Carrinha segmento C a gasolina - Página 3

Página 3 de 3 PrimeiraPrimeira ... 23
A mostrar resultados 61 para 73 de 73

Título: Carrinha segmento C a gasolina

  1. #61
    Piloto de Testes pedrolima678's Avatar
    Data de Registo
    May 2011
    Localização
    Porto
    Posts
    2,364

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por zedmamed Ver Post
    Estávamos a referir-nos ao 1.2 TCE 130 da Renault ;)

    Enviado do meu ONEPLUS A3003 através de Tapatalk
    Eu sei, mas o tipo de motor será idêntico, baixa cilindrada e turbinado.

    A minha experiência é positiva.


  2. #62
    Chefe de Equipa Omega's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Posts
    26,844

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por CG30 Ver Post
    Boas,
    Há uns tempos coloquei um post sobre utilitários a gasolina na ordem dos 3.000€ para servir como 2º carro para cidade. Mas depois de analisar bem, decidi abandonar a ideia porque seria sempre um risco ter um carro "velho" e sujeito a ter que incorrer em muitas despesas num carro "muito desatualizado", e a ideia era ter o carro uns bons anos.

    Como a ideia é fazer ~20.000 kms e dadas as notícias que apontam para o fim dos motores diesel em todos os segmentos, a ideia seria comprar uma carrinha confortável (será para fazer algumas viagens longas), com boa bagageira e boa assistência. Configurações desportivas não procuro porque privilegio o conforto.
    Porém, o que reparo é que neste segmento a oferta/análises são praticamente inexistentes. Aliás, a maior parte das carrinhas que coloco nem existem no Standvirtual atualmente.

    Assim, da listagem abaixo gostaria de saber algum feedback por parte dos utilizadores sobre qual a melhor "value for Money" atualmente, para compra em novo nos próximos meses. E já agora se estão previstos novos motores interessantes a gasolina ou híbridos.

    - Seat Leon ST 1.5 TSI 150 CV DSG (novo motor)
    - VW Golf variant 1.5 TSI 150 DSG (novo motor)
    - Opel Astra ST 1.4 gasolina 150 CV cx automática
    - Peugeot 308 SW 1.2 130 cv puretech caixa automática
    - Renault mégane ST 1.2 130 cv Tce caixa automática
    Acho que nos próximos 25... anos os Diesel continuarão a andar por cá.

    Mesmo assim, e apesar de ter atualmente 2 carros a Diesel, se estivesse comprador de outro seria provavelmente a gasolina e eventualmente híbrido.

    Dos que referes, talvez o Leon. Mas há também, Auris, i30, C'eed...

  3. #63
    Banido ricbarata's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2013
    Posts
    3,513

    Por Defeito

    Ainda nem li tudo mas coloco aqui :

    Comparativo: Ford Fiesta 1.0 EcoBoost x VW Golf 1.0 TSI

    De categorias diferentes, Fiesta e Golf se confrontam para decidir: qual é o melhor motor 1.0 turbinado do mercado?

    http://quatrorodas.abril.com.br/test...comentarios-1/


    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Anos atrás, carros 1.0 eram lentos e simplórios. Exceções eram casos como o Volkswagen Gol 1.0 16V Turbo e o Ford Fiesta 1.0 8V Supercharger que, ainda assim, não eram muito agradáveis para o dia a dia (o Gol carecia de torque em baixas rotações, enquanto o Fiesta era gastão ainda por cima).[/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Hoje, as mesmas VW e Ford estão na liderança da tecnologia entre os motores 1.0 com seus Golf 1.0 TSI e Fiesta 1.0 EcoBoost. Claro que estamos falando de dois produtos de categorias distintas: um hatch compacto premium e um hatch médio que, curiosamente, têm preços bem próximos: o Fiesta custa R$ 74.490, enquanto o Golf está tabelado em R$ 77.247.[/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Os câmbios, porém, ajudam a afastar os dois tipos de público: o Ford tem o automatizado de dupla embreagem Powershift, enquanto o VW traz um manual de seis marchas, sem opção de automático – o que continua inexplicável por parte da Volks.

    [/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Os preços assustam quem se acostumou a considerar todo 1.0 popular, mas justificam isso na tecnologia embarcada e ao desbancar seus pares com motor 1.6 aspirado em desempenho e, principalmente, consumo. Afinal, não é qualquer carro que consegue superar as médias urbanas (com gasolina) de 12,5 km/l do Fiesta e 12,9 km/l do Golf.[/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Nos testes de pista feitos pela QUATO RODAS, sempre com gasolina, o Fiesta 1.0 EcoBoost levou a melhor sobre o Fiesta 1.6 aspirado tanto na aceleração de 0 a 100 km/h (9,5 s contra 10,5 s, fazendo dele o líder do nosso ranking entre os compactos) quanto na retomada, superando o 1.6 em quase 2 segundos na recuperação de 80 a 120 km/h.[/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]A diferença de desempenho entre o Golf 1.0 TSI e o 1.6 MSI foi ainda maior. Na aceleração de 0 a 100 km/h, a vantagem do turbinado foi de 2,6 segundos (10,4 s contra 13,0 s). Em nosso comparativo, adicionamos uma carga de 285 kg nos dois modelos para ver se o 1.0 sentia mais a diferença. Não foi o que ocorreu: a vantagem no 0 a 100 km/h aumentou para 2,8 segundos (12,2 s contra 15,0 s).[/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]E por falar em peso, um aviso: ao contrário do que muita gente imagina, a diferença entre Golf e Fiesta é pequena: apenas 45 kg (1.223 contra 1.178 kg), o equivalente a um passageiro adolescente ainda em fase de crescimento.[/COLOR]
    Maravilhas pequenas

    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]O motor 1.0 EcoBoost de três cilindros do Fiesta é importado da Romênia. Sem capa protetora, parece não fazer questão de esconder os tubos, cabos, o turbo – que gera pressão de até 1,5 bar – e o sistema injeção direta de gasolina (não ouse colocar álcool, ele não é flex). Quem fica escondido é o coletor de escape integrado ao cabeçote de alumínio, o que acelera o aquecimento do motor na fase inicial.

    [/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Já o bloco é de ferro fundido. Apesar de mais pesado, foi escolhido pela Ford por esquentar duas vezes mais rápido que o alumínio (que, por sua vez, leva vantagem na dissipação de calor), o que faz o motor alcançar a temperatura ideal de funcionamento mais cedo. A propósito, cabeçote e bloco têm circuito de arrefecimento independente para que cada componente mantenha sua temperatura ideal.[/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Tão importante quanto a injeção direta e o turbo é o duplo comando de válvulas variável. Ele muda o tempo de abertura das válvulas de forma que o rendimento do motor seja otimizado para cada condição de rotação. A correia dentada que move os comandos é banhada em óleo e dura tanto quanto uma corrente de distribuição: 240.000 km.[/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Esta correia, que também está no Ka com a versão aspirada do mesmo motor, reduz o atrito do motor a ponto de torná-lo 1,5% mais econômico.
    [/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]O motor Volkswagen é bastante parecido: turbo, injeção direta e circuitos de arrefecimento independentes para cabeçote e bloco estão lá. Mas há um circuito de arrefecimento extra, que envolve o intercooler ar-água instalado no coletor de admissão.

    [/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]A ideia é esfriar o ar admitido pelo motor, o que aumenta a massa de ar que entra na câmara de combustão e diminui a tendência de autodetonação. Já seu duplo comando de válvulas variável depende de uma correia dentada convencional. [/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]A pressão gerada pelo turbocompressor do Golf é de 1,3 bar, menor que a do Fiesta. Por outro lado, sua bomba da injeção direta pode alcançar 250 bar de pressão, contra 150 bar do Fiesta. Não é sempre que essa bomba alcança toda sua pressão, mas a variação dela ajuda a alcançar uma queima melhor para cada modo de funcionamento.[/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]São receitas um pouco diferentes que se traduzem em números de potência parecidos: 125 cv a 6.000 rpm no Fiesta e 116/125 cv a 5.500 rpm no Golf. Só que a Volks tira do motor 1.0 um torque cavalar de 20,4 mkgf – número digno de um 2.0 aspirado, como o de um Sandero RS – já aos 2.000 rpm, seja com etanol ou gasolina, contra os 17,3 mkgf entre 1.400 e 4.000 rpm do Ford.[/COLOR]
    Manual ou automático?

    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Torque sempre é bem vindo, principalmente quando surge desde cedo. No caso do Golf, isso permitiu à VW adotar um câmbio de seis marchas com escalonamento longo, visando a economia de combustível. Porém, às vezes é necessário voltar à primeira marcha ao passar por lombadas que geralmente seriam transpostas em 2ª.

    [/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Por outro lado, na estrada pode-se deixar o três-cilindros ronronando próximo dos 2.000 rpm em 6º marcha; ele não necessita de mais do que isso para se manter em 110 km/h. Na hora de ultrapassar, reduzir as marchas não é problema: os engates são rápidos, curtos e precisos, típicos da Volks – e um verdadeiro deleite para os fãs dos manuais.[/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Tanto na cidade quanto em trechos rodoviários, o motor 1.0 TSI (com mais potência e torque que o utilizado no Up!) não é apenas adequado: ele agrada de verdade, exibindo aquela pegada agressiva do turbo quando necessário. Até mesmo o ronquinho metálico e a aspereza de funcionamento do três cilindros caem bem, dando um toque de esportividade ao carro.[/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Fora isso, é um Golf como outro qualquer. Você tem a construção sólida, com acabamento esmerado e preocupado com detalhes como o acarpetado do porta objetos da porta, bom espaço interno, bancos confortáveis e, para o motorista, boa ergonomia e dinâmica bem equilibrada entre conforto e esportividade.[/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Já o acabamento e espaço interno do Fiesta ficam devendo, com plásticos de aspecto muito simples para um carro que ultrapassa a casa dos R$ 70 mil. A coisa piora ao manusear o obsoleto sistema de som Sync, com tela azul parece rodar sistema DOS e um teclado repleto de teclas pequenas e próximas, quase um perigo ao ser manuseada enquanto dirigimos.

    [/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Em contrapartida, o Ford consegue ser mais divertido na estrada. O volante pode ser deslocado para bem perto do motorista (ainda que seja necessária uma força fora do comum para movimentá-lo), e a posição de dirigir é central em relação ao comprimento do carro.[/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]A direção com assistência elétrica é mais direta que a do Golf, e o entre-eixos curto, combinado com a suspensão firme (mas ainda capaz de filtrar bem as irregularidades) tornam o Fiesta Ecoboost um brinquedinho muito legal em estradas sinuosas. Tempos atrás, ele poderia facilmente ser vendido como esportivo por aqui, tamanha a entrega de desempenho e o apetite por curvas.
    [/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Não fosse pelo câmbio Powershift, você até poderia considerá-lo uma versão mais simples do Fiesta ST europeu (que tem câmbio manual). Embora ofereça o melhor casamento entre câmbio e motor entre os Ford vendidos no Brasil, ele ainda deve suavidade e agilidade nas trocas, e é muito barulhento no acoplamento de marcas. As borboletas para trocas sequenciais fazem falta: não dá para imaginar alguém usando a sério os botões na lateral da alavanca de câmbio, totalmente anti-intuitivos.

    [/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]Mesmo assim, se fôssemos escolher um vencedor, ele seria o Golf 1.0 TSI. Apesar de mais caro e sem a opção de câmbio automático, ele tem qualidade de construção superior, maior espaço (um sério problema da geração atual do Fiesta) e prazer ao dirigir só um pouco inferior.[/COLOR]
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)]O Fiesta EcoBoost, por outro lado, é capaz de fazer seu motorista esquecer de todos os defeitos, graças a um comportamento exemplar, arrancando com rapidez e contornando curvas no limite da aderência. Só assim, deixando a racionalidade de lado, é possível justificar sua compra.

    á para quem não cogita adquirir nenhum deles, mas visualiza a aplicação dos dois conjuntos mecânicos em outros modelos (o que deve acontecer em breve), a análise não poderia ser melhor: econômicos e performáticos, eles devem exterminar qualquer resquício de preconceito em relação aos “1.0”.
    [/COLOR]

  4. #64
    Banido ricbarata's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2013
    Posts
    3,513

    Por Defeito

    Teste de pista (com gasolina)

    Golf 1.0 TSI Fiesta 1.0 EcoBoost
    Aceleração de 0 a 100 km/h 10,4 s 9,5 s
    Aceleração de 0 a 1000 m 31,8 s – 164,6 km/h 31,0 s – 170 km/h
    Retomada de 40 a 80 km/h 5,6 s (em 3ª) 3,9 s (em D)
    Retomada de 60 a 100 km/h 7,7 s (em 4ª) 4,8 s (em D)
    Retomada de 80 a 120 km/h 10,3 s (em 5ª) 6,5 (em D)
    Frenagens de 60 / 80 / 120 km/h a 0 15,1 / 26,3 / 59,8 m 17 / 27,8 / 65,8 m
    Consumo urbano 12,9 km/l 12,5 km/l
    Consumo rodoviário 17,8 km/l 16,1 km/l
    [COLOR=rgba(33, 33, 33, 0.870588)][/COLOR]
    Ficha Técnica

    Golf 1.0 TSI Fiesta 1.0 EcoBoost
    Motor flex, diant., tras., 3 cil. 12V, turbo, injeção direta, 999 cm³, 74,5 x 76,4 mm, 10,5:1, 125/116 cv a 5.500 rpm, 20,4 mkgf a 2.000 rpm gasolina, dianteiro, transversal, 3 cil., inj. direta, turbo, 999 cm³, 12V, 125 cv a 6.000 rpm, 17,3 mkgf de 1.400 a 4.000 rpm
    Câmbio manual, 6 marchas, tração dianteira automatizado de dupla embreagem, seis marchas, tração dianteira
    Suspensão McPherson (diant.)/ eixo de torção (tras.) McPherson (diant.)/ eixo de torção (tras.)
    Freios discos ventilados (diant.), sólidos (tras.) a disco (diant.)/ tambor (tras.)
    Direção elétrica, 10,9 m (diam. giro) elétrica, 10,1 m (diam. giro)
    Rodas e pneus liga leve, 225/45 R17 liga leve, 195/50 R16
    Dimensões comprimento, 425,5 cm; largura, 179,9 cm; altura, 146,8 cm; entre-eixos, 263,8 cm; porta-malas, 313 l; peso, 1.223 kg tanque de combustível, 51 l comprimento, 396,9 cm; altura, 146,4 cm; largura. 172,2 cm; entre-eixos, 248,9 cm; porta-malas, 281 l; peso, 1.178 kg; tanque de combustível, 52 l
    Preço R$ 77.247 R$ 74.490

  5. #65
    Banido ricbarata's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2013
    Posts
    3,513

    Por Defeito

    Compararem 1.0 com 1.5 é dose !!!!


  6. #66
    Piloto de Kart Autox's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2010
    Localização
    Porto
    Posts
    478

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por pedrolima678 Ver Post
    Penso que andas um pouco afastado das noticias que tem saído, sobre os motores diesel acabarem.. nomeadamente na Alemanha, dentro de alguns anos.
    Motores a diesel vão acabar??? Dessa não sabia. Dentro de alguns anos mas isso é quanto? 5? 10? 20?
    Não estou a ser sarcástico, apenas fiquei curioso. Ainda para mais quando em Portugal os motores a diesel são reis e senhores das vendas. Mesmo quem não precisa compra a diesel. Mentalidades.

  7. #67
    Piloto de Testes pedrolima678's Avatar
    Data de Registo
    May 2011
    Localização
    Porto
    Posts
    2,364

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Autox Ver Post
    Motores a diesel vão acabar??? Dessa não sabia. Dentro de alguns anos mas isso é quanto? 5? 10? 20?
    Não estou a ser sarcástico, apenas fiquei curioso. Ainda para mais quando em Portugal os motores a diesel são reis e senhores das vendas. Mesmo quem não precisa compra a diesel. Mentalidades.
    Nem vou alimentar a discussão... O pior cego é aquele que não quer ver...

  8. #68
    Suspenso lemor's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2005
    Localização
    margem sul
    Posts
    5,627

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por pedrolima678 Ver Post
    Nem vou alimentar a discussão... O pior cego é aquele que não quer ver...
    Mas há 2 ou 3 anos era impensável termos essas discussão aqui. Era só diesel heads.

  9. #69
    Piloto de Kart Autox's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2010
    Localização
    Porto
    Posts
    478

    Por Defeito Carrinha segmento C a gasolina

    Citação Originalmente Colocado por pedrolima678 Ver Post
    Nem vou alimentar a discussão... O pior cego é aquele que não quer ver...
    Só se for por não ser a thread ideal e fazer off-topic porque repito, eu só quero saber mais sobre o assunto.
    Não sou nem diesel-fan, nem gasolina-fan

  10. #70
    Banido fjp335i's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Posts
    10,225

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Autox Ver Post
    Só se for por não ser a thread ideal e fazer off-topic porque repito, eu só quero saber mais sobre o assunto.
    Não sou nem diesel-fan, nem gasolina-fan
    para teres uma ideia, já foi aprovada uma lei na Alemanha que vai impedir o fabrico de carros com motor diesel a partir de 2030. O que já levou as marcas alemãs a encerrarem todos os seus projectos de desenvolvimento de motores diesel.

    Dai se começar a falar tanto, não no fim do diesel, mas que cada vez será mais penalizado, não tenho dúvidas. Uma das coisas, por exemplo, e é apenas a minha convicção, e o preço do combustível vir a equiparar se ao da gasolina ou ficar mesmo mais caro, como já acontece em alguns países.

  11. #71
    Piloto de Kart Autox's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2010
    Localização
    Porto
    Posts
    478

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por fjp335i Ver Post
    para teres uma ideia, já foi aprovada uma lei na Alemanha que vai impedir o fabrico de carros com motor diesel a partir de 2030. O que já levou as marcas alemãs a encerrarem todos os seus projectos de desenvolvimento de motores diesel.

    Dai se começar a falar tanto, não no fim do diesel, mas que cada vez será mais penalizado, não tenho dúvidas. Uma das coisas, por exemplo, e é apenas a minha convicção, e o preço do combustível vir a equiparar se ao da gasolina ou ficar mesmo mais caro, como já acontece em alguns países.
    Tou a ver. No entanto os motores diesel melhoraram muito nos últimos anos. São mais eficientes, têm mais performance e são mais silenciosos. O diesel também está mais refinado. Sei que mesmo assim um motor a diesel é mais poluente do que um equivalente a gasolina (mas quanto mais?).
    Por isso não entendo bem esta "guerra" ao diesel e este "deixa passar" para os motores a gasolina. Em termos ambientais devemo-nos preocupar é com os combustíveis fósseis.

  12. #72
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Jul 2009
    Posts
    9,543

    Por Defeito

    A guerra ao diesel deve prender-se com o facto de ser menos rentável a produção e o desenvolvimento de motores para esse combustível, só isso!

  13. #73
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Jul 2009
    Posts
    9,543

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ricbarata Ver Post
    Compararem 1.0 com 1.5 é dose !!!!
    Também não deves comparar um Golf a um Fiesta, nem sequer um manual com um automático.
    Além de mais esses carros são do mercado brasileiro, que pode significar algumas diferenças para os europeus.

    Por acaso já tinha lido esse artigo à uns dias, e queria destacar umas coisas: o facto do Golf ficar mais potente e perfomante com álcool, coisa que no fiesta não dá; a diferença de performance para o 1.6 em ambos os casos e com peso adicional; a opinião que têm do comportamento de ambos, e o facto do Fiesta por lá ser quase ao preço do Golf

Página 3 de 3 PrimeiraPrimeira ... 23

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •