei um segmento C de 96 por um carro novo, e passado 1 ano tive um acidente se não tivesse trocado de carro tinha saido do acidente em muito mau estado ou não tinha saido, e é esse tipo de evolução que falava.

  30. #60
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Jul 2009
    Posts
    9,553

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por johndeamon Ver Post
    Houve algumas coisas que mudaram, mas por exemplo pegas num Golf V 1.9 tdi 105cv de 2004 e um Golf actual 1.6 tdi, tens 13 anos de diferença e mais coisa menos coisa não mudou nada que faça a diferença até em performance e consumos é semelhante. Já se andares para trás 13 anos e entrares num GOlf III 1.6 gtd e há não tem nada a ver a todos os níveis.

    Eu em 2010 troquei um segmento C de 96 por um carro novo, e passado 1 ano tive um acidente se não tivesse trocado de carro tinha saido do acidente em muito mau estado ou não tinha saido, e é esse tipo de evolução que falava.
    Sim, nisso que falas concordo plenamente, e acho que falei disso no meu post.
    Mas ainda assim acho que se nota muitas alterações tecnológicas nos carros actuais, principalmente em termos de interface e ligação à internet, por exemplo. Podes não usar, tal como eu não uso muito, e por isso não notar diferenças, mas há utilizadores para quem a falta disso é o fim do mundo!

    A questão da segurança é notória realmente como dizes, e se a 96 recuares uma meia dúzia de aninhos, então ainda encontras projectos dos anos 80 completamente medonhos!
    De 2010 para cá, tem havido ainda assim muita evolução no capítulo da segurança, mas mais em termos de segurança activa e ajudas à condução, mas que ainda estão pouco presentes nos segmentos mais baixos.
    A condução autónoma é o passo gigante que falta no capítulo segurança e que já está a acontecer. Aí sim se vai realmente mudar o modo de condução e a perspectiva como se olha para o automóvel.

Página 2 de 5 PrimeiraPrimeira 123 ... ÚltimaÚltima

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •