Dificuldades e Burocracias em pedir matrícula exportação Alemanha - Portugal - Página 2

Página 2 de 2 PrimeiraPrimeira 12
A mostrar resultados 31 para 37 de 37
Like Tree47Likes

Título: Dificuldades e Burocracias em pedir matrícula exportação Alemanha - Portugal

  1. #31
    Piloto de Testes Nightwisher's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2004
    Localização
    Costa da Caparica, Portugal.
    Posts
    4,483

    Por Defeito

    Ou seja é a mesma coisa que não ter, fora da Alemanha.
    Já se sabe como são as seguradoras para sacudir a água do capote, logo que notem alguma não conformidade (matrícula fora do âmbito de utilização).


  2. #32
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    May 2009
    Posts
    5,544

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por tgfj555 Ver Post
    Obrigado!!

    Na Alemanha, ao contrário de Portugal, quando se trata da matrícula temporária o seguro é automaticamente acoplado à matrícula (o tal EVB_Nummer), ou seja, dentro dos dados da matrícula já existe a seguradora associada e responsável por esta identidade.
    Certo, o seguro está acoplado à matrícula mas este tem a mesma validade que a matricula. Não estou a ver como podes comprar uma matrícula com validade de 3 dias e teres seguro para vinte e tal dias...

    Algo não bate certo e quer me parecer que o vendedor te enganou.

    Nos tempos em que ia buscar carros à Alemanha trazia sempre matrícula com validade para 15 dias, isto para dar tempo suficiente para poder circular com o carro em Portugal enquanto tratava do processo de legalização.

    Quer me parecer que correste um grande risco e que se as autoridades te fizessem uma fiscalização apreendiam o carro ppr circular com matrícula caducada.
    whocarez1973 gosta disto.

  3. #33
    CL
    CL está offline
    Banido CL's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2003
    Localização
    Entre Torres Vedras e Algarve... é de dias!
    Posts
    10,303

    Por Defeito

    Oh camarada tf... (pá... tens que arranjar um nick mais fácil... 555?) caraças, eu ainda te continuo a gabar! O que tu fizeste é para muito poucos!

    A malta vai à Alemanha mas é para trazer carros a gasóleo que a gente abastece em qualquer aldeia... ou ainda há uns malucos que lá vão buscar um a gasolina ou híbridos daqueles que andam 15-20 km a electricidade... mas são raros!

    Agora 100% eléctricos... não haverá muitos!

    Não sei qual o teu ramo de negócio nem quero saber. Tenho a certeza que ponderaste muito bem a tua compra e que vais ser muito bem sucedido no que quer que seja que a vida te apresente pela frente! Gente como tu tem sempre futuro!

    Lembro-me que aqui na minha zona vejo quase diariamente carrinhas dessas do "Queijo Saloio" ou do "Bolo do Caco" ou da fábrica de pastelaria e padaria da "Tia Arminda", sempre eléctricas, sem ruídos, e quase diariamente aqui. E vêm lá dos confins do Mundo de Loures ou nem sei de onde...

    Até me faz confusão porque essa "porcaria" não faz barulho e a gente quase nem dá com elas...

    Boa! Vou pôr o chapéu novamente só para o poder tirar!
    tgfj555 gosta disto.

  4. #34
    eu
    eu está offline
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    , , .
    Posts
    23,344

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por tgfj555 Ver Post
    4: Em direção a Poitiers (França)
    Que maravilha. Adoro conduzir em estradas deste tipo.
    tgfj555 gosta disto.

  5. #35
    Piloto de Kart tgfj555's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2014
    Localização
    Entre Miranda do Douro e Lisboa
    Posts
    352

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por oscarcc Ver Post
    Certo, o seguro está acoplado à matrícula mas este tem a mesma validade que a matricula. Não estou a ver como podes comprar uma matrícula com validade de 3 dias e teres seguro para vinte e tal dias...

    Algo não bate certo e quer me parecer que o vendedor te enganou.

    Nos tempos em que ia buscar carros à Alemanha trazia sempre matrícula com validade para 15 dias, isto para dar tempo suficiente para poder circular com o carro em Portugal enquanto tratava do processo de legalização.

    Quer me parecer que correste um grande risco e que se as autoridades te fizessem uma fiscalização apreendiam o carro ppr circular com matrícula caducada.
    Percebo a tua perspetiva. Analisando melhor, o que dizes até tem lógica.

    Não, o vendedor não me enganou. Este aconselhou-me a tratar das matrículas com etiqueta vermelha, as tais indicadas para exportação (Ausfuhrkennzeichen) que possuem validade para 15-30 dias.

    Aliás, é o que normalmente os portugueses fazem quando vão comprar veículos à Alemanha e, posteriormente, conduzem-os até cá. Acho que é bem raro haver algum que escolha as de etiqueta amarela.

    Se bem que, no guia para importar veículos da Alemanha acaba por ser uma hipótese a considerar, embora a primeira hipótese seja as que referi em cima.

    https://impostosobreveiculos.info/im...rros-alemanha/

    "Existem dois tipos de matrículas temporárias na Alemanha - as amarelas e as vermelhas.

    Como as matrículas portuguesas, estas matrículas temporárias têm uma faixa à direita com um fundo de cor amarela ou vermelha, onde está inscrita a data de validade da matrícula. As de fundo amarelo (mais baratas) são temporárias para circulação dentro da Alemanha. As de fundo vermelho (mais caras) são temporárias para exportação.

    Na prática, ambas podem ser usadas para trazer um carro para Portugal mas, enquanto nas vermelhas não há qualquer problema legal - são o que são, de exportação - algumas autoridades no caminho para Portugal podem levantar objecções ou problemas por causa das amarelas.


    Quer isto dizer: se lhe derem a escolher, escolha sempre as de fundo vermelho, de exportação."


    Não foi por falta de vontade que tentei escolher as de fundo vermelho.

    ---------------------------------------

    Passou-se o seguinte:

    Assim que foi efetuada a transferência em real-time (urgente para cair o mais depressa possível na conta do destinatário, sem ter de esperar alguns dias (ainda mais porque foi perto da altura do feriado do 5 de outubro), começou-se a tratar do processo para aquisição da matrícula com fundo vermelho.

    No entanto, no momento em que a compra foi feita, a atual matrícula (do vendedor) ainda não tinha sido abatida/cancelada. Devido à pandemia, para cancelar as matrículas tem que se fazer marcação. O que signfica alguns dias de espera, ainda mais se contar com fim de semana.

    Mas a verdade é que, eu não queria nem devia de perder tempo na alemanha, e pretendia trazer o veículo o mais breve possível.

    Tentei debater com o vendedor, a fim de possibilitar conduzir a carrinha para Portugal com a matrícula dele (a atual) mas com seguro em meu nome e assinando um termo de responsabilidade sobre quaisquer problemas que possam ocorrer. Ainda assim, não consegui (já houve um ex-cliente que falhou com ele no passado segundo percebi).

    Ainda assim, não desisti. Continuei a falar com o vendedor para irmos ao "IMT-Alemão" ou a uma casa de matrículas na proximidade. No IMT-Alemão, nada feito, pois é obrigatório marcação devido à pandemia. Na casa de matrículas, aceitavam fazer mas teria sempre de esperar, no mínimo, 9 dias úteis até que o processo ficasse concluído, o que para mim era muito tempo.

    Comecei a verificar que, para obter as matrículas com fundo vermelho (Ausfuhrkennzeichen), teria de esperar, inevitavelmente, vários dias, senão semanas. Mas a verdade é que eu não podia perder tempo.

    Pior ainda, foi quando tomei conhecimento da documentação necessária para tratar da matrícula de fundo vermelho, que tornou inviável esta escolha:

    - Teil I (original!)
    - Teil II (original!)
    - EVB_Nummer (seguro)
    - Visto (Check-up) do VIN (número do quadro) pelo "IMT-Alemão" (o que obrigava a mais uma marcação...)
    - Certificado de inspeção Alemão válido
    - Identificação pessoal (cartão de cidadão)
    - Comprovativo de conta bancária
    - Autorização SEPA para débito bancário
    - Formulário preenchido e devidamente assinado, para o governo local (no meu caso, de Trier) com dados de morada e residência na Alemanha.

    Ou seja, muitos documentos que tornava complicado trazer o veículo em 1 ou 2 dias. Com as marcações, no mínimo, 10 dias.

    Dado que não resido na Alemanha, não podia fazer um pedido de matrícula para exportação com os dados de Portugal.

    = Tecnicamente impossível

    Qual é que foi a alternativa?

    As matrículas de fundo amarelo (Kurzzeitkennzeichen).

    Fazem no próprio dia, muito menos documentação:

    - Teil I (pode ser cópia)
    - Teil II (pode ser cópia)
    - Certificado de inspeção Alemão válido
    - EVB_Nummer (seguro)
    - Documento de identificação (cartão de cidadão)

    Mas, ainda assim, dado que a matrícula é válida para circulação na Alemanha, é obrigatório o detentor ser residente no país. Como não sou, tive de procurar apoio de uma pessoa de perto e residente. Caso contrário, teria sido impossível pedir esta matrícula.


    -------------

    Por outras palavras, para ter as matrículas de fundo vermelho teria de esperar bastante tempo (10 dias min.) vs. matrículas de fundo amarelo que, para além da documentação ser menor, fazem no próprio dia.

    ------------------------------------------------------------

    Se tudo foi rosas? Claro que não...

    Eu sei que arrisquei um pouco.

    Mas foi a primeira vez, reti muita informação nova que pretendo melhorar futuramente para tomar as melhores decisões.

    Em termos de legalização, foi "arrancar ferros" para ter o mínimo que, ainda com mais ou menos vulnerabilidades, permitisse trazer a carrinha para cá.

    --------

    No entanto, ressalvo a situação com o vendedor que demonstrava alguma falta de conhecimento neste tipo de matrículas para exportação (Ausfuhrkennzeichen) e tentou, por várias vezes, tentar convencer-me o que muitos me fizeram, que seria chamar o reboque e trazer o veículo para Portugal, com todas as consequências que referi anteriormente.

    Digo isto porque, entretanto, descobri que diversos portugueses quando vão à Alemanha importar veículos negoceiam com o vendedor a fim de que, assim que for tomada a decisão de comprar, quando for levantado a matrícula de exportação já esteja presente, com os dados de residência do vendedor MAS com os dados do condutor e responsabilizante de quem o irá guiar até Portugal. Ou seja, quando chegam já tem tudo pronto, claro, pago antecipadamente.


    -------------------------------

    Espero que no futuro as burocracias com legalização sejam otimizadas e possam já estar incluídas no "pacote" aquando da compra de algum veículo, sem ter de estar a perder dias e dias com este tipo de assuntos.

    Citação Originalmente Colocado por CL Ver Post
    Oh camarada tf... (pá... tens que arranjar um nick mais fácil... 555?) caraças, eu ainda te continuo a gabar! O que tu fizeste é para muito poucos!
    Citação Originalmente Colocado por CL Ver Post

    A malta vai à Alemanha mas é para trazer carros a gasóleo que a gente abastece em qualquer aldeia... ou ainda há uns malucos que lá vão buscar um a gasolina ou híbridos daqueles que andam 15-20 km a electricidade... mas são raros!

    Agora 100% eléctricos... não haverá muitos!

    Não sei qual o teu ramo de negócio nem quero saber. Tenho a certeza que ponderaste muito bem a tua compra e que vais ser muito bem sucedido no que quer que seja que a vida te apresente pela frente! Gente como tu tem sempre futuro!

    Lembro-me que aqui na minha zona vejo quase diariamente carrinhas dessas do "Queijo Saloio" ou do "Bolo do Caco" ou da fábrica de pastelaria e padaria da "Tia Arminda", sempre eléctricas, sem ruídos, e quase diariamente aqui. E vêm lá dos confins do Mundo de Loures ou nem sei de onde...

    Até me faz confusão porque essa "porcaria" não faz barulho e a gente quase nem dá com elas...

    Boa! Vou pôr o chapéu novamente só para o poder tirar!


    Dá para mudar o nick?


    Acredito sim, mas aí é que está, para mim foi algo nada por aí além e para muitos é uma coisa extraordinária, aqui está a diferença... Se fosse para a China aí o assunto podia ser diferente

    É verdade, ainda existem poucos exemplares destes em Portugal. E quando se encontra, são normalmente de empresas. Mas acredito que no futuro isso vá mudar, ainda mais quando falamos de carrinhas e empresas que possuem carrinhas normalmente costumam fazer muitos km por ano e aqui a diferença entre despesas de elétrico com um a gasóleo são logo incrementadas.

    Em 1 mês e meio já vou nos 7000km... O que seria se fosse com um a gasóleo? (NOTA: Antes que digam a questão do tempo, a maior parte dos carregamentos nestes 7000km foram em casa, no "trabalho", portanto não me incomodou...)
    Última edição por tgfj555 : 06-12-21 às 20:24:38
    eu e whocarez1973 gostam disto.


  6. #36
    eu
    eu está offline
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    , , .
    Posts
    23,344

    Por Defeito

    Obrigado por toda a informação que deixaste no tópico.

    Certamente que será muito útil a quem quiser fazer algo semelhante.
    tgfj555 gosta disto.

  7. #37
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    May 2009
    Posts
    5,544

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por tgfj555 Ver Post
    Percebo a tua perspetiva. Analisando melhor, o que dizes até tem lógica.

    Não, o vendedor não me enganou. Este aconselhou-me a tratar das matrículas com etiqueta vermelha, as tais indicadas para exportação (Ausfuhrkennzeichen) que possuem validade para 15-30 dias.

    Aliás, é o que normalmente os portugueses fazem quando vão comprar veículos à Alemanha e, posteriormente, conduzem-os até cá. Acho que é bem raro haver algum que escolha as de etiqueta amarela.

    Se bem que, no guia para importar veículos da Alemanha acaba por ser uma hipótese a considerar, embora a primeira hipótese seja as que referi em cima.

    https://impostosobreveiculos.info/im...rros-alemanha/

    "Existem dois tipos de matrículas temporárias na Alemanha - as amarelas e as vermelhas.

    Como as matrículas portuguesas, estas matrículas temporárias têm uma faixa à direita com um fundo de cor amarela ou vermelha, onde está inscrita a data de validade da matrícula. As de fundo amarelo (mais baratas) são temporárias para circulação dentro da Alemanha. As de fundo vermelho (mais caras) são temporárias para exportação.

    Na prática, ambas podem ser usadas para trazer um carro para Portugal mas, enquanto nas vermelhas não há qualquer problema legal - são o que são, de exportação - algumas autoridades no caminho para Portugal podem levantar objecções ou problemas por causa das amarelas.


    Quer isto dizer: se lhe derem a escolher, escolha sempre as de fundo vermelho, de exportação."


    Não foi por falta de vontade que tentei escolher as de fundo vermelho.

    ---------------------------------------

    Passou-se o seguinte:

    Assim que foi efetuada a transferência em real-time (urgente para cair o mais depressa possível na conta do destinatário, sem ter de esperar alguns dias (ainda mais porque foi perto da altura do feriado do 5 de outubro), começou-se a tratar do processo para aquisição da matrícula com fundo vermelho.

    No entanto, no momento em que a compra foi feita, a atual matrícula (do vendedor) ainda não tinha sido abatida/cancelada. Devido à pandemia, para cancelar as matrículas tem que se fazer marcação. O que signfica alguns dias de espera, ainda mais se contar com fim de semana.

    Mas a verdade é que, eu não queria nem devia de perder tempo na alemanha, e pretendia trazer o veículo o mais breve possível.

    Tentei debater com o vendedor, a fim de possibilitar conduzir a carrinha para Portugal com a matrícula dele (a atual) mas com seguro em meu nome e assinando um termo de responsabilidade sobre quaisquer problemas que possam ocorrer. Ainda assim, não consegui (já houve um ex-cliente que falhou com ele no passado segundo percebi).

    Ainda assim, não desisti. Continuei a falar com o vendedor para irmos ao "IMT-Alemão" ou a uma casa de matrículas na proximidade. No IMT-Alemão, nada feito, pois é obrigatório marcação devido à pandemia. Na casa de matrículas, aceitavam fazer mas teria sempre de esperar, no mínimo, 9 dias úteis até que o processo ficasse concluído, o que para mim era muito tempo.

    Comecei a verificar que, para obter as matrículas com fundo vermelho (Ausfuhrkennzeichen), teria de esperar, inevitavelmente, vários dias, senão semanas. Mas a verdade é que eu não podia perder tempo.

    Pior ainda, foi quando tomei conhecimento da documentação necessária para tratar da matrícula de fundo vermelho, que tornou inviável esta escolha:

    - Teil I (original!)
    - Teil II (original!)
    - EVB_Nummer (seguro)
    - Visto (Check-up) do VIN (número do quadro) pelo "IMT-Alemão" (o que obrigava a mais uma marcação...)
    - Certificado de inspeção Alemão válido
    - Identificação pessoal (cartão de cidadão)
    - Comprovativo de conta bancária
    - Autorização SEPA para débito bancário
    - Formulário preenchido e devidamente assinado, para o governo local (no meu caso, de Trier) com dados de morada e residência na Alemanha.

    Ou seja, muitos documentos que tornava complicado trazer o veículo em 1 ou 2 dias. Com as marcações, no mínimo, 10 dias.

    Dado que não resido na Alemanha, não podia fazer um pedido de matrícula para exportação com os dados de Portugal.

    = Tecnicamente impossível

    Qual é que foi a alternativa?

    As matrículas de fundo amarelo (Kurzzeitkennzeichen).

    Fazem no próprio dia, muito menos documentação:

    - Teil I (pode ser cópia)
    - Teil II (pode ser cópia)
    - Certificado de inspeção Alemão válido
    - EVB_Nummer (seguro)
    - Documento de identificação (cartão de cidadão)

    Mas, ainda assim, dado que a matrícula é válida para circulação na Alemanha, é obrigatório o detentor ser residente no país. Como não sou, tive de procurar apoio de uma pessoa de perto e residente. Caso contrário, teria sido impossível pedir esta matrícula.




    -------------

    Por outras palavras, para ter as matrículas de fundo vermelho teria de esperar bastante tempo (10 dias min.) vs. matrículas de fundo amarelo que, para além da documentação ser menor, fazem no próprio dia.

    ------------------------------------------------------------

    Se tudo foi rosas? Claro que não...

    Eu sei que arrisquei um pouco.

    Mas foi a primeira vez, reti muita informação nova que pretendo melhorar futuramente para tomar as melhores decisões.

    Em termos de legalização, foi "arrancar ferros" para ter o mínimo que, ainda com mais ou menos vulnerabilidades, permitisse trazer a carrinha para cá.

    --------

    No entanto, ressalvo a situação com o vendedor que demonstrava alguma falta de conhecimento neste tipo de matrículas para exportação (Ausfuhrkennzeichen) e tentou, por várias vezes, tentar convencer-me o que muitos me fizeram, que seria chamar o reboque e trazer o veículo para Portugal, com todas as consequências que referi anteriormente.

    Digo isto porque, entretanto, descobri que diversos portugueses quando vão à Alemanha importar veículos negoceiam com o vendedor a fim de que, assim que for tomada a decisão de comprar, quando for levantado a matrícula de exportação já esteja presente, com os dados de residência do vendedor MAS com os dados do condutor e responsabilizante de quem o irá guiar até Portugal. Ou seja, quando chegam já tem tudo pronto, claro, pago antecipadamente.


    -------------------------------

    Espero que no futuro as burocracias com legalização sejam otimizadas e possam já estar incluídas no "pacote" aquando da compra de algum veículo, sem ter de estar a perder dias e dias com este tipo de assuntos.



    Dá para mudar o nick?


    Acredito sim, mas aí é que está, para mim foi algo nada por aí além e para muitos é uma coisa extraordinária, aqui está a diferença... Se fosse para a China aí o assunto podia ser diferente

    É verdade, ainda existem poucos exemplares destes em Portugal. E quando se encontra, são normalmente de empresas. Mas acredito que no futuro isso vá mudar, ainda mais quando falamos de carrinhas e empresas que possuem carrinhas normalmente costumam fazer muitos km por ano e aqui a diferença entre despesas de elétrico com um a gasóleo são logo incrementadas.

    Em 1 mês e meio já vou nos 7000km... O que seria se fosse com um a gasóleo? (NOTA: Antes que digam a questão do tempo, a maior parte dos carregamentos nestes 7000km foram em casa, no "trabalho", portanto não me incomodou...)


    "O seguro temporário, apenas de responsabilidade civil (contra terceiros), é válido pelo mesmo prazo da matrícula e aumenta de custo conforme o prazo. Normalmente, não custa mais de 100€ a 150€ para 15 dias.

    O seguro deve ter uma duração que lhe permita viajar e tratar de todo o processo de legalização em Portugal. Pode escolher o mínimo mas, se não tem a papelada toda (COC por exemplo) eu aconselho pelo menos 30 dias, nunca se sabe se surge algum obstáculo, tendo depois que ficar com o carro parado porque a matrícula ou o seguro expirou."

    Tal como dizia, o seguro tem a mesma validade que a matricula, nem fazia sentido que assim não fosse.

    Por acaso já tinha visto carros importados com matricula amarela, mas se estas são somente para residentes alemães e unicamente para circular na Alemanha, apartir do momento que sais da Alemanha estás matrículas perdem validade.

    Quanto às vermelhas , as de exportação, estas também são rápidas de tratar, se estiver tudo bem com a documentação numa ou duas horas tens a matrícula emitida.
    Agora com a pandemia pode haver restrições mas o organismo que emite as amarelas é o mesmo que emite as vermelhas.


    Resumindo, atravessaste meia Europa com uma matrícula invalida e sem seguro.
    Mas isso agora não importa nada, correu tudo bem e foi uma grande aventura. O que importa agora é que tenhas boa sorte com a máquina.
    Última edição por oscarcc : 06-12-21 às 22:40:08
    tgfj555 gosta disto.

Página 2 de 2 PrimeiraPrimeira 12

Etiquetas para este tópico

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •