HONDA:Racing spirit?

A mostrar resultados 1 para 20 de 20

Título: HONDA:Racing spirit?

  1. #1
    Piloto de Testes pmv6's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2004
    Localização
    Lisboa.
    Posts
    2,976

    Por Defeito HONDA:Racing spirit?

    O Sr. Soichiro Honda frisou várias vezes no passado que: Without racing, there is no Honda. Racing is in the core of Honda DNA.

    Mal sabia este cavalheiro, desde os tempos da ilha de Mann TT -1957 e como acérrimo defensor da vertente desportiva, que o power of dreams esta a descambar no power of green.

    O que se se esta a passar com esta marca lendária que nos deu modelos como o NSX, S2000 ou os type R?
    Agora é só Híbridos/Eco/meio ambiente.
    Sinceramente, acho frustrante e não me estou a ver a comprar um Honda nos próximos anos (muitos).

    Tem que ser a NISSAN a ser o porta estandarte japones dos desportivos? Quem é mais visionário: o Carlos Ghosn a apostar em carros do calibre do GT-R ou o CEO da Honda com os Eco?


  2. #2
    Piloto Lendário LinoMarques's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    Não deite fora as suas revistas de carros - dê-mas!
    Posts
    57,740

    Por Defeito

    O mundo automóvel está cada vez mais verde e começa a ser politicamente incorrecto apresentar carros de espírito desportivo.

    Falta de coragem? Talvez. Mas num mundo que precisa desesperadamente de realizar vendas para sobreviver, o tempo dirá se esta política é a mais correcta ou não.

  3. #3
    PAZ
    PAZ está offline
    Piloto de Testes PAZ's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2003
    Localização
    Portugal
    Posts
    2,776

    Por Defeito

    Pensamento e análise que já me ocorreu...

    ...este que apresentas.


    Eu tenho um Honda, em tudo o contrário que possa apelar à veia desportiva , mas não é um Hibrído.

    Para mim - e só para mim - o único verdadeiro desportivo que a Honda criou foi o NSX, que sublinhe-se único, capaz de ombrear com "aquelas" marcas de verdadeiros desportivos (Porsche, Ferrari, Lamborghini, etc).

    O resto, os tão aclamados Type R, nada mais eram e são, do que versões apimentadas que TODAS as marcas generalistas fazem e vão lançando, muitas vezes bem melhores que os Honda (ao nível da desportividade), não quer dizer que não fossem bons !


    De resto a Honda sempre cometeu o mesmo "erro" de todas as marcas japonesas, carros a fugir para o feiote, fiáveis e que trabalham que nem relógios suíços e económicos.

    Isto é, meros meios de transporte, sem "chama" e de vez em quando, sobre essa base muitas das vezes feia, colocavam uns spoilers e debaixo do capot umas vitaminas e pronto, assim nasceu o sucesso junto dos street racers.




    Não levem isto muito a sério, nem a peito, mas na generalidade é isto
    Última edição por PAZ : 26-07-10 às 09:59:48

  4. #4
    Piloto Lendário MadDragon's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2004
    Localização
    "La Ferrari più bella è quella che dobbiamo ancora fare: la prossima."
    Posts
    31,622

    Por Defeito

    Eu concordo genericamente com o que já foi dito.
    Só queria realçar o seguite:

    A Honda, mesmo no tempo de Soichiro Honda, não era propriamente uma marca desportiva, exceptuando o facto de participar na F1. A Honda era mais uma marca de pequenos motociclos. Ocasionalmente oferecia pequenos desportivos/roadsters que apesar da sua pequena cilindrada, podiam ser conotados de automóveis de desporto já que automóveis de desporto não são só aqueles que andam muito.

    Já numa era mais moderna, a Honda nunca me pareceu ter pretenções mais deportivas do que outras marcas. Ocasionalmente fazia versões apimentadas dos seus veículos banais como os Civic, as denominadas versões Type R que, apesar de serem elaboradas na base de veículos comuns, colocavam de lado algumas concessões.
    Mas lá está, qual era a japonesa que em meados de 80, principios de 90 não tinha coupés, versões apimentadas e desportivos e topo?
    A Nissan tinha todo aquele catálogo cheio de GT-R's e derivados, coupés Silvia, Z's e versões apimentadas de modelos como o Sunny.
    A Toyota tinha os Supra, os Celica e mais uma vez versões apimentadas.
    A Mitsubishi tinha o 3000GT e os Evo e os FTO.
    E por ai fora.
    Com o tempo foram deixando cair por terra modelos destes. No caso da Nissan, que era a que tinha maior gama de modelos desportivos (ou wannabe's) também não a favoreceu porque pouco tempo depois estava na ruina.

    Hoje em dia as marcas com maior preferência em automóveis verdes são as japonesas, mas não me parece que esta preferência implique a extinção de modelos de topo.
    A Nissan que me parece ser das que está mais evoluida na verdadeira questão verde (non hibridos), juntamente com a Honda, tem também os 2 maiores desportivos de produção em série do Japão: 370Z e GTR.

    Se as outras não têm é porque apenas e só concentram esforços em carros banais e verdes, mas a meu ver há espaço para as duas coisas.

    Respondendo directamente ao tópico, sim a Honda não é mais desportiva como outrora, mas também nenhuma das outras japonesas o é com a excepção da Nissan.

    Espero muito sinceramente que este cenário mude porque sou apreciador de automóveis e dar-me-ia muito gosto ver de volta as japonesas no topo.

  5. #5
    bg2
    bg2 está offline
    Piloto Veterano bg2's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2006
    Localização
    , , .
    Posts
    20,066

    Por Defeito

    tanto a honda como a toyota têm eliminado/reduzido os seus modelos desportivos.

    a mim parece-me por vezes algum desnorte na gestão.

    sobretudo nas multiplas variantes, tipo civic europeu/japones/americano


    a nissan mostrou que é possivel fazer um desportivo global com menos confusão


  6. #6
    Piloto Lendário
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Mesmo à tua frente
    Posts
    30,988

    Por Defeito

    Neste momento, todas as marcas estão a apostar na vertente económica e ecológica. A Porsche é uma referência no mundo dos desportivos e já criou o Cayenne diesel e o híbrido.

    A BMW é uma das marcas que mais se identifica com a condução desportiva e tal e, no entanto, o que mais ouvimos falar é do Efficient Dynamics, para não falar do X6 Hybrid ou do Hybrid7.

    A Nissan lançou o GT-R, mas que não será propriamente rentável e, por isso mesmo, essa mesma marca tem de ter um carro como o Leaf.

  7. #7
    bg2
    bg2 está offline
    Piloto Veterano bg2's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2006
    Localização
    , , .
    Posts
    20,066

    Por Defeito

    sim, e talvez pior é o facto da honda não ter produto forte na europa para disputar segmentos, mais até que as versões desportivas

  8. #8
    Chefe de Equipa Pastis's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    葡萄牙
    Posts
    26,612

    Por Defeito

    A Honda está-se marimbando para o mercado Europeu e para o que pensamos deles aqui.

    Tem muito mais com q se entreter nos mercado US onde é uma marca lowcost muito presente e fiável de veículos de 4 rodas que permitem transportar um americano médio do ponto A ao ponto B.

    Como alguém disse, e bem: type-R é uma versão desportiva apenas de carros medianos. ( com algumas excepções talvez para o Integra - digo-o sem conhecer em detalhe a gama type-R)

  9. #9
    Banido oXavier's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    Cacém
    Posts
    4,716

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Pastis Ver Post
    A Honda está-se marimbando para o mercado Europeu e para o que pensamos deles aqui.
    Basta dizer que saiu no Japão a versão type-r do civic de 5 portas que é melhor que as duas últimas versões do civic type-r de 3 portas.

  10. #10
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    Braga
    Posts
    3,041

    Por Defeito

    Honda Racing ? the Official Honda Web Site for IRL, Motorcycle Racing and More

    Citação Originalmente Colocado por pmv6 Ver Post
    O Sr. Soichiro Honda frisou várias vezes no passado que: Without racing, there is no Honda. Racing is in the core of Honda DNA.

    Mal sabia este cavalheiro, desde os tempos da ilha de Mann TT -1957 e como acérrimo defensor da vertente desportiva, que o power of dreams esta a descambar no power of green.

    O que se se esta a passar com esta marca lendária que nos deu modelos como o NSX, S2000 ou os type R?
    Agora é só Híbridos/Eco/meio ambiente.
    Sinceramente, acho frustrante e não me estou a ver a comprar um Honda nos próximos anos (muitos).

    Tem que ser a NISSAN a ser o porta estandarte japones dos desportivos? Quem é mais visionário: o Carlos Ghosn a apostar em carros do calibre do GT-R ou o CEO da Honda com os Eco?

  11. #11
    Banido Goran's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2009
    Localização
    Algueirão
    Posts
    930

    Por Defeito

    Infelizmente, é a verdade... neste momento, olhando para a gama disponivel, nunca compraria um Honda novo. Dá para ter ideia...

    E é pena... mas enfim. Espero que a coisa mude.

    O novo Civic Type R, no Japão, aquele que é só para eles, penso que é/poderá ser o melhor Type R de sempre. Só que para cá não há nada...

    Também se esqueceram do Integra. Foi considerado o melhor FWD Drivers car de sempre pela Evo. A última versão, DC5 Type R, parece estar brutal... mas, como sempre, não saberemos.

    Depois há S2000 e NSX (que tinha uma nova versão com um V10 à la Honda em desenvolvimento e foi adiado... mas penso que o trabalho está todo feito).

    Mesmo o CRX e O Prelude são carros que me agradam muito.

    Accord Type R também...

    Mas pronto, estou a falar de passado só
    Última edição por Goran : 26-07-10 às 14:14:50

  12. #12
    Piloto de Provas de Perícia sergiogon's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2007
    Posts
    892

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por PAZ Ver Post
    Pensamento e análise que já me ocorreu...

    ...este que apresentas.


    Eu tenho um Honda, em tudo o contrário que possa apelar à veia desportiva , mas não é um Hibrído.

    Para mim - e só para mim - o único verdadeiro desportivo que a Honda criou foi o NSX, que sublinhe-se único, capaz de ombrear com "aquelas" marcas de verdadeiros desportivos (Porsche, Ferrari, Lamborghini, etc).

    O resto, os tão aclamados Type R, nada mais eram e são, do que versões apimentadas que TODAS as marcas generalistas fazem e vão lançando, muitas vezes bem melhores que os Honda (ao nível da desportividade), não quer dizer que não fossem bons !


    De resto a Honda sempre cometeu o mesmo "erro" de todas as marcas japonesas, carros a fugir para o feiote, fiáveis e que trabalham que nem relógios suíços e económicos.

    Isto é, meros meios de transporte, sem "chama" e de vez em quando, sobre essa base muitas das vezes feia, colocavam uns spoilers e debaixo do capot umas vitaminas e pronto, assim nasceu o sucesso junto dos street racers.




    Não levem isto muito a sério, nem a peito, mas na generalidade é isto
    Não te esqueças do Integra DC2, para muitos o melhor FWD de sempre...

  13. #13
    Piloto de Testes pmv6's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2004
    Localização
    Lisboa.
    Posts
    2,976

    Por Defeito

    Entendo que a estratégia da Honda esta, de há uns valentes anos a esta parte, num dos extremos: abandonou (quase por completo) o conceito desportivo para se dedicar sómente à vertente híbrida/verde.

    Poderia tentar conciliar ambas (na esteira de outras marcas já aqui faladas) e de alguma maneira, tentar dar (algum) seguimento às ideias do seu fundador.

    Ou será que os modelos desportivos otto estão irreversivelmente condenados à extinção?

  14. #14
    Banido RuiSoad's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    Estive sempre aqui !
    Posts
    19,312

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por pmv6 Ver Post
    Entendo que a estratégia da Honda esta, de há uns valentes anos a esta parte, num dos extremos: abandonou (quase por completo) o conceito desportivo para se dedicar sómente à vertente híbrida/verde.

    Poderia tentar conciliar ambas (na esteira de outras marcas já aqui faladas) e de alguma maneira, tentar dar (algum) seguimento às ideias do seu fundador.

    Ou será que os modelos desportivos otto estão irreversivelmente condenados à extinção?
    Não fosse o CR-Z feio que doi e eu até o ponderaria como substituto do Civic. Motor engraçado (124cv), comportamento também engraçado e uma silhueta "á lá" CRX que até me agrada.

    Isto tudo complementado por uma vertente mais económica e ecologista até vinha a calhar...já que não sou exemplo de poupança nem tão pouco pratico medidas ecologistas (mea culpa)

    Apesar de gostar muito da Honda, obviamente por culpa do meu primeiro e único carro até hoje ter sido um Honda, que não vejo com muito agrado a nova filosofia, quese únicamente virada para os carros verdes.

    Sou adepto de Ottos, de motores grandes, de motores pequenos cheios de genica, de Ottos Turbinados, de Ottos NA, etc etc...gosto de carros...a gasolina e com potência sem olhar a consumos.

    Mas há que cair na realidade e olhar para o futuro...e se não formos nós que cá andamos a assegurar o futuro dos que virão, ninguém o fará. Se o preservar disto a que chamamos terra, passa por ter carros Hibridos e com recurso a outro tipo de combustiveis...então siga.

  15. #15
    SAM
    SAM está offline
    Piloto de Kart SAM's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    lisboa, , Portugal.
    Posts
    332

    Por Defeito

    Os tempos são outros. Vejam o aquecimento global, a subida do nível do mar com o degelo dos glaciares, a poluição. Não me levem a mal mas pensamentos assim são de gente egoista e retrógada

  16. #16
    Piloto de Rallye mELIANTE's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2007
    Localização
    Londres
    Posts
    10,465

    Por Defeito

    A Honda continua a ter as suas motas

  17. #17
    Moderador Nightlord's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    Praia
    Posts
    19,254

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por pmv6 Ver Post
    Entendo que a estratégia da Honda esta, de há uns valentes anos a esta parte, num dos extremos: abandonou (quase por completo) o conceito desportivo para se dedicar sómente à vertente híbrida/verde.

    Poderia tentar conciliar ambas (na esteira de outras marcas já aqui faladas) e de alguma maneira, tentar dar (algum) seguimento às ideias do seu fundador.

    Ou será que os modelos desportivos otto estão irreversivelmente condenados à extinção?
    O que importa às marcas é gerar lucro...o que importa para tal é dar os produtos ao mercado, que o mercado quer.

    E infelizmente para nós, que somos uma minoria irredutível, desportivos ou modelos com alguma emoção - não estão condenados À extinção (já explico) - estão em queda.

    A Honda distinguiu-se por fazer modelos com alguma emoção (e quem diz que um Civic Type-R EP3 - o anterior - não tem emoção...sim, é apenas um HotHatch, mas vendo os hot-hatches que haviam na altura, raro era o que se aproximava como tal).

    Só que cada vez mais vejo a oferta de modelos com a tal emoção a subir para valores mais altos. Pelas normas de segurança e poluição...já os segmentos B (turbo IEs, etc., etc.) tinham ido à vida...e agora os segmento C também.

    Ora aqui residia o tal core mais arraçado da Honda. E aqui...basta ver a AH com os seus n testes a versões blue não sei o quê...os consumos (dizerem que é pela poluição ou o planeta é demagogia) falam mais alto no mercado.

    Em suma, os carros apimentados vão manter-se...mas num nicho de especialistas e para conhecedores/apreciadores - e aqui, como em tudo vai-se pagar!

  18. #18
    Piloto de Testes bacalao's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2007
    Posts
    3,389

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por pmv6 Ver Post
    Entendo que a estratégia da Honda esta, de há uns valentes anos a esta parte, num dos extremos: abandonou (quase por completo) o conceito desportivo para se dedicar sómente à vertente híbrida/verde.

    Poderia tentar conciliar ambas (na esteira de outras marcas já aqui faladas) e de alguma maneira, tentar dar (algum) seguimento às ideias do seu fundador.

    Ou será que os modelos desportivos otto estão irreversivelmente condenados à extinção?
    Se for verdade que o parque automovel é responsavel de só 12% da produção de CO2, então que se preocupem com os outros 88% e não façam dos carros bodes expiatórios.

    O Richard Branson anda a patrocinar uma empresa que está a criar gasolina que não emite CO2, algo assim. Isso é pensar em grande e atacar assunto, o ciclo Otto não é o problema...

  19. #19
    Piloto de Testes EnterSandman's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2003
    Localização
    Portugal
    Posts
    4,420

    Por Defeito

    Há cerca de um mês tivemos esta conversa noutro tópico com um tema relacionado com este. A dada altura eis o que escrevi nesse tópico:

    Citação Originalmente Colocado por EnterSandman Ver Post
    Concordo com o ponto de vista do PMV6.

    Se formos analisar os "hot hatch" como o Civic Type R + (ronda os 40 mil €) ou o Clio RS (próximo dos 30 mil €), os preços não são simpáticos tornando-se difícil justificar racionalmente, fruto da conjuntura que já referiram anteriormente e da pressão social que se vive, um carro que gasta muito (gasolina), vem despido, é pouco confortável e representa uma "chatice" para lidar com o dia-a-dia. Enquanto que um 120d custa 36 mil €, é diesel, tem o emblema da BMW (o que para muitos vende por si só), vem equipado e até pode dar prazer de condução. Até um MX-5 1.8 custa à volta dos 30 mil €...

    Aliás quem costuma ler a EVO (e outras) na secção em que falam sobre os carros que conduzem diariamente não são poucas as vezes em que tecem rasgados elogios a carros que não sendo puros, conciliam estes aspectos de "usability", performance, "cost-to-run", etc.

    Os tempos mudam de facto e estes carros de que falamos apaixonadamente são cada vez mais de nichos em que as marcas apresentam dois tipos de oferta: os que querem um carro "puro" mas não prescindem de algum conforto como, por exemplo, o Type R, ou um GT3 e os que adoptam a filosofia "less is more" como R26R, Type R + ou GT3 RS.


    Cpts e Viagens Seguras.
    Pegando no tópico actual e num post do Nightlord:
    Citação Originalmente Colocado por Nightlord Ver Post
    O que importa às marcas é gerar lucro...o que importa para tal é dar os produtos ao mercado, que o mercado quer.

    E infelizmente para nós, que somos uma minoria irredutível, desportivos ou modelos com alguma emoção - não estão condenados À extinção (já explico) - estão em queda.

    A Honda distinguiu-se por fazer modelos com alguma emoção (e quem diz que um Civic Type-R EP3 - o anterior - não tem emoção...sim, é apenas um HotHatch, mas vendo os hot-hatches que haviam na altura, raro era o que se aproximava como tal).

    Só que cada vez mais vejo a oferta de modelos com a tal emoção a subir para valores mais altos. Pelas normas de segurança e poluição...já os segmentos B (turbo IEs, etc., etc.) tinham ido à vida...e agora os segmento C também.

    Ora aqui residia o tal core mais arraçado da Honda. E aqui...basta ver a AH com os seus n testes a versões blue não sei o quê...os consumos (dizerem que é pela poluição ou o planeta é demagogia) falam mais alto no mercado.

    Em suma, os carros apimentados vão manter-se...mas num nicho de especialistas e para conhecedores/apreciadores - e aqui, como em tudo vai-se pagar!
    Recorrendo novamente ao tópico anterior, a minha resposta ao Nightlord:

    Citação Originalmente Colocado por EnterSandman Ver Post
    Senhor da Noite o teu post vai ao encontro do meu.

    Tratam-se de nichos cuja dimensão tenderá a diminuir. No entanto há algo que me alimenta a esperança de que os Petrol Head poderão não estar em vias de extinção, quanto muito serão uma espécie protegida .

    Passo a explicar, se observarmos o passado fim-de-semana em Le Mans estiveram em La Sarthe para cima de 235 mil espectadores (perto dos 240 mil), os circuitos de F1 estão sempre cheios, no WRC idem, fora outras provas de automobilismo e os que acompanham pela televisão, internet, etc.

    Acredito que no meio destes estarão alguns Petrol Head de espírito (como eu) e de facto (como alguns que aqui estão).


    Cpts e Viagens Seguras.
    A Honda está a alinhar pela tendência actual, chamem-lhe moda, que é ser green. Pessoalmente acredito muito mais noutros projectos até da própria Honda como o FCX Clarity do que nos híbridos.

    Recordo ter lido algures, que a Mitsubichi está a ponderar um lancer Evo híbrido diesel. O que dizer desta?!

    Voltando à Honda, pelo menos ainda temos a HRC no MotoGP.

    Nota: a Azul constam as citações retiradas do tópico "Já não há carros apenas electrodomésticos".


    Cpts e Viagens Seguras.

  20. #20
    Piloto de Fórmula 1 Afcivic's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2005
    Localização
    Viseu, Portugal.
    Posts
    15,227

    Por Defeito

    os hibridos, tanto da honda como de qualquer outra marca não são mais do que a base para desenvolverem motores e baterias para o 100% electrico, apenas isso.
    são apenas o caminho a seguir e a logica do cr-z (quer se goste esticamente ou não) é a de dar alguma "sensação" aos carros "verdes".

Tópicos semelhantes

  1. Racing - Only HD
    Por CTR8735 na secção Multimédia
    Respostas: 0
    Último Post: 24-07-09, 19:45:38
  2. [Testes] Honda Crx Vtec, Honda Crx 1.6i16 e Honda Civic 1.4GL
    Por DoubleM101 na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 9
    Último Post: 20-07-09, 18:34:55
  3. MINI Spirit regressa
    Por BLADERUNNER na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 14
    Último Post: 19-03-09, 14:11:26
  4. Escolha entre Honda jazz live e o Honda Civic Hybrid
    Por carla na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 73
    Último Post: 03-07-07, 14:07:19

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •