OTA - O Aeroporto negócio !!! - Governo escolhe ALCOCHETE! - Página 36

Página 36 de 37 PrimeiraPrimeira ... 26353637 ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 1,051 para 1,080 de 1081
Like Tree35Likes

Título: OTA - O Aeroporto negócio !!! - Governo escolhe ALCOCHETE!

  1. #1051
    Piloto Lendário Obtuso's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    A 65m de altitude.
    Posts
    42,097

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Andre Ver Post
    Estas coisas não são para ser decididas por uma questão de preferência ou que me dá mais jeito.
    E ainda bem. Sou do norte, pelo que tenho sempre preferência pelo Porto. Até podem usar o aeroporto de Beja.

    E entre fazer 400kms para Lisboa ou 600 para Madrid, acabo por encontrar melhores soluções em Madrid, que tem muito mais oferta de voos e destinos.

    Agora sou da opinião que Lisboa deveria manter o aeroporto central e adicionar mais um a norte, e preservar a zona de Alcochete para usar se necessário daqui a umas décadas.


  2. #1052
    Piloto de Fórmula 1 XlPower's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    Num carro trihibrido, gasolina, eléctrico e GPL.
    Posts
    19,719

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Andre Ver Post
    Vai haver ligação directa do terminal à nova estação fluvial do aeroporto, não tens esse transbordo que falas.

    A linha do Norte não tem capacidade para receber um serviço shuttle desses. Haveria sempre a necessidade de uma nova linha de raiz. Os custos são outros. Depois ias condenar o pessoal que vai por rodovia a um tempo de trajecto até Lisboa péssimo em boa parte do dia tornando ainda mais num inferno o tráfego entre Vila Franca e a 2a circular.

    Há poucas boas soluções, infelizmente. O Montijo como solução complementar é a melhor/menos má, estando longe de ser excelente ou não ter problemas. Tem vários mas é de longe mais custo efectiva.
    E quanto vai custar essa nova estação fluvial com ligação directa do terminal? Não falaste dessa desvantagem pois não?

    Quanto ao comboio, quase de certeza que entre suburbanos, regionais e inter-cidades haveria uma forma de colocar passageiros vindos do Aeroporto.
    Quanto à rodovia, parece-me bem melhor para o escoamento do trânsito a OTA do que o Montijo. Saindo da OTA, quem quer ir para norte vai logo para norte, quem quer ir para oeste de Lisboa tem a A10, nem toda a gente tem que ir pela A1 para Sul. Já o Montijo, vai obrigar muito mais gente a usar a ponte Vasco da Gama, congestionando o trÂnsito mais perto de Lisboa.

    Continuo a ver apenas desvantagens e nenhuma vantagem no Montijo, é que nem uma.

  3. #1053
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    20,464

    Por Defeito

    Quase de certeza na base do quê?

    a linha do Norte já está saturada e os Alfa/Intercidades mal podem circular com os regionais e mercadorias lá no meio, mas tu achas que adicionar um serviço shuttle ao aeroporto (no mínimo 15/15 min na maior parte do dia, e 20/30 min nas horas mais mortas) para ti era limpinho que dava.

    Sem contar no caos que isso traria à circulação dos comboios suburbanos entre o Oriente e Entrecampos.

    Os estudos foram feitos: sem solução de linha nova de raiz a Ota fica a uma distância temporal de Lisboa inviável. O tempo por rodovia ao centro da cidade é péssimo também.

    um aeroporto virado para as lowcost a precisar de uma linha de comboio caríssima (tanto construção como utilização) é uma proposição ridícula.

    dai que era preciso fechar a Portela para tornar minimamente viável a coisa.

    P.S. Como deves imaginar uma estação fluvial tem custos muito inferiores a uma linha AV com mais de 50km numa zona densamente povoada e com orografia longe de fácil.
    Última edição por Andre : 11-09-19 às 16:19:20

  4. #1054
    Piloto de Testes midnightblack's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2014
    Posts
    3,861

    Por Defeito

    Documento de 2006...a ANA já anda desde 1994 a defender aeroporto complementar no Montijo...

    https://cciporto.com/downloads/aeroporto-da-ota.pdf

    entretanto um return to the past só para rir um pouco:
    https://www.cmjornal.pt/economia/det...-ota-garantido

  5. #1055
    Piloto de Troféu sgtscales's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2015
    Localização
    No sítio onde há gajas boas
    Posts
    7,237

    Por Defeito

    Penso que se falou há tempos que um possível aeroporto no Montijo implicava fazer a TTT, para ser usada pelo menos por comboios.


  6. #1056
    Piloto de Fórmula 1 XlPower's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    Num carro trihibrido, gasolina, eléctrico e GPL.
    Posts
    19,719

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Andre Ver Post
    Quase de certeza na base do quê?

    a linha do Norte já está saturada e os Alfa/Intercidades mal podem circular com os regionais e mercadorias lá no meio, mas tu achas que adicionar um serviço shuttle ao aeroporto (no mínimo 15/15 min na maior parte do dia, e 20/30 min nas horas mais mortas) para ti era limpinho que dava.

    Sem contar no caos que isso traria à circulação dos comboios suburbanos entre o Oriente e Entrecampos.

    Os estudos foram feitos: sem solução de linha nova de raiz a Ota fica a uma distância temporal de Lisboa inviável. O tempo por rodovia ao centro da cidade é péssimo também.

    um aeroporto virado para as lowcost a precisar de uma linha de comboio caríssima (tanto construção como utilização) é uma proposição ridícula.

    dai que era preciso fechar a Portela para tornar minimamente viável a coisa.

    P.S. Como deves imaginar uma estação fluvial tem custos muito inferiores a uma linha AV com mais de 50km numa zona densamente povoada e com orografia longe de fácil.
    Quer dizer, aeroportos low-cost em cidades maiores que Lisboa e a distÂncias maiores que a Ota são viáveis, e em Lisboa não.
    Eu não estou a defender um novo comboio shuttle da Ota para Lisboa, mas sim do Aeroporto até a uma estação nova, e nessa estação apanhar os regionais/suburbanos/intercidades existentes atualmente.
    Como é um aeroporto apenas complementar, não podemos pensar que vai ter tanto tráfego de passsageiros como um aeroporto principal, portanto também não há tanta necessidade de transportes.

  7. #1057
    Piloto Lendário Obtuso's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    A 65m de altitude.
    Posts
    42,097

    Por Defeito

    Andre, isso é na presunção que toda a gente que viaja quer passar por Lisboa. O aeroporto será para Lisboa ou pretende servir mais alguém?

    Já vimos que um aeroporto internacional pode não ser assim tão caro. 33 milhões pelo de Beja parece razoável.

    Repara que só Fátima recebe cerca de 7 milhões de visitantes por ano (em 2018, porque em 2017 foram 9,4 milhões), sendo cerca de 75% estrangeiros. Falamos de mais de 5 milhões de visitantes estrangeiros. Por onde pensas que este pessoal irá para Fátima? Irá na mesma usar os recursos existentes para norte, que como dizes, já estão sobrelotados.

    Se consideramos que entre os 14 milhões de turistas que o aeroporto de Lisboa recebe, quase um terço têm como destino Fátima, e entre os restantes passageiros têm como destino/partida a região centro, e a perspectiva poderia ser outra.

    Seria interessante conhecer os dados da região centro e a influência que têm no peso de passageiros de Porto e Lisboa. É que colocar um aeroporto no Montijo por causa de Lisboa, parece bem, mas para servir o norte já não. E se colocando um aeroporto mais a norte isso aliviar Lisboa, a Portela continuaria a chegar bem.

    Não vejo muito sentido a coexistência de dois aeroportos a meros 20kms de distância.

  8. #1058
    Piloto de Fórmula 1 XlPower's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    Num carro trihibrido, gasolina, eléctrico e GPL.
    Posts
    19,719

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por sgtscales Ver Post
    Penso que se falou há tempos que um possível aeroporto no Montijo implicava fazer a TTT, para ser usada pelo menos por comboios.
    Isso é que deve ficar baratinho.
    Montijo + TTT deve ficar mais caro que construir um Aeroporto principal em Alcochete + linha de comboio dedicada.

  9. #1059
    Piloto de Testes midnightblack's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2014
    Posts
    3,861

    Por Defeito

    Sim porque fazendo o aeroporto principal em alcochete significa desativar o humberto delgado...desafetar os terrenos e vende-los para projetos imobiliários...os ganhos seriam brutais...mas iamos na mesma ter aumento de impostos por isso só favorece os suspeitos do costume.

  10. #1060
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    20,464

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por XlPower Ver Post
    Quer dizer, aeroportos low-cost em cidades maiores que Lisboa e a distÂncias maiores que a Ota são viáveis, e em Lisboa não.
    Eu não estou a defender um novo comboio shuttle da Ota para Lisboa, mas sim do Aeroporto até a uma estação nova, e nessa estação apanhar os regionais/suburbanos/intercidades existentes atualmente.
    Como é um aeroporto apenas complementar, não podemos pensar que vai ter tanto tráfego de passsageiros como um aeroporto principal, portanto também não há tanta necessidade de transportes.
    Na OTA é impossível fazer um aeroporto barato e passível de ser atractivo às lowcost. O custo das terraplanagens é (muito) grande.

    Se não há transportes fáceis e se as taxas aeroportuárias não são competitivas (aka, não permitem bilhetes baratos) quem vai usar?

  11. #1061
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    20,464

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Obtuso Ver Post
    Andre, isso é na presunção que toda a gente que viaja quer passar por Lisboa. O aeroporto será para Lisboa ou pretende servir mais alguém?

    Já vimos que um aeroporto internacional pode não ser assim tão caro. 33 milhões pelo de Beja parece razoável.

    Repara que só Fátima recebe cerca de 7 milhões de visitantes por ano (em 2018, porque em 2017 foram 9,4 milhões), sendo cerca de 75% estrangeiros. Falamos de mais de 5 milhões de visitantes estrangeiros. Por onde pensas que este pessoal irá para Fátima? Irá na mesma usar os recursos existentes para norte, que como dizes, já estão sobrelotados.

    Se consideramos que entre os 14 milhões de turistas que o aeroporto de Lisboa recebe, quase um terço têm como destino Fátima, e entre os restantes passageiros têm como destino/partida a região centro, e a perspectiva poderia ser outra.

    Seria interessante conhecer os dados da região centro e a influência que têm no peso de passageiros de Porto e Lisboa. É que colocar um aeroporto no Montijo por causa de Lisboa, parece bem, mas para servir o norte já não. E se colocando um aeroporto mais a norte isso aliviar Lisboa, a Portela continuaria a chegar bem.

    Não vejo muito sentido a coexistência de dois aeroportos a meros 20kms de distância.
    Obviamente que um aeroporto complementar é para servir Lisboa, qual é a dúvida mesmo?

    Está aí uma grande misturada. Que se saiba a maioria dos turistas de Fátima não vem de avião, nem virá (porque boa parte são emigrantes que chegam a PT de carro) e é muito obtuso adicionares esse número ao tráfego potencial de Lisboa. Acresce ser altamente sazonal.

    Se estás tão preocupado com os estrangeiros que vêm a Fátima, apoia uma transformação da base de Monte Real (do estilo que se fez em Beja) para uma utilização sazonal entre Maio e Outubro pelas lowcosts. Assim só gastas alunas dezenas de milhões. Não é preciso gastar milhares de milhões a terraplanar a OTA, eliminando montanhas pelo meio para conseguir ter um aeroporto complementar a Lisboa que não serve ninguém. Nem Lisboa, nem Fátima, nem o Porto.

  12. #1062
    Piloto Lendário Obtuso's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    A 65m de altitude.
    Posts
    42,097

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Andre Ver Post
    Obviamente que um aeroporto complementar é para servir Lisboa, qual é a dúvida mesmo?

    Está aí uma grande misturada. Que se saiba a maioria dos turistas de Fátima não vem de avião, nem virá (porque boa parte são emigrantes que chegam a PT de carro) e é muito obtuso adicionares esse número ao tráfego potencial de Lisboa. Acresce ser altamente sazonal.

    Se estás tão preocupado com os estrangeiros que vêm a Fátima, apoia uma transformação da base de Monte Real (do estilo que se fez em Beja) para uma utilização sazonal entre Maio e Outubro pelas lowcosts. Assim só gastas alunas dezenas de milhões. Não é preciso gastar milhares de milhões a terraplanar a OTA, eliminando montanhas pelo meio para conseguir ter um aeroporto complementar a Lisboa que não serve ninguém. Nem Lisboa, nem Fátima, nem o Porto.
    Já existe um aeroporto a servir Lisboa.

    Repara que a totalidade de turistas estrangeiros que veio a Portugal em 2018 foi de apenas 12,8 milhões: https://www.tsf.pt/economia/interior...-10576288.html

    A questão é saber de onde são os 37 milhões de passageiros que usam Porto e Lisboa: https://www.pordata.pt/Portugal/Tr%C...to+e+Faro-3248

    É isto que deveria ser estudado. O aeroporto não deve ser para servir Lisboa mas sim para servir quem precisa dele. No caso de Lisboa, para melhor escolher a alternativa, deveria existir um estudo, pelo menos anual, com indicação de origem/destino de cada passageiro.

    Isto é algo que até uma cadeia de supermercados faz para perceber fluxos de clientes e estudar a melhor localização para abertura de novas lojas. Existe algum estudo do género para passageiros de aviação civil?

    Agora imagina aqueles que vão para Lisboa, com o objectivo de irem apenas a Fátima, sendo que podem ir de manhã e regressar ao final do dia e a dormida ficar registada apenas nas estatísticas de Lisboa.

  13. #1063
    Piloto Lendário Obtuso's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    A 65m de altitude.
    Posts
    42,097

    Por Defeito

    Por exemplo, estudos deste género não ajudam nada para decidir uma localização de aeroporto: https://www.anac.pt/SiteCollectionDo...a1990a2009.pdf

    É tudo baseado em origem e destino de aeroporto e não em origem e destino real/final. Significa que não se sabe a origem real dos passageiros.

    O centro tem 2,3 milhões de habitantes e a zona de Lisboa tem 2,8 milhões. Estás a querer dizer que só Fátima mexeria com as necessidades? Ou que os 2,8 milhões em Lisboa é que viajam muito mas os 2,3 milhões do centro viajam pouco?

    E dados sobre isso? Não encontrei nenhum estudo que aborde este prisma.

  14. #1064
    Piloto de Fórmula 1 XlPower's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    Num carro trihibrido, gasolina, eléctrico e GPL.
    Posts
    19,719

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Andre Ver Post
    Na OTA é impossível fazer um aeroporto barato e passível de ser atractivo às lowcost. O custo das terraplanagens é (muito) grande.

    Se não há transportes fáceis e se as taxas aeroportuárias não são competitivas (aka, não permitem bilhetes baratos) quem vai usar?
    Então que façam em Alcochete, fazendo de forma a que possa mais tarde ser expandido para Aeroporto principal.
    Era em Alcochete que tinham decidido depois de muitos estudos, ainda não consegui perceber como de repente apareceu a solução Montijo, que me parece muito, muito má.

    Ou melhor, percebo, a opção Montijo é mesmo por ser aquela que a curto prazo é a mais barata e mais rápida. O meu medo, é que mais tarde nos fique bem mais caro, porque isso já é o tipico deste país, é sempre soluções de desenrasque, o dinheiro some-se e nunca fica nada em condições.
    Última edição por XlPower : 11-09-19 às 19:30:37

  15. #1065
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    20,464

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Obtuso Ver Post
    Já existe um aeroporto a servir Lisboa.

    Repara que a totalidade de turistas estrangeiros que veio a Portugal em 2018 foi de apenas 12,8 milhões: https://www.tsf.pt/economia/interior...-10576288.html

    A questão é saber de onde são os 37 milhões de passageiros que usam Porto e Lisboa: https://www.pordata.pt/Portugal/Tr%C...to+e+Faro-3248

    É isto que deveria ser estudado. O aeroporto não deve ser para servir Lisboa mas sim para servir quem precisa dele. No caso de Lisboa, para melhor escolher a alternativa, deveria existir um estudo, pelo menos anual, com indicação de origem/destino de cada passageiro.

    Isto é algo que até uma cadeia de supermercados faz para perceber fluxos de clientes e estudar a melhor localização para abertura de novas lojas. Existe algum estudo do género para passageiros de aviação civil?

    Agora imagina aqueles que vão para Lisboa, com o objectivo de irem apenas a Fátima, sendo que podem ir de manhã e regressar ao final do dia e a dormida ficar registada apenas nas estatísticas de Lisboa.
    Uma coisa é o teu desconhecimento sobre de onde são os 37 milhões de passageiros que usam o Porto ou Lisboa. Não faças dele uma verdade geral ou aches ser verdade que nem a ANA sabe de onde vêm os seus passageiros lol

    O aeroporto de Lisboa tem que servir a sua área metropolitana PONTO. Esse é o objectivo primário. Tudo o resto vem a seguir. Tal e qual qualquer aeroporto em qualquer lugar.

    A tua análise é tão primária que achas que a população do centro do país, dispersa, e que colocas em 2.3 milhões terá as necessidades aeroportuárias similares a uma região concentrada como LVT com os seus 2.8 milhões, ignorando que essa mesma comparação é absurda por uma série de factores de realidade sócio-económica.
    Última edição por Andre : 11-09-19 às 20:51:06

  16. #1066
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    20,464

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por XlPower Ver Post
    Então que façam em Alcochete, fazendo de forma a que possa mais tarde ser expandido para Aeroporto principal.
    Era em Alcochete que tinham decidido depois de muitos estudos, ainda não consegui perceber como de repente apareceu a solução Montijo, que me parece muito, muito má.

    Ou melhor, percebo, a opção Montijo é mesmo por ser aquela que a curto prazo é a mais barata e mais rápida. O meu medo, é que mais tarde nos fique bem mais caro, porque isso já é o tipico deste país, é sempre soluções de desenrasque, o dinheiro some-se e nunca fica nada em condições.
    A questão central é que nenhum outro aeroporto passará a principal...enquanto a Portela se mantiver aberta. Qualquer "+1"estará sempre virado para voos lowcost. Pela razão simples que a Portela é SUPER conveniente e imbatível no tempo-distância ao centro de Lisboa e aos concelhos limítrofes mais populosos.

    Tens situações semelhantes aos constrangimentos aéreos de Lisboa já resolvidas por vários países ao longo das décadas. Dá para aprender com os erros dos outros e tudo.

    Um qualquer "mega-aeroporto único" fora da cidade exigiu sempre uma ligação ferroviária rápida ("express train") e rodoviária lenta e barata (bus) + fecho do aeroporto do centro. Sob pena do mega-aeroporto se tornar um elefante branco que ninguém usa. Aconselho-te a ler o que se passou com o aeroporto de Mirabel em Montreal porque é o caso-exemplo típico do que acontece nestas situações. Para perceberes o que é o destino real de Alcochete nesse cenário que achas que vai existir em que substitui progressivamente a Portela...

    Portanto, ou o país resolve gastar várias dezenas de milhares de milhões num mega aeroporto (que exige infra-estruturas ferroviárias rápidas que são usadas pela população com maior poder de compra e o viajante de negócios e rodoviárias lentas que são usadas pelo passageiro de menos meios ou que viaja a turismo sem preocupações de tempo) ou faz um aeroporto complementar o mais barato possível e que dê resposta aos passageiros mais price-sensitive e aos quais o tempo para o aeroporto interessa menos e onde o custo reduzido do bilhete seja o mais importante. Para isso tens que escolher um local barato para construir e que não exija grandes infra-estruturas para levar e trazer passageiros.

    O Montijo é ideal e uma solução excelente? Não é. Como te disse lá atrás, Alcochete até poderia ser mas parece que há um problema de gestão de tráfego aéreo numa solução Portela + Alcochete (algo a ver com as aproximações e descolagens interferirem umas com as outras reduzindo a eficiência global face a um Portela + Montijo).

    Alcochete funcionaria como aeroporto único? Sim. É preciso é gastar muitos milhares de milhões.

    Portanto, meus amigos, se começam por defender um Portela+1, acabam a excluir Alcochete. Se querem Alcochete, só fechando a Portela. De outra forma será um autêntico elefante branco.
    Última edição por Andre : 11-09-19 às 21:00:49

  17. #1067
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    Mar 2004
    Localização
    Rio de Mouro, Lisboa, Portugal
    Posts
    22,507

    Por Defeito

    De barco, chega-se do Montijo à baixa de Lisboa em 25 minutos. Se isto é mau...

    A base aérea está paredes meias com o terminal.fluvial do Montijo.

    Se se reactivar um terminal fluvial junto à Expo, permite-se ligação rápida à rede da CP.

    A faltar algum tipo de ligação, será a sul.

  18. #1068
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    20,464

    Por Defeito

    A não ser que o Montijo receba voos intercontinentais, de pouco serve uma ligação à CP para distribuir para o centro do país.

    Eu acho que muita gente não entende que tipo de voos vão existir no Montijo e de como têm pouca relevância para os passageiros fora da região LVT.

    Ninguém vai do Norte a Lisboa para fazer um Montijo-Dublin a 19.99€ se já o faz a esse preço ou similar no Porto.

    Agora uma das coisas que ainda não percebi sobre o Montijo é se há capacidade para receber aqueles charters widebodies tipo Orbest e afins e que servem os pacotes turísticos das Caraíbas e similares e que muita gente achou que iam ter mercado na longínqua Beja Mas que no Montijo já poderiam perfeitamente, a pista permitindo.

  19. #1069
    Piloto de Troféu Hecho's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2010
    Posts
    5,009

    Por Defeito



    Em relação ao conflito entre o trafego entre aeroportos, este video mostra que com o fecho que uma pista na Portela, talvez não incomode assim tanto. (final do video)

  20. #1070
    Piloto de Fórmula 1 XlPower's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    Num carro trihibrido, gasolina, eléctrico e GPL.
    Posts
    19,719

    Por Defeito

    Eu por mim até preferia é que não fizessem Aeroporto nenhum, sempre eram uns trocos que se poupavam.
    Por mim, que não vivo em Lisboa, estou-me a borrifar que os aviões continuem a incomodar os habitantes.
    Por mim, que não vivo no Montijo, também me estou a borrifar para a perca de qualidade de vida que vai trazer o Aeroporto.
    Agora, acho estranho essa história de que no Montijo os aviões podem operar ao mesmo tempo que na Portela e em Alcochete não.

    Eu só não quero é que andem a torrar agora dinheiro no Montijo e que daqui a 10 ou 20 anos venham dizer que é preciso fazer um novo Aeroporto.

  21. #1071
    Piloto Lendário Obtuso's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    A 65m de altitude.
    Posts
    42,097

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Andre Ver Post
    A não ser que o Montijo receba voos intercontinentais, de pouco serve uma ligação à CP para distribuir para o centro do país.

    Eu acho que muita gente não entende que tipo de voos vão existir no Montijo e de como têm pouca relevância para os passageiros fora da região LVT.

    Ninguém vai do Norte a Lisboa para fazer um Montijo-Dublin a 19.99€ se já o faz a esse preço ou similar no Porto.

    Agora uma das coisas que ainda não percebi sobre o Montijo é se há capacidade para receber aqueles charters widebodies tipo Orbest e afins e que servem os pacotes turísticos das Caraíbas e similares e que muita gente achou que iam ter mercado na longínqua Beja Mas que no Montijo já poderiam perfeitamente, a pista permitindo.
    Quando estás na região centro imagino que norte ou sul sejam ambas opções daí a questão das ligações.

    Para quem está no norte é pouco relevante onde fica o aeroporto.

  22. #1072
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    20,464

    Por Defeito

    Que se saiba o investimento é 100% da Vinci, portanto esse argumento não o entendo.

    E têm que começar a ler o que se escreve: ninguém disse que não podem operar em simultâneo.

    Ao invés de tanta opinião sem grande base factual, se forem ler o muito que já foi estudado por quem sabe do que está falar, talvez conseguissem estar mais informados sobre a matéria ao invés de continuarmos aqui a discutir as coisas na base de achismos e o que me parece melhor.

    Está tudo na net. Se quiserem um lugar concentrado de informação é só ir ao melhor fórum de aviação comercial português: o aviação Portugal. Todos os estudos e argumentos já foram lá esmiuçados ao pormenor por gente muito capaz e das mais diversas áreas ligadas ao sector.
    Última edição por Andre : 11-09-19 às 23:20:24

  23. #1073
    Piloto de Troféu Macavenco's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2007
    Posts
    6,287

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por XlPower Ver Post
    Eu por mim até preferia é que não fizessem Aeroporto nenhum, sempre eram uns trocos que se poupavam.
    Por mim, que não vivo em Lisboa, estou-me a borrifar que os aviões continuem a incomodar os habitantes.
    Por mim, que não vivo no Montijo, também me estou a borrifar para a perca de qualidade de vida que vai trazer o Aeroporto.
    Agora, acho estranho essa história de que no Montijo os aviões podem operar ao mesmo tempo que na Portela e em Alcochete não.

    Eu só não quero é que andem a torrar agora dinheiro no Montijo e que daqui a 10 ou 20 anos venham dizer que é preciso fazer um novo Aeroporto.
    O que está a negrito também não percebo, estando ele mais próximo da Portela. Mas lá está, eu não tenho conhecimentos técnicos da área para poder justificar isso.

    Quanto ao a itálico, não é o que vai acontecer no futuro (talvez não num médio prazo, havendo a solução Portela + um, mas a longo prazo)?
    Seja por aumento de tráfego seja também por pressão ambiental para retirar de perto do centro das cidades este tipo de tráfego? é que tenho a ideia de ter ouvido isso há uns tempos atrás quando houve alguma discussão pública sobre o tema.

  24. #1074
    Piloto Lendário Obtuso's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    A 65m de altitude.
    Posts
    42,097

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Andre Ver Post
    Que se saiba o investimento é 100% da Vinci, portanto esse argumento não o entendo.

    E têm que começar a ler o que se escreve: ninguém disse que não podem operar em simultâneo.

    Ao invés de tanta opinião sem grande base factual, se forem ler o muito que já foi estudado por quem sabe do que está falar, talvez conseguissem estar mais informados sobre a matéria ao invés de continuarmos aqui a discutir as coisas na base de achismos e o que me parece melhor.

    Está tudo na net. Se quiserem um lugar concentrado de informação é só ir ao melhor fórum de avião comercial português: o aviação Portugal. Todos os estudos e argumentos já foram lá esmiuçados ao pormenor por gente muito capaz e das mais diversas áreas ligadas ao sector.
    Eu teria muita cautela com esses 100%.

    https://www.dn.pt/dinheiro/interior/...-10424188.html

    Vai sempre sobrar alguma coisa. Em teoria será tudo financiado pelas futuras taxas, mas quem escolheu a localização? Foram também os privados, que vão pagar? Quem vai indemnizar a força aérea?

    E depois falam em opção económica quando andam números pelo ar acima de 650 milhões. Mas diria que facilmente vão gastar mais de mil milhões.

    Mas se o Montijo aguentar 50 milhões de passageiros por ano e a Portela outro tanto, já ficamos servidos por uns bons anos. Se algum dia forem ultrapassados os 100 milhões de passageiros já será tranquilo investir num mega aeroporto.

    Avante, quem dera ao Porto ter esse tipo de problemas, apesar de também começar a bater recordes com quase 12 milhões de passageiros em 2018.

  25. #1075
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    20,464

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Macavenco Ver Post
    O que está a negrito também não percebo, estando ele mais próximo da Portela. Mas lá está, eu não tenho conhecimentos técnicos da área para poder justificar isso.
    Mais importante que a distância em linha recta entre 2 aeroportos é a orientação das pistas entre os mesmos porque estas é que são as principais definidoras das rotas de aproximação e descolagem que podem ter mais ou menos conflito.

    Aparentemente há mais numa solução Portela + Alcochete. Eu como leigo só sei ir ao Flightradar () e realmente ver que boa parte dos aviões que descola da Portela para Norte e que vai para Espanha e o Centro/Sul da Europa cruza a zona do CTA. Será isso? Não sei. Sei que isto já foi falado em muitos sítios por gente que sabe certamente muito mais que nós.

    Mas o Obtuso já nos diz que os aviões podem ir por outro lado se for preciso. Porque voam. É só usar este tipo de (i)lógica argumentativa que qualquer problema é resolvido num ápice Mas há uns estúpidos na VINCI que decidiram mal, nem sabem para onde os passageiros vão ou quantos têm mesmo que ir para Lisboa (esse é o grande problema!) e não para o centro geodésico português, quais são as necessidades dos turistas de Fátima e que até vão gastar dinheiro público a fundo perdido para fazer o Montijo e não a OTA.
    Última edição por Andre : 11-09-19 às 23:32:55

  26. #1076
    Piloto Lendário Obtuso's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    A 65m de altitude.
    Posts
    42,097

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Andre Ver Post
    Mais importante que a distância em linha recta entre 2 aeroportos é a orientação das pistas entre os mesmos porque estas é que são as principais definidoras das rotas de aproximação e descolagem que podem ter mais ou menos conflito.

    Aparentemente há mais numa solução Portela + Alcochete. Eu como leigo só sei ir ao Flightradar () e realmente ver que boa parte dos aviões que descola da Portela para Norte e que vai para Espanha e o Centro/Sul da Europa cruza a zona do CTA. Será isso? Não sei. Sei que isto já foi falado em muitos sítios por gente que sabe certamente muito mais que nós.

    Mas o Obtuso já nos diz que os aviões podem ir por outro lado se for preciso. Porque voam. É só usar este tipo de (i)lógica argumentativa que qualquer problema é resolvido num ápice Mas há uns estúpidos na VINCI que decidiram mal, nem sabem para onde os passageiros vão ou quantos têm mesmo que ir para Lisboa (esse é o grande problema!) e não para o centro geodésico português, quais são as necessidades dos turistas de Fátima e que até vão gastar dinheiro público a fundo perdido para fazer o Montijo e não a OTA.
    Arranja aí o relatório que decide a opção pelo Montijo e eu faço a minha análise gratuita.

    Não encontro publicado em lado nenhum. Uma obra estrutural para a região e o país e a população não tem acesso mas se for um contrato de aquisição de vinho tinto para a GNR da Amadora já temos acesso no BASE?

  27. #1077
    Piloto de Fórmula 1 XlPower's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    Num carro trihibrido, gasolina, eléctrico e GPL.
    Posts
    19,719

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Andre Ver Post
    Que se saiba o investimento é 100% da Vinci, portanto esse argumento não o entendo.

    E têm que começar a ler o que se escreve: ninguém disse que não podem operar em simultâneo.

    Ao invés de tanta opinião sem grande base factual, se forem ler o muito que já foi estudado por quem sabe do que está falar, talvez conseguissem estar mais informados sobre a matéria ao invés de continuarmos aqui a discutir as coisas na base de achismos e o que me parece melhor.

    Está tudo na net. Se quiserem um lugar concentrado de informação é só ir ao melhor fórum de aviação comercial português: o aviação Portugal. Todos os estudos e argumentos já foram lá esmiuçados ao pormenor por gente muito capaz e das mais diversas áreas ligadas ao sector.
    E os acessos, quem vai pagar os acessos? Ou vai ficar tudo como está?
    E se houver derrapagem nos custos de construção, também é a Vinci que paga, ou há lá alguma alinea que faz com que seja o estado a entrar com o dinheiro?
    É que já vimos demasiadas vezes este filme que é tudo bonito, mas depois no final ficamos sempre entalados.

    Se não fizerem novos acessos rodoviários à ponte Vasco da Gama, quanto tempo se vai demorar de autocarro até ao centro de Lisboa?
    Comboio aqui podemos logo excluir.
    Falas das desvantagens de ter um Aeroporto longe, mas este apesar de estar perto, sem melhorias nos acessos é como se estivesse longe.

  28. #1078
    Piloto de Troféu petrus's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Cabecinha.
    Posts
    7,410

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por XlPower Ver Post
    Eu por mim até preferia é que não fizessem Aeroporto nenhum, sempre eram uns trocos que se poupavam.
    Por mim, que não vivo em Lisboa, estou-me a borrifar que os aviões continuem a incomodar os habitantes.
    Por mim, que não vivo no Montijo, também me estou a borrifar para a perca de qualidade de vida que vai trazer o Aeroporto.
    Agora, acho estranho essa história de que no Montijo os aviões podem operar ao mesmo tempo que na Portela e em Alcochete não.

    Eu só não quero é que andem a torrar agora dinheiro no Montijo e que daqui a 10 ou 20 anos venham dizer que é preciso fazer um novo Aeroporto.

    Algo me diz que o que acabas de escrever é profético! A manter-se a atual tendência de crescimento do tráfego aéreo, talvez nem sejam necessárias duas décadas!

    Nessa altura será necessário fazer um de raiz (Alcochete) e desativar a Portela ou o Montijo. Por viver próximo da capital, preferia o Montijo, mas numa lógica de comodidade era já ao contrário. Em termos de valor imobiliário a Portela deve valer biliões! É uma área gigantesca! Quase toda dentro de lisboa, com metro e demais acessibilidades...

  29. #1079
    Piloto de Troféu Hecho's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2010
    Posts
    5,009

    Por Defeito

    Os estudos de trafego dos aeroportos têm tendencia estranha para se esquecer dos ciclos economicos, quando a economia cresce, o trafego previsto, ordens de aviões, é tudo à grande, crescimento infinito, quando a economia abranca, o trafego tende para zero e é o fim do mundo.

  30. #1080
    Piloto Lendário Obtuso's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    A 65m de altitude.
    Posts
    42,097

    Por Defeito

    O Montijo penso que vi algures que consegue escalar até aos 50 milhões de passageiros. A Portela deverá conseguir idêntico.

    Estamos a falar de uma capacidade total de 100 milhões quando actualmente ainda nem aos 30 milhões chegamos.

Página 36 de 37 PrimeiraPrimeira ... 26353637 ÚltimaÚltima

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

O Motorguia . não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.
Contactos e Publicidade Motorguia.net | Carta por Pontos Usados Motorguia