Engenharia mecânica tem futuro? - Página 4

Página 4 de 5 PrimeiraPrimeira ... 345 ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 91 para 120 de 132
Like Tree29Likes

Título: Engenharia mecânica tem futuro?

  1. #91
    air
    air está offline
    Piloto Veterano air's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto/Aveiro
    Posts
    21,386

    Por Defeito

    Pessoas que não acabem o curso em 5 anos e com média de 14 têm algumas portas fechadas. E aqui nem vale a pena dizer que são da FEUP ou do IST. Claro que não é obrigatório para ter sucesso na carreira.


  2. #92
    Banido MrBrown's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2008
    Localização
    = f(t,€)
    Posts
    4,895

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por air Ver Post
    Pessoas que não acabem o curso em 5 anos e com média de 14 têm algumas portas fechadas. E aqui nem vale a pena dizer que são da FEUP ou do IST. Claro que não é obrigatório para ter sucesso na carreira.
    Há pelo menos um professor na FEUP (que nem tenho a certeza se é catedrático ou não) que acabou mais próximo do 12 do que outra coisa qualquer...
    Sinceramente, acho um factor indicativo importante dependendo do que se quer, mas está muito longe de ser dos mais importantes, especialmente na engenharia mecânica.

    Para grandes empresas até pode ser uma maneira de limitar as candidaturas...mas vá...há casos de tudo...

    (Já agora...média igual ou superior a 14 na FEUP devem ser para aí os 10% a 15% melhores...dependendo do ramo
    E estamos a falar de um curso que há 5 anos atrás tinha como MÉDIA de tempo de conclusão mais de 15 semestres...)
    Última edição por MrBrown : 17-12-11 às 05:10:57

  3. #93
    air
    air está offline
    Piloto Veterano air's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto/Aveiro
    Posts
    21,386

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MrBrown Ver Post
    Há pelo menos um professor na FEUP (que nem tenho a certeza se é catedrático ou não) que acabou mais próximo do 12 do que outra coisa qualquer...
    Sinceramente, acho um factor indicativo importante dependendo do que se quer, mas está muito longe de ser dos mais importantes, especialmente na engenharia mecânica.

    Para grandes empresas até pode ser uma maneira de limitar as candidaturas...mas vá...há casos de tudo...

    (Já agora...média igual ou superior a 14 na FEUP devem ser para aí os 10% a 15% melhores...dependendo do ramo
    E estamos a falar de um curso que há 5 anos atrás tinha como MÉDIA de tempo de conclusão mais de 15 semestres...)
    Nada do que dizes contradiz o que eu disse.

  4. #94
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Jun 2003
    Posts
    8,865

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MrBrown Ver Post
    Há pelo menos um professor na FEUP (que nem tenho a certeza se é catedrático ou não) que acabou mais próximo do 12 do que outra coisa qualquer...
    A questão que se coloca aqui é quando acabou?

    A 10/15 anos atrás as pessoas da minha área (Informática) ascendiam muito rapidamente (~2 anos) a cargos de direcção (!!!!). Hoje quando isto acontece é raro e é ao fim de vários anos, porque as necessidades são praticamente nulas por comparação. Em outras áreas tenho convicção que as coisas não serão diferentes, e seguramente esse caso se fosse nos dias de hoje teria muito maiores dificuldades em safar-se no mercado

  5. #95
    Piloto de Rallye Im4real's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Na terrinha!
    Posts
    10,145

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por air Ver Post
    Pessoas que não acabem o curso em 5 anos e com média de 14 têm algumas portas fechadas. E aqui nem vale a pena dizer que são da FEUP ou do IST. Claro que não é obrigatório para ter sucesso na carreira.
    True, por exemplo, na FEUP, a galp só recruta pessoal com média final de 14 ou superior (pl menos enquanto lá andei).

    Cá em Portugal ligam muito à média final. Um colega nosso que foi trabalhar para uma empresa na Alemanha que tem sucursal cá, não foi sequer considerado para as entrevistas cá por ter 12. Ora, candidatou-se também directamente à empresa na Alemanha, e pronto ficou

    Se o recrutamento é feito em PT, ou se tem 14 ou + ou é difícil.


  6. #96
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Mar 2011
    Posts
    7,815

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Im4real Ver Post
    True, por exemplo, na FEUP, a galp só recruta pessoal com média final de 14 ou superior (pl menos enquanto lá andei).

    Cá em Portugal ligam muito à média final. Um colega nosso que foi trabalhar para uma empresa na Alemanha que tem sucursal cá, não foi sequer considerado para as entrevistas cá por ter 12. Ora, candidatou-se também directamente à empresa na Alemanha, e pronto ficou

    Se o recrutamento é feito em PT, ou se tem 14 ou + ou é difícil.
    Muito verdade. Depois há pessoas com altas médias que só sabem fazer o que lhes ensinaram e são ultrapassadas porque as pessoas com médias mais baixas, aprenderam a usar a cabeça e os recursos, e não só recordar(não tanto em engenharias presumo, mas mais noutras áreas).

  7. #97
    air
    air está offline
    Piloto Veterano air's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto/Aveiro
    Posts
    21,386

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Im4real Ver Post
    True, por exemplo, na FEUP, a galp só recruta pessoal com média final de 14 ou superior (pl menos enquanto lá andei).

    Cá em Portugal ligam muito à média final. Um colega nosso que foi trabalhar para uma empresa na Alemanha que tem sucursal cá, não foi sequer considerado para as entrevistas cá por ter 12. Ora, candidatou-se também directamente à empresa na Alemanha, e pronto ficou

    Se o recrutamento é feito em PT, ou se tem 14 ou + ou é difícil.
    Citação Originalmente Colocado por krendam Ver Post
    Muito verdade. Depois há pessoas com altas médias que só sabem fazer o que lhes ensinaram e são ultrapassadas porque as pessoas com médias mais baixas, aprenderam a usar a cabeça e os recursos, e não só recordar(não tanto em engenharias presumo, mas mais noutras áreas).
    Isso é tudo muito bonito e, desculpem que me digam, mas parece desculpa de quem não lida bem com quem tem médias mais altas.

    É certo que a média, só por si, não é fundamental. Mas quando uma Galp (ou outra parecida) pega em centenas de CV's de recém-licenciados (ou com pouca experiência) é bastante normal que a primeira filtragem seja pela média. Mas engane-se quem pensa que por ter média de 14 entra. A selecção ainda vai no início. Uma empresa como a Galp pode dar-se ao luxo de escolher os melhores, seja a nível académico, como a nível de competências pessoais (que se vêm nas entrevistas).

    Depois é o mesmo que termos um porsche a circular a 160km/h e passar por ele um golf TDI a 200km/h. Mas será que isso se vê muitas vezes? O que quero dizer é que alguém que tira as melhores médias numa engenharia, na grande maioria dos casos, não é por marranço. É porque são inteligentes, organizados e esforçados, nesse lote é que está a grande maioria dos bons alunos. Excepções à regra existem, tanto para melhor como para pior, mas não são esses casos que têm de ser usados como argumento.

  8. #98
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Mar 2011
    Posts
    7,815

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por air Ver Post
    Isso é tudo muito bonito e, desculpem que me digam, mas parece desculpa de quem não lida bem com quem tem médias mais altas.
    Vamos a ver. Depende do curso E do tipo de avaliação.

    Dou-te o meu exemplo noutro curso: Bioquimica. Respostas cortadas porque (e esta ouvi da boca da professora, após 2 alunos terem respondido da mesma forma, por palavras diferentes) se usou palavras diferentes da professora. Ou pessoas que lêem livros, decoram tudo e sabe espetar nos testes e tiram boa nota. Até ao momento que têm um problema para resolver e não sabem interpretar coisas diferentes. O que quero dizer é, muitas vezes ao longo do ensino, o que se repara é que existem melhores notas para aqueles alunos que, salvo a expressão, sabem cuspir a matéria, do que para os que possuem melhor capacidade de raciocinio.


    Obviamente que há notas altas fenomenais. Lembro-me de um rapaz no meu ano que chegava as aulas, e simplesmente adormecia e ressonava... tirou 18 a Algebra Linear e Geometria Analítica (1º ano, varios cursos em conjunto) e chateou-se e foi a melhoria pra ficar com 20. Obvio que pertencia ao 1% dos estudantes.

  9. #99
    air
    air está offline
    Piloto Veterano air's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto/Aveiro
    Posts
    21,386

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por krendam Ver Post
    Vamos a ver. Depende do curso E do tipo de avaliação.

    Dou-te o meu exemplo noutro curso: Bioquimica. Respostas cortadas porque (e esta ouvi da boca da professora, após 2 alunos terem respondido da mesma forma, por palavras diferentes) se usou palavras diferentes da professora. Ou pessoas que lêem livros, decoram tudo e sabe espetar nos testes e tiram boa nota. Até ao momento que têm um problema para resolver e não sabem interpretar coisas diferentes. O que quero dizer é, muitas vezes ao longo do ensino, o que se repara é que existem melhores notas para aqueles alunos que, salvo a expressão, sabem cuspir a matéria, do que para os que possuem melhor capacidade de raciocinio.


    Obviamente que há notas altas fenomenais. Lembro-me de um rapaz no meu ano que chegava as aulas, e simplesmente adormecia e ressonava... tirou 18 a Algebra Linear e Geometria Analítica (1º ano, varios cursos em conjunto) e chateou-se e foi a melhoria pra ficar com 20. Obvio que pertencia ao 1% dos estudantes.
    Falei de um curso de engenharia, que exige muito mais capacidades de raciocínio do que memória/marranço.

  10. #100
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Mar 2011
    Posts
    7,815

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por air Ver Post
    Falei de um curso de engenharia, que exige muito mais capacidades de raciocínio do que memória/marranço.
    Certo. Só comentei mesmo o geral das médias no global.

  11. #101
    air
    air está offline
    Piloto Veterano air's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto/Aveiro
    Posts
    21,386

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por krendam Ver Post
    Certo. Só comentei mesmo o geral das médias no global.
    Claro, não há regras e concordo que a média não é tudo. Apenas constatei que uma média de 14 abre certas portas que uma inferior não o faz. Correcto ou não, é a realidade.

  12. #102
    Piloto de Rallye Bj40's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2006
    Posts
    13,250

    Por Defeito

    Oh Air...

    Tu tens noção de que se essa regra dos 14 valores fosse verdade, a empregabilidade de Mecânica na FEUP era para aí de 50% ou menos, certo?

    Deixem-se de generalizações. Claro que um aluno que tem uma boa média tem à partida maior facilidade de encontrar emprego mas há tantos e tantos factores que influenciam a escolha de um candidato..

    O que não invalida que haja empresas que abaixo de um determinado valor excluam esses candidatos. Mas não são todas e quer se queira quer não, uma coisa são 14 Valores no IST, na FEUP, etc, outra coisa são 14 Valores no "Instituto Politécnico "Casal de Cima"" ou numa privada tipo aquela onde o Sócas se fez Engenheiro.

    Eu se estivesse à procura de um Eng. para uma empresa minha, certamente não faria da média uma factor eliminatório.

  13. #103
    air
    air está offline
    Piloto Veterano air's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto/Aveiro
    Posts
    21,386

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por air Ver Post
    Pessoas que não acabem o curso em 5 anos e com média de 14 têm algumas portas fechadas. E aqui nem vale a pena dizer que são da FEUP ou do IST. Claro que não é obrigatório para ter sucesso na carreira.
    Citação Originalmente Colocado por Bj40 Ver Post
    Oh Air...

    Tu tens noção de que se essa regra dos 14 valores fosse verdade, a empregabilidade de Mecânica na FEUP era para aí de 50% ou menos, certo?

    Deixem-se de generalizações. Claro que um aluno que tem uma boa média tem à partida maior facilidade de encontrar emprego mas há tantos e tantos factores que influenciam a escolha de um candidato..

    O que não invalida que haja empresas que abaixo de um determinado valor excluam esses candidatos. Mas não são todas e quer se queira quer não, uma coisa são 14 Valores no IST, na FEUP, etc, outra coisa são 14 Valores no "Instituto Politécnico "Casal de Cima"" ou numa privada tipo aquela onde o Sócas se fez Engenheiro.

    Eu se estivesse à procura de um Eng. para uma empresa minha, certamente não faria da média uma factor eliminatório.
    Oh Bj40...

    ...volta a ler.

  14. #104
    Banido MrBrown's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2008
    Localização
    = f(t,€)
    Posts
    4,895

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por air Ver Post
    Nada do que dizes contradiz o que eu disse.
    Nem era para contradizer...era para relativizar.

    Aliás...é para relativizar tudo...porque alguém que toma como factor eliminatório apenas uma característica (seja a média, seja a cor dos olhos) e quer os melhores para uma tarefa específica está destinado a deixá-los escapar. Quanto à média...é quase do senso comum que é importante no primeiro emprego...mas mesmo nessa situação é completamente aniquilada por elementos como por exemplo cartas de recomendação (e nem sempre é o aluno com melhor média que tem as "high praises"...embora seja comum), experiência anterior (durante ou mesmo antes do curso - se bem que certas empresas preferem mesmo gente sem experiência e dar formação "in house" - não é assim tão raro).

    De qualquer forma...dificilmente vês os melhores dos melhores a querer ir trabalhar para a GALP...isso queria a GALP...

    Tive uma zaragata amigável com um conhecido que é patrão de uma empresa líder mundial da área em que opera (fabrico de componentes para centrais nucleares, por exemplo) e disse-me logo na cara "eh pá...os tipos da tua faculdade não sabem fazer nada!" (EDIT: estamos a falar de uma pessoa que já deu aulas no superior)...eu claro...lá me ri e tentei contrariar. No fundo, um tipo vale por si, e não vai haver nenhum dado que se possa fornecer que esconda se se é profissionalmente capaz ou não...nem ser da faculdade xpto, nem ter a média xyz ou ter uma biblioteca de artigos publicados (a menos claro...que se candidate a algum cargo onde interessem muito esses dados...olha...catedrático, por exemplo!).
    Última edição por MrBrown : 17-12-11 às 21:44:32

  15. #105
    air
    air está offline
    Piloto Veterano air's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto/Aveiro
    Posts
    21,386

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MrBrown Ver Post
    Nem era para contradizer...era para relativizar.

    Aliás...é para relativizar tudo...porque alguém que toma como factor eliminatório apenas uma característica (seja a média, seja a cor dos olhos) e quer os melhores para uma tarefa específica está destinado a deixá-los escapar. Quanto à média...é quase do senso comum que é importante no primeiro emprego...mas mesmo nessa situação é completamente aniquilada por elementos como por exemplo cartas de recomendação (e nem sempre é o aluno com melhor média que tem as "high praises"...embora seja comum), experiência anterior (durante ou mesmo antes do curso - se bem que certas empresas preferem mesmo gente sem experiência e dar formação "in house" - não é assim tão raro).

    De qualquer forma...dificilmente vês os melhores dos melhores a querer ir trabalhar para a GALP...isso queria a GALP...

    Tive uma zaragata amigável com um conhecido que é patrão de uma empresa líder mundial da área em que opera (fabrico de componentes para centrais nucleares, por exemplo) e disse-me logo na cara "eh pá...os tipos da tua faculdade não sabem fazer nada!" (EDIT: estamos a falar de uma pessoa que já deu aulas no superior)...eu claro...lá me ri e tentei contrariar. No fundo, um tipo vale por si, e não vai haver nenhum dado que se possa fornecer que esconda se se é profissionalmente capaz ou não...nem ser da faculdade xpto, nem ter a média xyz ou ter uma biblioteca de artigos publicados (a menos claro...que se candidate a algum cargo onde interessem muito esses dados...olha...catedrático, por exemplo!).
    A "nata" vai para as grandes consultoras (médias obscenas, tipo 17/18), os bons alunos para as empresas do PSI20, etc. Até porque ter 14-16 de média não é preciso ser nenhum génio. Como disse atrás, a média é apenas a primeira filtragem e um dos muitos requisitos. Mas é um requisito obrigatório para essas empresas (a não ser que hajam as recomendações ) e é algo tão objectivo que não devia criar tanta confusão.

    De resto, com as mãos na massa é que se vê e uma característica muito apreciada é a capacidade de resolver problemas.

  16. #106
    Piloto de Troféu MerryBerry's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2010
    Localização
    Sunset Boulevard
    Posts
    9,952

    Por Defeito

    Resumindo e concluindo: depende.

    O melhor que te posso dizer é que a maioria não faz a regra. Não é por veres pessoas que não conseguem arranjar trabalho que tu também não vais arranjar. A minha área não é a Engenharia mas eu fui convidada para integrar umas das as Big Four (da minha área) e, no entanto, nenhum dos meus amigos que se candidataram conseguiram entrar. Não me acho em nada melhor que eles nem sou em nada melhor que eles, e quando os via a ficar pelo caminho também achava que estava arrumada - acabou por não acontecer.

    O que te quero dizer é que deves seguir o que queres e não ligar assim tanto ao que te rodeia, nada é certo. Se é Engenharia Mecânica que queres vai em frente e luta pelo teu futuro. Boa sorte!

  17. #107
    Banido MrBrown's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2008
    Localização
    = f(t,€)
    Posts
    4,895

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por air Ver Post
    A "nata" vai para as grandes consultoras (médias obscenas, tipo 17/18), os bons alunos para as empresas do PSI20, etc. Até porque ter 14-16 de média não é preciso ser nenhum génio. Como disse atrás, a média é apenas a primeira filtragem e um dos muitos requisitos. Mas é um requisito obrigatório para essas empresas (a não ser que hajam as recomendações ) e é algo tão objectivo que não devia criar tanta confusão.

    De resto, com as mãos na massa é que se vê e uma característica muito apreciada é a capacidade de resolver problemas.
    Olha que estás a cair em generalizações
    Eu acho que é mais assim:
    A "nata"...vai para onde quer;
    Os outros...vão para onde podem;

    Consultoras não são para todos no aspecto em que exigem que se desista de viver sem ser para aquilo (só conheço pessoalmente na área financeira...).
    Empresas de PSI20...estão overrated, até as grandes multinacionais (espanholas, por exemplo). Há casos específicos muito bons, mas se fores ver as folhas de aumentos de empresas como a Finsa e de dimensões semelhantes não ficarás positivamente surpreendido.
    Não há só as empresas "grandes" e as outras...e nem todos têm os mesmos objectivos de vida (e ainda bem).

    Isto no fundo só demonstra que não há muita falta de trabalho para eng.mecânicos...

  18. #108
    air
    air está offline
    Piloto Veterano air's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto/Aveiro
    Posts
    21,386

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MrBrown Ver Post
    Olha que estás a cair em generalizações
    Eu acho que é mais assim:
    A "nata"...vai para onde quer;
    Os outros...vão para onde podem;

    Consultoras não são para todos no aspecto em que exigem que se desista de viver sem ser para aquilo (só conheço pessoalmente na área financeira...).
    Empresas de PSI20...estão overrated, até as grandes multinacionais (espanholas, por exemplo). Há casos específicos muito bons, mas se fores ver as folhas de aumentos de empresas como a Finsa e de dimensões semelhantes não ficarás positivamente surpreendido.
    Não há só as empresas "grandes" e as outras...e nem todos têm os mesmos objectivos de vida (e ainda bem).

    Isto no fundo só demonstra que não há muita falta de trabalho para eng.mecânicos...
    Sim, estava a generalizar, como é óbvio, de uma forma muito superficial. Mas penso que é o intuito de um fórum destes, generalizar. Pegar numa excepção e fazer a regra é que é mau. Uma PME pode muito bem pagar mais, com maiores prémios, etc. mas não oferece outras coisas que uma grande faz. É algo que tem de ser ponderado caso a caso.

    Concordo que não há muita falta de trabalho, portanto o risco em escolher este curso é um risco racional, mas vivemos num mundo muito imprevisível e não controlamos o futuro.

    Apenas prepara-te que I&D em Portugal mal existem. Algo que me deixou bastante triste foi ver que em Portugal é muito difícil encontrar um trabalho mesmo de engenheiro! A maioria acaba a fazer gestão.

  19. #109
    Banido MrBrown's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2008
    Localização
    = f(t,€)
    Posts
    4,895

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por air Ver Post
    Sim, estava a generalizar, como é óbvio, de uma forma muito superficial. Mas penso que é o intuito de um fórum destes, generalizar. Pegar numa excepção e fazer a regra é que é mau. Uma PME pode muito bem pagar mais, com maiores prémios, etc. mas não oferece outras coisas que uma grande faz. É algo que tem de ser ponderado caso a caso.

    Concordo que não há muita falta de trabalho, portanto o risco em escolher este curso é um risco racional, mas vivemos num mundo muito imprevisível e não controlamos o futuro.

    Apenas prepara-te que I&D em Portugal mal existem. Algo que me deixou bastante triste foi ver que em Portugal é muito difícil encontrar um trabalho mesmo de engenheiro! A maioria acaba a fazer gestão.
    Sem dúvida. Nas multinacionais há mais possibilidades de se "saltar" entre ramos e sectores diferentes, que é uma coisa que para muita gente deve ser tentador...outras vezes permite contactos e conhecimentos para quem tem "sonhos" de fazer algo seu (por exemplo...todas as pequenas empresas que gerem eólicas criadas por engenheiros da EDP).

    Investigação em Portugal = Bolsa de investigação/doutoramento/pos-doc miserável (tendo em conta alguns trabalhos) e reconhecimento = 0. Sei-o bem até porque um dos filhos dos meus pais (tirou engenharia no IST) está nessa área...na Holanda, claro.

  20. #110
    Piloto de Rallye Im4real's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Na terrinha!
    Posts
    10,145

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por air Ver Post
    Isso é tudo muito bonito e, desculpem que me digam, mas parece desculpa de quem não lida bem com quem tem médias mais altas.

    É certo que a média, só por si, não é fundamental. Mas quando uma Galp (ou outra parecida) pega em centenas de CV's de recém-licenciados (ou com pouca experiência) é bastante normal que a primeira filtragem seja pela média. Mas engane-se quem pensa que por ter média de 14 entra. A selecção ainda vai no início. Uma empresa como a Galp pode dar-se ao luxo de escolher os melhores, seja a nível académico, como a nível de competências pessoais (que se vêm nas entrevistas).

    Depois é o mesmo que termos um porsche a circular a 160km/h e passar por ele um golf TDI a 200km/h. Mas será que isso se vê muitas vezes? O que quero dizer é que alguém que tira as melhores médias numa engenharia, na grande maioria dos casos, não é por marranço. É porque são inteligentes, organizados e esforçados, nesse lote é que está a grande maioria dos bons alunos. Excepções à regra existem, tanto para melhor como para pior, mas não são esses casos que têm de ser usados como argumento.
    Desculpa para quem não lida bem com médias altas? Acabei com 14.42, e vê lá que era tão importante para mim que nem melhoria fui fazer.. Será que 15 me abria mais portas? Se calhar..para doutoramento

    Também não é só com 14...Conheço 4 pessoas na galp..ora duas delas têm licenciatura no ISEP e curiosamente são os que ganham mais..Um é do Gás, o outro é de manutenção na Petrogal..1º emprego após acabar o curso..Média? Menos que 14..Não foi daquelas tretas dos trainees, que a um colega nosso de curso disse que por ter 13 não estava apto..que comédia.

    A média vale o que vale..Basta ver as facilidades que os cursos vão ganhando...É ver pessoal(bastantes) a tirar 18 a Mecânica 2 15 e 16 a Vibrações entre outras.

    Mais uma ressalva em relação às médias..Todos nós temos vidas diferentes..desde pessoas que estudam a full time a pessoas que tentam conciliar com part times e negócios familiares.. Não é assim tão linear julgar a média de cada um, simplesmente olhando para um número, mas é o que se faz.

    As competências pessoais são cada vez uma mais valia..conheço um caso de um colega bem inteligente, mas que socialmente é "fraco". Chega o fim do contrato vem embora..Já outros, notavelmente inferiores prosseguem bem com a sua carreira.

  21. #111
    air
    air está offline
    Piloto Veterano air's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto/Aveiro
    Posts
    21,386

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Im4real Ver Post
    Desculpa para quem não lida bem com médias altas? Acabei com 14.42, e vê lá que era tão importante para mim que nem melhoria fui fazer.. Será que 15 me abria mais portas? Se calhar..para doutoramento

    Também não é só com 14...Conheço 4 pessoas na galp..ora duas delas têm licenciatura no ISEP e curiosamente são os que ganham mais..Um é do Gás, o outro é de manutenção na Petrogal..1º emprego após acabar o curso..Média? Menos que 14..Não foi daquelas tretas dos trainees, que a um colega nosso de curso disse que por ter 13 não estava apto..que comédia.

    A média vale o que vale..Basta ver as facilidades que os cursos vão ganhando...É ver pessoal(bastantes) a tirar 18 a Mecânica 2 15 e 16 a Vibrações entre outras.

    Mais uma ressalva em relação às médias..Todos nós temos vidas diferentes..desde pessoas que estudam a full time a pessoas que tentam conciliar com part times e negócios familiares.. Não é assim tão linear julgar a média de cada um, simplesmente olhando para um número, mas é o que se faz.

    As competências pessoais são cada vez uma mais valia..conheço um caso de um colega bem inteligente, mas que socialmente é "fraco". Chega o fim do contrato vem embora..Já outros, notavelmente inferiores prosseguem bem com a sua carreira.
    Segundo ouvi dizer, por alguém que trabalha na Galp, agora só se entra através do programa trainees. Acredito que haja a possibilidade de ser directamente, mas quantos casos são? Com pouca experiência?

    Quanto ao resto, deixei bem claro que a média era um requisito, no meio de muitos. Agora, quem somos nós para criticar a política de recrutamento de uma empresa, principalmente das que apresentam resultados tão bons?

  22. #112
    Piloto de Rallye Im4real's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Na terrinha!
    Posts
    10,145

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por air Ver Post
    Segundo ouvi dizer, por alguém que trabalha na Galp, agora só se entra através do programa trainees. Acredito que haja a possibilidade de ser directamente, mas quantos casos são? Com pouca experiência?

    Quanto ao resto, deixei bem claro que a média era um requisito, no meio de muitos. Agora, quem somos nós para criticar a política de recrutamento de uma empresa, principalmente das que apresentam resultados tão bons?
    Pois,mas não. O programa trainees implica 1 ano em Lisboa a trabalhar. No caso destes dois colegas,um ingressou logo na Petrogal e o outro na Galp Gás, que não sei onde é. Ambos assumem um cargo maioritariamente de gestão,mas já sabemos que é comum em Portugal.

    Fazem bem, se tem resultado que continuem. Dizer que é melhor política ou não, só se pode dizer se já usaram outra.

    A galp fod* bem o zé povinho

  23. #113
    air
    air está offline
    Piloto Veterano air's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto/Aveiro
    Posts
    21,386

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Im4real Ver Post
    Pois,mas não. O programa trainees implica 1 ano em Lisboa a trabalhar. No caso destes dois colegas,um ingressou logo na Petrogal e o outro na Galp Gás, que não sei onde é. Ambos assumem um cargo maioritariamente de gestão,mas já sabemos que é comum em Portugal.

    Fazem bem, se tem resultado que continuem. Dizer que é melhor política ou não, só se pode dizer se já usaram outra.

    A galp fod* bem o zé povinho
    Aqui a questão nem é se é boa ou má política. Disse algo objectivo, que não ter 14 de média fecha algumas portas. E isso nem é apenas em empresas do psi20.

    Se é boa ou má política, cabe a cada empresa decidir. Os estudantes têm é de ter isso em conta.

  24. #114
    Piloto de Provas de Perícia
    Data de Registo
    Jul 2009
    Localização
    por aí...
    Posts
    928

    Por Defeito

    Uma empresa que escolhe os candidatos com base na média final apenas reflete a ignorância de quem está à frente dos recursos humanos bem como a arrogância dos executivos.
    Quando os supra-sumos dos recursos humanos olham para os CV's, até podem lá ver "média de 18 valores" mas... em que parte do CV é que conseguem ler "educação"? "Princípios"? "Valores"?
    É que um gajo que acaba com média de 12 pode ser muiiito mais educado, maduro, responsável, capaz de resolver novas situações, que um aluno que acaba com 18... E isto não vem nos CV... E esta malta que acaba com 12 é logo eliminada... A esta malta dos RH que consegue ler os candidatos com base no CV enviado por e-mail, recomendo que abram o seu próprio negócio... e mandam logo a Maya para o desemprego.
    Grandes empresas estão muito, altamente, buéréré overrated!

    BTW, aprendi algo neste tópico: enviar CV para a Galp apenas em situação de desespero! Quem não quer trabalhar lá sou eu! Ainda fico como "eles"...

  25. #115
    Piloto de Rallye Im4real's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Na terrinha!
    Posts
    10,145

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por air Ver Post
    Aqui a questão nem é se é boa ou má política. Disse algo objectivo, que não ter 14 de média fecha algumas portas. E isso nem é apenas em empresas do psi20.

    Se é boa ou má política, cabe a cada empresa decidir. Os estudantes têm é de ter isso em conta.
    Por acaso acho que essa da média 14 é maioritariamente em empresas grandes tipo gald, edp.

    E também acho que isso conta mais no 1º emprego..depois a experiência deve ser mais importante...digo eu.

  26. #116
    Piloto de Rallye Im4real's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Na terrinha!
    Posts
    10,145

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por patareco Ver Post
    Uma empresa que escolhe os candidatos com base na média final apenas reflete a ignorância de quem está à frente dos recursos humanos bem como a arrogância dos executivos.
    Quando os supra-sumos dos recursos humanos olham para os CV's, até podem lá ver "média de 18 valores" mas... em que parte do CV é que conseguem ler "educação"? "Princípios"? "Valores"?
    É que um gajo que acaba com média de 12 pode ser muiiito mais educado, maduro, responsável, capaz de resolver novas situações, que um aluno que acaba com 18... E isto não vem nos CV... E esta malta que acaba com 12 é logo eliminada... A esta malta dos RH que consegue ler os candidatos com base no CV enviado por e-mail, recomendo que abram o seu próprio negócio... e mandam logo a Maya para o desemprego.
    Grandes empresas estão muito, altamente, buéréré overrated!

    BTW, aprendi algo neste tópico: enviar CV para a Galp apenas em situação de desespero! Quem não quer trabalhar lá sou eu! Ainda fico como "eles"...


    Parace um amigo meu a falar..o tal que lhe disseram que com 13 não estava apto a ingressar na Galp

    Hoje, está a trabalhar em Crash Simulation para o novo Audi TT na Alemanha..A vida é engraçada =)

  27. #117
    air
    air está offline
    Piloto Veterano air's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto/Aveiro
    Posts
    21,386

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Im4real Ver Post
    Por acaso acho que essa da média 14 é maioritariamente em empresas grandes tipo gald, edp.

    E também acho que isso conta mais no 1º emprego..depois a experiência deve ser mais importante...digo eu.
    Empresas que tenham departamentos de I&D também o pedem (para esse departamento claro).

  28. #118
    Piloto de Provas de Perícia
    Data de Registo
    Jul 2009
    Localização
    por aí...
    Posts
    928

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Im4real Ver Post


    Parace um amigo meu a falar..o tal que lhe disseram que com 13 não estava apto a ingressar na Galp

    Hoje, está a trabalhar em Crash Simulation para o novo Audi TT na Alemanha..A vida é engraçada =)

    E eu também quero "dar o salto"... mas só daqui a 2/3 anos :P

  29. #119
    Piloto de Testes Drachen's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Localização
    Porto, , Portugal.
    Posts
    4,781

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Im4real Ver Post
    Pois,mas não. O programa trainees implica 1 ano em Lisboa a trabalhar. No caso destes dois colegas,um ingressou logo na Petrogal e o outro na Galp Gás, que não sei onde é. Ambos assumem um cargo maioritariamente de gestão,mas já sabemos que é comum em Portugal.

    Fazem bem, se tem resultado que continuem. Dizer que é melhor política ou não, só se pode dizer se já usaram outra.

    A galp fod* bem o zé povinho
    Em que distribuidora está!?

  30. #120
    Piloto de Rallye Im4real's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Na terrinha!
    Posts
    10,145

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Drachen Ver Post
    Em que distribuidora está!?
    Isso não sei.

Página 4 de 5 PrimeiraPrimeira ... 345 ÚltimaÚltima

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •