[Sociedade] Manifestação de Protesto "Geração à Rasca", 12 Março - Página 7

Ver Resultados da Sondagem: Irás participar no Protesto?

Votantes
197. Não pode votar nesta sondagem
  • Sim

    76 38.58%
  • Não

    121 61.42%
Página 7 de 26 PrimeiraPrimeira ... 67817 ... ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 181 para 210 de 758
Like Tree410Likes

Título: Manifestação de Protesto "Geração à Rasca", 12 Março

  1. #181
    Banido xsaraman's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2009
    Localização
    Alentejo, esse grande deserto!
    Posts
    4,606

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por BLADERUNNER Ver Post
    Ontem fiquei decepcionado com os comentários televisivos efectuados por certas pessoas. Já não bastava Miguel Sousa Tavares, e ainda surgiu durante o final da tarde Constança Cunha e Sá e novamente à noite acompanhada por Maria João Avillez, a cascarem forte e feio na manifestação da geração à rasca.
    Se muito tenho criticado esta geração, não posso deixar de achar que toda esta indignação demonstrada por jornalistas e comentadores políticos é excessiva e no caso da Constança, como sendo algo doentio que transpirava uma raiva injustificada (só quem viu!).

    Que gente esta!? Do alto dos seus chorudos salários, o que sabem eles das dificuldades por que está a passar esta geração? O que sabem eles acerca do desemprego? Se fossem pagos a recibos verdes e não tivessem subsídio de férias e de natal, se recebessem o salário mínimo ou nem isso, ou se estivessem sem emprego, eu gostaria de saber se tinham assim tanta vontade de criticar quem está mal!

    Os políticos, analistas, VIPs, pseudo-VIPs, inúteis e toda a gente e mais algum, são notícia, merecem atenção e passam a vida na televisão. Desde que este grupo de miseráveis resolveu chamar a atenção, só se vê gente a falar mal deles como se fossem um grande incómodo para todos.
    Já os critiquei bastante em posts anteriores, mas também demonstrei a minha solidariedade para com a sua causa que, bem ou mal dirigida, é legítima.
    E num pais de gente frouxa que só sabe falar mas não levanta o cu do sofá para fazer alguma coisa, este movimento representa isso mesmo – movimento (o que mais do que conversa fiada).

    E, por favor, não digam que estou a ser demagogo. Demagogia é dizer “com o mal dos outros posso eu bem”, pois a maioria dos que aqui estamos neste fórum temos hipótese de vir para aqui brincar às internets porque ainda temos o mínimo de condições para o fazer.
    Mas quem está nestas condições precárias será que não tem de abdicar de todos estes pequenos luxos para ter o que pôr na mesa?
    Alguém saberá da aflição e desespero porque estará a passar tanta daquela gente que quer fazer ouvir a sua voz? Jovens que chegam aos 30 anos sem poderem ter independência, casa que não seja a dos pais, casar, constituir família, enfim, ter um futuro.
    Não se esqueçam que num país como o nosso, nem sempre as pessoas competentes conseguem dar a volta por cima.

    Vejo casos de corrupção gritantes – que logo são abafados e esquecidos – a não sofrerem um massacre de censura tão grande como este.
    Afinal, o quê que temem todas as pessoas que os criticam tanto?
    Com ou sem políticos à mistura, com um texto mais ou menos consensual, o certo é que aquele será o desfile dos miseráveis. Não deveriam merecer discriminação, mas solidariedade e reflexão por pare da sociedade.
    Fosse um desfile de políticos a pedir aumentos de salários e ajudas de custo e, provavelmente, o povo nem se manifestava. Ah, esperem lá! Isso já aconteceu! Onde estava toda esta gente que agora critica que eu não os ouvi?

    Em pôr o pé em cima de quem está em baixo e bajular quem está em cima, o nosso povo é perito. Uma nação que tem como maior miséria a mentalidade do próprio povo que se morde entre si.
    Deixá-los manifestar. Só não o faz quem está bem ou quem se acomoda ou acobarda. Preocupem-se mais com quem vos desgoverna.

    E aqueles que, embora não estejam numa situação desesperante, vão por solidariedade, ou por quererem que a sua voz se faça ouvir, e pretendam uma mudança neste status quo lamacento, o meu aplauso.
    Se tiver tempo, depois da manif do profs por uma escola pública de qualidade, ainda dou lá um saltinho para dar uma força.
    Acho que neste país já chega de conversa de bar de esquina, pois parar é morrer... e é morto que está este povo que só tem garganta.
    Esses comentadores fazem parte ou são descendentes directos da geração do Maio de 68 e da Abrilada de 75! Agora estão bem na vida! Têm emprego, estabilidade económica, e reformas garantidas! Nada lhes falta! Agora lá do alto dos seus pedestais acham que os que agora penam devem calar e consentir! A fome , a miséria e o desemprego passa-lhes ao lado!
    São da geração que apelido de "os vendidos"!
    warmthboy, campos1 and Lagarto like this.


  2. #182
    Piloto de Kart TurboMan's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2011
    Localização
    A crise em Portugal vai durar para sempre! A melhor era da humanidade ja passou! o mundo vai acabar!
    Posts
    264

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por warmthboy Ver Post
    Eu não compreendo como é que alguém pode estar contra esta manifestação!?!!? Mas será que Portugal está bem, o que nos fazem constantemente é justo? O preço que pagamos por N coisas é justo e justificável? Parece que há é muita gente parva ou muito bem servida...
    Mas é óbvio que há gente contra esta manifestação e contra todas as manifestações da classe trabalhadora.
    Vou repetir-me outra vez, mas pronto, isto parece-me tão óbvio: "Há 2 tipos de pessoas seja aqui seja lá fora: Aquelas que têm e aquelas que não têm. Entre aquelas que têm mais de 90% delas são a favor do regime vigente (não importa se é PSD se é PSD, é o que está!), as que não têm são revolucionárias e estão contra o regime."
    As pessoas não querem saber dos males do país nem dos males dos outros, não se sabem pôr na pele do outro porque são individualistas, egocentristas e só se preocupam consigo próprias e com o seu bem estar.
    Penso que Portugal é o país com mais desigualdades da UE entre pobres e ricos. Não existe união e coesão social por isso mesmo, só em torno da selecção nacional de futebol. Obviamente os ricos ou aqueles que têm empregos estáveis nunca vão aderir à causa daqueles que pouco têm e condenam estas manifestações porque não compreendem o que estas pessoas passam e sentem porque nunca sentiram na pele e a maioria delas nunca passou privações e porque acham que só vive mal quem quer.
    E porque eles próprios têm interesse nesse rumo de coisas que lhes permite terem a vida que têm, porque se houvesse mais justiça social e mais igualdade social eles próprios não teriam tanto.
    Portanto quem está mal apoia estas causas, quem está bem condena-as.
    Zell, campos1 and Lagarto like this.

  3. #183
    Piloto de Fórmula 1 AyrtonRose's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2010
    Localização
    GPT-3
    Posts
    18,476

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por xsaraman Ver Post
    Esses comentadores fazem parte ou são descendentes directos da geração do Maio de 68 e da Abrilada de 75! Agora estão bem na vida! Têm emprego, estabilidade económica, e reformas garantidas! Nada lhes falta! Agora lá do alto dos seus pedestais acham que os que agora penam devem calar e consentir! A fome , a miséria e o desemprego passa-lhes ao lado!
    São da geração que apelido de "os vendidos"!
    Penso o mesmo. Na altura deles tb lhes diziam que não que eram uns putos com a mania dos direitos.

    Uma pessoa, não deve esquecer o passado, mas não deve ficar à espera de "autorização" moral para se mexer.

  4. #184
    Piloto de Rallye warmthboy's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Localização
    De um lado para o outro
    Posts
    14,573

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por TurboMan Ver Post
    Mas é óbvio que há gente contra esta manifestação e contra todas as manifestações da classe trabalhadora.
    Vou repetir-me outra vez, mas pronto, isto parece-me tão óbvio: "Há 2 tipos de pessoas seja aqui seja lá fora: Aquelas que têm e aquelas que não têm. Entre aquelas que têm mais de 90% delas são a favor do regime vigente (não importa se é PSD se é PSD, é o que está!), as que não têm são revolucionárias e estão contra o regime."
    As pessoas não querem saber dos males do país nem dos males dos outros, não se sabem pôr na pele do outro porque são individualistas, egocentristas e só se preocupam consigo próprias e com o seu bem estar.
    Penso que Portugal é o país com mais desigualdades da UE entre pobres e ricos. Não existe união e coesão social por isso mesmo, só em torno da selecção nacional de futebol. Obviamente os ricos ou aqueles que têm empregos estáveis nunca vão aderir à causa daqueles que pouco têm e condenam estas manifestações porque não compreendem o que estas pessoas passam e sentem porque nunca sentiram na pele nem nunca passaram privações e porque acham que só vive mal quem quer.
    E porque eles próprios têm interesse nesse rumo de coisas que lhes permite terem a vida que têm, porque se houvesse mais justiça social e mais igualdade social eles próprios não teriam tanto.
    Portanto quem está mal apoia estas causas, quem está bem condena-as.

    Pois já há muitos anos que reparei que Portugal é só futebol...
    campos1 gosta disto.

  5. #185
    Piloto de Fórmula 1 AyrtonRose's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2010
    Localização
    GPT-3
    Posts
    18,476


  6. #186
    Piloto de Testes campos1's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2009
    Posts
    1,694

    Por Defeito

    Eu não sou da geração rasca, tenho mais 20 anos em cima mas digo-vos que vou lá apoiar embora ache que a manif será tão só, mais uma.

    E vou porque não posso estar confortavelmente instalado na minha cadeira a teclar no FAH sem me preocupar com o futuro dos meus filhos e do meu país.

    As pessoas que estão contentes que estejam, mas das duas uma, ou são cegos ou não se importam com o estado a que o país chegou e o futuro negro que se avizinha (também para eles) e aqui são míopes.

    Ora o que devemos fazer neste momento, não é só lutar pelo nosso emprego, devemos ser mais ambiciosos e lutar pelo país.
    Espero a emergência nos próximos tempos de um movimento ou movimentos (e eu penso estar neles)que lutem pelo país e proponham a mudança do regime que mais de 30 anos volvidos e muitos milhões de euros confirmam como um desastre.

    A receita é simples, algumas ideias mestras:

    1º- Pensarmos o país. Se tiver viabilidade, como acredito, devemos fazer reformas, muitas, que vão doer a metade dos Portugueses. Caso se conclua que não tem, vendemo-nos aos Chineses, pois a Espanha e Alemanha não deverão estar interessados...

    2º- Desalojar os "mesmos de sempre" e fazê-los emigrar para bem longe, construir uma democracia mais participativa e responsabilizante, tanto para o eleitor quanto para o eleito. Será preciso reformar o "regime" e os partidos de modo a torná-los mais transparentes e abertos à participação cívica. Fim dos "yes man" e "boys"

    3º- Aproveitar TODOS os recursos do país e que hoje estão ao abandono ou sub-aproveitados.

    4- As Universidades e centros de saber devem trabalhar para o país e não apenas, vender "diplomas".

    5º- Simplificar todo o edifício legislativo e reformar a Justiça. Criar um sistema fiscal justo, proporcional e inteligível ao comum dos cidadãos.

    6º- Elevar a participação cívica e elogiar o trabalho e honestidade em vez do chico-espertismo e da trapaça.

    E muitos outros...

    Para isto, não espero apoios dos "instalados", dos "yes man", daqueles que sabem tudo e são melhores que os outros, dos, infelizmente, menos esclarecidos Portugueses que caem em qualquer trapaça que lhes lancem e não enxergam para além do subsídio ou dos seus próprios interesses.

    Também não conto com a "partidocracia" nem com os comentadores dos "berços dourados" e outros, cujo contacto com a realidade tem o seu auge quando dão ordens "à criada".

    Ou com aqueles pseudo-empresários que passam a vida a dar calotes e a afirmar a pés juntos que não conseguem suportar um aumento de mais €25 mensais, no ordenado mínimo que pagam à maioria dos seus trabalhadores.

    Ideias, precisam-se...

    Cumps!

  7. #187
    bg2
    bg2 está offline
    Piloto Veterano bg2's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2006
    Localização
    , , .
    Posts
    22,252

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por VorsprungDurchTechnik Ver Post
    Na mouche, como sempre.

    BTW, eu vou à manif.

    Faço parte da "geração rasca" do Vicente Jorge Silva, e apesar de sempre ter votado, de não estar desempregado, não estar a recibos verdes e não pretender a demissão de toda a classe política, considero que é minha obrigação de cidadania manifestar-me.

    Como bem disse o BLADERUNNER, o carácter espontâneo e apartidário deste movimento é por si só uma lufada de ar fresco neste país.

    A todos os que ficarem no sofá, desejo as maiores felicidades como apaniguados do sistema e que se calem para sempre.

    bem vindo.

    apresenta-te á comunidade

    aínda pensei que estivesses numa ilha do pacifico sem net

  8. #188
    Banido jjmaia's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2010
    Localização
    Coimbra - Leiria
    Posts
    787

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Karma Ver Post
    True, também conheço.
    Bem, então deve ser da cidade, só pode. A minha irmã tem 30 anos e sempre foi uma festeira, e com 13 anos ela e os amigos não saiam para a nigt.

  9. #189
    Banido Lagarto's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2010
    Posts
    3,352

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Rodalivre Ver Post

    Sócrates tem afirmado que os jovens têm estado a ser manipulados pela oposição.
    Curioso serem essas as mesmas palavras de Khadafi...
    Porque são iguais.

    Citação Originalmente Colocado por warmthboy Ver Post
    Eu não compreendo como é que alguém pode estar contra esta manifestação!?!!? Mas será que Portugal está bem, o que nos fazem constantemente é justo? O preço que pagamos por N coisas é justo e justificável? Parece que há é muita gente parva ou muito bem servida...
    Exactamente por isso.

  10. #190
    Piloto de Testes MariaHelena's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2008
    Posts
    2,612

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por zerorpm Ver Post
    Eu ainda estou sentido com as suas palavras agressivas...

    Não foi minha intenção tocar nalgum nervo mais acutilante...
    O Zero o sua citação deveria ser no post em que me dirigi a si,...assim parece e soa um pouco estranho,... mas deixe lá se se for embora,... quando regressar vou manifestar-me como o fiz para o Von#$"&%$ Tec#$%"

    PS: Eu até gosto de si ,...mas de vez em quando tenho que ir buscar a régua,...
    Última edição por MariaHelena : 10-03-11 às 14:06:58

  11. #191
    Banido
    Data de Registo
    Feb 2011
    Posts
    101

    Por Defeito

    uma manifestação?boa, não sei é se vai mudar o que quer que seja, mas esse é o espírito

  12. #192
    Piloto de Rallye ricardodsb's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2009
    Localização
    VNG
    Posts
    10,447

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Joana1984 Ver Post
    Pelo que sei, lembro-me que o pessoal da minha geração (25/30 anos) já ia a bares e discotecas com 13 ou 14 anos e conheço alguns desses casos.
    Citação Originalmente Colocado por Karma Ver Post
    True, também conheço.
    jjmaia eu bem te disse que não é só nesta última geração.

    Citação Originalmente Colocado por jjmaia Ver Post
    Bem, então deve ser da cidade, só pode. A minha irmã tem 30 anos e sempre foi uma festeira, e com 13 anos ela e os amigos não saiam para a nigt.
    Lá estás tu com casos particulares.
    Volto a dizer que eu também não saía com 13 e só comecei a sair, de vez em quando, aos 17.

  13. #193
    Banido xsaraman's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2009
    Localização
    Alentejo, esse grande deserto!
    Posts
    4,606

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por campos1 Ver Post
    Eu não sou da geração rasca, tenho mais 20 anos em cima mas digo-vos que vou lá apoiar embora ache que a manif será tão só, mais uma.

    E vou porque não posso estar confortavelmente instalado na minha cadeira a teclar no FAH sem me preocupar com o futuro dos meus filhos e do meu país.

    As pessoas que estão contentes que estejam, mas das duas uma, ou são cegos ou não se importam com o estado a que o país chegou e o futuro negro que se avizinha (também para eles) e aqui são míopes.

    Ora o que devemos fazer neste momento, não é só lutar pelo nosso emprego, devemos ser mais ambiciosos e lutar pelo país.
    Espero a emergência nos próximos tempos de um movimento ou movimentos (e eu penso estar neles)que lutem pelo país e proponham a mudança do regime que mais de 30 anos volvidos e muitos milhões de euros confirmam como um desastre.

    A receita é simples, algumas ideias mestras:

    1º- Pensarmos o país. Se tiver viabilidade, como acredito, devemos fazer reformas, muitas, que vão doer a metade dos Portugueses. Caso se conclua que não tem, vendemo-nos aos Chineses, pois a Espanha e Alemanha não deverão estar interessados...

    2º- Desalojar os "mesmos de sempre" e fazê-los emigrar para bem longe, construir uma democracia mais participativa e responsabilizante, tanto para o eleitor quanto para o eleito. Será preciso reformar o "regime" e os partidos de modo a torná-los mais transparentes e abertos à participação cívica. Fim dos "yes man" e "boys"

    3º- Aproveitar TODOS os recursos do país e que hoje estão ao abandono ou sub-aproveitados.

    4- As Universidades e centros de saber devem trabalhar para o país e não apenas, vender "diplomas".

    5º- Simplificar todo o edifício legislativo e reformar a Justiça. Criar um sistema fiscal justo, proporcional e inteligível ao comum dos cidadãos.

    6º- Elevar a participação cívica e elogiar o trabalho e honestidade em vez do chico-espertismo e da trapaça.

    E muitos outros...

    Para isto, não espero apoios dos "instalados", dos "yes man", daqueles que sabem tudo e são melhores que os outros, dos, infelizmente, menos esclarecidos Portugueses que caem em qualquer trapaça que lhes lancem e não enxergam para além do subsídio ou dos seus próprios interesses.

    Também não conto com a "partidocracia" nem com os comentadores dos "berços dourados" e outros, cujo contacto com a realidade tem o seu auge quando dão ordens "à criada".

    Ou com aqueles pseudo-empresários que passam a vida a dar calotes e a afirmar a pés juntos que não conseguem suportar um aumento de mais €25 mensais, no ordenado mínimo que pagam à maioria dos seus trabalhadores.

    Ideias, precisam-se...
    Cumps!
    Concordo com o geral do post, excepto a parte a negrito! Penso que os cidadãos de bom senso sabem de uma forma geral quais são os passos indicados para sair da crise! Ideias não faltam, faltam é líderes politicos honestos, impolutos e com "bolas", que tenham a coragem de as aplicar, mesmo fazendo frente aos inumeros lobbies que se alimentam do estado actual da nação!
    MariaHelena e campos1 gostam disto.

  14. #194
    Piloto de Testes campos1's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2009
    Posts
    1,694

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por VorsprungDurchTechnik Ver Post
    Na mouche, como sempre.

    ....e não pretender a demissão de toda a classe política, considero que é minha obrigação de cidadania manifestar-me.

    Como
    Mas...parece que a "classe política" é uma vaca sagrada. Quem pede a demissão da classe política é logo "crucificado".


    Eu também não defendo a demissão de TODA a classe política, pois há quem esteja na política devotado à causa pública.
    Estranho é que no momento em que estamos, haja pessoas dispostas a "crucificar" quem defende tal ideia para defender quem nos enterrou.

    Sim, eu defendo sem rodeios a renovação da classe política ou quem sabe, a criação de uma nova classe política, mais verdadeira, honesta, trabalhadora e devotada à causa pública, um pouco, (mas só um pouco, pois sei que estaria a resvalar para o reino da fantasia, se quisesse mais) como nos países do Norte da Europa.

    Cumps!

  15. #195
    Piloto de Rallye ricardodsb's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2009
    Localização
    VNG
    Posts
    10,447

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por xsaraman Ver Post
    Concordo com o geral do post, excepto a parte a negrito! Penso que os cidadãos de bom senso sabem de uma forma geral quais são os passos indicados para sair da crise! Ideias não faltam, faltam é líderes politicos honestos, impolutos e com "bolas", que tenham a coragem de as aplicar, mesmo fazendo frente aos inumeros lobbies que se alimentam do estado actual da nação!
    Não concordo.

    Não falta quem diga mal do governo, quem diga mal dos políticos, quem faça manifestações, quem reclame por um cagagésimo.
    Falta sim quem dê ideias concretas e eficazes para resolver ou, quanto muito, minimizar a situação.

  16. #196
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Feb 2011
    Posts
    83

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ricardodsb Ver Post
    Não concordo.

    Não falta quem diga mal do governo, quem diga mal dos políticos, quem faça manifestações, quem reclame por um cagagésimo.
    Falta sim quem dê ideias concretas e eficazes para resolver ou, quanto muito, minimizar a situação.
    exacto.

  17. #197
    Piloto de Troféu zerorpm's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Posts
    6,637

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MariaHelena Ver Post
    O Zero o sua citação deveria ser no post em que me dirigi a si,...assim parece e soa um pouco estranho,... mas deixe lá se se for embora,... quando regressar vou manifestar-me como o fiz para o Von#$"&%$ Tec#$%"

    PS: Eu até gosto de si ,...mas de vez em quando tenho que ir buscar a régua,...
    Maria Helena, assim deixa-me encavacado...

    Não, não me vou embora... Não iria abandonar este "caso" platónico...

  18. #198
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Feb 2011
    Posts
    83

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ricardodsb Ver Post
    Não concordo.

    Não falta quem diga mal do governo, quem diga mal dos políticos, quem faça manifestações, quem reclame por um cagagésimo.
    Falta sim quem dê ideias concretas e eficazes para resolver ou, quanto muito, minimizar a situação.
    exacto.

  19. #199
    Piloto de Troféu zerorpm's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Posts
    6,637

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por warmthboy Ver Post
    Eu não compreendo como é que alguém pode estar contra esta manifestação!?!!? Mas será que Portugal está bem, o que nos fazem constantemente é justo? O preço que pagamos por N coisas é justo e justificável? Parece que há é muita gente parva ou muito bem servida...
    As coisas não se resumem a ser do contra ou a favor...

    Eu sou mais pragmático...

    Portugal é um país que em termos de recursos naturais é pobre, em termos de produção faz pouco...

    "Enriqueceu" com o crédito da UE...

    Agora o dinheiro acabou... Não há pilim, não há graveto...

    Como é que eu posso exigir ao meu País mais direitos, sabendo de antemão que direitos significa mais despesa...

    Cada vez que o Governo tenta fazer alguma (mal ou bem) não consegue porque encontra o não das forças sectoriais?

    Os partidos da oposição continuam nos joguinhos políticos e demagogos. Eu não sou filiado em qualquer partido, mas prezo por coerência e não estou a vê-la...

    Os únicos que aderiram aos sacrifícios foram os FPs... Na redução de salários... Não gostei, sinto na pele, mas aceito, porque sei bem a situação económica do país, sei que não há margem para falhar no controlo do défice...

    O que vejo na TV, a fulana que interrompeu o discurso em Viseu e deu uma entrevista, não tinha um discurso coerente, sem ideias, meras palavras de ordem "tirei o curso de comunicação social o ano passado, quero emprego..."

    Como é que eu posso apoiar esta fulana? Como?
    Valium, DerTeufel, ImHoTep and 4 others like this.

  20. #200
    Piloto de Testes MariaHelena's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2008
    Posts
    2,612

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ricardodsb Ver Post
    Não concordo.

    Não falta quem diga mal do governo, quem diga mal dos políticos, quem faça manifestações, quem reclame por um cagagésimo.
    Falta sim quem dê ideias concretas e eficazes para resolver ou, quanto muito, minimizar a situação.

    Até parece que não são dadas e não sabem quais são!!!
    Não se apresentam aqui porque não será propriamente o objectivo do tópico,...mas sim a maioria sabe aquilo que quer e que não quer.
    Uma delas seria acabar já com as milhentas empresas municipais e estatais, que tem mais chefias que funcionários.
    Outra seria serem sérios, honestos, não serm corruptos e não darem lugares aos Boys. E muitas coisas foram modificadas para isso acontecer.

    Dou aulas há muito tempo e pela primeira vez dei aulas a um menino de 13 anos, que não conseguiu fazer a aula, porque se sentia fraco, a razão é que não comia há 24 horas, a última refeição dele tinha sido ovos mexidos com esparguete. Pois,...
    Última edição por MariaHelena : 10-03-11 às 17:38:23

  21. #201
    Piloto de Troféu zerorpm's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Posts
    6,637

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MariaHelena Ver Post
    Até parece que não são dadas e não sabem quais são!!!
    Não se apresentam aqui porque não será propriamente o objectivo do tópico,...mas sim a maioria sabe aquilo que quer e que não quer.
    Uma delas seria acabar já com as milhentas empresas municipais e estatais, que tem mais chefias que funcionários.
    Empresas públicas cortam chefias mas salvam altos cargos - Economia - DN

  22. #202
    Piloto de Testes MariaHelena's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2008
    Posts
    2,612

    Por Defeito


    escreve que as empresas do Estado já começaram a fazer uma "lipoaspiração" às centenas de cargos de directores e chefias intermédias que empregam, respondendo às ordens do Orçamento de Estado, que obriga a uma redução de 20%m (Só???!!!) nestes cargos do sector empresarial público.
    Numa questão de meses, cinco das maiores empresas de capitais públicos conseguiram identificar 95 directores ou chefes dispensáveis, contudo, este número ainda fica aquém dos 20% exigidos pelo governo.
    Segundo as contas do jornal, tendo por base os cortes individuais, mas também os salários de cada nível hierárquico, as cinco empresas vão poupar 5,8 milhões de euros/ano com a eliminação de chefias, uma economia mensal com cada chefe de 4,36 mil euros. No entanto, estas medidas são um "copo meio cheio", uma vez que os cargos que estão a ser cortados são os menos remunerados. A média salarial dos cargos e dos chefes que sobrevivem à desengorda é de 5,3 mil euros mensais.
    Pois,...só mesmo para rir,...então afinal até parece que se sabe o que fazer!!! Sabem eles e sabemos nós

  23. #203
    Piloto de Troféu zerorpm's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Posts
    6,637

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MariaHelena Ver Post
    Pois,...só mesmo para rir,...então afinal até parece que se sabe o que fazer!!! Sabem eles e sabemos nós
    cinco das maiores empresas de capitais públicos conseguiram identificar 95 directores ou chefes dispensáveis, contudo, este número ainda fica aquém dos 20% exigidos pelo governo.

    A culpa é do Governo?

  24. #204
    Chefe de Equipa Ruie34's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2010
    Posts
    25,303

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por zerorpm Ver Post
    cinco das maiores empresas de capitais públicos conseguiram identificar 95 directores ou chefes dispensáveis, contudo, este número ainda fica aquém dos 20% exigidos pelo governo.

    A culpa é do Governo?
    É, quem é que lá pôs os Administradores e afins?

  25. #205
    Piloto de Testes MariaHelena's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2008
    Posts
    2,612

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por zerorpm Ver Post
    cinco das maiores empresas de capitais públicos conseguiram identificar 95 directores ou chefes dispensáveis, contudo, este número ainda fica aquém dos 20% exigidos pelo governo.

    A culpa é do Governo?
    Não. É minha,...asssssim não nos entendemos,...
    Última edição por MariaHelena : 10-03-11 às 17:51:42

  26. #206
    Piloto de Troféu zerorpm's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Posts
    6,637

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MariaHelena Ver Post
    Não. É minha,...asssssim não nos entendemos,...
    Não faz mal, a nossa relação será sempre interessante...

  27. #207
    Piloto Lendário Rasec's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    BrewMaster
    Posts
    35,661

    Por Defeito

    Rui Silva: Por que é que NÃO POSSO participar no protesto da "geração à rasca"?


    Nome: Rui Silva
    Idade: 33 anos
    Residência: Emirados Árabes Unidos
    Profissão: Senior regional manager (Europa)



    Não posso ir à manifestação porque emigrei, mas gostaria de ir. Eis as minhas razões:

    Decidi abandonar o país que me viu nascer, crescer, estudar e começar a minha vida profissional. De ter que abandonar a família e amigos para poder encontrar no estrangeiro uma carreira melhor. De olhar para a realidade económica portuguesa e verificar que somos um país onde a riqueza só cresce e acontece para quem assume um cargo de poder e/ou para quem já provém de famílias abastadas.

    Ver uma classe política gasta e agastada pela ambição de governar em proveitos de partidos e interesses próprios. Da falta de um sentimento patriótico e desinteressado de contribuir para o bem comum de Portugal e dos portugueses. De perceber que o 25 de Abril trouxe uma democracia plena de direitos, que se aplicam apenas a alguns.

    Perceber que por mais impostos que paguemos, os problemas não se resolvem. Que por mais esforço que façamos, a imagem de Portugal continua a ser sempre a do parente pobre. De perceber que a cunha existe e não é para segurar uma porta. De perceber que a culpa morre sempre solteira, mesmo com muitos pretendentes com quem casar. De perceber que as empresas publicas não são uma contribuição, mas sim uma atribuição de lugares. De desesperar por ver pessoas sem currículos em cargos de administradores de empresas públicas.

    Perceber que me esforcei, que me qualifiquei, tal como tantos outros, e que estou a empregar essas qualificações em países terceiros. Que nada investiram em mim e que apenas beneficiam do contributo que posso dar para optimizar o lucro da empresa. Sim, gostaria de estar em Portugal, mas dificilmente conseguiria alcançar o posto que alcancei por mérito próprio. A não ser que o meu mérito fosse estar filiado num partido politico.

    Perceber que todos temos um bocado de culpa. De achar que temos direitos sem obrigações. De achar que o estado devia tomar conta de nos, quando nem conta dele sabe cuidar.

    Perceber que somos um país com um campo de qualificações extraordinárias. De um potencial turístico sem igual. De um passado histórico capaz de nos fazer sentir mais do que orgulhosos além fronteiras, pelo facto de sermos portugueses. E contudo, nada conseguirmos fazer para sermos melhores.

    E, sobretudo, perceber, que não podemos delegar a situação em que nos encontramos e culpabilizar terceiros. De sentir, tal como tantos portugueses sentem, que esta na hora de mudar, não de partido, não de governo, mas de rumo. Um rumo que nos possa levar a uma mudança. Uma mudança que para ser melhor apenas depende de nós.

    Não somos menos diferentes do que aqueles que em determinado momento lutaram e defenderam mudança de regimes, dos que acreditaram na instauração da independência em 1640. Dos que em 1910 achavam que a república iria contribuir para um Portugal melhor, ou dos que no 25 de Abril decidiram que estava na hora de mudar de direcção.

    Perceber que temos capacidade e a sagacidade de construir o futuro de Portugal

    Eu faço quote, sublinho e aplaudo!
    AMR, Speedy, GansoLFM and 2 others like this.

  28. #208
    Banido xsaraman's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2009
    Localização
    Alentejo, esse grande deserto!
    Posts
    4,606

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por zerorpm Ver Post
    cinco das maiores empresas de capitais públicos conseguiram identificar 95 directores ou chefes dispensáveis, contudo, este número ainda fica aquém dos 20% exigidos pelo governo.

    A culpa é do Governo?
    Queres ver que a culpa agora é minha?
    Mas afinal quem é que governa? Quem é que é tão forte a cortar nos abonos e prestações sociais de desemprego, tão forte a aumentar a carga fiscal para máximos históricos, tão forte para insistir em obras faraónicas que só darão prejuízo e contudo tão fraco que não consegue pôr ordem na sua casa?
    Serei Eu?
    Será a oposição?
    Será o PR?
    ????????????

  29. #209
    joo
    joo está offline
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jan 2010
    Posts
    1,395

    Por Defeito

    Eu não sou eu quando estou em grupo. Não é que não fosse gostar deste em particular. Ia gostar muito de participar mas tenho outras responsabilidades. Não partilho das mesmas razões para se manifestarem mas agrada-me que se manifestem nem que seja só para marcar presença. Mostrar a todos e a nós mesmos que a partir de agora estamos atentos e presentes.

    De qualquer modo se não saírem dois ou três nomes sonantes deste movimento vai tudo cair em saco roto. Corre-se o risco de que tudo não passe de um amontoado de pessoas tal como uma vulgar claque de futebol. Esperemos que quem venha a seguir consiga romper com o egoísmo e o clubismo cego e interesseiro que grassa em todos os partidos políticos que têm responsabilidade no governo do nosso país.

    Bem hajam.

  30. #210
    Banido xsaraman's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2009
    Localização
    Alentejo, esse grande deserto!
    Posts
    4,606

    Por Defeito O sócras está um bocado à rasca:

    Protesto Geração à Rasca
    PSP atenta às redes sociais e aos grupos extremistas
    por LusaOntem

    A PSP está a monitorizar todos os movimentos das redes sociais e dos grupos de extrema direita e esquerda, para acompanhar "a par e passo" o protesto "geração à rasca", marcado para sábado em 11 cidades.

    Fonte policial disse hoje à agência Lusa que os movimentos nas redes sociais, nomeadamente o Facebook, que se referem ao protesto, estão a ser vigiados, tendo motivado várias reuniões nos vários comandos nos últimos dias. A fonte indicou que a Polícia de Segurança Pública (PSP) está a preparar-se para acompanhar a manifestação com o mesmo grau de rigor e prontidão que disponibilizou aquando da cimeira da Nato, que decorreu em Lisboa, no final de novembro passado. A PSP está com especial atenção ao evoluir da situação que envolve elementos de grupos de extrema direita e de extrema esquerda que já manifestaram intenção de se associar ao protesto.

    A mesma fonte garantiu que a PSP está a preparar-se para esta manifestação como se de uma "black-bloc" se tratasse, nome dado a uma estratégia de manifestação e protesto anarquista, na qual grupos de afinidade mascarados e vestidos de negro se reúnem. Entretanto, em resposta a uma pergunta da Lusa, a Direcção Nacional da PSP disse que "irá montar um dispositivo que será o menos ostensivo possível e só se existir necessidade é que evolui para outro grau". Para esta força policial, "o facto de ser uma manifestação ímpar no panorama nacional, cuja génese foram as redes sociais, não a torna diferente das outras manifestações públicas no que ao seu princípio diz respeito", garantindo "o livre exercício do direito de manifestação a todos os cidadãos (...) como parte integrante da ordem e tranquilidade que se pretende manter".

    Segundo o blogue geracaoenrascada.wordpress.com indica que o protesto vai decorrer em Lisboa, Porto, Braga, Castelo Branco, Coimbra, Faro, Funchal, Guimarães, Leiria, Ponta Delgada e Viseu, tendo uma das organizadoras dito à Lusa que já há mais de 45 mil pessoas prontas a participar. Contudo, a principal preocupação da Polícia está centrada em Lisboa, onde se aguarda a concentração de milhares de pessoas, a partir das 15:00 de sábado, na Avenida da Liberdade. Na página do Facebook da iniciativa, o apelo é lançado aos "desempregados, 'quinhentoseuristas' e outros mal remunerados, escravos disfarçados, subcontratados, contratados a prazo, falsos trabalhadores independentes, trabalhadores intermitentes, estagiários, bolseiros, trabalhadores-estudantes, estudantes, mães, pais e filhos". O protesto pretende "desencadear uma mudança qualitativa do país" e lutar contra a "situação precária".


    Será peso na consciência pelas burradas que têm feito!

Página 7 de 26 PrimeiraPrimeira ... 67817 ... ÚltimaÚltima

Tópicos semelhantes

  1. Manifesto da Geração À Rasca
    Por prymo na secção OFF Topic
    Respostas: 7
    Último Post: 24-02-11, 12:24:44
  2. Se a geração anterior era rasca, que dizer desta?
    Por Thatsme na secção OFF Topic
    Respostas: 137
    Último Post: 10-05-08, 00:44:09
  3. Respostas: 54
    Último Post: 16-03-08, 21:56:57
  4. Pois é, no meu tempo chamavam-me geração rasca...
    Por Baiones na secção OFF Topic
    Respostas: 32
    Último Post: 04-12-07, 20:56:15
  5. Depois da geração rasca... vem a geração brega?
    Por paralelo na secção OFF Topic
    Respostas: 78
    Último Post: 23-12-06, 00:13:24

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •