Combustíveis ditos "low-cost" - Página 2

Página 2 de 2 PrimeiraPrimeira 12
A mostrar resultados 31 para 52 de 52

Título: Combustíveis ditos "low-cost"

  1. #31
    Banido
    Data de Registo
    May 2008
    Posts
    7,432

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por KZ Ver Post
    Até já ouvi um familiar meu quando falavamos sobre este assunto, indicar que no mercedes CDI dele se levar Gasóleo de marca branca estraga o Motor, os CDI nao podem levar desse gasóleo....o mecanico da mercedes diz que faz mais fumo devido a este gasóleo.....!!!! Isto não tem lógia nenhuma, mas enfim.......

    As bombas injectoras electronicas dos primeiros CDI eram muito sensiveis, acontece que atribuiam as avarias à pouca capacidade lubrificante de alguns combustiveis, mas isso já foi alterado pela Mercedes.

    Em relação ao fumo branco de vapor de àgua, isso acontece muito em Espanha com o gasoleo deles mais barato, tem indices mais elevados de Enxofre e mais apetência para adquirir àgua, no entanto a União Europeia já os obrigou a cumprir com as normas Europeias e eles já procederam a alterações nas Refinarias, por isso julgo que esse problema também já esteja ultrapassado.


  2. #32
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Dec 2005
    Localização
    Aveiro, Portugal
    Posts
    80

    Por Defeito

    Há uns bons anos que o Carrefour entrou no mercado de venda de combustíveis. Depois disso, muitos outros, em França e nos países da Europa onde lhes foi permitido, passaram a seguir o mesmo filão. E peço, por desconhecimento, que me apontem qualquer laudo tecnico de alguma instituição governamental ou privada, de alguma universidade ou empresa de ilibada qualificação, que comprove o desrespeito às normas de fabrico, controlo e venda desses combustíveis que não ostentam "marca de griffe". Tais normas são estabelecidas por organismos internacionais independentes, em sintonia com os laboratórios dos fabricantes de motores. Creio que as mesmas são os únicos balizadores capazes de qualificar vantagens e desvantagens na utilização destes combustíveis. Quando o proprietário de um automóvel decide usar um combustível que esta enquadrado nestas normas está, apenas, cumprindo o que o fabricante definiu como melhor. Quando outro, resolve, por exclusivo arbítrio orientado por propaganda, usar produtos pretensamente aditivados, está legitimamente aplicado seus excedentes financeiros naquilo que crê. Portanto, descabe qualquer ousadia na definição do que é melhor. Porque, basta pouco pensar para compreender que o fato de não pagar alugueres por espaços, de optimizar a aplicação dos seus recursos humanos, de perseguir a venda de grandes quantidades, as quais, ainda que a menor lucro, resultam em entrada de capital antes que as faturas sejam pagas, gerando um magnífico fluxo de caixa, transforma as grandes superfícies em concorrentes imbatíveis. Que sempre venderão ao menor preço possível, para realimentar aquele 'cash.flow'. Quanto a mim, faço a opção por queimar o que menos me custa e que nunca fará parte do meu patrimonio. O combustível. Os aditivos? Enquanto os fabricantes dos meus carros não os definirem, não pago por eles.

  3. #33
    KZ
    KZ está offline
    Piloto de Kart KZ's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2006
    Localização
    , , .
    Posts
    382

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por sergiosl Ver Post
    Há uns bons anos que o Carrefour entrou no mercado de venda de combustíveis. Depois disso, muitos outros, em França e nos países da Europa onde lhes foi permitido, passaram a seguir o mesmo filão. E peço, por desconhecimento, que me apontem qualquer laudo tecnico de alguma instituição governamental ou privada, de alguma universidade ou empresa de ilibada qualificação, que comprove o desrespeito às normas de fabrico, controlo e venda desses combustíveis que não ostentam "marca de griffe". Tais normas são estabelecidas por organismos internacionais independentes, em sintonia com os laboratórios dos fabricantes de motores. Creio que as mesmas são os únicos balizadores capazes de qualificar vantagens e desvantagens na utilização destes combustíveis. Quando o proprietário de um automóvel decide usar um combustível que esta enquadrado nestas normas está, apenas, cumprindo o que o fabricante definiu como melhor. Quando outro, resolve, por exclusivo arbítrio orientado por propaganda, usar produtos pretensamente aditivados, está legitimamente aplicado seus excedentes financeiros naquilo que crê. Portanto, descabe qualquer ousadia na definição do que é melhor. Porque, basta pouco pensar para compreender que o fato de não pagar alugueres por espaços, de optimizar a aplicação dos seus recursos humanos, de perseguir a venda de grandes quantidades, as quais, ainda que a menor lucro, resultam em entrada de capital antes que as faturas sejam pagas, gerando um magnífico fluxo de caixa, transforma as grandes superfícies em concorrentes imbatíveis. Que sempre venderão ao menor preço possível, para realimentar aquele 'cash.flow'. Quanto a mim, faço a opção por queimar o que menos me custa e que nunca fará parte do meu patrimonio. O combustível. Os aditivos? Enquanto os fabricantes dos meus carros não os definirem, não pago por eles.
    Concordo perfeitamente contigo!!!

    Excelente explicação!!!!

  4. #34
    Piloto de Fórmula 1 rca33's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2006
    Localização
    I'll see you on the Dark Side of the Moon
    Posts
    18,986

    Por Defeito

    Acidentalmente descobri perto da minha casa uma bomba da galp que só vende gasóleo, e estava a 1,11 € (agora deverá estar a 1,12).

    O negócio ali é principalmente o gás em botijas (eu descobri porque fui lá deixar uma botija de gás).

    Será que este gasóleo vai estragar os carros pelos aditivos xpto que não têm?

    Suponho que se tiraram este valor todo ao combustível, deve ser diferente do outro de 1.19€, não?


  5. #35
    Piloto de Rallye REDLINER's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    Algures entre Lisboa e o Cabo da Roca
    Posts
    14,869

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por sergiosl Ver Post
    Há uns bons anos que o Carrefour entrou no mercado de venda de combustíveis. Depois disso, muitos outros, em França e nos países da Europa onde lhes foi permitido, passaram a seguir o mesmo filão. E peço, por desconhecimento, que me apontem qualquer laudo tecnico de alguma instituição governamental ou privada, de alguma universidade ou empresa de ilibada qualificação, que comprove o desrespeito às normas de fabrico, controlo e venda desses combustíveis que não ostentam "marca de griffe". Tais normas são estabelecidas por organismos internacionais independentes, em sintonia com os laboratórios dos fabricantes de motores. Creio que as mesmas são os únicos balizadores capazes de qualificar vantagens e desvantagens na utilização destes combustíveis. Quando o proprietário de um automóvel decide usar um combustível que esta enquadrado nestas normas está, apenas, cumprindo o que o fabricante definiu como melhor. Quando outro, resolve, por exclusivo arbítrio orientado por propaganda, usar produtos pretensamente aditivados, está legitimamente aplicado seus excedentes financeiros naquilo que crê. Portanto, descabe qualquer ousadia na definição do que é melhor. Porque, basta pouco pensar para compreender que o fato de não pagar alugueres por espaços, de optimizar a aplicação dos seus recursos humanos, de perseguir a venda de grandes quantidades, as quais, ainda que a menor lucro, resultam em entrada de capital antes que as faturas sejam pagas, gerando um magnífico fluxo de caixa, transforma as grandes superfícies em concorrentes imbatíveis. Que sempre venderão ao menor preço possível, para realimentar aquele 'cash.flow'. Quanto a mim, faço a opção por queimar o que menos me custa e que nunca fará parte do meu patrimonio. O combustível. Os aditivos? Enquanto os fabricantes dos meus carros não os definirem, não pago por eles.

    Quem sabe de futuro não te arrependerás...

    A não ser que troques de carro de 5 em 5 anos claro

    Eu tenho (largos) milhares de quilómetros feitos com vários tipos de combustiveis e ja escrevi várias bíblias por aqui!

    Conclisões rápidas:

    -Os Premium são de facto melhores (leia-se superiores).

    -Os low-Cost não estragam nada.

    -Não esperem é que os low-cost sejam (tão) benéficos a longo prazo (falta de aditivos)

    -Os low-cost fazem menos quilómetros (pelo menos comigo).

    -Os de marca fazem muito menos espuma.

    -Ao relenti (especialmente em dias frios) nota-se (e bem) a diferença no trabalhar entre os diferentes combustíveis

    E a ultima e grande dica que dou é:

    Abastecer SEMPRE em bombas o mais novas/recentes possíveis e /ou tenham bom aspecto e manutenção!


  6. #36
    Piloto de Rallye Unreal's Avatar
    Data de Registo
    May 2003
    Localização
    Vila Nova de Famalicão
    Posts
    12,932

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por rca33 Ver Post
    Acidentalmente descobri perto da minha casa uma bomba da galp que só vende gasóleo, e estava a 1,11 € (agora deverá estar a 1,12).

    O negócio ali é principalmente o gás em botijas (eu descobri porque fui lá deixar uma botija de gás).

    Será que este gasóleo vai estragar os carros pelos aditivos xpto que não têm?

    Suponho que se tiraram este valor todo ao combustível, deve ser diferente do outro de 1.19€, não?

    Na minha zona também tenho uma a esse preço (1.114) ,só que era uma bomba do Modelo/Continente até à cerca de +/- 1 mês.

  7. #37
    eu
    eu está offline
    Piloto Veterano
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    , , .
    Posts
    20,955

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por REDLINER Ver Post
    Conclisões rápidas:

    -Os Premium são de facto melhores (leia-se superiores).

    -Os low-Cost não estragam nada.

    -Os low-cost fazem menos quilómetros (pelo menos comigo).

    -Os de marca fazem muito menos espuma.
    Também cheguei a estas mesmas conclusões.

  8. #38
    cjr
    cjr está offline
    Piloto de Troféu cjr's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2009
    Posts
    6,202

    Por Defeito

    Pode ser coincidência ou não, mas a verdade é q sempre q ponho BP Ultimate ou Galp GForce q o depósito dura-me como mínimo mais 100 km. Sei q não há 2 conduções iguais, mas a verdade é q já fiz esta experiência n vezes e os resultados são sempre iguais...

  9. #39
    nto
    nto está offline
    Piloto Lendário nto's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2005
    Localização
    Onde tu mais querias estar!!!
    Posts
    48,974

    Por Defeito

    Já aqui coloquei o scan que se segue em outros tópicos, mas aqui fica.

    http://forum.autohoje.com/forum-gera...-barato-3.html

    http://forum.autohoje.com/forum-gera...-outras-2.html

    http://forum.autohoje.com/forum-gera...mpensam-9.html

    Certo que não foi feito cá, mas na França pela revista "Auto Plus", mas dá para ficar com uma ideia.



    As empresas que fornecem os combustíveis, tem de garantir os minimos estabelecidos para o combustivel rodoviário.

    Não duvido que hajam diferenças entre os "premium" e "normal", agora quanto ao normal, pode haver diferenças, mas não serão tão subtanciais quanto isso.

    Repito, os requisitos minimos tem de ser cumpridos.
    Última edição por nto : 14-06-10 às 00:36:09

  10. #40
    CM
    CM está offline
    Piloto de Testes CM's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2004
    Localização
    Hanoi, Vietname
    Posts
    3,577

    Por Defeito

    O meu carro à mais de 2 anos que só vê combustível do Jumbo (Repsol) ou então em Espanha da 1ª bomba que apanhar e até agora não tenho razões de queixa e a carteira agradeçe muito.


  11. #41
    Piloto de Kart gonorreias's Avatar
    Data de Registo
    May 2010
    Posts
    259

    Por Defeito

    a malta no supermercado compra tudo marca branca.. bolachas, cereais, iogurtes, chocolates, fiambre, leite, roupa, sapatos.
    a seguir entra no carro e vai abastecer á Galp.

    é uma linha de pensamento que faz sentido.

  12. #42
    Chefe de Equipa dysplay21's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    27,759

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por sergiosl Ver Post
    Os aditivos? Enquanto os fabricantes dos meus carros não os definirem, não pago por eles.
    Excelente frase, seria interessante que quem faz os motores e mais sabe sobre eles se manifestasse sobre este assunto, claro que é um pensamento utópico.

  13. #43
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Mar 2010
    Posts
    91

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por sergiosl Ver Post
    Há uns bons anos que o Carrefour entrou no mercado de venda de combustíveis. Depois disso, muitos outros, em França e nos países da Europa onde lhes foi permitido, passaram a seguir o mesmo filão. E peço, por desconhecimento, que me apontem qualquer laudo tecnico de alguma instituição governamental ou privada, de alguma universidade ou empresa de ilibada qualificação, que comprove o desrespeito às normas de fabrico, controlo e venda desses combustíveis que não ostentam "marca de griffe". Tais normas são estabelecidas por organismos internacionais independentes, em sintonia com os laboratórios dos fabricantes de motores. Creio que as mesmas são os únicos balizadores capazes de qualificar vantagens e desvantagens na utilização destes combustíveis. Quando o proprietário de um automóvel decide usar um combustível que esta enquadrado nestas normas está, apenas, cumprindo o que o fabricante definiu como melhor. Quando outro, resolve, por exclusivo arbítrio orientado por propaganda, usar produtos pretensamente aditivados, está legitimamente aplicado seus excedentes financeiros naquilo que crê. Portanto, descabe qualquer ousadia na definição do que é melhor. Porque, basta pouco pensar para compreender que o fato de não pagar alugueres por espaços, de optimizar a aplicação dos seus recursos humanos, de perseguir a venda de grandes quantidades, as quais, ainda que a menor lucro, resultam em entrada de capital antes que as faturas sejam pagas, gerando um magnífico fluxo de caixa, transforma as grandes superfícies em concorrentes imbatíveis. Que sempre venderão ao menor preço possível, para realimentar aquele 'cash.flow'. Quanto a mim, faço a opção por queimar o que menos me custa e que nunca fará parte do meu patrimonio. O combustível. Os aditivos? Enquanto os fabricantes dos meus carros não os definirem, não pago por eles.
    Já toda a gente percebeu que gostas de gastar em combustiveis...

    Mas gostaria de adicionar 2 verdades ao teu pensamento.
    -Se os motores hoje em dia têm uma vida muito mais prolongada, deve-se sobretudo:
    1-Ao desenvolvimento dos combustiveis
    2- " " " lubrificantes

    Dito isto, pergunto-te a quanto tempo estão escritos os manuais dos carros.
    Muitos deles quando foram escritos ainda nem existia marca branca nos combustiveis..... outros dizem simplesmente para usar gasolina de 95 octanas (por ex...) e não vejo lá escrito para excluir a marca carrefour ou continente....

  14. #44
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Dec 2005
    Localização
    Aveiro, Portugal
    Posts
    80

    Por Defeito

    Peço que considerem os seguintes esclarecimentos:

    1) ao contrário do que possa ser percebido, só deixo de usar gasóleo genérico e comum se não o encontrar durante viagens;

    2) os manuais dos nossos dois carros, um Golf VI 2.0 adquirido em Dez/2008 e um Toyota Verso adquirido há um mês foram escritos em 2008 e 2010 respectivamente, e entregues como válidos e atuais;

    3) em ambos os manuais não há qualquer recomendação de uso de gasóleo distinto; apenas definem que eu devo abastecer ambos os carros com gasóleo de baixos teores de enxofre e que devo acautelar-me ao abastecer os carros em outros países;

    4) quando da retirada de ambos os veículos dos stands, fiz questão de perguntar aos respectivos chefes das oficinas se havia alguma restrição ao uso do gasóleo plebeu. Ambos asseguraram-me total compatibilidade com os equipamentos e com as condições de garantia (2 e 5 anos, respectivamente);

    Portanto, não alimento qualquer outra discussão, conquanto as engenharias das fábricas, representadas pelos seus postos de venda e reparação, não me garantem melhor tratamento ou garantia pelo uso de combustível mais dispendioso.

  15. #45
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Mar 2010
    Posts
    91

    Por Defeito

    Não alimentando discusões.... chefes de oficina de marcas prestigiadas de automóveis.... tenho 2 na familia....estranho como eles abastecem sempre onde é mais barato

  16. #46
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Mar 2005
    Localização
    Algures perto de Sintra
    Posts
    6,671

    Por Defeito

    Os combustiveis á venda em portugal, sejam de marca branca, de marca ou XPTO tem de cumprir a norma. Logo se cumprem a norma são adequados aos motores.
    eu uso há mais de 150km gasóleo de marca branca e não noto diferença nenhuma. Mesma autonomia, mesmo desempenho do motor, mesmo consumo.

  17. #47
    Pedestre Aguas's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2010
    Localização
    Mulholland Drive
    Posts
    18

    Por Defeito

    Eu próprio tambem já muito pensei e discuti isso até perceber que a resposta é bem mais facil do que parece.

    Porque razão ninguem se preocupa tanto se o leite do jumbo é tao bom como o da matinal ? ou se o azeite do continente é tao saboroso como o Galo ? Porque todos nos hoje em dia já sabemos responder às questões feitas acima: Primeiro que tudo é obvio que o jumbo ou o continente nao podem ter pasto ou lagares proprios e fabricar todos os produtos "marca propria" que comercializam e que estes são certamente comprados às devidas marcas. Segundo no que toca à segurança é obvio que os produtos nomeadamente alimentares sao tambem submitdos a rigorosos testes de qualidade logo aqui nao pode haver margem para descuidos. Terceiro diferenças entre o que leva rotulo da marca vs o que leva rotulo do hiper: Podem haver pequenas diferenças para minimizar o preço de custo mas nunca poderão ser de fundo porque alterar uma linha de montagem para o resultado final ser diferente pode ter custos elevadissimos, no entanto qualquer alteração que possa minnimizar o preço de custo será feita desde que salvaguarde a qualidade minima do produto será aproveitada.

    Discutir isto mais aprofundadamente é um pouco o sexo dos anjos pois haverá sempre pessimas experiencias com um e o outro, quem nao note diferença, etc... Tal como no leite, azeite, etc... Há quem diga que o leite do pingo doce é tao bom como o matinal, haverá quem diga que o do pingo doce lhe dá problemas de estomago e até quem diga que com matinal fica a arrotar a manhã toda e que com o do pingo não... Cabe um pouco a cada um analisar, experimentar, reflectir e tomar uma posição tal como fazem ao resto... São verdadeiros apreciadores de leite ou é so para meter nos cereais ? Gostam de regar uma boa posta de bacalhau assada no forno com um bom azeite ou azeite é so para fazer refugados ? Façam as mesmas analogias em relação ao combustivel... É que no que toca ao "fazer mal" qualquer um deles tem que cumprir normas que quando cumpridas certificam que é seguro, daí para a frente os problemas que dão é letra, mau uso ou outros factores.

    O preço mais baixo no hiper será pelas tais pequenas diferenças que a uns de nos afectará mais do que a outros, o facto que as gasolineiras dependem do preço de venda do combustivel para enriquecerem, os hipers nao... Finalmente, ao abastecer no hiper não se paga a "marca", não se paga a publicidade, não se paga o espaço, não se paga o desenvolvimento, não se paga a mesma mão-de-obra, custos de operação, etc...

    Resumindo e baralhando a minha opinião é que o valor acrescido dos combustiveis de marca não é directamente proporcional às suas vantagens e como tal depende de cada um decidir o que é melhor para si pois cada um de nos tem diferentes carros, exigencias, padroes e carteiras. Se for para aquela condução para dar prazer e se o motor responder venha a gasolina premium do melhor que houver, se for para andar a queimar gota no para-arranca aí nao exigo muito... da mesma maneira que para temperar a salada nao uso azeite gourmet.

  18. #48
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Dec 2005
    Localização
    Aveiro, Portugal
    Posts
    80

    Por Defeito

    Subscrevo, na totalidade, a tua manifestação. Enriqueço-a com um dado que havia me escapado. Ao contrário das gasolineiras das grandes superfícies, os postos de gasolina das marcas carregam uma cruz muito pouco conhecida. São as lojas de conveniências, cuja construção, manutenção e abastecimento são definidos por departamentos dos distribuidores, sob a égide da padronização. Tais lojas são, via de regra, muito pouco ou nada lucrativas, dificilmente pagantes dos próprios custos fixos e do custo do capital imobilizado. E esse encargo, ainda que não seja utilizado por todos os clientes dos postos, gera custos que incidem sobre as margens de lucro dos postos de gasolina de marca. Portanto, ao invés de suspeitar de ganhos astronómicos ou ilícitos por parte dos operadores e donos dos postos de gasolina, estou certo de que operam negócios, cuja escala e fluxo de caixa encobrem lucratividades apenas medianas ou, quem sabe, marginais. Portanto, debitar diferenças de preços à qualidade dos produtos vendidos é argumento superficial e conveniente, apenas, para aqueles que se beneficiam em qualquer hipótese, qual seja, os distribuidores e os transportadores dos combustíveis. Esses, vendem e entregam produtos, seja à Auchan, Sonae, Jerónimo Martins, Ecomarché ou aos postos de gasolina de marca.
    Última edição por sergiosl : 14-06-10 às 18:58:43

  19. #49
    Piloto de Fórmula 1 ESPRIT's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2006
    Localização
    Lisboa, , Portugal.
    Posts
    18,213

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por sergiosl Ver Post
    Subscrevo, na totalidade, a tua manifestação. Enriqueço-a com um dado que havia me escapado. Ao contrário das gasolineiras das grandes superfícies, os postos de gasolina das marcas carrega uma cruz muito pouco conhecida. São as lojas de conveniências, cuja construção, manutenção e abastecimento são definidos por departamentos dos distribuidores, sob a égide da padronização. Tais lojas são, via de regra, muito pouco ou nada lucrativas, dificilmente pagantes dos próprios custos fixos e do custo do capital imobilizado. E esse encargo, ainda que não seja utilizado por todos os clientes dos postos, gera custos que incidem sobre as margens de lucro dos postos de gasolina de marca. Portanto, ao invés de suspeitar de ganhos astronómicos ou ilícitos por parte dos operadores e donos dos postos de gasolina, estou certo de que operam negócios, cuja escala e fluxo de caixa encobrem lucratividades apenas medianas ou, quem sabe, marginais. Portanto, debitar diferenças de preços à qualidade dos produtos vendidos é argumento superficial e conveniente, apenas, para aqueles que se beneficiam em qualquer hipótese, qual seja, os distribuidores e os transportadores dos combustíveis. Esses, vendem e entregam produtos, seja à Auchan, Sonae, Jerónimo Martins, Ecomarché ou aos postos de gasolina de marca.
    Estás muito desactualizado.
    Uma loja de conveniência média num posto bem gerido, deverá ser a secção do posto que gera das maiores margens do negócio. O que poderá ser discutivel, é se para o "trabalho" que dá gera mais valias suficientes.

  20. #50
    Piloto de Rallye BrunoD's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2003
    Localização
    Lx
    Posts
    11,693

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por rca33 Ver Post
    Acidentalmente descobri perto da minha casa uma bomba da galp que só vende gasóleo, e estava a 1,11 € (agora deverá estar a 1,12).

    O negócio ali é principalmente o gás em botijas (eu descobri porque fui lá deixar uma botija de gás).

    Será que este gasóleo vai estragar os carros pelos aditivos xpto que não têm?

    Suponho que se tiraram este valor todo ao combustível, deve ser diferente do outro de 1.19€, não?

    Essa bomba tb vende GPL? É que se é a que penso é o paraíso para o GPListas!

  21. #51
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Dec 2005
    Localização
    Aveiro, Portugal
    Posts
    80

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ESPRIT Ver Post
    Estás muito desactualizado.
    Uma loja de conveniência média num posto bem gerido, deverá ser a secção do posto que gera das maiores margens do negócio. O que poderá ser discutivel, é se para o "trabalho" que dá gera mais valias suficientes.
    Pode ser que eu esteja desactualizado. Mas pergunto: a tua certeza de margem superior aplicar-se-ia a todos os sítios, principalmente, onde há concorrência com as grandes superfícies? Ainda que admita qualquer desatualização, lamento, mas não compartilho da tua certeza. Porque, onde o posto de marca concorre com uma gasolineira de grande superfície, o volume de combustível vendido é menor e, portanto, maior terá que ser a margem aplicada, para cobrir seus custos, aí incluídos os da loja de conveniência. Não fosse razoável assim pensar, não estariamos a vivenciar uma novidade: - Galp operando as gasolineiras da Sonae e cobrando preços menores e distintos daqueles praticados pela rede que ostenta a sua marca. Talvez porque não tenha que arcar com custos acessórios à venda dos seus combustíveis.

  22. #52
    Piloto de Fórmula 1 ESPRIT's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2006
    Localização
    Lisboa, , Portugal.
    Posts
    18,213

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por sergiosl Ver Post
    Pode ser que eu esteja desactualizado. Mas pergunto: a tua certeza de margem superior aplicar-se-ia a todos os sítios, principalmente, onde há concorrência com as grandes superfícies? Ainda que admita qualquer desatualização, lamento, mas não compartilho da tua certeza. Porque, onde o posto de marca concorre com uma gasolineira de grande superfície, o volume de combustível vendido é menor e, portanto, maior terá que ser a margem aplicada, para cobrir seus custos, aí incluídos os da loja de conveniência. Não fosse razoável assim pensar, não estariamos a vivenciar uma novidade: - Galp operando as gasolineiras da Sonae e cobrando preços menores e distintos daqueles praticados pela rede que ostenta a sua marca. Talvez porque não tenha que arcar com custos acessórios à venda dos seus combustíveis.
    Que grande confusão que para aí vai.
    1- O erro que estás a fazer por desactualização, é assumires que o negócio é feito como um todo. Qualquer posto de imagem das 3 grandes, com uma loja que venda mais que umas pastilhas e o jornal, o resultado da loja é obtido à parte, por forma a ver se esta está a ser rentavel, há vários postos onde as lojas já fecharam ou foram redimensionadas.
    2- Uma loja média ou pequena bem dimensionada, gera boas margens e paga-se a ela própria, o seu custo não deve ter que ser contabilizado na margem dos combustiveis, se assim é, tem que ser fechada. Aliás, as lojas M24 dos postos Galp de maior dimensão, são geridas no seus stock, preço e variedade pela Sonae, pelo que ´só por aí podes ver que a sua performance em nada vai influenciar o preço dos combustiveis.
    3- Uma loja de conveniência tem que se adaptar ao sitio onde está, e por adaptação poderá não significar apenas preço mas também variedade.
    4- A maioria dos postos low-cost não têm lojas. E as lojas dos postos não são concorrentes de grandes superficies.
    5- As lojas de AE têm "imposto" para a concessão da AE.

Página 2 de 2 PrimeiraPrimeira 12

Tópicos semelhantes

  1. Companhias Aereas Low - Cost
    Por tito23 na secção OFF Topic
    Respostas: 2236
    Último Post: 27-03-20, 07:56:03
  2. Combustíveis "premium" compensam?
    Por mariorenato na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 819
    Último Post: 30-11-12, 00:58:34
  3. Porque não existe uma BMW "low cost" ??
    Por ClioIIIRS na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 106
    Último Post: 09-02-10, 13:34:47
  4. Respostas: 600
    Último Post: 09-10-09, 22:10:26

Etiquetas para este tópico

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •