Sabes, o cumulo da ignorância costuma começar sempre assim:

"Uma vez fiz assim e aconteceu assado. Logo..."