Anúncio

Collapse
No announcement yet.

CPR e outros - Ralis Nacionais

Collapse

Ads nos topicos Mobile

Collapse

Ads Nos topicos Desktop

Collapse
X
Collapse
Primeira Anterior Próxima Última
 
  • Filtrar
  • Tempo
  • Show
Clear All
new posts

    CPR e outros - Ralis Nacionais

    Finalmente estão se a fazer algumas reformas interessantes mas com muito que se diga ainda assim.
    Esperemos pelos proximos episódios!


    A FPAK já fez circular pelos clubes uma missiva que abre as Inscrições de Provas para o Calendário Desportivo FPAK para 2022 e no que se refere aos ralis ficou a saber que o Campeonato de Portugal de Ralis será composto por oito provas, quatro em piso de asfalto e quatro em piso de terra.
    Os eventos terão em 2022 quilometragem máxima de 100 quilómetros de provas especiais de classificação, sendo a competição aberta a Rally 2, Rally 3, Rally 4 e Rally 5. Haverá um novo grupo E-Rally, para carros com propulsão através de novas energias em função dos padrões que a FIA adotar.
    O Campeonato de Portugal de Ralis Duas Rodas Motrizes terá como seis a oito provas e terá e um Campeão Absoluto. Será também disputado o Campeonato de Portugal de Clássicos de Ralis com sete eventos em piso de asfalto. Manter-se-á o Campeonato de Portugal Júnior de Ralis com cinco eventos em piso de asfalto para veículos do grupo RC5, RC5N, RC4. Os júniores só podem participar tendo completado 27 anos até 31 dezembro 2022.
    O Campeonato Portugal RGT de Ralis terá seis eventos em asfalto, distribuídos pelos diferentes campeonatos FPAK 2022 que terão a mesma quilometragem do rali em que se enquadrem.
    Poderão existir troféus, challenges ou séries nacionais e ou internacionais adicionais dentro do programa do CPR e ou dos Campeonatos FPAK de 2022, alguns dos quais em avaliação neste momento.
    Como se sabe, vai voltar a haver a Peugeot Rally Cup Ibérica e em 2022 também o Troféu Toyota Gazoo Iberian Cup, que terá quatro provas em Portugal.
    Promo e Start
    Uma grande novidade: o Campeonato Promo de Ralis terá como calendário de oito a dez ralis, sendo que parte integrarão os eventos do CPR que não sejam provas tuteladas pela FIA. Gerará um campeão absoluto e terão em 2022 quilometragem máxima 60 a 80 quilómetros de provas especiais de classificação.
    Esta competição será aberta a Rally3, Rally4, Rally5, RC2N, RC3N, RC5N e ainda P1 – P2 – P3 – P4 – X1 – X2 – X3 – X 4 – X5 – X6 (Novo) – SC – STT.
    Nova mudança nos ‘regionais’: só 2RM
    Outra grande novidade: O Campeonato Start de Ralis será disputado de forma regional, a saber, Norte, Centro e Sul terá como calendário de seis a dez ralis, em função região geográfica onde se disputa com a quilometragem máxima de 30 a 50 quilómetros com um máximo de duas provas especiais de classificação e a duração máxima de um dia incluindo os reconhecimentos.
    A grande diferença é que será exclusivo a veículos 2RM (duas rodas motrizes): Rally 5, RC5N, P1 – P2 – X1 – X2 – X 4 e ainda Rally 4, sendo que as viaturas Rally4 com Homologação 01/01/2019 conforme Art. 260 Anexo J 2021, não são admitidas neste campeonato. Ou seja, por exemplo, os Peugeot 208 Rally4 da Peugeot Rally Cup Ibérica.

    Nos campeonatos das ilhas nada muda, é semelhante a 2021, sendo que a Taça de Portugal de Ralis está em fase de estudo, e será implementada em 2022 disputada num rali único, a realizar no fim da época, em duas categorias: Absoluto e Duas Rodas Motrizes aberto a todo o tipo de veículos que constem dos regulamentos técnicos de ralis em Portugal.


    https://www.autosport.pt/ralis/cnr-campeonato-nacional-de-ralis/ralis-2022-com-muitas-novidades/

    Editado pela última vez por Pneucareca; 16 October 2022, 21:43.

    #2
    TOYOTA GAZOO RACING IBERIAN CUP JÁ TEM CALENDÁRIO



    https://www.autosport.pt/ralis/toyot...em-calendario/

    Comentário


      #3
      A DEMOPORTO já andou esta semana por Fafe. Eles vem aí

      Comentário


        #4
        Com uma revolução anunciada nos ralis 2022, os calendários chegaram apenas no penúltimo dia do ano, mas logo com falsa “start”...

        Finalmente, no penúltimo dia do ano, lá chegaram os calendários dos ralis! Porém se todo esse atraso se poderia justificar pelo prolongar da época 2021 e pelo facto de haver várias mudanças na estrutura dos campeonatos, esperar-se-ia que tudo fosse revelado de uma só vez, porém nada disso aconteceu e nem mesmo os calendários foram todos revelados, havendo logo uns campeonatos com falsa partida (start) e nada de regulamentos. Novo ano… velhos hábitos!

        Mas vamos analisar o que foi revelado. No CPR, com oito provas, em oito meses [de Março a Outubro], o que, num calendário bem feito daria uma prova por mês, acaba por ter, logo a abrir, três provas num só mês e mesmo cinco em três meses. Claro que num campeonato com provas internacionais, a calendarização destas condiciona tudo. Ora, por isso mesmo, teria toda a lógica atrasar uma ou duas semanas o Rali Terras de Aboboreira, afastando-o dos Açores e o mesmo fazer (duas ou três semanas mais tarde) com o Rali de Castelo Branco, afastando-o mais do Rali de Portugal. Não teria sido difícil, mas lá está, novo ano… velhos hábitos!

        Como todos sabem, o CPR, alegadamente por ‘exigência’ dos Senhores Pilotos [da frente] não pode ter mais do que oito provas devido (segundo dizem) aos custos! Se esta ‘exigência’ já por princípio é questionável, mais ainda será quando ‘quem manda’ cria um campeonato, teoricamente uma 2ª divisão nos ralis, apelidando-o de “Promo” (sic) com nada mais, nada menos do que 10 provas (mesmo que apenas contem 7 resultados)! Isto é, no CPR, com carros de 300.000 € e orçamentos de semelhante valor, não se pode ter mais do que 8 provas (contando 7 resultados), mas num campeonato de 2ª divisão, logo, com equipas com orçamentos bem mais (bem mais, mesmo) reduzido, já se podem fazer 10 provas! Lá está, novo ano… velhos hábitos!

        Mas ainda quanto ao CPR, alegadamente também por ‘exigência’ dos Senhores Pilotos [da frente] as provas não podem ter mais do que 100 Km cronometrados! Todas? Pelo que se viu em 2021, claro que não! Apenas as nacionais. Estas, que se tivessem mais 10 ou 20 Km poderiam ser bem mais interessantes e competitivas, tanto para participantes como para o público, estão limitadas à ditadura dos 100 Km, mas depois os Senhores Pilotos [da frente] já podem ir ‘a correr’ pagar mais 2 ou 3000 € para se inscreverem na prova do ERC, fazerem já não apenas 100 Km cronometrados mas sim quase 200. No Rali de Portugal fazerem mais de 120 e alguns fazerem mesmo a prova toda e na Madeira fazerem alegremente 160 Km cronometrados. Em 2022 com o regresso dos Açores, teremos mais uma prova onde os Senhores Pilotos [da frente] poderão ‘compor’ o seu (segundo eles) escasso orçamento! Coerência? Certamente que não no (pequeno) mundo dos ralis cá do burgo! Lá está, a nada se alterar regularmentamente, novo ano… velhos hábitos!

        Mas há mais! Um CPR2 [2 RM] com sete provas – mais uma do que em 2021 – e ainda por cima com duas delas internacionais. Um campeonato que deveria ser direcionado para promover jovens pilotos, mas que infelizmente não tem tido grande adesão, onde os pilotos têm imensa dificuldade em completar os orçamentos - poucos conseguem fazer a época completa - e em sobressair num meio onde os Rally2 (quase) tudo abafam, vai ter não só mais uma prova, como duas delas são provas internacionais (uma do ERC, outra do WRC) onde os 2RM nacionais, mesmo não fazendo toda a prova, vão passar nos troços sempre entre os últimos do pelotão, arrastando-se nos pisos degradados e quase já sem público para os ver passar. A quem interessará um campeonato destes? A um ou outro endinheirado, talvez! Mas lá está, novo ano… velhos hábitos!

        Entretanto, os denominados campeonatos “Start” (sic), acabaram por não ser divulgados e a ‘invenção’ de provas com o máximo de 50 Km cronometrados parece que está a ter partos difíceis! Sinceramente não se percebe como os clubes irão conseguir ‘vender’ semelhante produto às Câmaras Municipais. Poderá acontecer que, por desconhecimento do que se trata, o consigam em 2022, mas o mais natural é que ou isto do “Start” (sic) não seja mais do que uma experiência de um ano, ou irão ter ainda mais dificuldade em encontrar municípios que queiram apoiar estes ‘ralizinhos’. Mas lá está, segundo quem ‘manda’ haverá sempre alguém para pagar a conta, mesmo que muitos municípios deixem de querer ouvir sequer falar de ralis! Novo ano… velhos hábitos!

        Entretanto e para finalizar, de novo iremos ter a Taça dos Ralis no Algarve. Depois do que se passou em 2021 onde a prova algarvia pouco mais foi do que uma prova do ‘Regional’ Sul, esperava-se que não se repetisse o mesmo erro. Uma prova destas, que deveria ser sempre uma festa dos ralis, ou teria que ter orçamento que permitisse inscrições a preço (muito) reduzido - apenas o pagamento do seguro – às equipas elegíveis para essa Taça, além de apoios na deslocação, podendo assim realizar-se em qualquer parte do país, incluindo Açores e Madeira, sendo feita de forma rotativa em vários lugares, ou então, não tendo todo esse orçamento, deveria ser disputada mais no centro do país, tornando mais económica a participação, mas mesmo assim com quem ‘manda’ e/ou que organiza a arranjar alguns apoios à participação das equipas conforme a distância (incluindo as equipas insulares). Manter tudo como em 2021 é claramente e mais uma vez, novo ano… velhos hábitos!
        http://m.sportmotores.com/sportmotor...OTICIA(62050);

        Comentário


          #5
          Rally Cidade Termal 12/13 Fevereiro
          https://www.autosport.pt/ralis/rali-...sao-destaques/

          Realiza-se a 12 e 13 de fevereiro nas belíssimas margens do Rio Vouga, o Rali Cidade Termal, que percorre as classificativas de asfalto da região. Um dos pontos altos desta nova prova-extra será a AQVA Termas Street Stage, traçada nas imediações das Termas de São Pedro do Sul: “Os concorrentes partem das Termas e fazem um percurso de 3,9 km, com duas passagens. O aliciante extra é o facto de o público que está alojado nas Termas poder assistir à Super Especial nas varandas dos quatro hotéis por onde a classificativa passa, garantindo toda a sua comodidade e segurança, ao mesmo tempo que desfrutam do rali num local único em toda a Península Ibérica”, afirmou José Correia, responsável da Promolafões.
          As inscrições para o Rali Cidade Termal ainda decorrem, mas estão já confirmadas cinco viaturas N5 preparadas pela espanhola RMC, de Roberto Mendez. Ao volante, estarão duas duplas espanholas e três portuguesas, com o piloto local Luís “Bob” Martins a ser um dos que se vai estrear ao volante de um N5, tal como José Loureiro, outro piloto da região de Lafões.
          Outra estreia absoluta será o Suzuki Swift Maxi pilotado por Daniel Silva, um carro que, tal como os N5, poderá correr nos ralis portugueses a partir deste ano. A categoria R5 terá pelo menos dois Peugeot 208 T16, um deles para o ex-campeão nacional de 2 Rodas Motrizes e de Promoção, Carlos Matos.
          O tricampeão nacional de ralis GT, Vítor Pascoal, estará ao volante de um dos Porsche GT3 Cup em São Pedro do Sul, prometendo mais um grande espetáculo visual e sonoro num percurso completamente inédito em Portugal. Além da AQVA Termas Street Stage, a realizar no sábado, a partir das 15h30, o Rali Cidade Termal terá mais cinco especiais no domingo, com dupla passagem pelo troço D. Afonso Henriques –Carvalhais (8,2 kms) e três passagens pela classificativa D. Amélia – Serrazes (12,4 km), num total de 61,4 quilómetros cronometrados.
          A Organização no terreno estará a cargo da equipa de comissários do Team Baia e as inscrições estão a decorrer no portal da FPAK.

          Comentário


            #6

            Comentário


              #7
              Promete muito apesar do Bruno ter caído um pouco de forma nestes ultimos 2 anos, poderá ser uma das equipas mais fortes de sempre no campeonato português.
              Pena não terem um rally4 para uma base melhor.

              Comentário


                #8
                RallySpirit Altice

                https://www.autosport.pt/ralis/rally...-a-ceu-aberto/

                Comentário


                  #9





                  https://www.rally-maps.com/Rally-de-Lisboa-2021

                  Comentário


                    #10
                    https://www.autosport.pt/ralis/rally...oes-em-direto/

                    Comentário


                      #11
                      Rali Vinho da Madeira com transmissão de todas as especiais em:

                      https://www.rtp.pt/play/direto/rtpmadeira

                      ou: https://www.facebook.com/maisralis

                      Comentário


                        #12

                        Comentário


                          #13
                          https://www.facebook.com/69837513026...FUwz9n5twxLZl/



                          Edit: acabou por falecer. [emoji45][emoji45]
                          Editado pela última vez por fokemon; 06 August 2022, 21:03.

                          Comentário


                            #14
                            60 do rei português de Monte Carlo.
                            https://www.autosport.pt/ralis/adruz...s-pelos-ralis/
                            https://www.autosport.pt/ralis/quand...zi-e-delecour/

                            Comentário


                              #15
                              Qd ouço o nome Adruzilio Lopes imagino um 306 Maxi

                              Comentário


                                #16
                                Originalmente Colocado por AyrtonRose Ver Post
                                Qd ouço o nome Adruzilio Lopes imagino um 306 Maxi
                                É inevitável e estará de regresso a ele em 2023, em principio.
                                https://www.radiovizela.pt/noticia-a...ova-temporada-

                                Comentário


                                  #17
                                  Nada de muito diferente comparado com o esquema deste ano.
                                  Fortunas para se fazer no máximo 100kms.
                                  https://www.autosport.pt/ralis/cnr-c...s-competicoes/

                                  Comentário


                                    #18



                                    ......

                                    Comentário

                                    AD fim dos posts Desktop

                                    Collapse

                                    Ad Fim dos Posts Mobile

                                    Collapse
                                    Working...
                                    X