Mercedes com motores diesel da Renault - Página 18

Ver Resultados da Sondagem: A Mercedes:

Votantes
181. Não pode votar nesta sondagem
  • Fez bem em recorrer à Renault.

    75 41.44%
  • Devia fazer um downsizing como a BMW fez.

    80 44.20%
  • Devia ter negociado com outra marca. Qual?

    26 14.36%
Página 18 de 39 PrimeiraPrimeira ... 817181928 ... ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 511 para 540 de 1162
Like Tree1Likes

Título: Mercedes com motores diesel da Renault

  1. #511
    GPL
    GPL está offline
    Piloto de Troféu GPL's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    In Autogas we trust
    Posts
    7,895

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por SRLA Ver Post
    O 1.75 da Alfa no 159/Brera/Spider a 1.6bar debita 115cv/l e 185Nm/l a umas míseras 1400rpm (julgo que nem há turbodiesel no mercado com pico de binário a rotação tão baixa, e lembro que 1400rpm num Otto é para aí como 1000rpm num Diesel).

    No Giulietta, a 2bar, debita 135cvl e 195Nm/l a umas ainda muito baixas 1900rpm (equivale para aí umas 1400 num TD).

    Por comparação, o x35d BMW (considerado por muitos o melhor motor Diesel do mundo), não consegue melhor que 95cv/l e 195Nm/l, na estreita janela das 1750 às 2250rpm, isto com dois turbos num complexo sistema sequencial e a bombar 2.8bar.

    Como disse, o Otto não precisa.
    Leiam isto com atenção porque são exemplos concretos e deixem-se de tretas de que o diesel é que é. Pelo amor de deus


  2. #512
    Piloto de Kart Shaft's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2010
    Posts
    111

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Motronic Ver Post
    Motor ou ciclo, não muda nada! Continuas a confundir eficiência com performance!

    A questão é que, independentemente da quantidade de combustível usada, nas mesmas condições (mesma cilindrada), o Otto produz mais potência! É assim tão difícil de perceber?
    Claro que muda!
    Se você estiver a falar de um motor está a falar de um dispositivo que converte
    energia química em energia mecânica através de um ciclo que se repete n vezes.
    Se vocês estiver a falar no ciclo em si, está a analisar esse motor num determinado instante,
    720graus por unidade de tempo.
    A grande diferença é que o motor Diesel só em teoria poderá ser analisado
    acima das 4200rpm, porque na realidade existem poucos motores Diesel
    que vão mais além!

    Só acho estranho você não pegar pelo conceito de eficiência...
    Eficiência é utilizado em máquinas frigorificas! O Português é uma língua
    tramada, neste caso deverá dizer-se rendimento!

    Como lhe disse, o motor Otto permite um output maior porque em média permite mais 1000 ciclos por cilindro!

  3. #513
    Banido Motronic's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2007
    Localização
    Romani ite domum
    Posts
    8,995

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Shaft Ver Post
    Claro que muda!
    Se você estiver a falar de um motor está a falar de um dispositivo que converte
    energia química em energia mecânica através de um ciclo que se repete n vezes.
    Se vocês estiver a falar no ciclo em si, está a analisar esse motor num determinado instante,
    720graus por unidade de tempo.
    A grande diferença é que o motor Diesel só em teoria poderá ser analisado
    acima das 4200rpm, porque na realidade existem poucos motores Diesel
    que vão mais além!

    Só acho estranho você não pegar pelo conceito de eficiência...
    Eficiência é utilizado em máquinas frigorificas! O Português é uma língua
    tramada, neste caso deverá dizer-se rendimento!

    Como lhe disse, o motor Otto permite um output maior porque em média permite mais 1000 ciclos por cilindro!
    Chame-lhe rendimento se quiser. Nem por isso a deverá confundir com performance!

  4. #514
    GPL
    GPL está offline
    Piloto de Troféu GPL's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    In Autogas we trust
    Posts
    7,895

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Shaft Ver Post
    o motor Otto permite um output maior porque em média permite mais 1000 ciclos por cilindro!
    E é isso que interessa à malta

  5. #515
    Banido Maraki's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2010
    Posts
    6,114

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por GPL Ver Post
    Se calhar experimentou o tsi apenas até às rotações a que está habituado a conduzir os diesel normalmente
    Ou se experimenta o carro na sua totalidade, que é para isso que foi feito, ou mais vale estar quieto.
    Por acaso esse é o grande problema dos condutores diesel nos quais me incluo. Quando conduzo um carro, tenho aquela click mental para mudar de mudança por volta das 3000 ou 3500 rpm. Claro que quando é para puxar a fundo vai ás 4000 rpm (tento não passar disso para poupar o motor).

    Quando pego num otto tenho tendência a dizer que não anda nada, mas depois lá começo a puxar até perto da red line e ele lá anda.
    Num otto turbo isto já não é assim, é mais atenuado.

    Mas com uns km já sei adaptar bem a condução ao motor em questão.

    Concluindo, prefiro um motor diesel pela comodidade e descontracção que proporcionam, tanto para ultrapassagens, como para atingir e rolar a velocidades elevadas!


  6. #516
    Piloto de Rallye SRLA's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2010
    Posts
    10,746

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Shaft Ver Post
    Repare, se você analisar apenas o ciclo, o Diesel é mais eficiente e como
    tal mais performante porque consegue um maior output com a mesmo input.
    O que você refere é outra coisa, é uma incapabilidade dos motores Diesel
    conseguirem cumprir o ciclo a "alta" rotação, o que torna o motor menos
    performante. Da mesma maneira que os motores de ciclo Otto não são mais
    eficientes porque não conseguem trabalhar com as mesmas taxas de
    compressão que os motores Diesel.
    Das duas uma, ou falamos do ciclo em si ou falamos do motor, "objecto"
    que cumpre vários ciclos por minuto!
    Creio que mais atrás fui claro quando referi a questão do ciclo em si!

    Como curiosidade, tanto o motor Diesel como o Otto não conseguem
    "queimar" todo o ar admitido e no caso do motor Otto até tem que dispender
    maior trabalho para admitir carburente.
    Relê o que eu escrevi quanto ao Diesel não conseguir queimar todo o ar que admite. O Otto consegue (claro que a queima nunca é 100% perfeita, mas isso aplica-se a qualquer motor, eu quero dizer que o Diesel nem tenta queimar mais que metade, não injecta mais de metade do combustível que aquele ar consegue queimar, não pode).

    Uso o exemplo que acabei de dar: o Otto do Giulietta debita 195Nm/l às 1900rpm, com uma pesquisa rápida percebe que isso é mais que a esmagadora maioria dos Diesel no mercado.

    O Otto às 1900rpm já está a produzir mais potência que um Diesel com a mesma capacidade, à mesmas 1900rpm. Não precisa de fazer mais ciclos para produzir mais potência, está já a produzir a mesma potência por cada ciclo. A principal diferença é que o Otto mantém esta performance até rotações bem mais altas que o Diesel (qualquer coisa como 4500rpm vs 2500rpm), daí a potência superior.

    O Otto, nestas condições, de igual para igual (é importante frisar isto), não perde em nada para o Diesel, excepto em consumos: tem mais disponibilidade em baixas (menos pressão, menos lag, turbo entra mais depressa), a mesma em médias, e novamente mais em altas.

    O Diesel é mais eficiente? Sim. Mais performante? Nem por sombras.
    Última edição por SRLA : 14-12-10 às 00:08:37

  7. #517
    Piloto de Testes joaoVTEC's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2005
    Localização
    Sol
    Posts
    1,320

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por SRLA Ver Post

    Como disse, o Otto não precisa.
    Exactamente, é completamente escusado utilizar pressões tão altas num motor Otto, pois além de a fiabilidade ficar comprometida, o próprio carro de segmento B por exemplo não tem chassis, segurança, travagem suficiente,etc, e todos estes componentes para serem melhorados, é preciso dinheiro, o que torna o carro caro! Por isso há Golfs de 22mil € e golfs de 50mil €.
    Enquanto que nos Diesel, são precisos essas pressões enormes porque senão, voltamos à era em que motores Diesel com 3000 cilindrada têm 110cv!

  8. #518
    Piloto de Rallye SRLA's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2010
    Posts
    10,746

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Maraki Ver Post
    Por acaso esse é o grande problema dos condutores diesel nos quais me incluo. Quando conduzo um carro, tenho aquela click mental para mudar de mudança por volta das 3000 ou 3500 rpm. Claro que quando é para puxar a fundo vai ás 4000 rpm (tento não passar disso para poupar o motor).

    Quando pego num otto tenho tendência a dizer que não anda nada, mas depois lá começo a puxar até perto da red line e ele lá anda.
    Num otto turbo isto já não é assim, é mais atenuado.

    Mas com uns km já sei adaptar bem a condução ao motor em questão.

    Concluindo, prefiro um motor diesel pela comodidade e descontracção que proporcionam, tanto para ultrapassagens, como para atingir e rolar a velocidades elevadas!
    Passar de um TD para um Otto atmosférico (ou vice versa) requer habituação, são por norma curvas de potência bem diferentes.

    No primeiro caso acontece que anda-se a conduzir o motor muito longe do seu regime ideal, e parece que ele não anda nada. No segundo pode-se puxar demais por ele e causar desgaste desnecessário.

    Mas a piada dos bons motores Otto (não têm que ser turbinados, mas ajuda muito) é que dá para conduzir das duas maneiras. Dá para manter as rotações baixas, e depender daquele empurrão que o turbo dá logo mal entra, como dá para puxar por ele até às 7000rpm, ele não se importa, é à vontade do freguês.

  9. #519
    GPL
    GPL está offline
    Piloto de Troféu GPL's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    In Autogas we trust
    Posts
    7,895

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Maraki Ver Post
    Por acaso esse é o grande problema dos condutores diesel nos quais me incluo. Quando conduzo um carro, tenho aquela click mental para mudar de mudança por volta das 3000 ou 3500 rpm. Claro que quando é para puxar a fundo vai ás 4000 rpm (tento não passar disso para poupar o motor).

    Quando pego num otto tenho tendência a dizer que não anda nada, mas depois lá começo a puxar até perto da red line e ele lá anda.
    Isto aplica-se a ti e a muitos utilizadores do fórum e eu até compreendo, cada um está habituado ao que está.
    Eu quando pego num diesel também fico extremamente decepcionado em vários pontos como disse atrás e quando tento puxar além de rotação x, mais vale esquecer porque já esgotou e pede logo outra.
    Eu não faço recuperações, meto 3ª ou até 2ª se tiver necessidade e o carro responde bem (vão até velocidades bem razoáveis). Portanto vai do gosto de cada um. O que dizer então de um otto bem melhor que o meu que não é difícil. Se usarmos a caixa e a puxarmos pela rotação em favor da necessidade, ai do carro que não ande. Não comprei um carro com motor otto para trocar às 2500rpm, raro é o dia em que não passa várias vezes das 5000...
    Última edição por GPL : 14-12-10 às 00:13:57

  10. #520
    Piloto de Provas de Perícia veterano's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2009
    Localização
    S. Cosme Gondomar
    Posts
    907

    Por Defeito

    A Mercedes vai utilizar motores Nissan e não motores Renault,assim como a Nissan vai utilizar no 370Z o motor Mercedes é só um exemplo. Temos que nos habituar a estas parecerias entre marcas,e reparem á alguns anos a tras a Volvo usava motores Renault a diesel, e não perdeu a imagem e penso que ainda usa motores Renault ou do grupo PSA,o ke me preocupa é a formação dos técnicos e da aceitação dos mesmos, mais defensores da marca com que trabalham e não estarem á altura de aceitarem a mudança.Não é por acaso que actualmente á empresas multimarcas.

  11. #521
    Piloto de Testes LEMF's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2010
    Localização
    New York
    Posts
    2,523

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por GPL Ver Post
    (...) Existe uma construtora bem conhecida de todos que aposta claramente no peso pluma e motores otto rotativos de baixa cilindrada, normalmente atmosféricos (sem turbo sequer) e de potências que não são espampanantes como 160cv, 192 ou 200cv por exemplo. Mas dão água pela barba a qualquer carro das nossas estradas sem grande esforço (...)


    Epá... desculpa lá GPL, induzi-te em erro...!! Má interpretação da minha parte... ou melhor, uma ligeira confusão

    Estavas a referir-te à Lotus, e eu à Honda
    VTI - 160cv
    Integra - 192cv
    Civic Type R - 200cv

    Vá, confusão minha, não precisam de bater no ceguinho. Continuem com os argumentos que vou acompanhando...

    Pensando bem... a LOTUS anda a COPIAR os MOTORES DA HONDA!!!! Isto dava um bom tópico... era só porrada...

    Cumps!

    E são 275cv em 2 motores, mas vieram todos da construtora...

  12. #522
    Banido Maraki's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2010
    Posts
    6,114

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por SRLA Ver Post
    Passar de um TD para um Otto atmosférico (ou vice versa) requer habituação, são por norma curvas de potência bem diferentes.

    No primeiro caso acontece que anda-se a conduzir o motor muito longe do seu regime ideal, e parece que ele não anda nada. No segundo pode-se puxar demais por ele e causar desgaste desnecessário.

    Mas a piada dos bons motores Otto (não têm que ser turbinados, mas ajuda muito) é que dá para conduzir das duas maneiras. Dá para manter as rotações baixas, e depender daquele empurrão que o turbo dá logo mal entra, como dá para puxar por ele até às 7000rpm, ele não se importa, é à vontade do freguês.
    Posso estar a dizer uma barbaridade, mas o carro otto que conduzi mais parecido com um diesel nas baixas rotações foi um bmw m5...

  13. #523
    GPL
    GPL está offline
    Piloto de Troféu GPL's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    In Autogas we trust
    Posts
    7,895

    Por Defeito

    Entendido

    Olha os motores que a Lotus usa e servem muito bem:



    Adivinha lá de quem vem isso

  14. #524
    Piloto de Testes joaoVTEC's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2005
    Localização
    Sol
    Posts
    1,320

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Maraki Ver Post
    Quando pego num otto tenho tendência a dizer que não anda nada, mas depois lá começo a puxar até perto da red line e ele lá anda.
    Num otto turbo isto já não é assim, é mais atenuado.

    Isto é uma ideia completamente errada!

    Como alguns viram no almoço de natal, eu tenho um Honda Del Sol VTI
    Tem o tão falado B16A2 e é aspirado, e é um motor de baixa cilindrada,
    Em rectas, o carro anda sem esforço a 50km/h em 5ª, e se quiser ultrapassar, não preciso de reduzir nem coisa nenhuma, é apenas por um pouco mais de acelerador e o carro responde de imediato e sem problema nenhum!
    E agora vêm me dizer "Ah e tal, tem 160 cavalos, e um Otto 100 cv por exemplo? Isso já nao anda nada".
    Mas em baixas rotações, para reprises é preciso é binário e não potência, e no caso de um motor otto aspirado 1.6 com 100cv e um 1.6 com 160, a diferença de binário é no topo dos topos 15NM.

    Por exemplo
    Um Corsa B 1.2 45CV anda a 60km/h em 5ª também sem esforço nenhum, no caso de ultrapassar, bem é complicado pois o carro dá pouco mais que 60km/h

  15. #525
    GPL
    GPL está offline
    Piloto de Troféu GPL's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    In Autogas we trust
    Posts
    7,895

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Maraki Ver Post
    o carro otto que conduzi mais parecido com um diesel nas baixas rotações foi um bmw m5...
    Andava menos que o teu 120d? Já agora qual era a versão?

  16. #526
    Banido Maraki's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2010
    Posts
    6,114

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por LEMF Ver Post


    Epá... desculpa lá GPL, induzi-te em erro...!! Má interpretação da minha parte... ou melhor, uma ligeira confusão

    Estavas a referir-te à Lotus, e eu à Honda
    VTI - 160cv
    Integra - 192cv
    Civic Type R - 200cv

    Vá, confusão minha, não precisam de bater no ceguinho. Continuem com os argumentos que vou acompanhando...

    Pensando bem... a LOTUS anda a COPIAR os MOTORES DA HONDA!!!! Isto dava um bom tópico... era só porrada...

    Cumps!

    E são 275cv em 2 motores, mas vieram todos da construtora...

    Como querias que as pessoas adivinhassem?
    Por essa ordem de ideias também tenho 427 cv nos motores em casa!

  17. #527
    Banido Maraki's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2010
    Posts
    6,114

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por GPL Ver Post
    Andava menos que o teu 120d? Já agora qual era a versão?
    Claro que andava mais, apesar de a sensação do 120D enganar um bocado. Era um M5 e39

  18. #528
    Piloto de Kart Shaft's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2010
    Posts
    111

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por SRLA Ver Post
    Relê o que eu escrevi quanto ao Diesel não conseguir queimar todo o ar que admite. O Otto consegue (claro que a queima nunca é 100% perfeita, mas isso aplica-se a qualquer motor, eu quero dizer que o Diesel nem tenta queimar mais que metade, não injecta mais de metade do combustível que aquele ar consegue queimar, não pode).

    Uso o exemplo que acabei de dar: o Otto do Giulietta debita 195Nm/l às 1900rpm, com uma pesquisa rápida percebe que isso é mais que a esmagadora maioria dos Diesel no mercado.

    O Otto às 1900rpm já está a produzir mais potência que um Diesel com a mesma capacidade, à mesmas 1900rpm. Não precisa de fazer mais ciclos para produzir mais potência, está já a produzir a mesma potência por cada ciclo. A principal diferença é que o Otto mantém esta performance até rotações bem mais altas que o Diesel (qualquer coisa como 4500rpm vs 2500rpm), daí a potência superior.

    O Otto, nestas condições, de igual para igual (é importante frisar isto), não perde em nada para o Diesel, excepto em consumos: tem mais disponibilidade em baixas (menos pressão, menos lag, turbo entra mais depressa), a mesma em médias, e novamente mais em altas.

    O Diesel é mais eficiente? Sim. Mais performante? Nem por sombras.
    Reparou no 1.6jtdm do Giuletta ?
    Debita 280Nm @ 1500rpm
    Mas você está a comparar um motor muito especifico, trata-se do motor
    mais picante do Giuletta, existem muito poucos Otto assim!
    Eu prefiro os motores Otto apesar de conduzir no dia a dia um Diesel. Mas
    nada me dá mais gozo o meu lindo 350SL de 1974 com motor V8, e tem menos potencia que o motor 1750 da Alfa

  19. #529
    Piloto de Testes joaoVTEC's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2005
    Localização
    Sol
    Posts
    1,320

    Por Defeito

    Os lotus usam motores Toyota e Honda se não me engano

    No caso do Toyota é o 1.8 do Corolla Sport (192cv)
    E no caso da Honda é o 2.0 do Civic Type R (200cv)

    Nesse da foto, isso é um motor Honda?
    Mas a Lotus usa motor Honda com um bónus


  20. #530
    GPL
    GPL está offline
    Piloto de Troféu GPL's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    In Autogas we trust
    Posts
    7,895

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Maraki Ver Post
    Claro que andava mais, apesar de a sensação do 120D enganar um bocado. Era um M5 e39
    O E39, se tiver a manutenção completamente em ordem, é carro para envergonhar diria praticamente qualquer um das nossa estradas. Mas é carro para levar além das 4000rpm
    Anda muuuuito, nunca andei num mais assisti aos testes de um desses e, ainda mais possante, do mais recente de 507cv. Esse então ui ui

  21. #531
    GPL
    GPL está offline
    Piloto de Troféu GPL's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    In Autogas we trust
    Posts
    7,895

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Shaft Ver Post
    Mas
    nada me dá mais gozo o meu lindo 350SL de 1974 com motor V8
    Agora sim estamos a falar de motores!

  22. #532
    GPL
    GPL está offline
    Piloto de Troféu GPL's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    In Autogas we trust
    Posts
    7,895

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por joaoVTEC Ver Post
    Os lotus usam motores Toyota e Honda se não me engano

    No caso do Toyota é o 1.8 do Corolla Sport (192cv)
    E no caso da Honda é o 2.0 do Civic Type R (200cv)

    Nesse da foto, isso é um motor Honda?
    Mas a Lotus usa motor Honda com um bónus

    Esse é o VVTL-I da Toyota, também vem no Corolla.
    O da Honda é precisamente o do Type R.
    Tanto um como o outro projectam o Lotus com uma linearidade e rapidez incríveis sem serem precisos quaisquer "kicks". Boas máquinas, foi do mais fascinante que já vi pelo conceito em si

  23. #533
    Piloto de Kart Shaft's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2010
    Posts
    111

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Motronic Ver Post
    Chame-lhe rendimento se quiser. Nem por isso a deverá confundir com performance!
    Se você estiver a falar da performance do motor, já lhe disse várias
    vezes que o Otto nos dias de hoje será sempre mais performante.
    Se você quiser analisar o ciclo e focar num dado instante, 1500rpm por
    exemplo, regra geral o ciclo Diesel tem maior rendimento, logo vai
    converter mais energia química em energia mecânica, ou seja
    terá mais potência disponível.
    O que se passa nos dias de hoje é que os motores Diesel estão muito
    limitados a um regime que vai pouco além das 4000rpm.
    Em parte isso deve-se ao atraso tecnológico pois, ficaram anos esquecidos
    no fundo da cadeia de desenvolvimento e apenas este ano
    surgiram no mercado os primeiros sistemas Diesel capazes de trabalhar
    numa relação de 1:1 e atingir uma velocidade máxima de trabalho de
    6200rpm. Resta saber quem será o primeiro fabricante a tirar partido deles.
    Última edição por Shaft : 14-12-10 às 00:57:49

  24. #534
    Piloto de Testes LEMF's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2010
    Localização
    New York
    Posts
    2,523

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por GPL Ver Post
    Esse é o VVTL-I da Toyota, também vem no Corolla.
    O da Honda é precisamente o do Type R.
    Tanto um como o outro projectam o Lotus com uma linearidade e rapidez incríveis sem serem precisos quaisquer "kicks". Boas máquinas, foi do mais fascinante que já vi pelo conceito em si
    A Lotus sabe o que é bom

    Mas, extrapolando o caso da Lotus para o caso da Mercedes... a minha opinião sobre a Mercedes usar motores da Renault também se aplica à Lotus usar estes motores. Afinal este tipo de "cedências" existe em mais quantidade do que eu pensava. O que não deixa de ser um bocado "desilusão", pelo menos para mim. Embora se saiba que a Lotus eventualmente não tenha estrutura para poder desenvolver de raiz motores... eles é mais performances, aerodinâmicas, e como o GPL disse... peso pluma.

    Cumps!

  25. #535
    Banido Motronic's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2007
    Localização
    Romani ite domum
    Posts
    8,995

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por GPL Ver Post
    O E39, se tiver a manutenção completamente em ordem, é carro para envergonhar diria praticamente qualquer um das nossa estradas. Mas é carro para levar além das 4000rpm
    Anda muuuuito, nunca andei num mais assisti aos testes de um desses e, ainda mais possante, do mais recente de 507cv. Esse então ui ui
    O M5 E39 tem um motor cuja concepção favoreceu claramente a disponibilidade de binário (basta ver a respectiva curva). Apesar de mais potente que as versões anteriores, tem menor potência específica!

  26. #536
    Piloto de Testes LEMF's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2010
    Localização
    New York
    Posts
    2,523

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Shaft Ver Post
    Se você estiver a falar da performance do motor, já lhe disse várias
    vezes que o Otto nos dias de hoje será sempre mais performante.
    Se você quiser analisar o ciclo e focar num dado instante, 1500rpm por
    exemplo, regra geral o ciclo Diesel tem maior rendimento, logo vai
    converter mais energia química em energia mecânica, ou seja
    terá mais potência disponível.
    O que se passa nos dias de hoje é que os motores Diesel estão muito
    limitados a um regime que vai pouco além das 4000rpm.
    Em parte isso deve-se ao atraso tecnológico pois, ficaram anos esquecidos
    no fundo da cadeia de desenvolvimento e apenas este ano
    surgiram no mercado os primeiros sistemas Diesel capazes de trabalhar
    numa relação de 1:1 e atingir uma velocidade máxima de trabalho de
    6200rpm. Resta saber que será o primeiro fabricante a tirar partido deles.
    O Shaft parece um Professor de Física a falar... como não é o meu forte, abstenho-me...

  27. #537
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Sep 2010
    Posts
    115

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por bmpalmeida Ver Post
    Alfa Romeo Giulietta 1.4 MultiAir vs BMW 120 d : The Duel 33381583

    olha a ironia, mais 7 cavalos, mais 100 nm de binário e dos 80-120 em 6ª o giulietta faz 10s e o bmw 11.1s ;)
    Ja li outra vez para aqui comentários que os reprises dos diesel são superiores ao otto, oram vejam lá o site com mta atenção, e vejam, diesel mais 7 cavalos e mais 100 nm de binário, e dos 80-120 em 6ª onde é o suprasumo do diesel, o otto é mais rápido.

  28. #538
    GPL
    GPL está offline
    Piloto de Troféu GPL's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    In Autogas we trust
    Posts
    7,895

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Shaft Ver Post
    Em parte isso deve-se ao atraso tecnológico pois, ficaram anos esquecidos
    no fundo da cadeia de desenvolvimento e apenas este ano
    surgiram no mercado os primeiros sistemas Diesel capazes de trabalhar
    numa relação de 1:1 e atingir uma velocidade máxima de trabalho de
    6200rpm. Resta saber que será o primeiro fabricante a tirar partido deles.
    Duvido seriamente disto.
    A indústria automóvel europeia tem apostado quase tudo nos diesel, ajudada por empresas como a Bosch que vêm grande mercado nesta tecnologia.
    Mas sinceramente, a luz ao fundo do túnel não me parece que vá surgir agora passadas tantas décadas

  29. #539
    Piloto de Kart Shaft's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2010
    Posts
    111

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por GPL Ver Post
    Duvido seriamente disto.
    A indústria automóvel europeia tem apostado quase tudo nos diesel, ajudada por empresas como a Bosch que vêm grande mercado nesta tecnologia.
    Mas sinceramente, a luz ao fundo do túnel não me parece que vá surgir agora passadas tantas décadas
    Repare que o mercado Diesel nos anos 90 era muito pequeno, ia pouco além
    dos 20% do parque automóvel. Nos dias de hoje o parque é quase 50/50.
    (E em alguns segmentos o no. de registos Diesel chega a ser superior aos Otto)
    Os fabricantes só apostam à larga escala numa tecnologia se esta for
    bem aceite no mercado e traga bons resultados financeiros. Na década de 00
    o Diesel foi essa tecnologia e hoje os motores Diesel assumem-se como
    best sellers, algo impensável há apenas 20 anos atrás!
    Hoje um bom motor Diesel é diferenciador e traz vendas adicionais.
    Estima-se que a tecnologia Diesel continuará a evoluir durante os próximos
    40 anos e, já em 2011 vamos assistir ao lançamento do primeiro híbrido Diesel.
    Se os veículos Diesel têm cada vez mais adeptos é normal que os fabricantes
    depositem grande parte dos seus recursos nesta tecnologia e por isso não
    se prevê que o abrandar esteja perto.
    Última edição por Shaft : 14-12-10 às 01:14:35

  30. #540
    GPL
    GPL está offline
    Piloto de Troféu GPL's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    In Autogas we trust
    Posts
    7,895

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Shaft Ver Post
    Repare que o mercado Diesel nos anos 90 era muito pequeno, ia pouco além
    dos 20% do parque automóvel. Nos dias de hoje o parque é quase 50/50.
    (E em alguns segmentos o no. de registos Diesel chega a ser superior aos Otto)
    Os fabricantes só apostam à larga escala numa tecnologia se esta for
    bem aceite no mercado e traga bons resultados financeiros. Na década de 00
    o Diesel foi essa tecnologia e hoje os motores Diesel assumem-se como
    best sellers, algo impensável há apenas 20 anos atrás!
    Hoje um bom motor Diesel é diferenciador e traz vendas adicionais.
    Estima-se que a tecnologia Diesel continuará a evoluir durante os próximos
    40 anos e, já em 2011 vamos assistir ao lançamento do primeiro híbrido Diesel.
    Se os veículos Diesel têm cada vez mais adeptos é normal que os fabricantes
    depositem grande parte dos seus recursos nesta tecnologia e por isso não
    se prevê que o abrandar esteja perto.
    Um ponto de situação da tecnologia ao longo dos tempos:
    Sistema de alimentação mecânica a diesel exige cuidados acima da média

Página 18 de 39 PrimeiraPrimeira ... 817181928 ... ÚltimaÚltima

Tópicos semelhantes

  1. Quais os melhores motores diesel?
    Por Xalupa na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 99
    Último Post: 12-09-15, 14:44:06
  2. GPL em motores diesel
    Por SSx na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 39
    Último Post: 15-07-11, 11:43:49
  3. Focus Motores Diesel
    Por Balthar na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 30
    Último Post: 04-10-06, 12:06:40
  4. Discussão de Motores a diesel
    Por EnginE na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 44
    Último Post: 24-09-06, 18:22:12
  5. golf iV motores diesel
    Por 120D na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 28
    Último Post: 06-09-06, 03:08:29

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •