Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Bateram-me no carro

Collapse

Ads nos topicos Mobile

Collapse

Ads Nos topicos Desktop

Collapse
X
 
  • Filtrar
  • Tempo
  • Show
Clear All
new posts

    Bateram-me no carro

    Boa noite,

    Pedia aqui a ajuda dos amigos foristas para a seguinte situação.

    Em inicio de Agosto tinha o carro estacionado em frente ao meu local de trabalho, sendo que por volta das 14h30 fui avisado por um colega que me tinham acabado de bater no carro e fugido.

    Cheguei ao local e tinha o carro com o parachoques da frente no "chão" e o guarda lamas dentro.

    O meu colega retirou a matricula e nesse mesmo dia fui à PSP apresentar queixa. Apresentei também uma reclamação à companhia do dono do carro que me bateu que era a "Allianz" por sinal.

    A situação actual é a seguinte :

    A Allianz diz que não quer pagar pois a minha testemunha não é válida para eles, pois segundo eles "a testemunha é meu colega de trabalho".

    O dono do carro que me bateu diz que não notou nada e por isso não quer assumir responsabilidade do acidente.

    Escusado será dizer que isto é uma autêntica palhaçada e eu estou completamente sem saber o que fazer.

    Um abraço e obrigado

    #2
    A tua companhia também é a Allianz, é isso?

    Quanto à situação e visto que o sujeito não se vai dar culpado e como tal a companhia não irá assumir, o que poderás fazer é avançar com um processo judicial.

    Comentário


      #3
      Antes de mais obrigado pela resposta. A minha companhia não é a mesma que a dele. É a Axa.

      Comentário


        #4
        Penso que a melhor maneira de resolveres a situação é apresentares queixa às autoridades.

        Comentário


          #5
          Originalmente Colocado por ShaftPolls Ver Post
          Antes de mais obrigado pela resposta. A minha companhia não é a mesma que a dele. É a Axa.
          Ora essa, estamos cá para isso.

          Como já dito, a companhia não irá assumir responsabilidade, visto que o seu segurado diz que não se recorda de ter feito algo.

          Tenta falar na tua companhia para teres acesso ao aopio jurídico e acima de tudo, cuidado em não deixar prescrever o prazo para apresentar queixa

          Comentário


            #6
            Queixa às autoridades foi o 1º passo logo no dia do acidente.

            Pois de facto tentar pedir apoio jurídico à minha companhia parece-me boa ideia. Até ao momento só tenho falado com a companhia dele.

            Comentário


              #7
              teres feito a queixa foi o passo mais importante e o principal, assim como avisares a companhia de seguros. agora uma coisa é certa: o outro não se "recorda" de ter feito manobras que levassem a bater no carro, por isso irás ter muitos problemas em conseguir provar que te bateram.

              agora a cena do colega de trabalho ter visto e não poder ser usado como testemunha não cola. se trabalham várias pessoas contigo, tanto faz teres sido tu a ver, como outro qualquer. queriam que fosse alguém de fora, é isso? não sendo familiar, eles têm que aceitar a testemunha. podem é não dar credibilidade ao testemunho dele, mas isso á outra história.

              Comentário


                #8
                Editado pela moderação
                Editado pela última vez por Vanquish; 18 October 2009, 22:37. Razão: Violação das Regras

                Comentário


                  #9
                  Este tipo de caso não é de fácil resolução.

                  Se pensarem na situação inversa, bastaria que dois "conhecidos" meus vissem um carro, depois apontassem a matrícula e restantes dados, para fazer uma participação.
                  Se reparem conseguem identificar tanto a mat. como dados do carro.

                  Não quero dizer com isto que sejam todas as situações fraudes, mas apenas que as companhias nestes casos podem ter dúvidas e cautelas quanto ao envolvimento do seu segurado, ainda mais quando a única testemunha é conhecido do lesado.

                  Posto isto o melhor seria tentar ver se mais alguém na zona viu ou se o carro dele tem marcas.
                  Com base no descreves mesmo com o apoio jurídico a comp. do outro vai manter a posição. e mesmo em sede judicial dependerá muito da testemunha, já que caberá a ti a prova.

                  Boa sorte!

                  Comentário


                    #10
                    Estou numa situação parecida, ia pro meu carro quando um tipo a fazer manobra bate-me no carro, saco de imediato o telemóvel e tiro uma foto, o tipo mete marcha-atrás, pira-se, 300mts à frente despista-se na altura em que se cruza com uma carrinha com C.I. da PSP (eu sei que parece filme) mas ando neste filme desde 30 de Agosto e até agora o tipo não apresentou participação e diz que não se lembra de ter batido (pudera, com tanto alcool é normal )

                    Agora a ver o que resolvem (a seguradora é a mesma dos dois) mas tou a ver que vou ter que avançar por via judicial

                    Comentário

                    fim dos postas

                    Collapse
                    Working...
                    X