Crise desde 2011,...2019, 2020... Até quando?[AVISO Página#2709-Post#81255] - Página 2131

Página 2131 de 7380 PrimeiraPrimeira ... 21212130213121322141 ... ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 63,901 para 63,930 de 221376
Like Tree73844Likes

Título: Crise desde 2011,...2019, 2020... Até quando?[AVISO Página#2709-Post#81255]

  1. #63901
    Chefe de Equipa dysplay21's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    27,759

    Por Defeito

    Concordo com o ministro.


  2. #63902
    Chefe de Equipa
    Data de Registo
    Apr 2008
    Posts
    25,771

    Por Defeito

    O parque de automóvel do Ministério da Justiça é composto por 1635 viaturas com uma média de dez anos e 206.180 quilómetros" refere um documento oficial do Ministério, acrescentando que "a sua avançada degradação leva a custos de manutenção excessivamente elevados".
    1635 carros só para o Ministério da Justiça?

    A propósito de carros:

    Há milhares de viaturas em circulação sem seguro. Números da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, divulgadas pela Antena 1, revelam que foram detetadas 19.959 viaturas sem seguro entre janeiro e outubro.

    Esta é uma subida de 4,38 por cento em relação ao mesmo período de 2011, altura em que se registaram 19.121 automóveis sem seguro.

    Também nas inspeções há um agravamento. Entre janeiro e outubro de 2011 havia 52.007 viaturas sem inspeção regularizada. No mesmo período deste ano foram registados 46.134 automóveis sem a inspeção em dia.
    abola.pt

    O porquê de falarem em agravamento nas inspecções:
    O centro de inspeções que a Antena1 visitou aponta para uma quebra de cerca de 20 por cento na afluência de viaturas.

  3. #63903
    XO
    XO está offline
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Mar 2006
    Localização
    Maia , Portugal.
    Posts
    2,403

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por DarkVeill Ver Post
    Podes dar as voltas que quiseres... a greve foi e é legal, logo, nada do que vieste debitar colhe!
    Não têm de assumir nada, pis o principio de greve é esse mesmo. Se a greve não tiver consequências... não faz efeito. O objectivo de uma greve é causar efeito, "ás três tabelas", se tal for necessário.
    Se não compreendem isso, tu e os likes, então, não compreendem o conceito de greve.

    http://www.ugt.pt/faqs2011grevegeral.pdf

    Direito à greve

    Felizmente... é algo constitucional e regulado.
    E, felizmente, ideias como as tuas não contam para a sua regulação, de tão descabidas que são. Já te respondi mais atrás, tem calma que o direito à greve já é muito condicionado. Já exemplifiquei atrás. Tens muitas coisas que intimidam e condicionam quem quer fazer greve... que é o que queres.
    A julgar pelo que dizes... não respeitas o direito à greve. És como o PR, que vem dizer que respeita, mas que... como quem diz, quem faz greve é isto e aquilo, de modo pejorativo. Quando deveria estar calado e abster-se de comentar, pois é PR de TODOS os portugueses, mesmo dos que fazem greve.
    Concordo com o principio que defendes. As acções de luta (sejam elas quais sejam) desde que legais, só surtem efeitos "visíveis" quando alguém é efectado em maior ou menor escala por elas.
    Ouve-se falar tanto em tentativas de intimidação, fachismo, etc, mas digo desde já que dos maiores inibidores de liberdades são alguns piquetes de greve. Infelizmente já assisti a coisas do arco da velha (e aqui tanto da polícia como dos piquetes). Se o direito à greve é constitucional e uma arma de luta perfeitamente legítima (e ainda bem que assim é), o direito ao trabalho é sagrado.

    Deixo aqui um vídeo, que demonstra (em parte) aquilo que quero dizer.
    Polícia de choque quebra piquete de Greve da Carris na Musgueira :: GG 14N - YouTube
    DarkVeill gosta disto.

  4. #63904
    Piloto Veterano Pastis's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    葡萄牙
    Posts
    21,486

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por XO Ver Post
    Concordo com o principio que defendes. As acções de luta (sejam elas quais sejam) desde que legais, só surtem efeitos "visíveis" quando alguém é efectado em maior ou menor escala por elas.
    Ouve-se falar tanto em tentativas de intimidação, fachismo, etc, mas digo desde já que dos maiores inibidores de liberdades são alguns piquetes de greve. Infelizmente já assisti a coisas do arco da velha (e aqui tanto da polícia como dos piquetes). Se o direito à greve é constitucional e uma arma de luta perfeitamente legítima (e ainda bem que assim é), o direito ao trabalho é sagrado.


    Mas que raio de direito esse? O direito a lixar literalmente a vida das empresa que lutam para exportar num cenário altamente negativo?

    Eu se der com um marreta na tua cabeça, tenho de pagar por isso por causa do prejuízo causado..

    Estes gajos dos portos fazem greves que torram literalmente milhões de Euros às empresas e tá tudo bem?

    Mas que palhaçada é essa hein?

    Eu sou muito a favor dos direitos dos trabalhadores e até das greves mas tb não me façam de parvo.
    Isto não são greves, é terrorismo económico.
    Alpiger gosta disto.

  5. #63905
    XO
    XO está offline
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Mar 2006
    Localização
    Maia , Portugal.
    Posts
    2,403

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Pastis Ver Post
    Mas que raio de direito esse? O direito a lixar literalmente a vida das empresa que lutam para exportar num cenário altamente negativo?

    Eu se der com um marreta na tua cabeça, tenho de pagar por isso por causa do prejuízo causado..

    Estes gajos dos portos fazem greves que torram literalmente milhões de Euros às empresas e tá tudo bem?

    Mas que palhaçada é essa hein?

    Eu sou muito a favor dos direitos dos trabalhadores e até das greves mas tb não me façam de parvo.
    Isto não são greves, é terrorismo económico.
    É a lei que temos. Podemos discuti-la, podemos propor alterações, optimizações, o que seja. Dentro da lei há que respeitar esses direitos (enquanto houver forma de os garantir).
    O que não se pode querer é sol na eira e chuva no nabal. Quem defende acerrimamente as greves então coerentemente terá que aceitar os argumentos da tal escola para não deixar a criança ir ao refeitório e levá-la a comer a uma outra sala.
    Sinceramente não sei se há algum mecanismo que limite o número de greves, mas aí (não existindo) terá de haver bom senso das partes envolvidas. E o bom senso, felizmente ou infelizmente, nem sempre é igual em toda a gente.
    Do que sei (e reafirmo o que EU sei) não me parece que a greve dos estivadores seja, digamos, 100% moralmente correcta. E por isso, com base no que EU sei/conheço, acho mal que a mesma continue. O que não invalida que eles, presumivelmente, tenham direito a fazê-la.
    Se os prejuízos, como um todo, forem demasiado para o país então certamente serão retiradas as ilações necessárias. Tanto pelo povo, como pelo governo como pelos estivadores.


  6. #63906
    Banido 500c's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2012
    Localização
    O clone parece o cão de Pavlov. Assim que posto aparece logo a salivar! Quieto Bobby!
    Posts
    10,733

    Por Defeito

    Greve nos portos está a levar a quebra nas exportações - Economia - DN

    Isto é terrorismo politico e está a passar dos limites! Causa-me profundo asco a atuação destes sindicatos parasitas!

  7. #63907
    Banido 500c's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2012
    Localização
    O clone parece o cão de Pavlov. Assim que posto aparece logo a salivar! Quieto Bobby!
    Posts
    10,733

    Por Defeito

    "É preciso diminuir 100 a 200 mil funcionários públicos" - Economia - DN

    ADMINISTRADOR DA SIEMENS PORTUGAL

    "É preciso diminuir 100 a 200 mil funcionários públicos"


    O administrador-delegado da Siemens Portugal, Carlos Melo Ribeiro, considerou hoje que Portugal só conseguirá sair da crise através da eliminação de postos de trabalho na Função Pública, apontando para uma redução de 100 a 200 mil trabalhadores.
    "É preciso diminuir 100 a 200 mil funcionários públicos", afirmou o responsável durante a sua intervenção na conferência "Crescer, um desígnio nacional", promovida pela Associação Comercial de Lisboa, em parceria com o semanário Sol, na capital portuguesa.
    Segundo o responsável, Portugal, dado o seu Produto Interno Bruto (PIB), deveria ter no máximo 400 mil funcionários públicos e, no seu entender, há maneiras de fazer esta redução "sem tragédia".
    "A General Electric (GE) tem o mesmo PIB que o pais e funciona com maior produtividade com 360 mil funcionários", ilustrou Melo Ribeiro.
    "Metemos 800 mil pessoas do privado no desemprego. Agora, temos que ir ao Estado Social e às pessoas", sublinhou, defendendo que "o desperdício do Estado Social quase que chega para o garantir".
    E apontou para a má distribuição dos rendimentos mínimos, defendendo que quem beneficia deste apoio estatal, tal como os beneficiários do subsídio de desemprego, devem fazer trabalho social.
    "Tenho a certeza que o PS não quer ir agora para o poder", afirmou, explicando que as reformas que têm que ser feitas não são populares.
    "Os nossos políticos não são profissionalmente sérios na governação. Estão a atuar muito mal. Adiam o problema e não envolvem a sociedade portuguesa", disse o administrador.
    "Qualquer governo sério tem sempre um conselho empresarial que o aconselha", reforçou.
    "Temos tudo o que é preciso para desenvolver este país. Só há uma solução, que é cortar a dívida e o défice público", concluiu.

    Subscrevo na íntegra.

  8. #63908
    Banido Gugul's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2003
    Localização
    Lisboa, , Portugal.
    Posts
    6,081

    Por Defeito

    Serão os estivadores a personificação do demónio económico???

    A greve dos estivadores explicada pelos próprios

    Verdades e mentiras sobre a greve dos estivadores - Expresso.pt

    Parece que há gente que ainda acredita em tudo que ouve no telejornal....

  9. #63909
    Banido Gugul's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2003
    Localização
    Lisboa, , Portugal.
    Posts
    6,081

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por 500c Ver Post
    "É preciso diminuir 100 a 200 mil funcionários públicos" - Economia - DN

    ADMINISTRADOR DA SIEMENS PORTUGAL

    "É preciso diminuir 100 a 200 mil funcionários públicos"


    O administrador-delegado da Siemens Portugal, Carlos Melo Ribeiro, considerou hoje que Portugal só conseguirá sair da crise através da eliminação de postos de trabalho na Função Pública, apontando para uma redução de 100 a 200 mil trabalhadores.
    "É preciso diminuir 100 a 200 mil funcionários públicos", afirmou o responsável durante a sua intervenção na conferência "Crescer, um desígnio nacional", promovida pela Associação Comercial de Lisboa, em parceria com o semanário Sol, na capital portuguesa.
    Segundo o responsável, Portugal, dado o seu Produto Interno Bruto (PIB), deveria ter no máximo 400 mil funcionários públicos e, no seu entender, há maneiras de fazer esta redução "sem tragédia".
    "A General Electric (GE) tem o mesmo PIB que o pais e funciona com maior produtividade com 360 mil funcionários", ilustrou Melo Ribeiro.
    "Metemos 800 mil pessoas do privado no desemprego. Agora, temos que ir ao Estado Social e às pessoas", sublinhou, defendendo que "o desperdício do Estado Social quase que chega para o garantir".
    E apontou para a má distribuição dos rendimentos mínimos, defendendo que quem beneficia deste apoio estatal, tal como os beneficiários do subsídio de desemprego, devem fazer trabalho social.
    "Tenho a certeza que o PS não quer ir agora para o poder", afirmou, explicando que as reformas que têm que ser feitas não são populares.
    "Os nossos políticos não são profissionalmente sérios na governação. Estão a atuar muito mal. Adiam o problema e não envolvem a sociedade portuguesa", disse o administrador.
    "Qualquer governo sério tem sempre um conselho empresarial que o aconselha", reforçou.
    "Temos tudo o que é preciso para desenvolver este país. Só há uma solução, que é cortar a dívida e o défice público", concluiu.

    Subscrevo na íntegra.
    Tanta ignorancia!!!!!

    Eis um Homem! T3 Ep39 - YouTube

  10. #63910
    Piloto de Fórmula 1 330i's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    Please keep in mind, that in my place rude commenting is a direct route to the black list!
    Posts
    16,425

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Gugul Ver Post
    Tanta ignorancia!!!!!

    Eis um Homem! T3 Ep39 - YouTube
    e o ignorante é ele (!)

    Alpiger gosta disto.

  11. #63911
    Banido 500c's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2012
    Localização
    O clone parece o cão de Pavlov. Assim que posto aparece logo a salivar! Quieto Bobby!
    Posts
    10,733

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Gugul Ver Post
    Serão os estivadores a personificação do demónio económico???

    A greve dos estivadores explicada pelos próprios

    Verdades e mentiras sobre a greve dos estivadores - Expresso.pt

    Parece que há gente que ainda acredita em tudo que ouve no telejornal....
    Parece que há gente que ainda acredita em tudo o que lê no jornal, desde que as fontes lhe agradem.

    Podes ler logo no primeiro comentário à noticia do expresso um dos verdadeiros motivos da greve:

    "O Governo quer estender a todos os Portos, o método de gestão implementado há muito no Porto de Leixões.
    Número de Estivadores despedidos em Leixões desde a implementação do sistema = ZERO (Aliás aumentou o número de estivadores.
    Redução de salário em Leixões desde a implementação do sistema: ZERO (Ganham mais agora);

    Qual é o problema, então?

    É que em Leixões, um desempregado responde a um anúncio para estivador, é entrevistado e contratado. Depois, e apenas se o desejar, filia-se no sindicato.

    Nos outros Portos, um desempregado para poder ser estivador, tem, em primeiro lugar ir ao Sindicato e só se este o aprovar (Certificar que é um comunista exemplar) é que pode concorrer ao lugar. Se for o escolhido, só pode começar a trabalhar depois de se inscrever no sindicato.

    Os sindicatos estão a *****-se para o trabalho, eles querem é manter o poder de só empregar quem o Partido manda ou os seus amigos e familiares.

    Isto é o que o Daniel omitiu! "

    A outra razão é a limitação do numero de horas extraordinárias, o que possibilitaria mais contratações. Os estivadores não querem impedir despedimentos, querem é impedir mais contratação para amealharem horas extraordinárias!
    Alpiger gosta disto.

  12. #63912
    Piloto Veterano Pastis's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2010
    Localização
    葡萄牙
    Posts
    21,486

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por XO Ver Post
    Sinceramente não sei se há algum mecanismo que limite o número de greves, mas aí (não existindo) terá de haver bom senso das partes envolvidas. E o bom senso, felizmente ou infelizmente, nem sempre é igual em toda a gente.
    Do que sei (e reafirmo o que EU sei) não me parece que a greve dos estivadores seja, digamos, 100% moralmente correcta. E por isso, com base no que EU sei/conheço, acho mal que a mesma continue. O que não invalida que eles, presumivelmente, tenham direito a fazê-la.
    Se os prejuízos, como um todo, forem demasiado para o país então certamente serão retiradas as ilações necessárias. Tanto pelo povo, como pelo governo como pelos estivadores.
    Eu honestamente não quero saber dos motivos dos estivadores. Estou marinando literalmente para eles como eles se marimbam para mim. O amor é recíproco.

    Isto aqui não é santa casa e a vida está difícil para todos, e acredita mesmo que eles estão completamente nas tintas para mim ou para ti. São todos uns egoístas interessados apenas no bem-bom deles.

    Quem duvida disso é inocente.

    Ok , fazem 1 dia de greve ( ou 2) e está feito o protesto. Com bom senso.

    Fazer o que eles estão a fazer é criminoso para a nação. Para todos nós.
    500c gosta disto.

  13. #63913
    Chefe de Equipa dysplay21's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    27,759

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Gugul Ver Post
    Verdades e mentiras sobre a greve dos estivadores - Expresso.pt

    Parece que há gente que ainda acredita em tudo que ouve no telejornal....
    Conseguem ver as respostas ao comentários nessa página?

  14. #63914
    Piloto de Fórmula 1 330i's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    Please keep in mind, that in my place rude commenting is a direct route to the black list!
    Posts
    16,425

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por bg2 Ver Post
    ...........................

    a liberalização desse mercado tem a capacidade de reduzir a influência dessas máfias, daí a berraria toda.



    na mouche!!!

  15. #63915
    Piloto de Testes xiko's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2004
    Localização
    Onde as empresas publicas lucrativas são privatizadas e as privadas falidas são nacionalizadas.
    Posts
    2,753

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Pastis Ver Post
    Mas que raio de direito esse? O direito a lixar literalmente a vida das empresa que lutam para exportar num cenário altamente negativo?

    Eu se der com um marreta na tua cabeça, tenho de pagar por isso por causa do prejuízo causado..

    Estes gajos dos portos fazem greves que torram literalmente milhões de Euros às empresas e tá tudo bem?

    Mas que palhaçada é essa hein?

    Eu sou muito a favor dos direitos dos trabalhadores e até das greves mas tb não me façam de parvo.
    Isto não são greves, é terrorismo económico.
    O "teu" problema é que não existe um direito a dar marteladas nas cabeças, ao contrário do direito à greve

    Uma greve apenas terá efeito se provocar prejuízos a outros que não aos próprios grevistas, como é natural. O direito a fazer greve tem como base uma opção simples, os afetados deverão tentar por todos os meios que os trabalhadores não tenham de optar pela greve. A greve é o último passo porque afeta os próprios e só recorrem a ela quando foram encostados à parede por decisões que afetam as suas vidas.

    Não conheces os motivos portanto não opinas com base em conhecimento de causa, "parece-te" terrorismos económico e tens razão, mas os terroristas são outros, os "aterrorizados" serão os estivadores.

  16. #63916
    Chefe de Equipa dysplay21's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    27,759

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por xiko Ver Post

    Não conheces os motivos portanto não opinas com base em conhecimento de causa, "parece-te" terrorismos económico e tens razão, mas os terroristas são outros, os "aterrorizados" serão os estivadores.
    Esses motivos é que parece que ninguém sabe ao certo quais são.

  17. #63917
    Piloto de Testes xiko's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2004
    Localização
    Onde as empresas publicas lucrativas são privatizadas e as privadas falidas são nacionalizadas.
    Posts
    2,753

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por 500c Ver Post
    Greve nos portos está a levar a quebra nas exportações - Economia - DN

    Isto é terrorismo politico e está a passar dos limites! Causa-me profundo asco a atuação destes sindicatos parasitas!
    Causa-me profundo asco quando apenas "alguns" grupos económicos conseguem fazer valer as suas intenções de aumentar exponencialmente os seus lucros com base em legislação avulsa negociada com o governo (nem sequer é consensual dentro do grupo dos patrões) e depois quando os trabalhadores afetados lutam pelos seus direitos passam a ser os maus da fita.

    O curioso é que continuando os portos portugueses a ser dos mais caros como é possivel entender que por exemplo as administrações portuárias tenham vindo todos os anos a baixar as tarifas (por imposições governamentais) mas essas reduções não se façam sentir na fatura final aos clientes

    Alguém fica com o pilim Algumas administrações portuárias já lutam por se manter e outras dão prejuizo mas mesmo assim continua a tutela a "mandar" baixar tarifas.

  18. #63918
    Chefe de Equipa MrsX's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2007
    Posts
    29,584

    Por Defeito

    Governo quer diluição de pelo menos um subsídio no privado já em Janeiro
    O Governo quer garantir que «já em Janeiro» haja a diluição de, pelo menos, um dos subsídios atribuídos ao sector privado através do regime de duodécimos, conforme previsto para a Função Pública.

    O anúncio foi feito pelo ministro da Solidariedade e da Segurança Social, Pedro Mota Soares, no final de uma reunião em sede de concertação social.

    «Foi estabelecido o compromisso do Governo com os parceiros sociais de iniciarmos um diálogo que permita já em 2013 poder fazer a divisão do subsídio de férias ou do subsídio de Natal ao longo dos 12 meses de forma a garantir que já em Janeiro não exista uma diminuição do salário líquido das famílias em Portugal e para garantir também que na tesouraria das empresas não há picos de pagamentos», anunciou Mota Soares.

    Por esclarecer ficou, da parte do governante, se será diluído pelos 12 meses apenas um dos subsídios ou ambos - de férias e de Natal. Esta é uma questão que ainda vai ser discutida com os parceiros sociais.

    «Vamos começar já muito rapidamente o diálogo com os parceiros sociais relativamente a esta matéria», adiantou Mota Soares, salientando tratar-se de um «diálogo que se vai iniciar agora e que o Governo quer fazer com a máxima rapidez».

    De acordo com o Código do Trabalho (CT), o empregador terá de pagar o subsídio de Natal até 15 de Dezembro. No caso de Governo e parceiros sociais acordarem que este pagamento seja facultativo - e não obrigatório por parte das empresas - não haverá necessidade de alterar a legislação laboral em vigor.

    Já no caso do subsídio de férias - que tem de ser pago até ao período máximo escolhido pelo trabalhador para gozo de férias - caso o Executivo decida que esta prestação também seja paga em duodécimos, ao longo do ano, aí terá de haver, além do acordo prévio do trabalhador, uma alteração ao CT.

    No entender do secretário-geral da UGT, João Proença, «nada está ainda definido», mas a UGT entende tratar-se de «uma medida correcta» recorrer ao pagamento de pelo menos um subsídio no sector privado através de duodécimos, à semelhança do que está previsto no Orçamento do Estado para 2013 para os trabalhadores da função pública.

    Ao contrário, Arménio Carlos, da CGTP, discorda desta possibilidade, considerando que «o pagamento em duodécimos põe em causa a actualização anual dos salários».

    «Vamos ter mais um ano de recessão e esta medida [hoje anunciada] é uma forma de iludir a opinião pública», argumentou Arménio Carlos.

    Lusa/SOL
    Governo quer diluição de pelo menos um subsídio no privado já em Janeiro - Economia - Sol
    Alpiger gosta disto.

  19. #63919
    Piloto de Testes xiko's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2004
    Localização
    Onde as empresas publicas lucrativas são privatizadas e as privadas falidas são nacionalizadas.
    Posts
    2,753

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por dysplay21 Ver Post
    Esses motivos é que parece que ninguém sabe ao certo quais são.
    Enganas-te, muita gente sabe quais são mas as noticias que saem pretendem tudo menos indicar as razões.

    Outra questão é que os portos estão a trabalhar, para ti e para quem não sabe os estivadores estão a cumprir o seu horário de trabalho pontualmente todos os dias. Apenas não asseguram serviços "após" o seu horário, isto é, não efetuam horas extraordinárias, não trabalham sábados, domingos e feriados. Os portos estão todos a trabalhar, nenhum porto está parado.

    O que se pretendeu com a proposta de lei foi alterar aquilo que atualmente é considerado trabalho portuário, significa isto que poderão colocar outros trabalhadores (mão de obra não qualificada ou especializada) a fazer os trabalhos que até agora eram efetuados por estivadores. Este é o motivo principal e o valor que tal alteração implica para os patrões é tão grande que estão dispostos a aguentar sem ceder. Podem perder 10 milhões hoje porque ganharão 100 amanhã. Os mais pequenos serão os mais afetados e poderão não resistir mas isso são azares da vida, os grande beneficiários estão-se lixando, mais sobra para eles...

  20. #63920
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    May 2010
    Posts
    8,300

    Por Defeito

    Os estivadores era uma coisa simples de fazer! A partir de hoje (se calhar hoje é utópico, mas que seja um ano ou meio) acabam-se todas as horas extras de todos os estivadores e para o seu lugar contratam-se novos trabalhadores!
    A greve resolve-se em 10minutos! Ou se calhar entram em grave permanente, o que duvido.

  21. #63921
    Piloto de Testes xiko's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2004
    Localização
    Onde as empresas publicas lucrativas são privatizadas e as privadas falidas são nacionalizadas.
    Posts
    2,753

    Por Defeito

    Esta atual conversa acerca das greves causa-me algum espanto. Saliento que nunca fiz greve mas entendo e apoio quem tem razões para o fazer.

    A finalidade de uma greve é mesmo causar prejuízo, é essa a sua força. O que se pretende com o consagrar do direito à greve é precisamente que quem pode decidir evite que os trabalhadores recorram a esta faculdade porque ela terá prejuízos em tese superiores ao que poderia ser negociado para a evitar.

    Não percebo a atual histeria com as greves que causam prejuizos, "todas" devem causar prejuízos. Se numa greve os unicos prejudicados fossem os trabalhadores (que perdem o dia de salário) afinal qual o propósito de fazer greve?

  22. #63922
    Banido apocalypto84's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2010
    Localização
    Num sítio onde se é suspenso por "contestar a actuação da moderação"!
    Posts
    5,240

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por 500c Ver Post
    "É preciso diminuir 100 a 200 mil funcionários públicos" - Economia - DN

    ADMINISTRADOR DA SIEMENS PORTUGAL

    "É preciso diminuir 100 a 200 mil funcionários públicos"


    O administrador-delegado da Siemens Portugal, Carlos Melo Ribeiro, considerou hoje que Portugal só conseguirá sair da crise através da eliminação de postos de trabalho na Função Pública, apontando para uma redução de 100 a 200 mil trabalhadores.
    "É preciso diminuir 100 a 200 mil funcionários públicos", afirmou o responsável durante a sua intervenção na conferência "Crescer, um desígnio nacional", promovida pela Associação Comercial de Lisboa, em parceria com o semanário Sol, na capital portuguesa.
    Segundo o responsável, Portugal, dado o seu Produto Interno Bruto (PIB), deveria ter no máximo 400 mil funcionários públicos e, no seu entender, há maneiras de fazer esta redução "sem tragédia".
    "A General Electric (GE) tem o mesmo PIB que o pais e funciona com maior produtividade com 360 mil funcionários", ilustrou Melo Ribeiro.
    "Metemos 800 mil pessoas do privado no desemprego. Agora, temos que ir ao Estado Social e às pessoas", sublinhou, defendendo que "o desperdício do Estado Social quase que chega para o garantir".
    E apontou para a má distribuição dos rendimentos mínimos, defendendo que quem beneficia deste apoio estatal, tal como os beneficiários do subsídio de desemprego, devem fazer trabalho social.
    "Tenho a certeza que o PS não quer ir agora para o poder", afirmou, explicando que as reformas que têm que ser feitas não são populares.
    "Os nossos políticos não são profissionalmente sérios na governação. Estão a atuar muito mal. Adiam o problema e não envolvem a sociedade portuguesa", disse o administrador.
    "Qualquer governo sério tem sempre um conselho empresarial que o aconselha", reforçou.
    "Temos tudo o que é preciso para desenvolver este país. Só há uma solução, que é cortar a dívida e o défice público", concluiu.

    Subscrevo na íntegra.
    Ok, se é como ele diz, toca a avançar com o processo, o mais rapidamente possíve!

    Despedir por despedir vai fazer disparar os números do desemprego, e, consequentemente, vai fazer cair a receita e aumentar a despesa, mas se o senhor em causa diz que há maneiras de fazer a redução SEM TRAGÉDIA, siga!

    Já agora, aqui alguém tem sugestões para o fazer SEM TRAGÉDIA?

  23. #63923
    Chefe de Equipa dysplay21's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    27,759

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por xiko Ver Post
    Enganas-te, muita gente sabe quais são mas as noticias que saem pretendem tudo menos indicar as razões.

    Outra questão é que os portos estão a trabalhar, para ti e para quem não sabe os estivadores estão a cumprir o seu horário de trabalho pontualmente todos os dias. Apenas não asseguram serviços "após" o seu horário, isto é, não efetuam horas extraordinárias, não trabalham sábados, domingos e feriados. Os portos estão todos a trabalhar, nenhum porto está parado.

    O que se pretendeu com a proposta de lei foi alterar aquilo que atualmente é considerado trabalho portuário, significa isto que poderão colocar outros trabalhadores (mão de obra não qualificada ou especializada) a fazer os trabalhos que até agora eram efetuados por estivadores. Este é o motivo principal e o valor que tal alteração implica para os patrões é tão grande que estão dispostos a aguentar sem ceder. Podem perder 10 milhões hoje porque ganharão 100 amanhã. Os mais pequenos serão os mais afetados e poderão não resistir mas isso são azares da vida, os grande beneficiários estão-se lixando, mais sobra para eles...
    Ou seja resume se a horas extra que os trabalhadores querem continuar a receber.

  24. #63924
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    May 2010
    Posts
    8,300

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por dysplay21 Ver Post
    Ou seja resume se a horas extra que os trabalhadores querem continuar a receber.
    Basicamente é isso! Cerca de 2000mil horas extras ano!!

    Agora eu gostava de saber quem é o estúpido (acho que para quem faz estes acordos é um elogio!) que assina um acordo deste tipo, seja ele do governo dos patrões ou outro qualquer!
    Passa-se a vida a dizer que as horas a mais de trabalho não são rentáveis, que o trabalhador é menos produtivo e depois defende-se 16 horas de trabalho diário 7 dias por semana e faz-se greve para ter direito a isso!
    E porque não trabalhar as 8h (ou 7 acho neste caso) e contratar novas pessoas?

    Percebo os estivadores? Claro que percebo perfeitamente... no lugar deles possivelmente fazia o mesmo.

  25. #63925
    Chefe de Equipa dysplay21's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    27,759

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por paulofer Ver Post
    Basicamente é isso! Cerca de 2000mil horas extras ano!!

    Agora eu gostava de saber quem é o estúpido (acho que para quem faz estes acordos é um elogio!) que assina um acordo deste tipo, seja ele do governo dos patrões ou outro qualquer!
    Passa-se a vida a dizer que as horas a mais de trabalho não são rentáveis, que o trabalhador é menos produtivo e depois defende-se 16 horas de trabalho diário 7 dias por semana e faz-se greve para ter direito a isso!
    E porque não trabalhar as 8h (ou 7 acho neste caso) e contratar novas pessoas?

    Percebo os estivadores? Claro que percebo perfeitamente... no lugar deles possivelmente fazia o mesmo.
    O contrassenso é fazer greve porque querem continuar a fazer horas extra mas depois queixam se que trabalham 16 horas por dia.

  26. #63926
    Banido apocalypto84's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2010
    Localização
    Num sítio onde se é suspenso por "contestar a actuação da moderação"!
    Posts
    5,240

  27. #63927
    Piloto de Rallye DarkVeill's Avatar
    Data de Registo
    May 2012
    Localização
    Porto/Gaia
    Posts
    13,952

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por DarkmaN Ver Post
    A bold!
    Tanto disparate junto.
    És um mestre da generalização. E deves ter sido mal atendido em algum serviço... mas isso não implica que generalizes.

    Olha... eu já fui mal atendido, tanto no público como no privado. E não generalizo.
    Aliás... devido ao empenho e postura vertical de um funcionário das Finanças, resolvi um problema bem "bicudo", que vinha de um erro dos serviços centrais. Se eu fosse como tu... agora generalizava e iniciava uma discussão contigo... afinal, são todos dedicados e merecem o céu e aterra!
    Ora, acho que quem tem "dois dedos de testa", sabe que "nem tanto ao mar, nem tanto à terra".


  28. #63928
    Banido apocalypto84's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2010
    Localização
    Num sítio onde se é suspenso por "contestar a actuação da moderação"!
    Posts
    5,240

  29. #63929
    Piloto de Rallye DarkVeill's Avatar
    Data de Registo
    May 2012
    Localização
    Porto/Gaia
    Posts
    13,952

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por XO Ver Post
    Concordo com o principio que defendes. As acções de luta (sejam elas quais sejam) desde que legais, só surtem efeitos "visíveis" quando alguém é efectado em maior ou menor escala por elas.
    Ouve-se falar tanto em tentativas de intimidação, fachismo, etc, mas digo desde já que dos maiores inibidores de liberdades são alguns piquetes de greve. Infelizmente já assisti a coisas do arco da velha (e aqui tanto da polícia como dos piquetes). Se o direito à greve é constitucional e uma arma de luta perfeitamente legítima (e ainda bem que assim é), o direito ao trabalho é sagrado.

    Deixo aqui um vídeo, que demonstra (em parte) aquilo que quero dizer.
    Polícia de choque quebra piquete de Greve da Carris na Musgueira :: GG 14N - YouTube
    Os piquetes são outra discussão. Mas estão legislados e têm o seu lugar:

    Artigo 533.º
    Piquete de greve
    A associação sindical ou a comissão de greve pode organizar piquetes para desenvolverem actividades tendentes a persuadir, por meios pacíficos, os trabalhadores a aderirem à greve, sem prejuízo do respeito pela liberdade de trabalho de não aderentes.

    Direito à greve

    Têm e devem obedecer a estes preceitos. Caso não o façam... como tudo que não cumpre, deve ser penalizado!
    Agora... vir com a ladainha de penalizar com 5 dias de salário, cada dia de greve, é do arco da velha, mas vindo de quem vem... é normal que assim pense! É um respeito... no mínimo, duvidoso!

  30. #63930
    Piloto de Rallye DarkVeill's Avatar
    Data de Registo
    May 2012
    Localização
    Porto/Gaia
    Posts
    13,952

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Pastis Ver Post
    Mas que raio de direito esse? O direito a lixar literalmente a vida das empresa que lutam para exportar num cenário altamente negativo?

    Eu se der com um marreta na tua cabeça, tenho de pagar por isso por causa do prejuízo causado..

    Estes gajos dos portos fazem greves que torram literalmente milhões de Euros às empresas e tá tudo bem?

    Mas que palhaçada é essa hein?

    Eu sou muito a favor dos direitos dos trabalhadores e até das greves mas tb não me façam de parvo.
    Isto não são greves, é terrorismo económico.
    Felizmente a realidade, os factos, a legislação, os intervenientes... sabem mais que tu! O que não é difícil.
    Não concordas? Temos pena!
    Uma greve, para ser eficaz e efectiva, tem de "prejudicar"! Tem de ter um efeito nocivo... quando o principio, a génese da greve é válido, como é o caso... os prejudicados devem pedir a quem de direito, que ouça, negoceie e atenda, na medida do possível, aos apelos dos grevistas para que a situação se resolva. Dentro do possível e quando os apelos têm sustentação e fazem sentido.
    Na tua perspectiva... isso ficaria ao critério de quem? Pois... de quem decide... se calhar, dos mesmos que lhes retirariam os tais 5 dias de remuneração por cada dia de greve!
    És um eleito... realmente, essa tua ideia é "peregrina", é algo que só assiste a quem está bem e não quer saber, nem respeitar, os direitos e reivindicações de outros! Só porque TU achas errado. Mas felizmente... não és TU que mandas!

Tópicos semelhantes

  1. Vamos ser um país rico!!!! IUPI!!!
    Por zerorpm na secção OFF Topic
    Respostas: 53
    Último Post: 20-02-16, 16:41:34
  2. Merkel planeia governo económico da zona euro
    Por Omega na secção OFF Topic
    Respostas: 113
    Último Post: 23-09-13, 16:49:45
  3. Globalização, Euro e empobrecimento do País
    Por eu na secção OFF Topic
    Respostas: 102
    Último Post: 16-11-11, 18:48:47
  4. 2011 Corvette C6 Euro-Spec
    Por Chevyvan na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 137
    Último Post: 08-08-11, 15:22:42
  5. Crescimento da Zona Euro acelera
    Por PeLeve na secção OFF Topic
    Respostas: 12
    Último Post: 10-11-06, 19:09:58

Etiquetas para este tópico

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

O Motorguia . não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.
Contactos e Publicidade Motorguia.net | Carta por Pontos Usados Motorguia