Anúncio

Collapse
No announcement yet.

O que é uma boa poupança?

Collapse

Ads nos topicos Mobile

Collapse

Ads Nos topicos Desktop

Collapse
X
 
  • Filtrar
  • Tempo
  • Show
Clear All
new posts

    O que é uma boa poupança?

    Fala-se tanto em poupança e crise, o que é, em números, uma boa poupança?
    O que é o chamado "conforto" financeiro?
    É estar sem dividas? É ter algum dinheiro no banco?(que quantias?)

    Cumprimentos,
    Miguel.

    #2
    Zona de conforto financeiro ou o ter poupanças é, por exemplo, possuires um pé de meia para caso haja alguma complicação de saúde contigo ou com alguém próximo de ti (pais, esposa, filhos) e teres com que te orientar, no mínimo, numa fase inicial. Isto no meu entender.

    Isto é mais fácil de acontecer se o que auferes no teu trabalho não acaba por ser chapa ganha chapa gasta...

    Comentário


      #3
      Dizem que uma boa poupança é ter um valor disponível que permita manter o nível de vida que se tem durante 3 anos, sem receber nenhum dinheiro.

      Comentário


        #4
        Originalmente Colocado por Thatsme Ver Post
        Zona de conforto financeiro ou o ter poupanças é, por exemplo, possuires um pé de meia para caso haja alguma complicação de saúde contigo ou com alguém próximo de ti (pais, esposa, filhos) e teres com que te orientar, no mínimo, numa fase inicial. Isto no meu entender.

        Isto é mais fácil de acontecer se o que auferes no teu trabalho não acaba por ser chapa ganha chapa gasta...
        Infelizmente o "chapa ganha, chapa gasta", acaba por ser algo comum, ou porque havia pagamento de horas extraordinárias e deixou de haver, ou por outros motivos do mesmo foro.

        Mas qual será o valor para se poder gerir o dia-a-dia e sentir algum conforto?

        A pergunta é estranha, mas ouve-se tanto em poupança, que fico sem perceber o que é uma boa poupança, ou o que é um bom pé-de-meia.

        Comentário


          #5
          depende das pessoas, do tipo de vida que têm etc.

          Para mim é ter o suficiente para em condições normais, conseguir viver mais de um ano sem entrar nenhum dinheiro.
          Claro que se puder ser 2 anos ou 3 melhor. No entanto muitas pessoas não conseguem juntar praticamente nada, por exemplo vivendo sozinho com 800€ ou 900€ é muito difícil juntar..

          Comentário


            #6
            Originalmente Colocado por NMiguel Ver Post
            Infelizmente o "chapa ganha, chapa gasta", acaba por ser algo comum, ou porque havia pagamento de horas extraordinárias e deixou de haver, ou por outros motivos do mesmo foro.

            Mas qual será o valor para se poder gerir o dia-a-dia e sentir algum conforto?

            A pergunta é estranha, mas ouve-se tanto em poupança, que fico sem perceber o que é uma boa poupança, ou o que é um bom pé-de-meia.
            O problema é que a maioria das pessoas para alem de gerir mal o dinheiro ganha pouco.

            Um bom pé-de-meia para uma pessoa que ganhe 800€ pode ser diferente de uma que ganhe 2000€

            Comentário


              #7
              Originalmente Colocado por JoelM Ver Post
              depende das pessoas, do tipo de vida que têm etc.

              Para mim é ter o suficiente para em condições normais, conseguir viver mais de um ano sem entrar nenhum dinheiro.
              Claro que se puder ser 2 anos ou 3 melhor. No entanto muitas pessoas não conseguem juntar praticamente nada, por exemplo vivendo sozinho com 800€ ou 900€ é muito difícil juntar..
              No meu circulo de amigos, poucos são os que ganham mais de 700euros. Ainda por cima, com despesas de deslocações de cerca de 200euros mensais.
              Realmente por cá está a ficar inóspito á vida humana.

              Comentário


                #8
                O meu pé de meia é pôr 100€ de lado por mês. Felizmente o meu unico vicio é a net.

                Comentário


                  #9
                  Entre 1 e 2 ordenados mínimos(ano) classe média/baixa [5000€;10000€](rendimento líquido mensal inferiores a 2 ordenados mínimos). Entre 2 e 3 ordenados mínimos (ano)[10000€;17500€] para a classe média(rendimento líquido mensal inferiores a 3 ordenados mínimos). Acima 4 ordenados mínimos (ano)[24000€] para a classe média/alta(rendimento líquido mensal inferiores a 5 ordenados mínimos e superior a 3).

                  Comentário


                    #10
                    a cena do "poupar" a mim não me assiste.

                    Comentário


                      #11
                      Originalmente Colocado por NMiguel Ver Post
                      No meu circulo de amigos, poucos são os que ganham mais de 700euros. Ainda por cima, com despesas de deslocações de cerca de 200euros mensais.
                      Realmente por cá está a ficar inóspito á vida humana.
                      Pois, pessoal que ganhe 700€ e que viva sozinho é muito dificil poupar.

                      Conheço quem pague mais de 100€ de passe, mais carro e casa só aqui vão 600€. Ou se vive com alguem e se consegue algumas "economias de escala"(penso não estar a dizer asneira) ou é muito difícil ter uma vida com alguma segurança. Uma pessoa sozinha com 1000€ o que sobra ou poupa e pouco goza o dinheiro ou então "tem vida" e não poupa.

                      Agora se falarmos dos que ganham abaixo dos 700€ poupar não existe mesmo, é apenas sobreviver...
                      Editado pela última vez por JoelM; 01 January 2012, 15:13.

                      Comentário


                        #12
                        Digo mesmo, alguem sozinho que ganhe mesmo 1000euros, como dizes e bem para poupar, deixa de gozar a vida.

                        E mesmo 1500euros. pouco se nota.

                        Temos um custo muito alto.

                        Carro, quem tenha prestaçao de 250euros + 150euros em combustivel+ 50 a 100 euros em seguros, revisoes e pneus, so aqui dá cerca de 500euros. Quem pagar prestaçao da casa ou renda, que sejam 450euros ou 500, para nao falar em muito mais. temos 1000euros só aqui. agora tem que se somar comida, filhos, roupa, etc...

                        Portanto para a tipica familia portugesa, sao cerca de 1500euros por mes. Poupar??? É dificil.

                        Comentário


                          #13
                          Desculpem lá, mas se eu vivesse sozinho a receber 1.000 euros limpinhos por mês fazia vida de lorde !

                          Comentário


                            #14
                            Originalmente Colocado por Varycela Ver Post
                            Desculpem lá, mas se eu vivesse sozinho a receber 1.000 euros limpinhos por mês fazia vida de lorde !
                            Esta fez-me rir!

                            Comentário


                              #15
                              Originalmente Colocado por Vrumm Ver Post
                              Esta fez-me rir!
                              Se calhar ele quer dizer 1000 euros limpinhos depois de tudo pago....

                              Comentário


                                #16
                                Originalmente Colocado por Varycela Ver Post
                                Desculpem lá, mas se eu vivesse sozinho a receber 1.000 euros limpinhos por mês fazia vida de lorde !
                                Claro que sim, desde que não tivesses uma renda para pagar de 400/500 euros, desde que não tivesses prestação do carro para pagar!!! Agora se viveres sózinho, não pagares renda e teres o carro pago, aí já se viveria bem, mas nunca como um Lord, pois haveria sempre agua, luz, gás, tv cabo, combustivel, telemovel e alimentação (e outros gastos que aparecem sempre) para pagar!!


                                Uma boa poupança, é ter dinheiro para uma situação inesperada como saude, ou ficar sem trabalho e desse no minimo para viver no minimo dos minimos durante um ano , sem ter nenhuma fonte de receitas...mas neste momento poupar, falo pessoalmente, é pratica muito pouco recorrente de há uns aninhos para cá Vai dando para viver e ter comida em casa, para mim e a minha mulher e filha!!
                                Editado pela última vez por fixxe77; 01 January 2012, 17:13.

                                Comentário


                                  #17
                                  Desculpem a pergunta que quero fazer, mas não é para criticar ninguém, mas faz-me confusão que se comprem carros ás prestações.

                                  Porque não um carro pior/usado a pronto, em vez de um novo, mas que que tem a vantagem de não se ter dívidas?
                                  Editado pela última vez por Israel; 01 January 2012, 17:32.

                                  Comentário


                                    #18
                                    Eu compreendo que se compre carro ás prestações. Eu próprio tenho, e tenho dinheiro para o pagar e não o pago. E perguntas porque?

                                    Porque o credito é uma ferramenta para utilizarmos,@desde quede forma ponderada e racional. E o dinheiro fica disponivel para qualquer situaçao mais rantável ou inesperada.

                                    Comentário


                                      #19
                                      Os 1ºs carros são sempre em 2ªmão, mas há um dia em que queremos ter um novo desde o inicio!! E depois , a ideia que eu tenho, é que a grande maioria dos carros novos que saem, são comprados a prestações! Pelo menos de pessoas que têm carros novos, só conheço uma que pagou o seu carro a pronto pagamento!!

                                      Comentário


                                        #20
                                        Originalmente Colocado por Israel Ver Post
                                        Desculpem a pergunta que quero fazer, mas não é para criticar ninguém, mas faz-me confusão que se comprem carros ás prestações.

                                        Porque não um carro pior/usado a pronto, em vez de um novo, mas que que tem a vantagem de não se ter dívidas?
                                        Falando no meu caso, comprei um carro de segmento C a crédito. O carro anterior já não me dava garantias de segurança (ia para 20 anos) e carros usados só de pessoas de confiança ou então com boa garantia (2 anos), sendo que o preço destes últimos pouco diferem dos carros novos. Para além disso beneficiei de um desconto considerável por ter dado um carro antigo para abate.

                                        E pronto, não houve confusão nenhuma, comprei o carro para pagar em 4 anos e ao fim de 2 ficou pago, não deixei de comer e continuei a fazer a vida de sempre.

                                        Comentário


                                          #21
                                          Sim, estou a perceber que podem ir pagando e terem o dinheiro disponível para outras aplicações, engraçado que isso não me faz confusão se estivermos a falar de contas de empresas (sendo que até é assim que é ensinado), mas aplicando a contas pessoais, faz-me impressão

                                          Eu tenho um carro usado, mas caso tenha de trocar, para comprar novo teria de ter umas finanças muito boas que me permitessem comprar um carro e continuar com uma boa poupança, ou entrão compro usado.

                                          Tudo depende também do carro e do valor da prestação em relação do rendimento mensal, até que valor em % é que vocês aceitam ir para as prestações de um carro?

                                          PS:Desculpem o off topic, mas não vale a pena criar um tópico só para esta pequena discussão de um assunto que tenho alguma curiosidade.

                                          Comentário


                                            #22
                                            Ainda hoje escrevi isso algures no forum geral, no meu caso, ir além de 20% do valor do salário é estar a pisar o risco.
                                            E mesmo 20% já é um pouco puxado.

                                            Nas finanças pessoais passa-se exactamente o mesmo que nas das empresas.

                                            Imagina eu tenho 10000euros, e tenho que comprar um carro que custa esses mesmos 10000euros.
                                            Se for a poupar para ter mais 10000euros para o comprar, demoro uma série de anos, entao a soluçao seria pagar a pronto ou a crédito.
                                            Se pagar a crédito o carro, tenho uma taxa de juro baixa. Se pagar a pronto fico despido de dinheiro, e pode-me surgir algum rpoblema e nao ter dinheiro, e ter de o arranjar,@ora o credito pessoal é mais caro que o automovel. Logo aí já nao compensa.

                                            Trata-se de uma questao de gestao. Assim tenho os mesmos 10000euros, tenho a situaçao do carro controlada,@ou seja, o valor que tenho cobre o valor em divida, e nao deixo de ter dinheiro para qualquer problema que surja. Como pedindo de uma forma racional o credito/leasing para o carro, o valor deste cobre sempre o valor em divida. Portanto investimento seguro.

                                            isto é apenas um exemplo.

                                            Agora se vires isto, tens 10000euros, e queres um de 35000euros, já nãp está muito seguro.
                                            Editado pela última vez por NMiguel; 01 January 2012, 18:18.

                                            Comentário


                                              #23
                                              Originalmente Colocado por NMiguel Ver Post
                                              Digo mesmo, alguem sozinho que ganhe mesmo 1000euros, como dizes e bem para poupar, deixa de gozar a vida.

                                              E mesmo 1500euros. pouco se nota.

                                              Temos um custo muito alto.

                                              Carro, quem tenha prestaçao de 250euros + 150euros em combustivel+ 50 a 100 euros em seguros, revisoes e pneus, so aqui dá cerca de 500euros. Quem pagar prestaçao da casa ou renda, que sejam 450euros ou 500, para nao falar em muito mais. temos 1000euros só aqui. agora tem que se somar comida, filhos, roupa, etc...

                                              Portanto para a tipica familia portugesa, sao cerca de 1500euros por mes. Poupar??? É dificil.
                                              E 1500€ hoje em dia já não é nada mau.
                                              Originalmente Colocado por Varycela Ver Post
                                              Desculpem lá, mas se eu vivesse sozinho a receber 1.000 euros limpinhos por mês fazia vida de lorde !
                                              Como? Bom depende do que achas que é uma vida de lorde, mas com 1.000€ dúvido que se consiga tal coisa.

                                              Só se não tiveres casa nem carro para pagar, nem filhos. Até porque em todos os posts que fiz neste tópico não falei de filhos, é que se falar de filhos..
                                              Editado pela última vez por JoelM; 01 January 2012, 18:42.

                                              Comentário


                                                #24
                                                Originalmente Colocado por NMiguel Ver Post
                                                Ainda hoje escrevi isso algures no forum geral, no meu caso, ir além de 20% do valor do salário é estar a pisar o risco.
                                                E mesmo 20% já é um pouco puxado.

                                                Nas finanças pessoais passa-se exactamente o mesmo que nas das empresas.

                                                Imagina eu tenho 10000euros, e tenho que comprar um carro que custa esses mesmos 10000euros.
                                                Se for a poupar para ter mais 10000euros para o comprar, demoro uma série de anos, entao a soluçao seria pagar a pronto ou a crédito.
                                                Se pagar a crédito o carro, tenho uma taxa de juro baixa. Se pagar a pronto fico despido de dinheiro, e pode-me surgir algum rpoblema e nao ter dinheiro, e ter de o arranjar,@ora o credito pessoal é mais caro que o automovel. Logo aí já nao compensa.

                                                Trata-se de uma questao de gestao. Assim tenho os mesmos 10000euros, tenho a situaçao do carro controlada,@ou seja, o valor que tenho cobre o valor em divida, e nao deixo de ter dinheiro para qualquer problema que surja. Como pedindo de uma forma racional o credito/leasing para o carro, o valor deste cobre sempre o valor em divida. Portanto investimento seguro.

                                                isto é apenas um exemplo.

                                                Agora se vires isto, tens 10000euros, e queres um de 35000euros, já nãp está muito seguro.
                                                Posso estar a falar de barriga cheia porque tenho um carro com perto de 4 anos, mas com 10.000€ na conta não comprava um carro por esse preço. Crédito nunca já que ia pagar juros, e gastar tudo o que tinha num carro digamos que é perigoso.

                                                Há carros ainda em condições por 3.000€, ou 2.000€ com 1.000€ de arranjo.

                                                Depois claro, depende do emprego da pessoa e se acha que está seguro ou não e de quantos km's faz, quanto ganha etc.

                                                PS: Quando comprei o meu carro não tinha nem de perto dinheiro para o pagar logo, foi com crédito e correu bem, paguei antes do tempo. Mas entretanto mudei a minha maneira de ver as coisas e hoje preferia ter investido melhor o dinheiro.
                                                Editado pela última vez por JoelM; 01 January 2012, 18:50.

                                                Comentário


                                                  #25
                                                  Em termos economicistas, um pé de meia é o equivalente a possuir 6 ordenados brutos (exemplo 1200€ ilíquidos X 6 = 7200€)


                                                  Na minha opinião, esta análise deverá de ser feita tendo em conta as responsabilidades pessoais, ou seja, número de dependentes, responsabilidades actuais (casa, carro, prestadores de serviços, outros).

                                                  Posto isto, alguém que possua o equivalente a 12 meses de despesas gerais poderá considerar-se minimamente preparado para eventualidades da vida.

                                                  Comentário


                                                    #26
                                                    Originalmente Colocado por NMiguel Ver Post
                                                    Digo mesmo, alguem sozinho que ganhe mesmo 1000euros, como dizes e bem para poupar, deixa de gozar a vida.

                                                    E mesmo 1500euros. pouco se nota.

                                                    Temos um custo muito alto.

                                                    Carro, quem tenha prestaçao de 250euros + 150euros em combustivel+ 50 a 100 euros em seguros, revisoes e pneus, so aqui dá cerca de 500euros. Quem pagar prestaçao da casa ou renda, que sejam 450euros ou 500, para nao falar em muito mais. temos 1000euros só aqui. agora tem que se somar comida, filhos, roupa, etc...

                                                    Portanto para a tipica familia portugesa, sao cerca de 1500euros por mes. Poupar??? É dificil.
                                                    Dass, não sei como é que os ~1500€ por mês cá em casa dão para 4 pessoas e ainda se poupa.

                                                    Comentário


                                                      #27
                                                      Originalmente Colocado por ricardodsb Ver Post
                                                      Dass, não sei como é que os ~1500€ por mês cá em casa dão para 4 pessoas e ainda se poupa.
                                                      Não se deve generalizar.

                                                      Existe famílias com despesas fixas e correntes, outras apenas com despesas correntes. É muito subjectivo, fazer um comentário como o teu .

                                                      Comentário


                                                        #28
                                                        Originalmente Colocado por Brabus Ver Post
                                                        Não se deve generalizar.

                                                        Existe famílias com despesas fixas e correntes, outras apenas com despesas correntes. É muito subjectivo, fazer um comentário como o teu .
                                                        Claro que tudo é relativo e cada caso é um caso mas essas despesas fixas que referes não são obrigatórias. Há que ter o mínimo de bom senso ao aceder a créditos.

                                                        O que me parece no mínimo estranho é que alguém que viva sozinho com 1000€/mês tenha de deixar de gozar a vida para poupar.

                                                        Comentário


                                                          #29
                                                          Vai depender da mentalidade e dos rendimentos de cada um. Há quem goste de viver com mais cautela, poupar mais a pensar no futuro, e há quem prefira manter um nível de vida superior e poupar menos. Acho que, desde que evitando os extremos, não há aqui um método certo e outro errado, é apenas uma questão de preferência. Afinal de contas o dinheiro também serve para gastar, não é para levar para a cova, mas também é pouco prudente no fim do mês a conta ir a zero porque no mês em que o salário faltar ou surgir um imprevisto está tudo estragado.

                                                          Uns dirão 500, outros 50000. Para o custo de viver em Portugal eu diria que 5000€ nos tempos que correm já é uma "reserva" bem aceitável, mas acho que é um valor que a maioria da população não consegue manter porque os salários são muito baixos. Eu "quando for grande" gostava de fazer como alguns dizem de ter dinheiro de lado para me sustentar sem rendimentos durante 2-3 anos, mas só vejo isso a acontecer um dia que ganhe muito bem e viva bastante folgado.

                                                          Comentário


                                                            #30
                                                            Originalmente Colocado por ricardodsb Ver Post
                                                            Dass, não sei como é que os ~1500€ por mês cá em casa dão para 4 pessoas e ainda se poupa.
                                                            Ainda bem para ti! Mas como se disse é tudo muito subjectivo! Aqui em casa o orçamento mensal anda na ordem tambem dos 1500, mas poupar está complicado. e somos 3 a caminho de 4!! Muitas vezes evitamos sair, pois uma saida no minimo implica gasóleo, mas de repente sempre haverá mais um almoço e por aí adiante!!

                                                            Comentário

                                                            fim dos postas

                                                            Collapse
                                                            Working...
                                                            X