Crise desde 2011,...2021, 2022... Até quando?[AVISO Página#2709-Post#81255] - Página 9114

Página 9114 de 9140 PrimeiraPrimeira ... 91049113911491159124 ... ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 273,391 para 273,420 de 274197
Like Tree118075Likes

Título: Crise desde 2011,...2021, 2022... Até quando?[AVISO Página#2709-Post#81255]

  1. #273391
    Piloto de Troféu Ccorreia's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2006
    Localização
    Lisboa, , Portugal.
    Posts
    5,876

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Pastis Ver Post
    Os centros de saúde não conseguem responder nem a o serviço normal quanto mais a urgências... O sistema está completamente saturado e as pessoas perderam a confiança totalmente.

    Ontem o tempo de espera média num dos principais de lisboa para triagem falaram-me em 3h e atendimento 4 a 5 horas depois.

    Já agora para quem não se lembra: os seguros de saúde têm geralmente médico que vai a casa. Nunca tinha recorrido mas na semana passada chamei e realmente é muito mais cómodo do que ir para uma urgência de um privado ou publico, isto para situações pouco graves.

    e só custa 10€ ....


  2. #273392
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jan 2020
    Posts
    2,696

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por DMA Ver Post
    Entendo a relevância do que coloquei à negrito no teu post e tens toda a razão; esclarecer bem aquilo que referiste contribuiria para que a notícia fosse mais educativa e esclarecedora.
    O meu ponto é que a notícia até pode estar mal elaborada e até com erros em relação a valores e conceitos.
    Para mim o realmente importante a reter, são os valores estratosféricos que foram alocados pelo BCE para a compra de obrigações de estados e de empresas (para simplificar).
    Na minha singela opinião, foi uma distorção enorme dos mercados. E um ataque directo aos aforradores, entre muitos outros pontos relevantes do ponto de vista social, ético e político.
    Não estás a ver a big picture. Sem alavancagem os risco económicos são muito superiores aos riscos de fazer alavancagem. Sem alavancagem o risco para os aforradores seria vastas vezes superior, não pondo em causa a remuneração das poupanças, mas pondo em causa as próprias poupanças, por várias vias: a mais drástica, que seria o colapso de vários bancos e activos financeiros e com eles das poupanças das pessoas, e por via da retração (ainda mais) brutal da procura e consequentes insolvências de empresas, desemprego, etc.
    A ideia da economia de mercado em roda livre é um conceito sedutor, sobretudo pela sua aparente simplicidade muito a preto e branco, e portanto um conceito muito sedutor para os leigos em economia, mas já foi abandonada há mais de 1 século. Até o Milton Friedman advogava a intervenção dos bancos centrais nas Economias. Aliás, a fixação das taxas de juro diretoras (que ele dizia deverem ser sempre nominalmente zero) era basicamente a principal ferramenta de intervenção norteadora da política liberal de Friedman. Aliás, Friedman chegou a sugerir ao governo do Japão que pusesse o Banco Central Japonês a utilizar instrumentos de política monetária agressivos (basicamente comprar dívida a rodos) para contrariar o estado de estagnação nos anos 90.

    Eu percebo a vontade de fazer afirmações muito lineares e taxativas em Economia. E quem diz em Economia, diz em qualquer outra ciência. Mas a realidade é sempre mais complexa do que parece a quem só contacta com a dita ciência de uma forma menos aprofundada.
    Se os Bancos Centrais todos não estivessem a fazer QE nós estaríamos aqui todos a vociferar contra os governantes do mundo por terem deixado as economias cairem numa recessão semelhante à dos anos 30.
    oscarcc gosta disto.

  3. #273393
    Piloto Veterano Karma's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    New New York
    Posts
    24,417

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Pastis Ver Post
    Os centros de saúde não conseguem responder nem a o serviço normal quanto mais a urgências... O sistema está completamente saturado e as pessoas perderam a confiança totalmente.

    Ontem o tempo de espera média num dos principais de lisboa para triagem falaram-me em 3h e atendimento 4 a 5 horas depois.

    Já agora para quem não se lembra: os seguros de saúde têm geralmente médico que vai a casa. Nunca tinha recorrido mas na semana passada chamei e realmente é muito mais cómodo do que ir para uma urgência de um privado ou publico, isto para situações pouco graves.
    Ou telefonas, dizes os sintomas e mandam-te a receita para o telemóvel.

  4. #273394
    Banido TommyTosser's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2011
    Posts
    11,472

    Por Defeito

    Acerca dos médicos/enfermeiros; no publico, do que conheço, são como qualquer outro trabalhador.

    Uns esforçam-se e dão tudo pelos pacientes/trabalho, chegando a pôr em causa a própria saúde. Casos de verdadeiro sacrifício pelos pacientes.

    Outros uns autênticos baldas que são capaz de enviar uma SMS de manha a dizer que não vão trabalhar e para desmarcar as consultas do dia, de forma recorrente.

  5. #273395
    Piloto Veterano XlPower's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    Num carro trihibrido, gasolina, eléctrico e GPL.
    Posts
    24,349

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Pastis Ver Post
    Os centros de saúde não conseguem responder nem a o serviço normal quanto mais a urgências... O sistema está completamente saturado e as pessoas perderam a confiança totalmente.

    Ontem o tempo de espera média num dos principais de lisboa para triagem falaram-me em 3h e atendimento 4 a 5 horas depois.

    Já agora para quem não se lembra: os seguros de saúde têm geralmente médico que vai a casa. Nunca tinha recorrido mas na semana passada chamei e realmente é muito mais cómodo do que ir para uma urgência de um privado ou publico, isto para situações pouco graves.
    Que médicos são esses que preferem esses trabalho em vez de aceitar um lugar no SNS? Eu percebo que um médico prefira o privado ao SNS, mas nessas condições já não percebo. Há algo aí que não bate certo. Um médico para se andar a deslocar a casa das pessoas tinha que ganhar muito para compensar os tempos de deslocação. Sendo através de um seguro duvido muito que ganhe o suficiente para compensar a deslocação, por isso não percebo.


  6. #273396
    Piloto Lendário Obtuso's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Na 47ª cidade mais alta de Portugal
    Posts
    56,723

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Montecristo81 Ver Post
    Não estás a ver a big picture. Sem alavancagem os risco económicos são muito superiores aos riscos de fazer alavancagem. Sem alavancagem o risco para os aforradores seria vastas vezes superior, não pondo em causa a remuneração das poupanças, mas pondo em causa as próprias poupanças, por várias vias: a mais drástica, que seria o colapso de vários bancos e activos financeiros e com eles das poupanças das pessoas, e por via da retração (ainda mais) brutal da procura e consequentes insolvências de empresas, desemprego, etc.
    A ideia da economia de mercado em roda livre é um conceito sedutor, sobretudo pela sua aparente simplicidade muito a preto e branco, e portanto um conceito muito sedutor para os leigos em economia, mas já foi abandonada há mais de 1 século. Até o Milton Friedman advogava a intervenção dos bancos centrais nas Economias. Aliás, a fixação das taxas de juro diretoras (que ele dizia deverem ser sempre nominalmente zero) era basicamente a principal ferramenta de intervenção norteadora da política liberal de Friedman. Aliás, Friedman chegou a sugerir ao governo do Japão que pusesse o Banco Central Japonês a utilizar instrumentos de política monetária agressivos (basicamente comprar dívida a rodos) para contrariar o estado de estagnação nos anos 90.

    Eu percebo a vontade de fazer afirmações muito lineares e taxativas em Economia. E quem diz em Economia, diz em qualquer outra ciência. Mas a realidade é sempre mais complexa do que parece a quem só contacta com a dita ciência de uma forma menos aprofundada.
    Se os Bancos Centrais todos não estivessem a fazer QE nós estaríamos aqui todos a vociferar contra os governantes do mundo por terem deixado as economias cairem numa recessão semelhante à dos anos 30.
    E a ideia de comprar dívida rodos pelos bancos centrais também não é sedutora?

    Onde deveria estar o equilíbrio?

  7. #273397
    Piloto de Rallye Topolino's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2017
    Posts
    11,597

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por DMA Ver Post
    Quando uma pessoa acha que o PCP e a sua "nata" não conseguem descer mais, eles conseguem sempre surpreender.

    Gente séria ... democratas ... enfim, em Portugal a narrativa sobre o PCP é uma vergonha.
    Malta nova que milite no PCP só pode ser por tacho, ou por burrice. O Tiago deve ser pelos 2 motivos.

  8. #273398
    Chefe de Equipa
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    26,498

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por eu Ver Post
    É mais ou menos consensual que um dos problemas das urgências nos hospitais, são as falsas urgências, ou seja, pessoas que se deslocam ao serviço de urgência sem real necessidade.

    Este problema não poderia ser atenuado, se se implementasse uma taxa de moderação relevante (Por exemplo uns 100€) para todas as falsas urgências? As verdadeiras urgências não seriam cobradas.

    O que acham?
    Em Pt isso é um problema porque uma falsa urgência precisa de ser categorizada como tal por alguém. Presume-se um médico.

    O que achas que vai acontecer?

    Intimidação.

    Já acontece neste momento se não lhes assinas o papel dos transportes/bombeiros para andarem sempre a ir a mcdts, consultas e afins à pala e que a burocracia do Estado atira a responsabilidade para cima do médico (que tem que assinar 1 papel com 18 itens de preenchimento por cada ida a uma consulta, exame, etc.).

    É a mesma coisa quando há critérios de urgência no período nocturno: inventa-se na triagem para contornar os critérios, exercendo-se intimidação sobre o enfermeiro que faz a dita triagem.

    Parte dos meus tempos de interno, trabalhei numa urgência dita metropolitana com critérios nocturnos e era uma palhaçada constante.

    Ou os doentes mentiam descaradamente para conseguirem ser encaixados nos critérios e admitidos ou intimidavam o enfermeiro para tal. Ou o enfermeiro sugeria os critérios para não ter a pressão social na triagem de recusar a admissão do doente na urgência. Ninguém está para aturar cenas de "público", agressões verbais, mau-ambiente ou mesmo intimidação física. Nem tem que aturar!

    Aliás -e isto diz muito do que este país é- os critérios nocturnos dessa urgência acabaram quando uma filha de uma secretária de Estado apareceu às 3h da manhã com a patologia "sou louca e não tenho nada que fazer" e armou um escarcéu porque a admissão foi recusada (não reunia os critérios nocturnos, pulseira azul, para ser observada a partir das / às 8h da manhã).

    A ARS LVT acabou por determinar ao hospital o fim dos critérios em menos de 48h...bastou a menina falar com a mamã. Portugal in a nutshell.

    Vocês têm que perceber que Portugal é MESMO isto.

    Este problema cultural decorre da nossa relação com a verdade ser dúbia.

    Somos como povo uns aldrabões por natureza. E fiteiros.
    Última edição por Andre : 25-11-21 às 12:06:56
    eu, Obtuso, ricardodsb and 1 others like this.

  9. #273399
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    Aug 2004
    Posts
    21,704

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Topolino Ver Post
    Malta nova que milite no PCP só pode ser por tacho, ou por burrice. O Tiago deve ser pelos 2 motivos.
    Mas olha que para tachos o PCP não será certamente o melhor partido. Para oportunistas o PS, o PPD ou mesmo o CDS são muito mais indicados.

    Com franqueza, e especialmente desde a perestroika, não consigo explicar o comportamento da rapaziada do PCP, até porque muitos deles são pessoas muito agradáveis, inteligentes e cultas.

    Para mim é um mistério.

  10. #273400
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Dec 2015
    Posts
    9,116

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Jbranco Ver Post
    Mas olha que para tachos o PCP não será certamente o melhor partido. Para oportunistas o PS, o PPD ou mesmo o CDS são muito mais indicados.

    Com franqueza, e especialmente desde a perestroika, não consigo explicar o comportamento da rapaziada do PCP, até porque muitos deles são pessoas muito agradáveis, inteligentes e cultas.

    Para mim é um mistério.
    São uma espécie de negacionistas.

  11. #273401
    eu
    eu está online
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    , , .
    Posts
    22,162

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Andre Ver Post
    Vocês têm que perceber que Portugal é MESMO isto.

    Este problema cultural decorre da nossa relação com a verdade ser dúbia.

    Somos como povo uns aldrabões por natureza. E fiteiros.
    Está confirmado: o problema de Portugal... são os Portugueses.

  12. #273402
    Chefe de Equipa
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    26,498

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por DMA Ver Post
    Pessoalmente acho que muitas falsas urgências, serão de pessoal que não consegue outro tipo de resposta em outro tipo de serviços do SNS.
    Mas é claro que deve existir sempre aquele pessoal sem noção e que mesmo com o melhor sistema do mundo, iriam na mesma para um SU, contribuindo para o entupimento dos mesmos.
    Faço urgência desde 2013.

    Também tinha essa ideia mas a experiência mostrou-me que não.

    A esmagadora maioria da falsa urgência decorre de/da:

    -conveniência de horário: dá-me jeito vir a estas horas (5h da manhã antes de ir entrar ao trabalho, ao final da tarde depois de sair do trabalho, depois do jantar porque deve estar pouca gente, ao sábado porque fui visitar a minha mãe e agora vamos tratar de um assunto dela que já tem 10 meses porque me disse isto ao almoço e a urgência emocional é grande, às 2h da manhã porque ando a arrastar isto há 3 dias mas se for a esta hora ainda vou conseguir baixa no centro de saúde amanhã de manhã..., etc. etc.)

    - falta de noção pura

    tu tens idas à urgência por coisas ridículas e que mostram bem o nível de falta de conhecimentos básicos em saúde e carolice e pieguice inacreditável.

    1 pico de temperatura mais elevada ("febre")...bora a urgência.
    Disseram que o puto fez febre na creche...bora à urgência.
    Doi-me a cabeça, vou à urgência.
    Pica-me o olho, vou à urgência.
    Há bocado não me estava a sentir muito bem...nem tinha comido...mas venho a urgência para garantir que estou bem e não tenho um cancro.
    etc.

    - vim acompanhar alguém ao hospital e já agora aproveito para ir limpar os ouvidos ao ORL e, porque não, um check-up geral, umas análises não fazem mal a ninguém.

    Depois de todas estas razões que podem parecer uma piada e um exagero meu -mas não são, são o dia-a-dia-, lá no fundo da tabela, aparecem os doentes que andam à espera da resolução de patologia crónica e que estão a aguardar consultas de especialidade há meses dadas as listas de espera, etc. e cuja a urgência é a entrada muitas vezes na especialidade hospitalar quando a coisa já está a descambar. Sim.

    Depois somas a isto os doentes reencaminhados do privado porque:

    - não podem pagar os tratamentos da patologia aguda/subaguda/crónica que acabou de ser diagnosticada numa consulta de rotina e que vão à urgência para ver se "entram" no sistema.

    Mais as falsas urgências decorrentes da má organização interna do SNS, por sua vez decorrente de não haver critérios nocturnos (as ARS são contra porque dá péssima imprensa) nas mais variadas especialidades.

    exemplo: tipo com uma limalha no olho que vai às 11 da noite a Tomar e que já anda com aquilo desde o dia anterior, não há oftalmologia, envio ao hospital central que tem a especialidade (Lisboa), horas a aguardar o transporte, chega em Lisboa às 7h da manha...regressa a Tomar às 10h com o novo transporte (porque os bombeiros bazam sempre, para receberem 2x o transporte..., pelo que depois de 5 min de observação e tratamento, fica 2h à espera dos novos bombeiros), tudo isto para uma coisa que pode perfeitamente esperar mais uma horas (como esperam nos locais civilizados) quando tinha Oftalmologia em Tomar ou lá ao lado em Abrantes/Torres Novas às 8h.

    Mais as falsas urgência que resultam das transferências dos hospitais periféricos que se querem livrar dos doentes e atiram para especialidades que não têm lá mal conseguem encaixar 1% do problema nessa especialidade. como se transfere sem contacto e o hospital central recebe tudo...o que acham que acontece? É enviar, enviar, enviar. Sem critério. Sem critério. Sem critério.

    Querem que continue a descrever o que é a realidade do SNS?

    E de como se espatifam recursos de uma maneira inacreditável com a filosofia de urgência de porta aberta e tudo é urgente?

    Posso continuar.
    ricardodsb gosta disto.

  13. #273403
    Chefe de Equipa 330i's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    “o sábio discute ideias, o comum discute factos, o medíocre discute pessoas"
    Posts
    28,228

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Jbranco Ver Post
    Mas olha que para tachos o PCP não será certamente o melhor partido. Para oportunistas o PS, o PPD ou mesmo o CDS são muito mais indicados.

    Com franqueza, e especialmente desde a perestroika, não consigo explicar o comportamento da rapaziada do PCP, até porque muitos deles são pessoas muito agradáveis, inteligentes e cultas.

    Para mim é um mistério.
    Estão alinhados com a dimensão e a ambição deles. Contentam-se com o tachito pequeno de um municipio, um lugarzito de vereador ou um empregozito na administração local.

    No PSD e no PS a coisa é diferente. A ambição é alta, é central, ali sonha-se alto e em grande, lugares de prestigio e de poder, com salários e mordomias a condizer!

    Até nisto os comunas são "piqueninos"...

  14. #273404
    Chefe de Equipa 330i's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    “o sábio discute ideias, o comum discute factos, o medíocre discute pessoas"
    Posts
    28,228

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Andre Ver Post
    Faço urgência desde 2013.

    (......)
    Querem que continue a descrever o que é a realidade do SNS?

    E de como se espatifam recursos de uma maneira inacreditável com a filosofia de urgência de porta aberta e tudo é urgente?

    Posso continuar.

    Nãooooooooo!!!

    Fico deprimido, por que sabemo s que é assim...

  15. #273405
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jan 2020
    Posts
    2,696

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Obtuso Ver Post
    E a ideia de comprar dívida rodos pelos bancos centrais também não é sedutora?

    Onde deveria estar o equilíbrio?
    Para um leigo? Claramente que não. Achas que o cidadão comum faz a mínima ideia do que é o QE, para que serve, e por que mecanismo funciona? Nem sequer a maioria dos jornalistas sabe! Eu aposto que a maioria dos jornalistas (fora os especializados, e mesmo esses nem todos) não sabe o que diz quando usa a expressão "imprimir dinheiro", que é uma coisa que fazem a torto e a direito. Quanto mais o cidadão comum.

    O equilíbrio é uma dor de cabeça. Ninguém sabe! Mas a verdade é que todas as grandes economias capitalistas do mundo recorreram a medidas de política monetária expansionista muito a agressiva, com os EUA, UE e Reino Unido à cabeça.
    E é preciso perceber também uma coisa que pouca gente sabe: quando ouvimos falar que o BCE comprou 100 biliões de dívida soberana e não soberana, isso não significa nem de perto que esses 100 biliões entraram como dinheiro novo a circular na economia. Os bancos comerciais estão encharcados em liquidez. Têm que pagar para ter dinheiro depositado no BCE e nem assim se livram dele. E outra coisa, o dinheiro novo que entra na economia não é dado. É emprestado. Ou melhor, devia ser emprestado porque nem com taxas de juro negativas às vezes se consegue emprestar.

    Em teoria, os riscos de inflação combatem-se com relativa facilidade por desalavancagem. O banco central sobe os juros, os agentes económicos retraem-se logo no crédito, os aforradores fazem mais aplicações retirando assim dinheiro de circulação, e vai-se mantendo o equilíbrio. É claro que isto não se pode fazer à bruta e a prática é tão complicada quanto a alavancagem.

    Em suma, acusar de forma cega a política expansionista dos bancos centrais é como acusar um médico de ter dado açúcar a um diabético quando ele estava em hipoglicemia prestes a entrar em coma, só porque depois de recuperar ficou em hiperglicemia. Ok, ficou em hiperglicemia, mas se nada tivesse sido feito tinha morrido. É este equilíbrio difícil que tem que ser gerido, e está a ser feito pelas mais brilhantes mentes económicas que temos neste mundo. E nem me refiro aos presidentes do bancos centrais, mas sim às centenas de conselheiros com conhecimentos profundíssimos na matéria.
    E outra nota: os bancos centrais dos EUA e UE são independentes do poder político, com o BCE a ser o mais independente de todos. Os seus mandatos são claros. Isso por si só constitui para mim um factor de menor preocupação.
    oscarcc gosta disto.

  16. #273406
    Chefe de Equipa
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    26,498

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por eu Ver Post
    Está confirmado: o problema de Portugal... são os Portugueses.
    O problema de Portugal são as elites medíocres e sem coragem de enfrentar os problemas e estabelecer prioridades e opções mantendo todas estas discussões importantes como a organização de um sistema de saúde público e universal no nível do infantil, dos bons e dos maus, dos com mais ou menos resiliência como diz a tonta.

    Falar verdade desde logo é algo muito difícil. Todos os decisores têm medo do vox pop, da manchete da imprensa, da histeria e da gritaria. Do "caso". Da "mob".

    Nada ou muito pouco é organizado com objectividade porque tudo é feito ao leme do vento que sopra e do que é "popular".

    Porque se confunde o interesse público com a opinião pública.

    E enquanto em Portugal isso acontecer, o Estado prestará sempre e cada vez mais um serviço de m***** à sua população mesmo que ande sempre a correr a tentar ser popular com a populaça e ou diferentes interesses.

    O mindset está completamente errado.

    E ninguém percebe isto.

    É uma discussão que não se faz.
    eu gosta disto.

  17. #273407
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    Aug 2004
    Posts
    21,704

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por 330i Ver Post
    Nãooooooooo!!!

    Fico deprimido, por que sabemo s que é assim...
    Há muitos anos, quando os meus amigos que optaram por medicina começaram a trabalhar, eu perguntava-lhes se era para aquilo que tinham estudado tanto. Péssimas condições de trabalho, péssimos horários, e nem o salário era especialmente bom.

    Por isso senti uma náusea ao ouvir aquela desqualificada insinuar que eles são pouco resilientes.
    jimbo gosta disto.

  18. #273408
    Piloto de Troféu pmct's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2003
    Posts
    9,859

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Montecristo81 Ver Post
    Para um leigo? Claramente que não. Achas que o cidadão comum faz a mínima ideia do que é o QE, para que serve, e por que mecanismo funciona? Nem sequer a maioria dos jornalistas sabe! Eu aposto que a maioria dos jornalistas (fora os especializados, e mesmo esses nem todos) não sabe o que diz quando usa a expressão "imprimir dinheiro", que é uma coisa que fazem a torto e a direito. Quanto mais o cidadão comum.

    O equilíbrio é uma dor de cabeça. Ninguém sabe! Mas a verdade é que todas as grandes economias capitalistas do mundo recorreram a medidas de política monetária expansionista muito a agressiva, com os EUA, UE e Reino Unido à cabeça.
    E é preciso perceber também uma coisa que pouca gente sabe: quando ouvimos falar que o BCE comprou 100 biliões de dívida soberana e não soberana, isso não significa nem de perto que esses 100 biliões entraram como dinheiro novo a circular na economia. Os bancos comerciais estão encharcados em liquidez. Têm que pagar para ter dinheiro depositado no BCE e nem assim se livram dele. E outra coisa, o dinheiro novo que entra na economia não é dado. É emprestado. Ou melhor, devia ser emprestado porque nem com taxas de juro negativas às vezes se consegue emprestar.

    Em teoria, os riscos de inflação combatem-se com relativa facilidade por desalavancagem. O banco central sobe os juros, os agentes económicos retraem-se logo no crédito, os aforradores fazem mais aplicações retirando assim dinheiro de circulação, e vai-se mantendo o equilíbrio. É claro que isto não se pode fazer à bruta e a prática é tão complicada quanto a alavancagem.

    Em suma, acusar de forma cega a política expansionista dos bancos centrais é como acusar um médico de ter dado açúcar a um diabético quando ele estava em hipoglicemia prestes a entrar em coma, só porque depois de recuperar ficou em hiperglicemia. Ok, ficou em hiperglicemia, mas se nada tivesse sido feito tinha morrido. É este equilíbrio difícil que tem que ser gerido, e está a ser feito pelas mais brilhantes mentes económicas que temos neste mundo. E nem me refiro aos presidentes do bancos centrais, mas sim às centenas de conselheiros com conhecimentos profundíssimos na matéria.
    E outra nota: os bancos centrais dos EUA e UE são independentes do poder político, com o BCE a ser o mais independente de todos. Os seus mandatos são claros. Isso por si só constitui para mim um factor de menor preocupação.
    Vou começar pelo fim

    Quer A lagarde quer powel estao ambos a fazer politica, que não lhes compete fazer, porque sao politics a frente de bancos centrais.

    Depois o QE ( o money printing porque é efectivamente a mesma coisa feito de forma mais artistica) deve ser usado como um antibiotico, uma embalagem durante X dias mas o que esta a contecer é isto.


    depois da nisto



    e isto





    MAs secalhar tens razao, é melhor ir sempre desgastando as poupanças dos aforradores
    Imagens anexadas Imagens anexadas
    Prelude, Obtuso and Bisonte like this.

  19. #273409
    Chefe de Equipa
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    26,498

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Jbranco Ver Post
    Há muitos anos, quando os meus amigos que optaram por medicina começaram a trabalhar, eu perguntava-lhes se era para aquilo que tinham estudado tanto. Péssimas condições de trabalho, péssimos horários, e nem o salário era especialmente bom.

    Por isso senti uma náusea ao ouvir aquela desqualificada insinuar que eles são pouco resilientes.
    a ministra devia passar umas horas, como incógnita, na urgência do hospital de setubal.

    bastavam 6 ou 8h.

    como uma mosquinha num qualquer gabinete ou corredor da urgência.

    e depois gostava muito que viesse falar em pouca resiliência.

    mas enquanto a experiência da moça se resumir a trabalhar nos palácios brancos da burocracia, é normal que se saia com impropérios desses.

  20. #273410
    Piloto Lendário Obtuso's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Na 47ª cidade mais alta de Portugal
    Posts
    56,723

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Montecristo81 Ver Post
    Para um leigo? Claramente que não. Achas que o cidadão comum faz a mínima ideia do que é o QE, para que serve, e por que mecanismo funciona? Nem sequer a maioria dos jornalistas sabe! Eu aposto que a maioria dos jornalistas (fora os especializados, e mesmo esses nem todos) não sabe o que diz quando usa a expressão "imprimir dinheiro", que é uma coisa que fazem a torto e a direito. Quanto mais o cidadão comum.

    O equilíbrio é uma dor de cabeça. Ninguém sabe! Mas a verdade é que todas as grandes economias capitalistas do mundo recorreram a medidas de política monetária expansionista muito a agressiva, com os EUA, UE e Reino Unido à cabeça.
    E é preciso perceber também uma coisa que pouca gente sabe: quando ouvimos falar que o BCE comprou 100 biliões de dívida soberana e não soberana, isso não significa nem de perto que esses 100 biliões entraram como dinheiro novo a circular na economia. Os bancos comerciais estão encharcados em liquidez. Têm que pagar para ter dinheiro depositado no BCE e nem assim se livram dele. E outra coisa, o dinheiro novo que entra na economia não é dado. É emprestado. Ou melhor, devia ser emprestado porque nem com taxas de juro negativas às vezes se consegue emprestar.

    Em teoria, os riscos de inflação combatem-se com relativa facilidade por desalavancagem. O banco central sobe os juros, os agentes económicos retraem-se logo no crédito, os aforradores fazem mais aplicações retirando assim dinheiro de circulação, e vai-se mantendo o equilíbrio. É claro que isto não se pode fazer à bruta e a prática é tão complicada quanto a alavancagem.

    Em suma, acusar de forma cega a política expansionista dos bancos centrais é como acusar um médico de ter dado açúcar a um diabético quando ele estava em hipoglicemia prestes a entrar em coma, só porque depois de recuperar ficou em hiperglicemia. Ok, ficou em hiperglicemia, mas se nada tivesse sido feito tinha morrido. É este equilíbrio difícil que tem que ser gerido, e está a ser feito pelas mais brilhantes mentes económicas que temos neste mundo. E nem me refiro aos presidentes do bancos centrais, mas sim às centenas de conselheiros com conhecimentos profundíssimos na matéria.
    E outra nota: os bancos centrais dos EUA e UE são independentes do poder político, com o BCE a ser o mais independente de todos. Os seus mandatos são claros. Isso por si só constitui para mim um factor de menor preocupação.
    Abordas aí vários pontos interessantes.

    Um leigo sabe que imprimir moeda é bom porque fica mais rico de forma fácil, mais dinheiro = mais riqueza. Os comunistas/socialista sabem bem o que isso é. Ter noção do que é o QE já é sim algo mais complexo de entender em todas as suas implicações.

    E a intervenção é necessária para manter esse equilíbrio difícil, como referes. Mas penso que ninguém acusa dessa forma os bancos centrais. Penso que o apontar de dedo tem origem na percepção (errada ou não) que a intervenção está a assumir níveis elevados e que que isso terá as suas consequências.

    Nesse exemplo do diabético, estar sempre a dar açúcar é transmitir uma posição de ajuda permanente (mesmo sendo efectivamente necessária), mas não incentivando a maior independência e responsabilidade. Porque cria uma dependência do paizinho BCE, que estará lá sempre. Como resolver? Não sei, mas para isso estarão lá esses conselheiros todos.

  21. #273411
    eu
    eu está online
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    , , .
    Posts
    22,162

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Andre Ver Post
    Porque se confunde o interesse público com a opinião pública.
    Mas isso faz sentido, se considerarmos que o objetivo principal de qualquer partido que governe o País é manter o poder, e não propriamente resolver os problemas estruturais do País.

  22. #273412
    Piloto de Rallye Topolino's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2017
    Posts
    11,597

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Jbranco Ver Post
    Mas olha que para tachos o PCP não será certamente o melhor partido. Para oportunistas o PS, o PPD ou mesmo o CDS são muito mais indicados.

    Com franqueza, e especialmente desde a perestroika, não consigo explicar o comportamento da rapaziada do PCP, até porque muitos deles são pessoas muito agradáveis, inteligentes e cultas.

    Para mim é um mistério.
    Depende. Aqui no Alentejo ainda se conseguem muitos tachos pelo PCP.

  23. #273413
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Dec 2015
    Posts
    9,116

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Jbranco Ver Post
    Há muitos anos, quando os meus amigos que optaram por medicina começaram a trabalhar, eu perguntava-lhes se era para aquilo que tinham estudado tanto. Péssimas condições de trabalho, péssimos horários, e nem o salário era especialmente bom.

    Por isso senti uma náusea ao ouvir aquela desqualificada insinuar que eles são pouco resilientes.
    Nao consigo perceber a parte do péssimos.... Se não estão contentes vão trabalhar para outro lado. Em vez de andarem a fazer greves e a resmungar...
    Última edição por Quark : 25-11-21 às 14:11:31

  24. #273414
    Chefe de Equipa Avant's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2003
    Posts
    27,829

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por XlPower Ver Post
    Que médicos são esses que preferem esses trabalho em vez de aceitar um lugar no SNS? Eu percebo que um médico prefira o privado ao SNS, mas nessas condições já não percebo. Há algo aí que não bate certo. Um médico para se andar a deslocar a casa das pessoas tinha que ganhar muito para compensar os tempos de deslocação. Sendo através de um seguro duvido muito que ganhe o suficiente para compensar a deslocação, por isso não percebo.
    Eu percebo, mas é melhor não falar nisso.

  25. #273415
    Piloto de Fórmula 1 jimbo's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2010
    Posts
    15,871

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por eu Ver Post
    Mas isso faz sentido, se considerarmos que o objetivo principal de qualquer partido que governe o País é manter o poder, e não propriamente resolver os problemas estruturais do País.

    e não é só a nível governamental, isto depois espalha-se por directores-gerais, directores de serviço, chefes, etc, o que torna a máquina do Estado neste monstro de incompetência.

    ninguém tem o incentivo de resolver problemas, ou de tornar a vida mais fácil para os utentes. O objectivo principal é manter o poder, perpetuaram-se nos lugares, e para isso nunca podem hostilizar os funcionários, o que resulta em não haver avaliações, não haver despedimentos, não haver exigência, não haver remunerações e prémios distintos, e comerem todos com a bela da igualdade no lombo.

    a máquina do Estado está feita para ser um fim em si própria, os custos de manutenção da máquina são muito superiores ao valor que se tira dos serviços.

  26. #273416
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    Aug 2004
    Posts
    21,704

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Quark Ver Post
    Nao consigo perceber a parte do péssimos.... Se não estão contentes vão trabalhar para outro lado. Em vez de andarem a fazer greves e a resmungar...
    Então mas o problema não é precisamente esse, falta de médicos no SNS?

  27. #273417
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Dec 2015
    Posts
    9,116

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Jbranco Ver Post
    Então mas o problema não é precisamente esse, falta de médicos no SNS?
    Falo dos problemas dos médicos. Se não estão bem que se mudem de vez...

  28. #273418
    Chefe de Equipa
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    26,498

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Quark Ver Post
    Nao consigo perceber a parte do péssimos.... Se não estão contentes vão trabalhar para outro lado. Em vez de andarem a fazer greves e a resmungar...
    quantas greves de médicos tens tido nos últimos anos, mesmo?

    pois.

  29. #273419
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Dec 2015
    Posts
    9,116

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Andre Ver Post
    quantas greves de médicos tens tido nos últimos anos, mesmo?

    pois.
    Não sei não me interessa. Querem melhores condições?.... Vão embora do sector público. Para o privado que pelos vistos é muito melhor ou para o estrangeiro que pelos vistos também é muito melhor......


    Mas não .....dizem que estão mal que nos outros lados é muito melhor e não vão embora.....

  30. #273420
    Chefe de Equipa
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    charneira anti-lápis vermelho
    Posts
    26,498

    Por Defeito

    Se não te interessa, não dês bitaites ora.

    passas ao lado e pronto.

Tópicos semelhantes

  1. 2011 Corvette C6 Euro-Spec
    Por Chevyvan na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 138
    Último Post: 28-05-21, 17:06:20
  2. Vamos ser um país rico!!!! IUPI!!!
    Por zerorpm na secção OFF Topic
    Respostas: 53
    Último Post: 20-02-16, 17:41:34
  3. Merkel planeia governo económico da zona euro
    Por Omega na secção OFF Topic
    Respostas: 113
    Último Post: 23-09-13, 17:49:45
  4. Globalização, Euro e empobrecimento do País
    Por eu na secção OFF Topic
    Respostas: 102
    Último Post: 16-11-11, 19:48:47
  5. Crescimento da Zona Euro acelera
    Por PeLeve na secção OFF Topic
    Respostas: 12
    Último Post: 10-11-06, 20:09:58

Etiquetas para este tópico

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •