Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Ultrapassar pela direita em AE - Perigo !

Collapse

Ads nos topicos Mobile

Collapse

Ads Nos topicos Desktop

Collapse
X
 
  • Filtrar
  • Tempo
  • Show
Clear All
new posts

    Ultrapassar pela direita em AE - Perigo !

    Na semana passada recebemos uma triste notícia.

    Pessoas conhecidas que vinham na sua viagem de fim de férias do Algarve, vinham na A2 a conduzir normalmente.
    Ultrapassam uma viatura e não encostam logo à direita, talvez por distração ou por método - muito em voga, diga-se.
    Ao fazer a manobra para encostar à faixa de direita dá-se conta que está a ser ultrapassado nessa faixa, assusta-se e corrige a trajectória, mandando o carro contra os rails.
    A viatura ultrapassa os rails indo para a via contrária, batendo de frente com outro veículo.

    Resultado: Morte do condutor, ferimentos na mulher e 2 crianças.

    Apesar de ser terminantemente proíbido a ultrapassagem pela direita nas AE há muita gente que insiste em fazê-lo. Também já o fiz uma ou outra vez, porque o camelo que vai à frente está a e*****r e para não chatear mais, lá vai.

    Nunca mais irei fazê-lo. [8)]

    #2
    deve-se circular sempre pela direita e nunca ultrapassar pela direita, quem o faz fica sujeito. os meus sentimentos a familia

    Comentário


      #3
      [xx(]


      São situações que nunca nos passam pela cabeça serem possiveis de acontecer...


      [xx(]

      Comentário


        #4
        O uso correcto dos espelhos também dá bons resultados... Ainda assim nunca confiando e espreita-se sempre...

        Lamento o sucedido.

        Comentário


          #5
          Carlos.L se virmos de um ponto de vista legal.

          Os teus conhecidos infringiram 2 regras... O outro apenas uma...

          É obrigatório circular na via mais á direita, e só se pode mudar de faixa com a devida sinalização e com os devidos cuidados.

          Não desculpa a atitude de ultrapassagem pela direita, mas a ultrapassagem tb não desculpa o acidente!

          Comentário


            #6
            usem os espelhos, olhem por cima dos ombros, não culpem quem vai na faixa da direita

            Comentário


              #7
              Isto das "ultrapassagens pela direita" já deu pano para mangas noutro tópico aqui há umas semanas atrás...

              Comentário


                #8
                A ultrapassagem é quando mudas de faixa certo? nesse caso teria de o passar pela direita e depois retornar á faixa do meio.. eu por norma faço isso vou na minha faixa e nela continuo.. ou tenho de mudar DUAS faixas para ultrapassar alguém que vai a passear na faixo do meio?
                citação:Originalmente colocada por SilverArrow

                Carlos.L se virmos de um ponto de vista legal.

                Os teus conhecidos infringiram 2 regras... O outro apenas uma...

                É obrigatório circular na via mais á direita, e só se pode mudar de faixa com a devida sinalização e com os devidos cuidados.

                Não desculpa a atitude de ultrapassagem pela direita, mas a ultrapassagem tb não desculpa o acidente!

                Comentário


                  #9
                  citação:Originalmente colocada por cromados

                  usem os espelhos, olhem por cima dos ombros, não culpem quem vai na faixa da direita
                  O principal é encostarem-se à direita mal acabem de ultrapassar, ou quando têm 3 faixas, andarem o mais à direita possível... Enquanto o pessoal não cumprir isso....
                  Eu geralmente ultrapasso muita gente pela direita, pois ninguem se arruma, todos pensam que a estrada é só deles...

                  Quanto a erra família, os meus sentimentos...

                  Comentário


                    #10
                    Antes de mais os meus sentimentos à família.
                    Acho que é sempre preferivel fazer sinais de luzes ou buzinar, em vez de cometermos a asneira de ultrapassar-mos alguém pela direita, eu sei q por vezes é chato (principalmente se eu for no 320d do meu pai) estar a via direita livre e ir alguém na da esquerda só por q lhe apetece, dá vontade de passar, mas pelo exemplo descrito coisas destas podem acontecer, usar os espelhos e os piscas não custa nada

                    Comentário


                      #11
                      Os meus sentimentos à família.

                      Passar não é igual a ultrapassar, e mais não digo.

                      Comentário


                        #12
                        ...é um facto..essas "ultrapassagens" são realmente um perigo...

                        infelizmente ainda se veem bastantes casos desses...

                        triste o caso em particular...

                        Comentário


                          #13
                          citação:Originalmente colocada por jcpr

                          Passar não é igual a ultrapassar, e mais não digo.

                          Exactamente...

                          Comentário


                            #14
                            citação:Originalmente colocada por Baiones

                            São situações que nunca nos passam pela cabeça serem possiveis de acontecer...

                            Penso que também pensarás nessa (remota) possibilidade, tal como eu o faço quando tenho que recorrer a esse expediente que é a ultrapassagem (ilegal) pela via da direita.


                            Mas este caso trouxe-me à memória uma ultrapassagem que me fizeram há uns 2 anos logo na entrada de uma auto-estrada. Tinha eu terminado de ultrapassar o outro veículo que antes vinha à minha frente, quando reparo pelo retrovisor direito num Impreza azul escuro sem pirilampos (mas da polícia, deu para notar quando passaram ao lado).

                            Claro que a grande diferença de potência entre os 2 veículos não permitiu sequer esboçar qualquer problema e o Subaru, enfiando-se quase pelo "buraco da agulha", depressa me deixou bem para trás. Também é verdade que utilizo, por norma, os espelhos e isso permitiu-me deixar o outro concluir então seguramente a sua manobra, mas há sempre uma ou outra ocasião na vida em que a norma não é cumprida e aí pode dar-se um desfecho infeliz, como parece ter sido este caso presente, aliado talvez a alguma precipitação, inexperiência ou susto.

                            Enfim, mais um número na estatística fria e mais um homem que não era apenas um número no seio da sua família. Isto de conduzir podia ser uma coisa tããão simples...

                            Comentário


                              #15
                              Mas o outro vinha em circulação na direita ou em ultrapassagem? É que são coisas diferentes

                              Comentário


                                #16
                                citação:Originalmente colocada por Garrett

                                A ultrapassagem é quando mudas de faixa certo? nesse caso teria de o passar pela direita e depois retornar á faixa do meio.. eu por norma faço isso vou na minha faixa e nela continuo.. ou tenho de mudar DUAS faixas para ultrapassar alguém que vai a passear na faixo do meio?
                                citação:Originalmente colocada por SilverArrow

                                Carlos.L se virmos de um ponto de vista legal.

                                Os teus conhecidos infringiram 2 regras... O outro apenas uma...

                                É obrigatório circular na via mais á direita, e só se pode mudar de faixa com a devida sinalização e com os devidos cuidados.

                                Não desculpa a atitude de ultrapassagem pela direita, mas a ultrapassagem tb não desculpa o acidente!

                                Sentimentos aos visados.

                                Quanto à parte em destaque, ultimamente as minhas viagens (quase diárias) em auto-estrada são um martírio. Porquê? Porque faço dezenas de vezes, em cada viagem de 50 Km, essa manobra. É incrível. Às vezes, nas zonas de 3 faixas, as pessoas devem pensar que estou maluco. Mas não, apenas estou a conduzir na faixa da direita, passar duas faixas para ultrapassar, voltar à direita. Mais uns minutos, e repete-se tudo outra vez. Vezes sem conta.

                                Aumentar o meu risco, e o deles, apenas porque “a da direita é para os camiões”. Ás vezes só apetece… não escrevo mais.

                                Comentário


                                  #17
                                  citação:Originalmente colocada por DL

                                  citação:Originalmente colocada por Baiones

                                  São situações que nunca nos passam pela cabeça serem possiveis de acontecer...

                                  Penso que também pensarás nessa (remota) possibilidade, tal como eu o faço quando tenho que recorrer a esse expediente que é a ultrapassagem (ilegal) pela via da direita.


                                  Mas este caso trouxe-me à memória uma ultrapassagem que me fizeram há uns 2 anos logo na entrada de uma auto-estrada. Tinha eu terminado de ultrapassar o outro veículo que antes vinha à minha frente, quando reparo pelo retrovisor direito num Impreza azul escuro sem pirilampos (mas da polícia, deu para notar quando passaram ao lado).

                                  Claro que a grande diferença de potência entre os 2 veículos não permitiu sequer esboçar qualquer problema e o Subaru, enfiando-se quase pelo "buraco da agulha", depressa me deixou bem para trás. Também é verdade que utilizo, por norma, os espelhos e isso permitiu-me deixar o outro concluir então seguramente a sua manobra, mas há sempre uma ou outra ocasião na vida em que a norma não é cumprida e aí pode dar-se um desfecho infeliz, como parece ter sido este caso presente, aliado talvez a alguma precipitação, inexperiência ou susto.

                                  Enfim, mais um número na estatística fria e mais um homem que não era apenas um número no seio da sua família. [u]Isto de conduzir podia ser uma coisa tããão simples...
                                  </u>
                                  Simples e divertida...

                                  Comentário


                                    #18
                                    ja me aconteceu foi na A1 zona alverca penso eu..um pouco antes da cimenteira direcçao norte,zona de 3 faixas, ao ultrapassar pela faixa mais á esquerda um veiculo que circulava na faixa do meio, no fim de o ultrapassar e começar a esconstar á direita,quando me aproximo ainda da faixa do meio, um outro veiculo que ultrapassou o mesmo carro que eu mas pela faixa mais a direita, desside ir pra faixa do meio ao mesmo tempo que eu..foi por pouco que nao chocamos.

                                    os meus sentimentos a familia

                                    cumps

                                    Comentário


                                      #19
                                      citação:Originalmente colocada por Suarez

                                      Mas o outro vinha em circulação na direita ou em ultrapassagem? É que são coisas diferentes
                                      Pois são. E isso já deu n páginas de discussão da outra vez. Para mim só é ultrapassagem se houver mudança de faixa.

                                      Comentário


                                        #20
                                        Para mim basta-me o óbvio. Passar pela direita é perigoso portanto não o faço. Chama-se a isto condução defensiva.

                                        A verdade é que se tiver um acidente por passar pela direita, o saber que o outro tipo devia ir na faixa da direita é um fraco consolo.

                                        Edit: Lamento o sucedido.

                                        Comentário


                                          #21
                                          Obviamente que não é desejavel que se façam ultrapassagens pela direita em AE. Mas a verdade é que da mesma forma que quando entramos num cruzamento, tenhamos ou não prioridade, devemos ver se vem alguém. Na situação descrita houve claramente uma "presunção" de que não havia ninguém...

                                          Infelizmente na condução não se pode "presumir" tem que se agir com base em certezas.

                                          Conduzir é um exercicio que nos deve tomar 100% dos recursos o que está em causa é demasiado importante.

                                          Também não acredito em condução "relaxada". Por isso acho um absurdo os actuais limites.

                                          Lamento o que aconteceu.

                                          Comentário


                                            #22
                                            A inesperiencia ou falta de habilidade, qto a mim, é k foram os responsaveis pelo acidente.

                                            Enquanto não ensinarem devidamente as pessoas a conduzir, vai continuar a Xacina...

                                            e infelizmente não se avizinham medidas para melhorar o ensino em Portugal.

                                            Comentário


                                              #23
                                              Desde já começo por lamentar esta triste situação.

                                              Observem SEMPRE bem os espelhos antes de mudar de faixa, é uma das regras de ouro que faço questão de cumprir, também já apanhei uns sustos e já sei que ao volante nunca se pode fiar em nada!

                                              Comentário


                                                #24
                                                É que é cada vez mais inseguro circular nas estradas.

                                                EU próprio, que adorava andar sempre na esgalha, agora ando sempre, mas sempre dentro dos limites do razoável. Também já tive os meus confrontos com a lei e sei que se repetir a gracinha eles vão-me ficar com a carta durante uns 200 anos.

                                                Mas não é apenas isso. Cada vez tenho mais 'medo' de ter um acidente.

                                                Como este que relatei.

                                                A pessoa era experiente, o carro bom.

                                                Sorte danada. [8]

                                                Comentário


                                                  #25
                                                  É sempre triste morrer alguém e eu sou pouco apologista do pagarmos os nossos erros com a morte, mas, a culpa, a meu ver (com a pouca informação) não foi de quem ultrapassou pela direita. É verdade que todos deveriamos ter mais paciência, mas também é verdade que há muitos para os quais toda a paciência do mundo não chegava. Quem anda muito na estrada, passa pelo mesmo muitas vezes e às tantas a paciência é inexistente e a reação imediata é "não sais da frente, eu passo por onde der". Eu pessoalmente já tive várias situações em que de acordo com a minha disposição reagi de maneiras diferentes. Só a titulo de exemplo, uma vez coloquei o dedo na buzina e não saiu de lá até me sairem da frente (ainda foi a fazer barulho quase um minuto), houve outra em que foram os máximos, também durante uns 20 segundos. Garanto-vos que foram vezes em que as pessoas tiveram mais do que tempo para sair em segurança, só não sairam exactamente porque não quiseram. E também já houve vezes que fui pela direita. Nalgumas, o outro decidiu sair da frente na exacta altura em que eu ia pela direita. E noutras simplesmente vou, calmamente até que lá saiem. É claro que ultrapassar pela direita é perigoso.

                                                  Comentário


                                                    #26
                                                    Sinto muito a perda de uma pessoa conhecida, e entendo perfeitamente o medo de conduzir por que estás a passar, eu prórpio já o tive, a solução é só uma, conduzir nas calmas e com atenção sempre redobrada, vais ver que não tarda nada perdes o medo e até passas a conduzir com muito maior segurança.

                                                    Quanto ao teu conhecido, tenho pena de o dizer, mas de facto teve toda a culpa, o pior é que depois do mal feito, não adianta falar em culpas, temos é de olhar para o que sucedeu e que tal nos fique gravado no cêrebro para não fazermos o mesmo _NUNCA_. A Faixa da esquerda é para ultrapassagens, quem vem na da direita tem todo o direito em avançar uma vez que não precisa de mudar de faixa, corrige o título do tópico sff, não está correcto, nimguém ultrapassou pela direita.

                                                    Comentário


                                                      #27
                                                      K2000, como podes afirmar que o outro não ultrapassou?

                                                      Estamos num jogo de conceitos? Se é isso, peço desculpa mas não estou para aí virado dada a natureza do sucedido.

                                                      Porque em termos de facto, foi uma ultrapassagem pela direita.
                                                      O termo ultrapassagem tem um único significado. A lei diz que nas AE a ultrapassagem deve-se fazer pela faixa mais à esquerda e reforça esse conceito, quando se permite ultrapassagens pela direita quando diz, excepto nas AE.
                                                      Além disso, neste caso, o que ultrapassou foi mudando de faixa à medida das suas necessidades, o que também iria contra a lei mesmo nos casos de vias onde a ultrapassagem pela lei é permitida.

                                                      Comentário


                                                        #28
                                                        Uma ultrapassagem é considerada como tal, qdo temos que fazer um desvio do carro que nos precede.
                                                        Um exemplo:

                                                        A situação A é considerada uma ultrapassagem, na situação B não.
                                                        Poderia ainda haver uma situação C, no caso de o condutor da viatura simbolizada com rectangulo verde fazer o desvio pela direita e regressar a esquerda, que tambem seria considerada uma ultrapassgem.

                                                        Mas, claro que como andamos centenas nas estrada e nem todos tem a mesma maneira de ver as coisas, o ideal é olhar sempre e varias vezes para os espelhos e jogar a defesa, é preferivel não mudar de faixa de rodagem do que arriscar um choque, o que é exactamente o contrario do que se vê por essas estradas fora.
                                                        Mtas vezes vamos perto do carro da frente em trafego compacto e mesmo assim de vez em quando aparece alguem que se mete, isso é arriscar uma batidela por trás.

                                                        Comentário


                                                          #29
                                                          Eu não me vou prenunciar mais sobre o facto do que é ultrapassagem ou não! Quem defende coisas como o que "xicos perto" ou o "jcpr" disseram, só pode ser fruto de muita imaginação[8)]

                                                          O que é triste é que a polícia não fiscalize as pessoas que não circulam encostadas à direita. Este é um excelente exemplo de como esse tipo de atitudes pode causar acidentes. E sim causar, porque se logo de início ele tivesse retomado a direita nada aconteceria muito provavelmente!

                                                          É pena é que continuem a haver pensamentos de que a faixa da direita é para carros lentos ou camiões, ou de que é perigoso fazer mudanças de fila.

                                                          Comentário


                                                            #30
                                                            Primeiro que tudo, os meus sentimentos aos familiares.

                                                            Ultrapassagem não requer mudança de faixa...
                                                            Só não é considerada ultrapassagem quando há congestionamentos de trânsito ou cada via de trânsito tem destinos diferentes.

                                                            Há tempos fiquei boquiaberto com um comentário da minha namorada acerca da circulação em estradas com mais de 2 vias em cada sentido. Segundo uma tia dela, a utilização das 3 faixas é consoante a velocidade de circulação!! A da esquerda é para os que andam depressa, a da direita é para os lentos e a do meio é para os que andam a média velocidade, e por isso ela anda sempre na do meio...
                                                            Santa burrice!
                                                            Acho que deviam era ensinar as pessoas a conduzir e a conhecer as regras de trânsito.

                                                            Quando me calha algum desse "passeantes da faixa do meio" lá faço a manobra toda desde a faixa direita para a esquerda, depois volto para a direita, pelo caminho apito, acendo luzes e faço gestos com o braço... Mas alguém percebe? Não... Só uma vez alguém percebeu, porque atrás de mim vinham 2 motos da BT e fizeram-lhe sinal para se encostar... Deviam era ter-lhe cravado as molas...

                                                            No entanto acho que as nossas estradas também podiam estar melhor sinalizadas.

                                                            Por exemplo, que faz a A1 Sul-Norte, na subida da Serra de Aire e Candeeiros, quando começa a subida temos uma nova faixa disponível á direita... Ora, claro que os comodistas que antes vinham na faixa da direita agora ficam na do meio e não se encostam.

                                                            Noutro local, bem mais a Sul, na A2 no sentido Norte-Sul temos uma subida com 3 faixas. Mas a 3ª faixa surge á esquerda! Assim, que vinha na da direita continua na da direita, quem vinha a ultrapassar (ou violentamente depressa) na da esquerda agora está na do meio e tem mais uma á esquerda á sua disposição.
                                                            Com uma simples re-pintura, acho que haveria muito menos gente a circular estupidamente na faixa do meio com a da direita vazia se as faixas fossem pintadas desta maneira.

                                                            Peço desculpa por isto tudo (não sei se alguém vai ter pachorra para ler) mas parece que na estrada há muito pouca consciência daquilo que se anda a fazer...

                                                            Comentário

                                                            AD fim dos posts Desktop

                                                            Collapse

                                                            Ad Fim dos Posts Mobile

                                                            Collapse
                                                            Working...
                                                            X